Durant brilha em vitória do Thunder sobre o Wolves; Splitter é cestinha no triunfo do Spurs; confira os demais jogos

Oklahoma City Thunder 115×111 Minnesota Timberwolves

http://www.youtube.com/watch?v=jn_e_8FKP5U

Kevin Durant, quase que sozinho, foi o responsável por não permitir que o Oklahoma City Thunder perdesse a sua terceira partida seguida ao anotar 48 pontos na vitória do seu time sobre o Minnesota Timberwolves por 115×111. Agora, eles assumiram a liderança da conferência Oeste, com 26 vitórias em 33 jogos, uma a mais do que o Portland Trail Blazers.

23 dos 48 pontos do ala foram marcados no último quarto, incluindo a cesta da vitória com quatro segundos restando no cronômetro, e mais os dois lances livres que sacramentaram o placar. Kevin Love, errou os lances livres ( o último de forma proposital) e o arremesso que poderia ainda dar esperança o Wolves nos últimos segundos.

Love marcou 30 pontos, mas ainda sim não foi o cestinha do Wolves. Esse papel coube ao pivô Nikola Pekovic, que marcou 31, e além deles dois, todos os titulares do time marcaram pelo menos 10 pontos. 

Pelo lado do Thunder, Durant jogou praticamente sozinho, acertando 50% dos seus arremessos (16-32), incluindo quatro cestas de três pontos, além de acertar 12 de 13 lances livres cobrados. Além do show particular, ele ainda distribuiu sete assistências e apanhou sete rebotes.

Destaques

Thunder

Kevin Durant: 48 pontos, sete rebotes, sete assistências, 16-32 nos arremessos
Derek Fisher: 13 pontos, quatro assistências, 3-6 nos arremessos de três pontos
Serge Ibaka: 12 pontos, duas roubadas

Timberwolves

Nikola Pekovic: 31 pontos, 11 rebotes
Kevin Love: 30 pontos, 14 rebotes, cinco assistências
Kevin Martin: 17 pontos, seis rebotes
Ricky Rubio: 13 pontos, 10 assistências, cinco roubos de bola

New Orleans Pelicans 82×99 Indiana Pacers

http://www.youtube.com/watch?v=LL4Q9oGTTAY

– O Indiana Pacers investiu em sua melhor qualidade para superar o New Orleans Pelicans: a defesa. Depois de um primeiro tempo promissor dos visitantes, em que eles abriram uma vantagem de sete pontos e acertaram 51% dos arremessos, o Pacers arrasou os rivais no terceiro quarto, vencido por 30×12, e depois administraram a vantagem;

– Eric Gordon marcou 17 dos seus 21 pontos nos dois primeiros quartos da partida, quando então Paul George passou a marcá-lo e o anulou até o resultado estar decidido;

– Essa foi apenas a segunda partida que o Pelicans perdeu na temporada quando seus adversários marcaram menos de 100 pontos. Eles venceram nas outras nove vezes que isso aconteceu;

– Essa foi a 24ª partida da temporada em que Paul George marcou pelo menos 20 pontos. O Pacers só perdeu em três dessas ocasiões até o momento;

– Com a campanha de 26 vitórias e seis derrotas, o Pacers lidera a divisão Central e a conferência Leste. Já o Pelicans perdeu a sua 17ª partida em 32 compromissos, mas ainda continua na disputa pela oitava vaga da conferência Oeste para os playoffs.

Destaques

Pelicans

Eric Gordon: 21 pontos, seis rebotes
Alexis Ajinca: 17 pontos, sete rebotes
Tyreke Evans: 12 pontos
Anthony Davis: 10 pontos, oito rebotes, três tocos

Pacers

Paul George: 24 pontos, 10 rebotes, cinco assistências, duas roubadas
Lance Stephenson: 19 pontos, seis rebotes, quatro assistências
Danny Granger: 13 pontos, cinco rebotes
Roy Hibbert: seis pontos, oito rebotes, cinco tocos

