Mitch Kupchak,  gerente-geral do Los Angeles Lakers, não se intimidou com as recentes declarações de Kobe Bryant, que exigiu uma solução definitiva sobre a situação do companheiro Pau Gasol na equipe.

Kupchack emitiu um comunicado na noite de ontem em resposta às críticas de Bryant, fazendo questão de afirmar que deve explorar todas as oportunidades para melhorar o Los Angeles Lakers, mesmo que Kobe Bryant não goste.

“Como um ex-jogador, eu entendo como os dias que antecedem a data-limite para trocas pode ser estressante para um jogador da NBA”, disse Kupchak, um ex-pivô do Lakers. “No entanto, como gerente-geral do Lakers, eu tenho a responsabilidade com os donos da franquia, os nossos fãs e os jogadores a perseguir ativamente as oportunidades para melhorar a equipe para esta temporada e as próximas por vir.”

O jogador Metta World Peace, que já teve problemas com o Indiana Pacers por conta de uma troca com o Sacramento Kings no passado, ficou do lado do dirigente: “você não pode realmente questionar (Kupchak), porque ele está cuidando dos interesses do Lakers, e ele faz um ótimo trabalho. Esse é o trabalho dele, e o nosso é jogar.”