Dwyane Wade “agradece” jogadores do Dallas por provocações feitas a LeBron James

O armador Dwyane Wade (foto) vem sendo o principal jogador do Miami Heat nas finais da NBA. O brilho de Wade em quadra tem contrastado com a irregularidade do outro astro da equipe, o ala LeBron James, que vem sendo alvo do famoso trash talk (provocações dos adversários).

Após o jogo 4 da decisão contra o Dallas Mavericks, realizado na última terça-feira, o ala-armador DeShawn Stevenson disse que James esteve “apagado” no último quarto da partida. Antes daquele jogo, Stevenson havia chamado a dupla de Miami de “ótimos atores”. No início da decisão, Jason Terry já havia feito provocações a LeBron, questionando o condicionamento do camisa 6 do Heat.

Na manhã desta quinta-feira, a poucas horas do quinto jogo da final, Wade fez questão de vir a público e deixar claro que confia em James e que o trash talk vindo de Dallas é muito bem vindo.

“Nós agradecemos Dallas por isso, agradecemos pelas palavras que vêm saindo da boca de alguns jogadores deles. LeBron não precisa disso, mas isso traz ainda mais motivação para ele. Obviamente, ele quer jogar melhor, mas isso não diz respeito somente a marcar muitos pontos. É sobre jogar bem em todos os setores. Tenho muita confiança nele e em toda a equipe”, afirmou Wade.

Nos quatro jogos decisivos disputados até agora contra o Dallas Mavericks, Dwyane Wade teve médias de 29.8 pontos, 8.0 rebotes, 4.2 assistências, 1.5 roubos de bola e 1.5 tocos, além de um aproveitamento de 58.6% nos arremessos de quadra.

Já LeBron James, que marcou apenas oito pontos na última partida da série, obteve médias de 17.2 pontos, 7.2 rebotes, 6.2 assistências, 2.2 roubos de bola e 44.9% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.