Miami Heat 110×84 Orlando Magic

http://www.youtube.com/watch?v=nFUlQTr38KE

– O Miami Heat teve um aproveitamento de mais de 50% nos seus arremessos pela sétima vez nos últimos oito jogos, apesar da noite atipicamente ruim de LeBron James, que acertou apenas 35% de sua tentativas – ele tem média de 59% na temporada;

– O Heat venceu o seu 22º jogo seguido contra adversários da divisão Sudeste, e agora está a apenas uma vitória de igualar o recorde estabelecido pelo Boston Celtics em 1961;

– Desde que o pivô Nikola Vucevic lesionou o tornozelo e teve que se ausentar do Orlando Magic, a franquia perdeu todos os seus jogos que disputou até o momento;

– Andrew Nicholson foi titular do Magic, errou os quatro arremessos que tentou e foi para o banco com sete minutos de jogo. Não voltou mais para a quadra;

– Com a 25ª vitória em 33 partidas, o Heat continua perseguindo o Pacers na conferência Leste, estando em segundo lugar no momento. Eles lideram a sua divisão com folgas, enquanto que o Magic é o lanterna dela e tem a terceira pior campanha da conferência, com 10 vitórias e 23 derrotas.

Destaques

Heat

Dwyane Wade: 20 pontos, seis rebotes, quatro assistências
Chris Bosh: 20 pontos, seis rebotes, 9-9 nos arremessos
Rashard Lewis: 18 pontos, três roubadas
LeBron James: 15 pontos, oito rebotes, oito assistências

Magic

Jameer Nelson: 21 pontos, cinco rebotes, seis assistências, 5-8 nos arremessos de três pontos
Tobias Harris: 17 pontos, 10 rebotes
Arron Afflalo: 16 pontos, oito rebotes
Victor Oladipo: 16 pontos, seis rebotes

Cleveland Cavaliers 82×89 Brooklyn Nets

http://www.youtube.com/watch?v=6MDxSyUHdEo

– Na quarta vitória  seguida do Brooklyn Nets sobre o Cleveland Cavaliers dentro de casa, os mandantes tiveram o domínio do jogo quase que inteiramente, com um exceção de um apagão no terceiro quarto, em que os visitantes quase tomara o controle da partida;

– Paul Pierce ultrapassou Allen Iverson na lista dos maiores cestinhas da história da NBA. Ele agora é o 19º colocado, com 24.383 pontos;

– Depois de ser herói na vitória sobre o Oklahoma City Thunder, Joe Johnson marcou apenas dois pontos na partida, acertando apenas um arremesso em sete tentativas;

– Anthony Bennet, primeira escolha do draft, atuou por apenas oito minutos, e mais uma vez não marcou nenhum ponto;

– Esta foi a 12ª vitória do Nets em 33 partidas, campanha parecida com a do Cavaliers, que tem uma vitória a menos. Ambos os times estão fora da zona de classificação para os playofffs no momento.

Destaques

Cavaliers

Dion Waiters: 26 pontos, 9-18 nos arremessos
C.J. Miles: 19 pontos, oito rebotes, duas roubadas
Matthew Dellavedova: 13 pontos, 4-4 nos arremessos de três pontos
Anderson Varejão: quatro pontos, 12 rebotes, dois tocos

Nets

Deron Williams: 21 pontos, seis assistências
Paul Pierce: 17 pontos, cinco assistências, três tocos
Andray Blatche: 12 pontos, cinco rebotes
Reggie Evans: oito pontos, 11 rebotes

Atlanta Hawks 84×91 Chicago Bulls

http://www.youtube.com/watch?v=VgiOVaDAsqc

– Mike Dunleavy se destacou ao marcar 11 dos seus 20 pontos no último quarto da partida, quando o Chicago Bulls conseguiu confirmar a vitória sobre o Atlanta Hawks;

Destaques

Hawks

Paul Millsap: 16 pontos, 12 rebotes, dois tocos
Jeff Teague: 16 pontos, seis assistências, duas roubadas
Mike Scott: 12 pontos, cinco rebotes

Bulls

Mike Dunleavy: 20 pontos, 9-14 nos arremessos
Luol Deng: 17 pontos, 11 rebotes, três roubos de bola
Taj Gibson: 10 pontos, 12 rebotes, três tocos
Joakim Noah: 10 pontos, 12 rebotes, cinco tocos

