Danny Green descarta favoritismo para o Spurs em 2016: “Somos bons no papel”

https://www.youtube.com/watch?v=ieU0rZFksKU

Se a offseason do San Antonio Spurs foi considerada perfeita, parte do crédito deve ser dado ao ala Danny Green. O agente livre recusou propostas salariais superiores para continuar na equipe, renovando seu contrato por um valor que permitisse aos dirigentes texanos fechar a contratação do craque LaMarcus Aldridge. Dinheiro é importante, mas, para o jogador de 28 anos, nunca houve dúvidas sobre o que fazer.

“San Antonio é minha casa e eu acho que temos boas chances de fazer algo especial no futuro próximo. Conversei com [Gregg] Popovich e a direção, que mantiveram-me informado de tudo o que ocorria. Era difícil ir embora e, quando disseram que chegariam perto de igualar outras ofertas, decidi que renovaria. Eu não sei quão verde é a grama no vizinho, mas sei que ela é bem verde onde estou”, afirmou Green, em entrevista ao site filipino Rappler.

A manutenção dos principais agentes livres e a contratação de Aldridge reforçou o Spurs como um dos candidatos ao título da próxima temporada. Para muitos analistas, na verdade, colocou os texanos novamente no posto de grande favorito à conquista do troféu Larry O’Brien. Green entende a empolgação, mas acredita que as previsões são precipitadas e o time ainda precisa provar sua qualidade em quadra antes de pensar em ser campeão.

“Eu acho que o Golden State Warriors ainda é o grande favorito, pois é o atual campeão. Eles são provados. Nós não estamos no topo de nenhuma lista, não ganhamos nada ainda. Neste momento, somos apenas um time que parece bom no papel”, afirmou o especialista defensivo e em arremessos de longa distância, que receberá cerca de US$40 milhões em salários pelas próximas quatro temporadas.

Para o Spurs, um título na próxima temporada seria a coroação da carreira de dois dos maiores ídolos da história da franquia: Tim Duncan e Manu Ginobili, que devem deixar as quadras em 2016. Assim, renovar com jogadores como Green e Kawhi Leonard, além de trazer Aldridge, é também uma forma de manter a equipe competitiva em longo prazo. O ala crê que os texanos vão seguir entre os principais times do Oeste após a aposentadoria dos craques.

“Eu gosto de pensar que continuaremos competitivos. Sei que R.C. [Buford, GM] e Popovich continuarão a fazer um bom trabalho trazendo jovens talentos, sangue novo, para seguirmos em uma boa situação. Seria ótimo ter atletas como Tim e Manu por quanto tempo pudermos, mas eles vão parar em algum momento. Com a base atual, eu acredito que ainda seremos candidatos a títulos”, finalizou o jogador, mantendo a confiança na direção da franquia.

Green prepara-se para disputar sua sétima temporada na NBA e está no Spurs desde 2011. Na última temporada, ele teve médias de 11.7 pontos e 4.2 rebotes em 28.5 minutos de ação, além de quase 42% de acerto nos arremessos de longa distância. Os US$10 milhões anuais que o ala vai receber “empalidece” em comparação com os valores da renovação de outros arremessadores especialistas defensivos que estavam no mercado: Khris Middleton ganhará US$14 milhões por temporada e DeMarre Carroll vai embolsar US$15 milhões, por exemplo.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Petterson Moraes

    Favorito mesmo……se as contusões não pegarem ninguém.

  • Maurilei Teodoro

    O Aldridge se encaixando bem no time, provavelmente o Spurs brigará pelo título nos próximos anos.

    • Kaio Hetkowski

      não tenho duvidas.
      só lesões para tirar a gente das finais ..

      aguentem , só isso kkk

  • Rafael Victor

    Ele tá certo, todo sabe do que o Spurs é capaz, não precisa bater no peito e dizer que é o principal favorito ao título, é desnecessário!

  • THE BULLS23

    O time está velho. Esta geração dos Spurs á a mais vitoriosa da atual NBA, mas não deve chegar ao título nos próximos anos.

  • Kaio Hetkowski

    GO SPURS GO !

    Eu já vi meu timo campeão 5 vezes e vocês ? kkk

    como é bom torcer para esse time tão vitorioso desde 1997, e como devemos
    saudar ao Deus Duncan por nunca nos abandonar …

    Duncan mito dos mitos.

    • Kaio Hetkowski

      sim digo 1997 pq foi o ano q Duncan surgiu na NBA, mesmo tendo conquistado seu primeiro titulo na sua segunda tempora.

  • Hildeni Antonio Gomes Junior

    Ele sabe que o Spurs deu uma baita chance pra ele recuperar o basquete dele.