Dores quase levaram Kobe Bryant à aposentadoria em 2011

Tratamento experimental na Alemanha teria “salvo” carreira do astro

Cestinha da atual temporada da NBA e recordista de pontos da história do Jogo das Estrelas, Kobe Bryant parece estar vivendo um momento tranquilo na carreira. Quem vê sua situação atual, porém, nem imagina que o astro viveu um grande drama pessoal/profissional no ano passado. O jogador de baseball Alex Rodriguez, do New York Yankees, revelou que o líder do Los Angeles Lakers pensou seriamente em se aposentar ao fim da última temporada.

Segundo Rodriguez, Kobe não estava mais aguentando as dores incessantes sentidas no joelho direito e tornozelo esquerdo, que limitaram sua produtividade nos playoffs. O que salvou a carreira do ala-armador foi um procedimento experimental realizado em junho do ano passado, na Alemanha.

“Ele foi à Alemanha e voltou dizendo que sentia ter 27 anos novamente”, lembrou Rodriguez, que está vivendo problema parecido com o do amigo e pensa em recorrer ao tratamento. O procedimento, que consiste em injeções de sangue centrifugado do braço da própria pessoa na região lesionada, não tem eficácia comprovada, mas está se popularizando entre esportistas (Rafael Nadal é um dos que já recorreram ao método).

Hoje, Kobe é um entusiasta do tratamento. Comparando seus números atuais com as estatísticas da primeira metade da temporada passada, a melhora é nítida: ele está jogando quatro minutos a mais por jogo e aumentou sua média em três pontos. “Fez uma grande diferença para mim”, resumiu o astro.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • ninguem gostaria de ver ele aposentando em especial a torcida do lakers