Los Angeles Clippers 91×110 San Antonio Spurs

http://www.youtube.com/watch?v=-CvNhSb5RfY

Destaques

Clippers

Jamal Crawford: 24 pontos, sete assistências
Blake Griffin: 19 pontos, sete rebotes
Darren Collison: 14 pontos, seis assistências

Spurs

Tiago Splitter: 22 pontos, cinco rebotes
Tim Duncan: 19 pontos, 11 rebotes
Tony Parker: 17 pontos, nove assistências
Manu Ginóbili: 15 pontos, seis assistências

Milwaukee Bucks 100×116 Phoenix Suns

http://www.youtube.com/watch?v=gb5Dj0BgZwE

Destaques

Bucks

Brandon Knight: 25 pontos, oito assistências
O.J. Mayo: 20 pontos, cinco assistências
Caron Butler: 16 pontos, sete rebotes

Suns

Gerald Green: 24 pontos, cinco roubadas
Channing Frye: 22 pontos, sete rebotes, dois tocos
Goran Dragic: 15 pontos, seis assistências

Philadelphia 76ers 101×99 Portland Trail Blazers

http://www.youtube.com/watch?v=8Y42WQzYmRk

Destaques

Sixers

Thaddeus Young: 30 pontos, seis rebotes, quatro roubadas
Evan Turner: 23 pontos, sete rebotes
Michael Carter-Williams: 16 pontos, nove rebotes

Trail Blazers

LaMarcus Aldridge: 29 pontos, 14 rebotes, cinco tocos
Mo Williams: 16 pontos, cinco assistências
Damian Lillard: 17 pontos, 6-20 nos arremessos
Nicolas Batum: quatro pontos, 10 rebotes, 10 assistências

Charlotte Bobcats 113×103 Sacramento Kings

http://www.youtube.com/watch?v=Xj1R_OfQW5I

Destaques

Bobcats

Kemba Walker: 30 pontos, seis assistências
Al Jefferson: 27 pontos, nove rebotes
Gerald Henderson: 16 pontos

Kings

DeMarcus Cousins: 26 pontos, 11 rebotes
Isaiah Thomas: 21 pontos, oito assistências
Rudy Gay: 17 pontos, 10 rebotes

  • Loureiro

    O Westbrook precisa voltar logo, o Thunder sem ele é muito previsível. A tática era apenas bola no Durant. Só ganhou pq ele tava on fire.

    Se continuar assim, o Durant merece ser o MVP da temporada.

    Lance Livre ganha jogo Kevin Love.

    • Eu nem sei mais o que esperar do OKC, você pensa que sem West o time vai ser surrado aí o Durant vem e mata com tudo, mas não vai ser todo jogo assim.

  • Tom

    Love amarelão!!! Não da pra ter um FP assim! Tem que trocar e partir pra outra. Com ele não deu certo!

    • rafael taborda

      Que isso… olha os números dele na season… e o pivô Gringo lá também tá ajudando… o problema é o restante do time do Wolves… quase certo que esses dois times saiam pra integrar o elenco de times mais expressivos na liga como Celtics, Lakers, Bulls, Spurs, Knicks…

    • Fernando

      To falando… Melhores que o love tem um monte por ai. Desse time do wolves só martin e brewer salvam.

    • Julio Zago

      Não acho o time dos Wolves tão ruim, nem tampouco considero Love amarelão. Porém, com o atual elenco, o máximo que o time conseguirá é brigar por uma vaga nos offs e, convenhamos, na Conferência Oeste esta não é uma tarefa fácil.
      Por outro lado, é fato que o Wolves são muito inconstantes e isso pode novamente custar a classificação do time aos offs, tornar o time mais confiável e constante é a tarefa de Adelman.
      Para que o time lute por posições superiores ou se torne contender um all star tem de ser acrescentado ao elenco, de preferência na posição 3, o problema será convencer alguém assim a ir para Minnessota.

    • Não quer o Kevin Love manda ele para Chicago que eu aceito, apesar de que ano que vem chega o Nikola Mirotic que também é um PF que chuta muito bem de três pontos, pega rebotes, é o mesmo estilo do Love, comparam muito ele com o Bargnani.

