Cory Higgins e Nikola Mirotic fazem a diferença e Barcelona bate Zalgiris na Lituânia

Por Gustavo Lima e Vinicius Fernandes Batista

Chegou ao fim a sétima rodada da fase regular da temporada 2019/20 da Euroliga de basquete masculino, com destaque para as vitórias de Barcelona e Olimpia Milano, que dividem a liderança da competição, e a derrota dramática do atual campeão e até então líder CSKA Moscou.

Jogando na Lituânia, o Barça bateu o Zalgiris Kaunas por 93 a 86. O ala norte-americano Cory Higgins e o ala-pivô espanhol Nikola Mirotic foram os destaques da partida. Juntos, eles combinaram para 51 pontos, dez rebotes e 100% de aproveitamento nos lances livres (16-16).

O Olimpia Milano, por sua vez, jogou diante de sua torcida e venceu o Baskonia por 81 a 74. O ala-armador italiano Amedeo Della Valle foi o maior pontuador da partida (15 pontos).

Já o CSKA Moscou foi até o Astroballe, na França, e caiu diante do ASVEL. O jogo foi decidido com uma cesta de três do armador norte-americano Jordan Taylor a 13 segundos do fim. O cestinha do confronto foi o ala-armador letão Rihards Lomažs, com 15 pontos.

Resultados

Zenit St. Petersburg 73 x 87 Khimki Moscou
Estrela Vermelha 60 x 75 Real Madrid
Olympiacos 67 x 86 Anadolu Efes
Maccabi Tel Aviv 104 x 78 Alba Berlin
Olimpia Milano 81 x 74 Baskonia
Fenerbahçe 90 x 82 FC Bayern Munique
Zalgiris Kaunas 86 x 93 FC Barcelona
Panathinaikos 91 x 80 Valencia
ASVEL 67 x 66 CSKA Moscou

Classificação

1º Barcelona e Olimpia Milano = seis vitórias e uma derrota;
3º CSKA Moscou, Maccabi Tel Aviv, Anadolu Efes e Khimki = cinco vitórias e duas derrotas;
7º Panathinaikos, Real Madrid e ASVEL = quatro vitórias e três derrotas;
10º Baskonia, Zalgiris Kaunas e FC Bayern Munique = três vitórias e quatro derrotas;
13º Estrela Vermelha, Fenerbahçe, Olympiacos e Zenit = duas vitórias e cinco derrotas;
17º Alba Berlin e Valencia = uma vitória e seis derrotas

Estatísticas

Melhor ataque: Khimki = 609 pontos (87 de média)
Pior ataque: Zenit St. Petersburg = 476 (68 de média)
Melhor defesa: Baskonia = 497 (71 de média)
Pior defesa: Alba Berlin = 615 (87,8 de média)
Melhor saldo: CSKA Moscou = +76
Pior saldo: Zenit St. Petersburg = -85
Mais pontos em um quarto: 32 = Alba Berlin e Anadolu Efes
Menos pontos em um quarto: 6 = Fenerbahçe
Mais pontos até o intervalo: 57 = Bayern Munich
Menos pontos até o intervalo: 21 = Fenerbahçe
Mais pontos em um jogo: 106 = Anadolu Efes
Menos pontos em um jogo: 56 = Fenerbahçe e ASVEL
Maior diferença de pontos: 41 = FC Bayern Munique 104 x 63 ASVEL 
Maior pontuador em um só jogo: 39 = Nando De Colo (Fenerbahçe)
Cestinha por pontos: Nando De Colo (Fenerbahçe) e Alexey Shved (Khimki) = 146
Cestinha na média: Nando De Colo (Fenerbahçe) e Alexey Shved (Khimki) = 20,8
Melhor reboteiro: Nikola Milutinov (Olympiacos) = 11,1 de média
Melhor assistente: Nick Calathes (Panathinaikos) = 9,1 de média

Próxima rodada
14/11 (quinta-feira) – Khimki x Olimpia Milano (14h, transmissão do DAZN), Anadolu Efes x Zenit (14h30), Panathinaikos x Alba Berlin (16h), Baskonia x Maccabi Tel Aviv (17h) e Real Madrid x Barcelona (17h, transmissão do DAZN)
15/11 (sexta-feira) – CSKA Moscou x Fenerbahçe (14h), Estrela Vermelha x ASVEL (15h), Olympiacos x Zalgiris Kaunas (16h30) e Valencia x FC Bayern Munique (17h)


Quer acompanhar o melhor do basquete europeu? O DAZN transmite vários jogos da Euroliga por semana. Primeiro serviço de streaming esportivo no país, o DAZN está disponível para degustação durante um mês. Você preenche os dados e instantes depois o conteúdo já está liberado para você acompanhar no computador, no celular, no tablet ou até no console do videogame. Durante 30 dias você terá acesso a todos os eventos da plataforma. Grátis!

Assinando o DAZN, você também poderá acompanhar o NBB, a Premier League, o Campeonato Francês, o Campeonato Italiano, a final da Copa Sul-Americana, a Libertadores feminina, a MLS, a Liga Americana de futebol, com presença de Zlatan Ibrahimovic, o Campeonato Japonês, e muito mais. Assine já!

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.