O jornalista Chad Ford, da ESPN, postou em seu Twitter que o gerente-geral do Minnesota Timberwolves, David Khan, “insinuou que a NBA fraudou a loteria para produzir um grande enredo”.

No sorteio do draft, que aconteceu hoje à noite, em Nova Jersey, o Wolves tinha a maior probabilidade de ficar com a primeira escolha, mas acabou com a segunda colocação. O grande vencedor da loteria foi o Cleveland Cavaliers, que perdeu LeBron James na atual temporada para o Miami Heat, mas que ganhou o direito, agora, de fazer a primeira e a quarta escolha do Draft 2011.

David Khan afirmou que “esta Liga tem um hábito, e vou apenas dizer um hábito, de produzir alguns enredos bem incríveis. Ano passado foi a viúva de Abe Pollin e este ano foi um menino de 14 anos de idade”. Em 2010, o Washington Wizards, representado por Irene Pollin, viúva do então recém-falecido dono da franquia, ganhou a primeira escolha do draft, enquanto o Wolves caiu para a quarta posição. Este ano, o garoto de 14 anos citado é Nick Gilbert, filho do dono do Cavs, Dan Gilbert, que luta contra uma série de doenças desde o nascimento. Nick nasceu com um distúrbio neurológico que causa o crescimento de tumores em qualquer parte do corpo a qualquer momento.

Para completar, Khan disse ter certeza que não ganharia a primeira escolha ao ver que havia sobrado o Cavs e o Jazz na disputa. “Eu disse para Kevin (representante do Utah Jazz) que estávamos fritos, que não seria para nós, e eu estava certo”.

Chad Ford terminou o post do Twitter dizendo que mal pode esperar para ver a multa que Khan vai levar da Liga após essas declarações.

Reprodução: Twitter

*Imagem: AP (Julio Cortez)