    • Rafael Galeoti

      Nossa, quer mandar esse amarelão pro Celtics? Ainge abriria mão do Bass, Humpries e quem mais quiser, NUMA BOA! rs…

    • No último quarto o Durant comeu a defesa do Wolves com farinha. Brincadeira deixar o cara no 1 contra 1 naquela bola faltando 4 segundos. Assim ele é imbatível. Vacilo do Love nos lances livres também. 88% de aproveitamento na temporada e erra logo os quatro principais do jogo. A tática do Rick Aldeman no último quarto também não ajuda: “Love, leva a bola, cria o próprio arremesso, pega o rebote se errar e volta pra marcar o Ibaka”. É foda dizer isso, mas o time tá sentindo falta do Budinger, pelo menos pra chutar umas bolinhas do perímetro, porque se depender do Rubio e do resto do time no último quarto, aí dançam.

    • Michel Moral

      Love é o pivô mais completo da liga. Foi decisivo em muitos jogos do Wolves. Qualquer time da NBA quer ele.

      • Michel Moral

        Aliás, meu time ideal nesta temporada têm no garrafão Love e LaMarcus.

      • Raphael Mascarenhas

        Sem James e Durant? Me diz que voce então colocou como ala o Durant, né?

      • Michel Moral

        Cara, acho sacanagem tirar alguém da posição porque tem bons jogadores coincidentemente na outra posição.

        Infelizmente, Durant, James e George são da mesma posição (SF) e disputam uma única vaga.

        Se não for assim perde a graça.

        Agora se vc me perguntou qual deles estaria no meu time ideal hoje, lembrando que se deve levar em conta o que foi feito nesta temporada, eu acho que o Durant ficaria com a vaga.

  • Mais uma grande vitória dos Bulls, já somos o 6(Sexto) na conferência leste, Mike Dunleavy ontem estava on-fire, Luol Deng jogando muito bem, como estávamos sem o Boozer que sentiu o joelho direito, ele jogou de PF por uns 20 minutos e arrebentou, teve uma sequência que era só rebote dele, parecia o Dennis Rodman, Joakim Noah e Taj Gibson formando uma baita dupla de garrafão, todo jogo sai uma ponte aérea entre os dois, é certeza de jogada ensaiada, não colocaram os números deles mas o D.J. Augustin tá jogando muito, tá quase pra tirar a vaga do Captain Kirk, e o Jimmy Butler anulou o Kyle Korver completamente, sem zueira, o Korver nem conseguiu respirar, mas pra quem já anulou LeBron, marcar Korver não é problema, ele só conseguiu arremessar uma bola de três quando o Butler estava no banco, Butler ontem que roubou umas 10 bolas eu acho.

    E a cesta fantástica do Deng do meio da quadra, no estouro do cronômetro do segundo quarto.

    #chuparodrigohawks #freguês#

    Let’s Go Bulls.

  • Luiz Henrique Santos

    Acho que trocar o Love não é o melhor para o Wolves, mas se eles quiserem trocar tem várias opções uma delas é essa: http://espn.go.com/nba/tradeMachine?tradeId=k8woo8x

    • Raphael Mascarenhas

      E iria colocar o Love ou o West pra comer banco? Ai tbm não né companheiro. Seria bom pro Wolves e pro Pistons, e pro Pacers seria uma merda, provavelmente.

      • Acho que dá para conseguir coisa melhor com o Kevin Love, para o Pistons seria ótimo, para o Wolves mais ou menos, é trocar pau a pau Love por Smith, o que eu acho desfavorável ao Wolves, e o Pacers é um time em que o Love não se encaixa muito, o sistema deles é quadradão e está bem formado com o West.

      • Luiz Henrique Santos

        Resolveria o problema do Pistons, traria um defensor melhor para o Wolves e no Pacers o Love poderia ser aproveitado de Pivô, jogando com o West e Hibbert seria uma boa opção no banco junto com o Scola.

    • E você acha que o Kevin Love vai querer ser reserva do West e do Hibbert????

