Draft 2019 – Os melhores alas-pivôs

Armadores / Alas-armadores / Alas

As franquias da NBA vão começar a reforçar seus elencos visando a temporada que vem na noite da próxima quinta-feira (20), quando acontece o draft deste ano.

Sessenta dos melhores prospectos do planeta vão ser selecionados para atuarem na melhor liga de basquete do mundo e cada equipe pode encontrar um potencial astro com suas escolhas. Como sempre, só o tempo dirá quem realmente se deu bem no recrutamento.

O Jumper Brasil já apresentou os 52 principais prospectos deste ano, com perfis detalhados ao longo dos últimos dois meses e, agora, vivemos a expectativa dos dias que antecedem o draft.

Nós temos diversos posts especiais programados até quinta, quando faremos o nosso tradicional programa ao vivo acompanhando e analisando cada uma das 60 escolhas do recrutamento.

E, enquanto o “grande dia” não chega, nós convocamos nosso quarteto de especialistas em recrutamento – os editores Gustavo Lima e Ricardo Stabolito Jr. –, o colunista de scouting Gabriel Andrade,  e o parceiro Vitor Camargo, do blog Two-Minute Warning e do podcast Na Era do Garrafão, para apontar quem são os seus cinco prospectos favoritos do recrutamento, posição por posição.

As escolhas refletem suas preferências, não a ordem específica em que acreditam que serão selecionados.

Hoje chegou a vez dos alas-pivôs. Confira:

 

GUSTAVO LIMA
Colocação Prospecto
1 Zion Williamson (Duke, freshman)
2 Brandon Clarke (Gonzaga, junior)
3 P.J. Washington (Kentucky, sophomore)
4 Grant Williams (Tennessee, junior)
5 Sekou Doumbouya (SF/PF, Limoges-FRA, Guiné)

 

RICARDO STABOLITO JUNIOR
Colocação Prospecto
1 Zion Williamson (Duke, freshman)
2 Brandon Clarke (Gonzaga, junior)
3 Sekou Doumbouya (SF/PF, Limoges-FRA, Guiné)
4 P.J. Washington (Kentucky, sophomore)
5 Grant Williams (Tennessee, junior)

 

GABRIEL ANDRADE
Colocação Prospecto
1 Zion Williamson (Duke, freshman)
2 Brandon Clarke (Gonzaga, junior)
3 Grant Williams (Tennessee, junior)
4 Sekou Doumbouya (SF/PF, Limoges-FRA, Guiné)
5 P.J. Washington (Kentucky, sophomore)

 

VITOR CAMARGO
Colocação Prospecto
1  Zion Williamson (Duke, freshman)
2 Brandon Clarke (Gonzaga, junior)
3 Sekou Doumbouya (SF/PF, Limoges-FRA, Guiné)
4 P.J. Washington (Kentucky, sophomore)
5 Rui Hachimura (Gonzaga, junior)

 

Zion Williamson

“A gente costuma qualificar as coisas muito banalmente como ‘únicas’. Williamson, porém, é um prospecto único: sua combinação de condição atlética e força física é algo que nunca havia visto. A vontade e aguerrimento com que joga não é comum a uma primeira escolha de draft. Sua visão de quadra e controle de bola são muito avançadas para um ala-pivô de 19 anos. Simplesmente único.” (Ricardo Stabolito Jr.)

 

Brandon Clarke

“Em um Draft cujo topo tem pouquíssimas certezas depois de Zion, Clarke é de longe o jogador com piso mais alto do recrutamento. Apesar de baixo para um jogador de garrafão, ele foi um dos melhores protetores de aro da NCAA com sua incrível leitura de jogo, timing nos tocos e atleticismo. Clarke é extremamente refinado dos dois lados da quadra e até deu mostras de desenvolver um arremesso sólido, o que dá alguma esperança do ala-pivô ainda ter potencial para desenvolver. Na pior das hipóteses, ele será um role player de alto nível e baixíssimo risco na NBA por anos a fio.” (Vitor Camargo)

 

Sekou Doumbouya

“Caso tivesse gozado da liberdade que teve em seu final de temporada, provavelmente Sekou estaria melhor cotado. Um talento precoce e já muito desenvolvido fisicamente em termos de explosão e força, o jovem francês tem um dos maiores potenciais da classe e vem trabalhando em aspectos anteriormente fracos de seu jogo – passe e arremesso. O chute, por um lado, já parece limpo e compacto, enquanto seu QI ainda precisa melhorar. Nos workouts, suas ferramentas têm só ganhado força.” (Gabriel Andrade)

 

P.J. Washington

“Washington é um ala-pivô agressivo no ataque à cesta, que consegue cavar muitas faltas e não foge do contato físico no garrafão. Além disso, ele evoluiu como arremessador e passador, mostrou fundamentos no jogo de costas para a cesta e se tornou um grande defensor no um contra um. Em suma, Washington aproveitou bastante o segundo ano universitário para evoluir em praticamente todos os aspectos de seu jogo. É uma aposta segura no recrutamento e tem potencial para se tornar um role player sólido na NBA.” (Gustavo Lima)

 

Grant Williams

“Um dos prospectos mais subestimados da classe de 2019, Williams é um ala-pivô dotado de muita força física, com elevado QI de basquete e capaz de contribuir em quase todos os aspectos do jogo. É um excelente finalizador, tem capacidade de atuar como playmaker e mostra versatilidade defensiva. Mas é inegável que precisa expandir seu jogo para o perímetro se quiser ter sucesso na NBA.” (Gustavo Lima)

 

Rui Hachimura

“Hachimura chamou a atenção na última temporada por ter sido um dos melhores finalizadores do College. Sua evolução na parte ofensiva é notória. Apesar da força física e dos atributos atléticos, ainda deixa a desejar como defensor. Ele possui as ferramentas necessárias para se tornar um defensor versátil, mas poucos fundamentos. Além disso, o jogo de perímetro do japonês é praticamente nulo. Por não se tratar de um encaixe natural na NBA moderna, provavelmente terá que remodelar seu jogo.” (Gustavo Lima)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • João Víctor Matos

    Zion Williamson
    Sekou Doumbouya
    P.J. Washington
    Brandon Clarke
    Grant Williams

  • Thunder Nation

    Zion
    Brandon Clarke
    Sekou Dombouya
    Rui Hachimura
    PJ Washington

  • Tulio Machado

    Quem foi o melhor jogador de Gonzaga ? Obviamente Japonego >>>> Clarke bracinho de T-rex. Na hora que o bicho pegava, Hachimura sempre se mostrou um otimo defensor, o problema dele sempre foi a desatenção na defesa, mas a qualidade ta ai, só ver o jogo contra Duke ou Ohio State

  • Albert Medeiros

    Algúm sabe q horas é o draft na ESPN? não as análises dos comentaristas, mas q horas as cerimônias começam

    • TATUM MVP 0

      Começa as 20

      • Albert Medeiros

        Vlw.