Donald Sterling é banido pela NBA e deverá ser obrigado a vender Clippers

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=vHCgmVikntw]

O comissário Adam Silver deu uma resposta rápida e implacável em sua primeira crise a frente da NBA. O dirigente fez história nesta terça-feira ao anunciar que Donald Sterling, dono do Los Angeles Clippers, está banido pelo resto da vida por conta dos comentários racistas que fez uma ligação telefônica com V. Stiviano – anunciada como sua namorada. O empresário ainda foi multado em US$2.5 milhões, que serão destinados a instituições que lutam contra o racismo e outros tipos de discriminação.

Visivelmente revoltado, Silver revelou que a investigação interna conduzida desde domingo chegou à conclusão que a voz na gravação telefônica era realmente de Sterling e a situação exigia uma ação dura. “Estamos juntos condenando as declarações de Donald. Não existe lugar para ele na NBA. A Liga é muito maior do que qualquer dono de equipe, técnico ou jogador”, afirmou o executivo.

O banimento significa na prática que, embora mantenha com o controle acionário da equipe, o dono do Clippers está proibido de participar da tomada de decisões relativas à organização ou comparecer a partidas. No entanto, se depender do comissário, isso vai mudar novamente em pouco tempo: ele pretende convocar a comissão composta pelos outros 29 donos de times para iniciar o processo que pode levar à venda forçada do Clippers.

“Eu já falei com vários outros mandatários e tenho o apoio total de todos. Espero ter o suporte necessário para remover Donald da NBA”, assegurou Silver, que precisaria do apoio de 75% dos integrantes do comitê em votação para conseguir forçar a saída do empresário. O elogio coletivo gerado pela punição ao redor da liga dá a entender que todos estariam dispostos a votar pela remoção de Sterling.

https://twitter.com/mcuban/status/461208183965351937

A votação da obrigatoriedade da venda vai ser necessária, porque, pouco antes do anúncio de Silver, o dono do Clippers garantiu ao canal Fox News que nem mesmo a perspectiva de lucro faz com que se interesse em negociar o time no momento. Especula-se que o alto número de interessados – incluindo o grupo liderado por Magic Johnson – deverá alavancar o valor da transação a US$1 bilhão.

A decisão também agradou os atletas. O prefeito de Sacramento, Kevin Johnson, encarregado pela Associação dos Jogadores da NBA de acompanhar a situação, elogiou extensamente o comissário logo após a entrevista coletiva. “Este é um dia histórico. Adam Silver mostrou pulso para conferir novamente credibilidade à liga e punir exemplarmente. Ele não é apenas o comissário dos donos, mas também o comissário dos jogadores”, exaltou.

Os atletas do Los Angeles Clippers ameaçavam boicotar o jogo desta noite, diante do Golden State Warriors, caso uma punição dura não fosse dada ao mandatário da equipe. Com o banimento, a partida parece estar garantida e a torcida está sendo encorajada a ir ao Staples Center vestidos de preto. Ainda assim, Silver disse que a liga cuidará dos possíveis casos de jogadores sob contrato que não quiserem seguir na franquia.

O Clippers anunciou que não emitirá uma nota com as palavras de Sterling porque ele “não faz mais parte da organização”.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • marloscp

    Legal!! chupa velho gaga!! ponto negativo na punção que forçando o Donald Sterling a vender o Clippers ele vai lucrar e muito a franquia se valorizou muito nos últimos anos!! mais que sirva de exemplo para outros esportes! #SomosTodosIguais

  • Nettmann

    Ainda é pouco, tem que prender esse criminoso, mas já é um inicio.

  • Marcos Gordinho

    Parabéns a liga e ao comissário Silver por ter tomado a postura mais dura, disciplinar e exemplar possível. Sei que na prática o Clippers pode ser vendido a um parente de Sterling por um valor representativo. Mas na melhor das hipóteses a NBA pode vetar a venda e praticamente jogar a franquia no colo de Magic. O que garantiria um infarto nesse FDP!!!

    • Thiago Pereira

      Esse negócio de ser vendido a um parente não rola, pq até onde eu sei o comprador só pode tomar a posse do time se os outros donos dos times, ou a maioria deles, aprovarem a compra.

      Logo, duvido muito que seja aprovada uma compra do Clips a um parente do cara. 😀

  • Cleber Emydio

    Se fosse no Brasil??

  • Thiago Pinto

    Eu só não concordo com a parte dos jogadores poderem ser liberados dos contrato.. Os fãs não podem responder pelas idéias de um estupido. A Franquia ja vai ser vendida, acho que basta.

    • Não, não! Os jogadores não serão liberados dos seus respectivos contratos.

  • Guilherme Martins

    PARABENS NBA, que atitude fantástica! Adam Silver começou muito bem. Se ferrou, velho idiota. Que legal seria ver o Magic Johnson comprando os Clippers, tomara.

  • Kleber

    Exemplo. No futebol não tem como por se tratar de torcida. Mas é o caminho.

