D’Antoni detona atuação do Rockets em derrota humilhante nas finais do Oeste: “Soft”

O Houston Rockets teve uma atuação histórica neste domingo – infelizmente, da pior forma possível. A equipe foi derrotada por vexatórios 41 pontos de diferença pelo Golden State Warriors na terceira partida das finais da conferência Oeste – o pior revés da história dos texanos nos playoffs. As reações revoltadas do técnico Mike D’Antoni à beira da quadra sintetizaram sua análise do rendimento e postura do time ao longo da noite.

“Nós não fizemos as jogadas, eles dispararam no segundo tempo e uma coisa levou a outra. Parecíamos um balão perdendo o ar. Mas, no fim das contas, tudo gira em torno de força em quadra. Fomos softs, jogamos leve demais e você simplesmente não pode fazer isso contra uma equipe como essa. Eles são muito bons”, afirmou o treinador, em entrevista coletiva após a derrota por 126 a 85. O Warriors lidera a série por 2 a 1 agora.

O astro James Harden, que foi constantemente atacado pelo oponente na defesa, concordou com a avaliação dura de D’Antoni. “Mike está totalmente certo. Nós não fomos tão agressivos quanto precisávamos para termos chance. Até começamos o jogo de forma bem sólida, mas deixamos que eles ganhassem confiança no fim do primeiro quarto. E, defensivamente, parece bem claro que eles nem sentiram que estávamos lá”, admitiu.

O amplo domínio do Warriors ficou evidente em todas as estatísticas da partida. O Rockets cometeu 20 erros de ataques (maior marca nos playoffs), que resultaram em 28 pontos do adversário, além de ter cedido mais de 52% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 40% de acerto nos tiros de longa distância. A equipe local ainda dominou a tábua, pegando quase 50 rebotes e nove a mais do que os comandados de D’Antoni.

O armador Chris Paul foi um dos jogadores que atuaram abaixo do esperado no jogo 3 e, além de reconhecer a má atuação individual, seguiu na mesma linha de Harden ao falar da derrota. “Nós precisamos jogar melhor, obviamente. Acho que temos que ser muito mais agressivos, acima de tudo. O problema principal é que deixamos que eles fossem sempre os primeiros a atacar”, apontou o astro.

O Rockets volta a enfrentar o Warriors nesta terça-feira, em Oakland, e mais uma derrota coloca os texanos à beira da eliminação. Por isso, para D’Antoni, o time não tem outra opção a não ser virar a página rapidamente. “Eles acabaram com a gente e nós caímos, mas temos uma memória bem curta. É preciso ter. A série está 2 a 1 agora e o próximo jogo não é negociável: temos que vencer”, encerrou o veterano técnico.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Eduardo Muniz

    Vai tomar uma lambada menor…

  • dirct

    D’ Antoni entrando na história de Houston de todas as maneiras, melhor campanha na regular da história de Houston, maior derrota da história dos Playoffs de Houston etc…

    Quando ele diz soft = Harden e CP3 em Playoffs.

    • Gabriel De Oliveira Meira

      Dirct, você sumiu amiguinho….

      • dirct

        Eu? Entro todos os dias aqui, se vc estava esperando o GSW perder algum jogo pra vir me dizer alguma coisa perdeu a viagem parceiro porque eu não sou torcedor de nenhuma franquia então nem perca tempo…

  • Kaio_

    o freguês eterno do Pop ta tomando uma lambadinha então kkkk ué ,,,

  • Time toma uma paulada de 41 pts e o técnico fala que é bom ter memória curta.
    Ótima referência, treinador!

  • Marco Antônio DE Paula

    Esse Mike é um iludido mesmo. Memória curta,e surra longa

  • É triste o D’antoni sempre fazer grandes campanhas e morrer na hora H. Provavelmente nunca terá um time na carreira, mesmo tendo dirigido alguns dos mais históricos.

    • Aquino L.A.

      Um título vc quis dizer né? Pq time ele já teve sim, inclusive esse Houston tem um elenco muito bom.

  • Daniel Alves

    Foda mesmo foi o “dibre” que o Barba levou do Shaun, rapaz…

  • Wilker Pereira

    Vai tomar outra surra terca feira!
    Podem fazer print…

    • Daniel Nogueira

      Falar o óbvio e fácil..rs

      • Wilker Pereira

        Esta bem vou mudar entao!! vai ganhar na terca com 60 pontos do Barba !! esta bom assim para voce?

    • Gabriel De Oliveira Meira

      Que desejo é este de ser “printado”…. Fetiche?

      • Wilker Pereira

        Nao nao e fetiche , e que qagora a galera aqui traz print para zuar quando alguem da uma opiniao ou faz prognostico (com ou sem logica) e postam aqui!!
        Eu nao tenho nenhum desejo de ser printado!!

  • Junior Cavalcante

    Se preocupa não que se o Cavs passa vai tomar uma surra maior e esquecem o Houston

  • Will

    Se o GSW entrar focado, no ataque e na defesa, não tem escapatória: É mais uma vitória dos Warriors.

  • Diego Costa

    Muito por culpa sua isso D antoni. Que os warriors tem mais talento isso é inegável, mas ainda por cima o time tem um técnico que demora 80 anos pra pedir um tempo e que não consegue implantar outro estilo de jogo a não ser ficar chutando de 3 absolutamente contestado na maioria das vezes.

    O Gordon ontem jogou num modo foda se absurdo, o cara tem um fetiche ridículo por tentar arremessar marcado. Parece que está jogando nba 2k e não uma final de conferência. Mbah moute é um bom defensor , mas ofensivamente não existe e não pode estar em quadra num jogo como esse. Capela começou bem o jogo quando foi municiado, mas quando entraram na correria absurda ele sumiu obviamente, e espera que ele crie seu arremesso vai ser isso aí msm, Green vai engolir ele.

    Dantoni n sabe a hora de acalmar o jogo, e esse é seu maior problema.
    Os caras batem o fundo bola como se tivesse faltando 2 segundos pra acabar o jogo e estivessem precisando de um chute do meio da quadra, tamanho desespero que tem por acelerar o ritmo. A série não acabou ainda, mas um 3-1 esquece. Esse jogo 4 é o game 7 da serie.

  • Damon

    e eu achando que o cp3 iria entrar nessas séries com sangue nos olhos para tentar ganhar seu único anel.

    • Cassio

      Mas quem te garante que ele n esta? Jogar com “sangue nos olhos” eh importante mas nunca vai ser o suficiente pra bater no gsw

  • Iuri Machado

    Bom, o minimo é ficar indignado mesmo e nao ter aquele discurso bem bosta do Lue e dizer q “acontece” , agora vamos ver se vai preparar alguma coisa pro proximo jogo