      Sendo que tem Lakers, Celtics e Bulls babando nele, seria titular fácil.

  • AlexT-Wolves

    Ontem o time perdeu por 3 Motivos.

    o 1° é que o Durant acertou á primeira bola de 3 e gostou e ai não errou mais nada.

    o 2° é que o Aldeman demorou muito pra colocar o Rubio e o Love no Jogo, ele esperou o jogo empatar pra ai colocar eles.

    o 3° é o Love perde o Lance Livre, mas dele não dá pra reclamar até pq sem ele o time não teria nem chegado á brigar no final do Jogo, ontem não vinha sendo o dia dele mas só nessa temporada ele decidiu uns 3 jogos e tentou decidir outros mais o time adversario era muito melhor( Spurs por exemplo). Eu continuo achando que o Love joga muito mais ontem não era o dia dele( até pq foi a primeira vez), o jeito agora é se concentrar até pq perder pro thunder com o Durant Brilhando não é nenhum crime.

    Eu Aposto no Wolves nos proximos 3 jogos, vai ser muito dificil contra o Suns e para o Wolves ganhar o Rubio vai ter que jogar muito( ele é a peça chave do time).

  • caio_l

    Love no lakers, já que é torcedor e vai chegar no ápice dele.

    • Bruno#L.A.Lakers

      Onde eu curto seu comentario mano ??? kkkkkkk

  • e a troca que dizem já estar feita Gasol x Bynun…que acham?

    • Jogador Estrela!

      Melhor troca que o Lakers poderia fazer. Bynum a 100% é o melhor pivô da Liga e agora se o Kendall Marshall deitar e rolar junto de Bynum o meu Lakers vai pegar fogo.

      • Maicon

        Bynum melhor pivô? Howard sem os dois braços joga melhor que ele.

      • Bruno#L.A.Lakers

        Bynum em forma e com vontade poem Coward no bolso !!

      • Maicon

        Incrível, só porque Howard rejeitou todos os pedidos desesperados e banners que o Lakers fez..agora ele não presta mais! Não é assim não meu querido, é praticamente unânime que Howard é o melhor pivô dos últimos tempos, você aceitando isso ou não.

    • Bruno#L.A.Lakers

      Será anunciada ainda hj Nelson…. pelo menos é oq dizem , e não acho q mudará mta coisa não Bynum está mal a não ser se ele voltar a jogar como na ultima temporada no Lakers …. só o tempo dirá !!

  • L.Avila

    Durant fez chover ontem sorte do Okc que ele é muito regular porem precisa de mais ajuda ,Ibaka é um grande defensor mas sem wess deveria chamar mais a responsabilidade ofensivamente, eu já comentei algumas vezes mas usar Perkins é um desperdício o OKC tem que um time com a volta do Westbrook capaz de ser campeão ta na hora de pensar nisso troca o Perkins+Piks pelo Vareja Adams pode ser o futuro da franquia em dois anos e Varejão o tutor dele.

  • caio_l

    Bynum poderia ser dominante na liga, mas parece que não quer muito isso e sim ganhar seus milhões, quem sabe voltando para a casa dele ela possa retomar sua carreira e voltar a jogar bem.

  • caio_l

    http://www.youtube.com/watch?v=7Vh_mVeG7WA

    vendo isso, dá raiva ver talento ser desperdiçado por falta de vergonha na cara.

    • O Joakim Noah tambem fez um triplo duplo contra o Sixers em que ele deu 11 tocos, e acho que fez 25 pontos e pegou 23 rebotes.

  • caio_l

    O perkins não pode ser bom ofensivamente, mas no esquema aonde o time priva a defesa, contribui bastante, é dificil Para OKC encontrar cara como ele com salário baixo, os outros que tem na liga, tem o salário muito mais alto, e se ficar fazendo trocas, perde seus jogadores novos e pode até estourar o cap.

  • Maicon

    Se tem um time que não faz mal a ninguém é o Hawks, esse time nunca vai ganhar nada mesmo…

  • M Dias

    Sinceramente não foi o OKC quem ganhou mas o Wolves que conseguiu perder o jogo…

  • caio_l

    Alisson Bulls, mas isso foi em playoff.