Dono do Rockets assume imediatismo por título da NBA: “Nossa chance é agora”

O Houston Rockets não tem nuances ao discutir objetivos para a temporada que está para começar. A franquia aposta em uma mentalidade imediatista e, com um panorama competitivo bem aberto na NBA, sucesso será medido unicamente pela conquista de títulos. O dono do time, Tilman Fertitta, reconhece estar correndo o risco de comprometer o futuro da equipe para ser campeão agora.

“A janela está aberta para nós. A nossa chance é agora e precisamos aproveitá-la. As nossas referências já estão na faixa dos 30 anos, temos um elenco experiente, então esse é o momento. E, para competir, acho que colocamo-nos na posição de que, se não formos campeões dentro de três ou quatro anos, ficaremos mais uma década na ‘fila’”, admitiu o mandatário, em entrevista ao site Yahoo! Sports.

Os investimentos arriscados (e que podem custar caro em longo prazo) são claros. Os texanos acabam de ceder duas futuras escolhas de primeira rodada de draft, além da possibilidade de “troca” de outras duas, ao Oklahoma City Thunder em troca do craque Russell Westbrook. O armador é visto como um encaixe difícil com James Harden, mas Fertitta está confiante na parceria entre ambos.

“Nunca me preocupei com o encaixe porque assisto aos jogos de Russell contra nós e vejo um jogador que corre a quadra com condição atlética incomum. Eu acho que essa potência é uma das coisas que mais carecíamos no elenco. Além disso, James e Russell já se conhecem – cresceram juntos, são amigos de uma vida inteira e o entrosamento será ótimo”, apostou o magnata do setor de restaurantes.

Embora confiante, Fertitta sabe que a busca pelo título em um cenário tão amplo de candidatos ao título é perigosa. Ele considera que o Rockets está nivelado com seis equipes na concorrência pelo trono da conferência Oeste – Warriors, Nuggets, Jazz, Blazers, Lakers e Clippers. E, a partir desse fato, o mandatário só tem certeza de uma coisa: os texanos podem competir contra qualquer time da NBA.

“Será uma temporada excitante e, sinceramente, tudo deve se resolver na questão das equipes que conseguirem ter menos lesões. Quem chegará saudável no fim? E Deus sabe quem vai ser o campeão do Leste, né? Acredito que temos consciência de que possuímos um elenco muito profundo em várias áreas, estamos na luta. Será muito bom de acompanhar, com certeza”, avaliou o confiante Fertitta.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.