  • Ronaldo

    ”Banido pelo resto da vida” punição leve… afinal esse velho não deve ter muito tempo sobrando kkkkkkkk

    Agora sério, esse cara deveria ”perder” o Clippers, vender mais não ficar com o dinheiro… multa de 2.5 milhões é pouco, tinham que multá-lo no valor que o time for vendido… já que pessoas assim não mudam de opinião e não vão pra cadeia, pelo menos no bolso tinha que doer mais…

    • Caseh

      Pelo que li no site da NBA esse é o teto de multa existente na liga, não seria possível ultrapassar este valor.

  • Achei a pena justa. Não gosto da parte em que ele é proibido de frequentar os ginasios da NBA, assim a NBA se equipara a ele, na minha opinião, desligá-lo da parte administrativa de qualquer franquia ja seria o bastante, uma vez feito isso, ele poderia frequentar qualquer ginasio a qualquer momento como qualquer um.

    • mas na Europa fazem isso com torcedores violentos/racistas/invasores de campo. O cara que atirou aquela banana pro Daniel Alves, por exemplo, foi banido pro resto da vida de entrar no estádio do Villareal

  • JPcortes

    Começou bem Silver! Mas nao concordo com a parte dos jogadores, o babaca ja saiu e pronto

  • Lucas Tavares

    Silver já começou segurando uma bucha danada… país sério é outra coisa

  • joaocelta

    Parabéns Silver, punição justa e adequada.

  • Sobre deixar todos os jogadores como agentes livre é verdade? Se for, provavelmente porque ele “não pode” banir o cara do time, a não ser que os acionistas resolvam fazer isso. Se ele tá cogitando fazer isso é porque quer realmente enfraquecer e quebrar a franquia dele, para lhe dar prejuízo. E sendo agentes livres com certeza a maioria vai zarpar de Los Angeles. Quem perde com isso é a torcida e os expectadores, infelizmente.

  • marquin

    Adam Silver começou com o pé direito. Golaço-aço-aço do novo comissário da NBA!

  • Vai pra NY, CP3.

  • sebas1606

    Acho que esse é o marco do início da Era Adam Silver na NBA.Só acho que ele for obrigado a vender o Clippers,que os que forem dar suas ofertas boicotem ele com valores pequenos afim de diminuir seu lucro.

    Aliás,no caso dele ser obrigado a vender a franquia,em quanto tempo deverá ser feito isso?

  • Carlos Eduardo

    Aproveita e vende o Clippers pra Seattle. CP3 e Griffin sendo os novos Payton e Kemp! #SuperSonics

    • Bem, não preciso nem dizer que será um péssimo negócio trocar LA por Seattle, a diferença entre os dois mercados é gritante…

  • Leo

    Parabéns Adam Silver!

    Tem algum jeito de fazer com que o velho venda o Clippers e não receba o dinheiro?

    Adoraria ver o Clippers nas mãos do Magic

  • Sensacional Adam Silver,Parábens!!!

    Incrivel,punições assim deveriam acontecer em todos os lugares do esporte,a NBA é um exemplo de uma ótima organização.

  • MARTIN

    Pena mto pesada…além disso, a TMZ agiu na surdina pegando a conversa intima do velhote com a namorada,lamentavel…Um crime não justifica o outro =.=”

    • Harley

      O Sterling já tava na mira faz tempo. O racismo dele já era muito comentado nos bastidores da nba e essa foi a gota d’agua. Apesar de não gostar no estilo de jornalismo da TMZ, que viola muitas liberdades individuais, acho que a liga a coisa certa. Não teria clima para jogadores, comissão técnica, torcedores e patrocinadores com o Sterling ainda ligado à franquia. Decisão foi sábia e é melhor até pra ele se retirar da liga.

    • Ricardo Nascimento

      Buenas Martin

      Sinceramente? Não sei se foi na “surdina” que o TMZ conseguiu o referido áudio, está circulando que a própria namorada em função dos constantes comentários do Sterling havia se irritado e gravou e repassou ao canal.

      No momento que o áudio tornou-se público, não restava a NBA uma outra atitude a não ser a medida que a Liga tomou.

      Soma-se a isso ao fato do Sterling já ter sido multado, também em U$ 2,5 milhões quando da questão de externar que não alugaria os seus imóveis para Negros e Hispânicos.

      Na minha modesta opinião a pena foi perfeita, em uma liga onde existe o profissionalismo ao extremo, onde bilhões assistem aos jogos, consomem os produtos da Liga, não existe espaço para caras como Sterling.

      E fica comprovado que bilhões de dólares não compram bom senso.

  • Gostaria que esse tipo de punição também fosse aplicada no Brasil. Mas isso, só possível com organização. Bato palmas para o novo comissário.

  • Celso Cachali Jr

    Sou super a favor, de os SUPERSONICS (Seatle) voltar, la a torcida é fanática, ja possui uma equipe em LA, para que duas…. o Clippers mesmo tem pouquíssimos torcedores a maioria torce para o LAKERS…

  • Carlos Eduardo

    Já que todo mundo tá apresentando sua sugestão pro futuro do Clippers, vou entrar também! Hahahaha

    LAS VEGAS CLIPPERS!!!

    Que tal Lob City em Las Vegas?