Gregg Popovich: “Duncan foi, provavelmente, toda sorte a que tivemos direito por um bom tempo”

O San Antonio Spurs inicia uma nova era a partir da próxima temporada. Essa vai ser a primeira vez em duas décadas que a franquia não contará, pelo menos, com um dos três maiores ídolos de sua história recente: Tim Duncan, Tony Parker e Manu Ginobili. E, até agora, a pré-temporada não trouxe muitas boas notícias para ajudar o time texano nessa nova fase.

A equipe já perdeu três dos principais jovens atletas para o início da temporada. O armador Derrick White lesionou os ligamentos do calcanhar direito e o ala-armador Lonnie Walker foi submetido a uma cirurgia no menisco do joelho direito. Os dois vão ser desfalques por até dois meses. Dejounte Murray é o pior caso: rompeu o ligamento cruzado anterior e deve ficar fora da temporada inteira.

“Esses são três dos nossos mais jovens, talentosos e rápidos jogadores. Nós vamos ter que lidar com isso. Mas há tanta besteira acontecendo no mundo que é melhor tentar ver o copo sempre meio cheio. Disse que Duncan foi, provavelmente, toda a sorte a que tivemos direito por um bom tempo. Agora, as coisas estão indo no sentido contrário”, desabafou o técnico Gregg Popovich.

Na ausência dos jogadores de perímetro, especialmente Murray, Bryn Forbes tende a iniciar a próxima temporada como armador titular de Gregg Popovich. O veterano Patrick Mills, como já virou costume, vai ser o reserva imediato da posição. “É bem difícil processar tanta notícia ruim em tão pouco tempo. É duro, pois simplesmente não temos um armador de ofício agora”, lamentou Pau Gasol.

Chegar aos playoffs em 2019 significa mais do que mais uma classificação “normal” para o Spurs: será a 22ª temporada consecutiva em que os texanos ficam entre os oito melhores do Oeste. Isso faria com que igualassem o recorde histórico da NBA, pertencente ao Philadelphia 76ers entre 1950 (quando ainda era Syracuse Nationals) e 1971.

Michel Moral
Michel Moral
Piracicabano, colaborador do Jumper Brasil, professor e advogado especialista em Direito Bancário
  • dirct

    Com dois allstars no elenco e com o técnico que tem ainda acredito que o Spurs consegue uma vaga nos playoffs, mando de quadra já é mais improvável, ano passado Leonard praticamente não jogou e o Spurs só teve Aldridge e chegou aos playoffs então teoricamente com mais um allstar pode conseguir, antes da lesão do Murray pra mim eles eram um forte concorrente a mando de quadra.

  • Patty Mills tá forte na catiça

  • Yan

    3 lugar

  • felipe fernando Oliveira

    Cara não há palavras pra falar sobre o que significa Duncan para SAS. Dos meus jogadores favoritos…

  • 76ers Forever
    • João Dones

      Eu quero participar.

      • 76ers Forever

        show! boa sorte pra gente no draft rs

        • João Dones

          Boa sorte!

  • Vitor Medson

    Duncan > Kobe?

    • Wilker Pereira

      Apaga q isso pode dar treta, pessoalmente prefiro Kobe , mas nao acho doido nem exagero quem prefere Duncan

      • Vitor Medson

        Não estou importando com a treta, mas pra mim Duncan é maior do que Kobe.

    • Michel Moral

      Sou suspeito pra dizer, porque Duncan é top 3 nos meus jogadores favoritos.

      Pra mim, é titular absoluto num quinteto all time.

      Falando de grandeza, na minha opinião, está no nível de Jabbar, LeBron…

      É que eu acho sacanagem comparar alas com pivôs. Os jogadores de perímetro levam vantagem nessas discussões porque geralmente são mais completos, arremessam de fora e tal.

      Assim como no futebol é raríssimo vc eleger um defensor como melhor do mundo. Pode até estar entre os melhores, mas predominam os meias e atacantes.

    • Kennedy

      Alguém tem dúvidas disso?

      Duncan foi mais vezes MVP, mais vezes MVP das finais, sempre foi o FRANCHISE em SA, sempre levou o SA aos playoffs.

      Duncan é top 10 all time, Kobe não.

    • Vinícius Maia

      É como eu já disse algumas vezes aqui no jumper. Acho Duncan é pouco lembrado nessas conversas de maiores da história por seu perfil discreto e estilo de jogo coletivo, mas ele sem dúvidas merece entrar na conversa.

      Quanto a pergunta, eu prefiro nem opinar porque são dois jogadores de posições diferentes com propostas de jogo distintas, mas acredito que os dois, ao lado do Shaq, formem o top 3 dos anos 00. Acho que esses três estão num patamar acima dos demais jogadores dos anos 00(LeBron é da geração 00, mas entrou no seu auge nos anos 10, por isso não o incluo nessa lista dos melhores dos anos 00).

    • Jefferson Cavalcanti

      Sim

  • O Almirante

    pior que é verdade, aquela lesão do Leonard contra o warriors desencadeou um zica absurda. Que q isso, essas lesões foram uma balde para minhas pretensões no ano.

  • ReggieMiller31

    Bryn Forbes como armador titular chega a doer o coração só de pensar, vai ser outra temporada de muito sofrimento e com uma pequena alegria no final(derrota de 4×0 ou 1)

  • Douglas Vinicius

    Gosto bastante do Forbes mas como SG, não sei se ele chamando jogadas e com mais tempo com a bola na mão irá render, mas é melhor experimentar com ele do que ir de Mills

  • Pablo Leite

    Duncan é sem dúvidas um dos maiores da história, apesar de o seu estilo pouco midiático não ter chamado atenção para tudo o que ele fez ou representa para o Spurs ou mesmo para a NBA. Pouquíssimos conseguiram fazer o que ele fez, basta ver que enquanto ele esteve na ativa, nenhuma franquia de todos os esportes americanos, nesse período, teve índice de vitórias maior que a dos Spurs. E ao lado do Lakers, franquia de muito maior mercado, receita e prestígio, foi quem mais conseguiu títulos.