Markieff Morris é o novo reforço do Lakers; Franquia dispensa DeMarcus Cousins

Markieff Morris vai reforçar o Los Angeles Lakers até o término da temporada. O veterano ala-pivô fechou a rescisão de seu contrato com o Detroit Pistons na tarde dessa sexta-feira e estará livre para assinar com outra equipe dentro de 48 horas. De acordo com Shams Charania, do site The Athletic, o atleta de 30 anos está apalavrado para jogar pela equipe angelina agora.

A notícia mais surpreendente, na verdade, veio depois da confirmação do acerto: a franquia decidiu dispensar o pivô DeMarcus Cousins para abrir a vaga no elenco necessária para “acomodar” o novo reforço. O astro, que ainda não havia feito sua estreia por conta de uma grave lesão no joelho, estava em rápida recuperação e tinha chances reais de atuar ainda nessa temporada.

É esperado que, apesar da dispensa, o Lakers recorra a regras do acordo coletivo de trabalho da NBA para permitir que Cousins continue fazendo sua recuperação física nas instalações do time. A decisão traria benefícios em várias frentes: não compromete a reabilitação do jogador, mantém por perto um indivíduo adorado pelo elenco e facilita o monitoramento da equipe visando um novo contrato.

Morris esteve envolvido em rumores de troca antes do fechamento da janela de transferências da temporada, recebendo sinais internos de que não estava nos planos em longo prazo do Pistons. Charania apurou que, além dos californianos, o Toronto Raptors também havia mostrado forte interesse em sua contratação e monitorava a situação tentando trazê-lo para a disputa dos playoffs.

O ala-pivô detinha uma cláusula de extensão automática em seu vínculo com o Pistons para a próxima temporada e abdicou de um salário garantido de US$3.6 milhões para poder ficar livre no mercado, juntando-se a um candidato ao título. Morris disputou 46 partidas com Detroit na atual temporada, anotando 11.0 pontos e 3.9 rebotes, além de 39.7% de acerto nos arremessos de longa distância.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.