Doc Rivers torce por permanência de “calouro” Teodosic no Clippers

A primeira temporada de Milos Teodosic na NBA pode não ter sido tão empolgante quanto muitos esperavam, mas agradou bastante nos bastidores do Los Angeles Clippers. Doc Rivers, em especial, adorou a experiência de trabalhar com o astro sérvio. O técnico disse torcer fervorosamente para que o armador ative a cláusula de extensão existente em seu contrato e fique mais uma temporada na franquia.

“Acho que a temporada de Milos foi fantástica. Seu arremesso teve altos e baixos, mas tornou-se mais consistente na reta final da campanha. E sua capacidade de passe é contagiosa. Faz todos quererem passar. Era evidente que sentíamos sua ausência nos jogos em que era desfalque pela movimentação de bola. É sempre ótimo ter alguém com esse impacto na equipe”, elogiou o experiente treinador.

Teodosic teve seu esperado primeiro ano na NBA limitado a 45 partidas por conta de duas ocorrências de fascite plantar no pé esquerdo que tiraram-no de ação por longos períodos. Enquanto conseguiu atuar, ele registrou médias de 9.5 pontos, 2.8 rebotes e 4.6 assistências. Rivers acredita que, mais saudável em um segundo ano, o atleta de 31 anos só tende a ficar mais confortável nos EUA.

“Eu não sei se Milos pensou que viria para cá e seria um astro, mas posso dizer que ele foi muito melhor do que um ‘calouro’. Bem melhor. E aposto que, caso resolva jogar mais um ano aqui, será ainda melhor. Milos é tão inteligente e esperto quanto qualquer jogador que já treinei”, concluiu Rivers, campeão da NBA com o estrelado Boston Celtics de 2008.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Caseh

    Também torço por sua permanência nos Clippers, onde já está ambientado e aparentemente é querido. Realmente não foi um primeiro ano dos mais primorosos, mas ainda acredito que ele renderá bastante na liga.

  • Ele é muito bom e técnico mesmo, mas na parte defensiva deixa um pouco a desejar, se na próxima temporada o Clippers tiver o Beverley inteiro, ele pode ajudar e dividir a armação com o sérvio o que melhorará muito a defesa de perímetro…

    • Guilherme Petros

      Qndo tava Teodosic e Beverley parece que funcionou, mas durou tão pouco que nem da pra saber muito

      • Gustavo Macedo

        Bem lembrado… Teodosic começou tipo com médias de mais de 10ppg e em torno de 6/7 assistencias. se não me engano.
        Mas foi poquim poquim.

  • vsr.snake

    Podia ir pro Spursão hehehehe

  • Eu realmente esperava mais.

  • xmaah

    Acompanhei só dois jogos do cana brava, bom passador foi legal de ver mais queria ver esse time completo.

  • Gustavo Macedo

    Acho que todo mundo esperava mais. Mas eu sou fã do jogo dele! Acho que porque lembra vagamente o Steve Nash.
    Acho que o maior problema era o cara não ser o dono da movimentação do time.
    Tipo assim… “Se deixar comigo eu resolvo todas as jogadas, eu escolho o passe, escolho o arremessador”.
    Na Europa um cara conduz as ações ofensivas todas (normalmente). Na NBA tem 3 ou, no mínimo, 2 cabras pra fazer isso (tirando os master fominhas JWall e DLilard).
    eheheheh

  • Norrin Radd

    Sempre fui muito fã do basket do Canabrava. Pena que chegou tarde na NBA. Tomara que continue. Sempre é bom ver um armador “a moda antiga”.

  • JASPION DA MASSA

    Tem que ficar, teve pouca sequência de jogos, um cara como Beverley pode ajudar muito a desenrolar o jogo dele….visão de sobra e muita qualidade, pena que não veio no auge físico(9que nunca foi seu forte) mas joga muito e pode ser muito útil .

  • Gustavo Macedo

    Por que “canabrava”…. Tô boiando… alguém dá o papo aê!