Doc Rivers: “Clippers não chegou aos playoffs só para vencer um jogo”

O Los Angeles Clippers terminou o primeiro tempo sendo superado por 23 pontos de diferença, fora de casa, contra o Golden State Warriors na segunda partida da série quartas-de-final do Oeste, nesta segunda-feira. Ninguém culparia um torcedor angelino, naquele momento, por acreditar que o jogo estivesse perdido. Mas, para o técnico Doc Rivers, a chance de derrotar os atuais campeões nunca desapareceu.

“No intervalo, eu disse para todos que ainda iríamos vencer. Nós só precisávamos manter a confiança e o esforço dentro de quadra. Era necessário persistir o quanto fosse possível. Também fui sincero com eles, reconheci que não sabia exatamente como isso aconteceria, mas encontraríamos uma forma de ganhar. Não podíamos nos deixar desistir”, contou o treinador, nas entrevistas coletivas pós-jogo.

Rivers estava certo, no final das contas. A equipe acabou a noite fazendo história: reverteu desvantagem que chegou a ser de 31 pontos para derrotar o Warriors e quebrar a vantagem de mando de quadra do adversário, empatando a série após dois jogos. Essa foi a maior virada dos playoffs da NBA em todos os tempos – e a perfeita definição do espírito do time, segundo o veterano Lou Williams.

“Sabemos a equipe que somos e contra quem estamos jogando. Temos consciência também de que estamos atuando em rede nacional, com a nossa família e amigos assistindo em casa. Fomos resilientes não apenas hoje, mas na temporada inteira. Estamos lutando e vivemos na medida do nosso esforço e dedicação em quadra”, sintetizou o armador, que anotou 36 pontos no surpreendente triunfo.

O Clippers contrariou prognósticos para ficar entre os oito melhores da conferência Oeste – superando, por exemplo, o mais badalado “primo” Los Angeles Lakers. Somente chegar aos playoffs, para muitos, até pode ser visto como uma vitória na campanha da franquia. Lá dentro, porém, o pensamento é outro. Rivers assegura que a sensação interna ainda passa longe de ser de “dever cumprido”.

“Essa vitória não é o bastante para nós. Você pode ouvir o que está acontecendo em nosso vestiário e existem expectativas maiores lá dentro. Não chegamos aos playoffs só para ganhar um jogo. Ninguém concordará com essa previsão, mas é o nosso trabalho. Precisamos manter nossas expectativas altas para nós mesmos e correr atrás”, encerrou o técnico, pronto para seguir surpreendendo céticos.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Alexandre Wagner

    Go Clippers!

  • Carlos Eduardo

    GSW vai vir putaço pra esse jogo.

  • Vitor Martins

    Doc se recusa a perder. Foda!!! Que homem! Já critiquei muito ele, achei (e até penso que foi o planejamento inicial da diretoria) que eles tinham abandonado a temporada depois de trocarem o Tobias, mas Doc Rivers se recusou (e pelo jeito continua recusando) a se dar por vencido. Coach Bud foi sensacional, Atkinson também, Pop é hour concours, mas por favor, dêem um mito pra esse COY.

    • Reh

      A melhor parte talvez seja os frutos que isto, uma boa atuação e persistência frente ao GS, podem render. O Clippers podem se tornar uma franquia ainda mais atraente para os jogadores livres.

    • Gustavo

      A temporada do Clippers é monstra, mas o COY vai ir pro Bud novamente. E pra mim, ainda tem o tecnico do Nuggets na frente dele pra COY.

      • Vitor Martins

        Sai daqui herege! hehehee

  • clippers231

    vai vencer a serie em 6

  • Reh

    Brabo!

  • Danilo

    Nunca curti muito o Doc Rivers, sempre achei ele superestimado e pra mim aquele Celtics só não ganhou mais títulos porque faltou treinador, mas nessa temporada o homem me conquistou, puta trabalho espetacular, mesmo perdendo seu melhor jogador se recusou a ir pro tank e sempre acredita até o fim na vitória e passa essa sensação pra todo o elenco, virei fã

    • Sempre foi um motivador, oq me irritou nele foi o fato de super proteger o filho e acabar com as chances daquele clippers de paul-griffin-jordan. (Era um time pra bater de frente com qq equipe se nao fosse as lesoes e o roubo na primeira temporada).
      É um otimo comandante, sem duvidas.

  • João Víctor Matos

    EMPOLGOU!

  • KlayMVP

    Clippers em 7!

  • Hyago Ferreira

    Segura o chocolate no jogo 3, os warriors vão vim puto, especialmente o Durant, 40 pontos pro homem, printem ai se quiserem kkkk

    • Claudio R.

      por ai!!! Pat Beverley vai soar sangue pra defender o Durant…

  • Francimarques Lakão

    Dito tudo isso, eu acredito!!!

    4×1 Warriors.

  • Playoffs Neném

    Empolgou…

  • vsr.snake

    A mentalidade é essa mesmo, se entrar no jogo achando que não pode vencer é preferível perder de WO

  • Dida

    Cutucaram a onça! Agora segura.

  • Igor Neves

    Pessoal zoando. Mas é assim que tem que ser, vai falar que o time deveria agir de outra maneira? Cada uma…

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    EU ACREDITO

  • victor

    Esse é um dos poucos técnicos bom da liga, os Clippers tendem a continuar crescendo. Quem assistiu ao jogo 1, viu os Clippers encostarem no placar várias vezes, ai o GSW fazia umas runs favoráveis e abria uns pontos, relaxavam, quando olha os Clippers estavam no cangote. Se o GSW pensarem que podem relaxar perante os Clippers, a coisa vai azedar.

  • Gustavo Santos

    Ousado o Doc Rivers mas este time superou as expectativas de todos e merece os créditos

  • Temporada de renascimento da carreira do Doc. Fez um trabalho impecável nessa temporada.

    Se o Clippers enfrentasse qualquer um que não Houston ou GSW, acho que daria um trabalho realmente considerável.

  • Paulo Assis

    Vixx, impolgou!