DeMarcus Cousins sentiu-se traído ao ser trocado pela direção do Sacramento Kings durante a pausa do último Jogo das Estrelas. E, aparentemente, o hoje pivô do New Orleans Pelicans ainda guarda rancor da ex-equipe. O atleta revelou que uma das decisões erradas que tomou ao longo da carreira foi ter permanecido por tanto tempo no time californiano, após ter recebido várias propostas para sair.

“Meu grande arrependimento é não ter deixado a franquia quando tive a chance. Eu tive oportunidades, mas lutei contra isso. Meus representantes aconselharam-me a sair. Pode-se dizer que fui leal, mas só queria que as coisas dessem certo. Deveria ter saído e evitado tudo o que aconteceu depois, pois todos me disseram que isso aconteceria”, desabafou o astro, em entrevista ao jornal The Times-Picayune.

Cousins teve uma passagem de quase sete temporadas pelo Kings, que selecionou-o com a quinta escolha do draft de 2010. Mesmo com constantes problemas com a diretoria e de comportamento, ele pensava ser “inegociável”. Estava enganado: o pivô ficou sabendo pela imprensa que havia sido trocado pelo time que reencontra nesta quinta-feira, em Sacramento.

“Durante a temporada passada, eu senti-me absolutamente traído. Fui negociado e disseram coisas, como que odiava Sacramento. No fim do dia, a NBA é um grande negócio. Eu culpo-me hoje por ter me colocado naquela situação. Como você quer ser leal a alguém, se eles não são leais a qualquer jogador da liga? Eu fui bobo”, lamentou o revoltado craque.

Cousins participou das quatro partidas do Pelicans na atual campanha, acumulando médias de 31.0 pontos, 12.0 rebotes, 4.5 assistências e 3.0 tocos em mais de 35 minutos de ação por noite.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Ruan Silvestre

    Hahaha fez bem vc ter saído de lá, hj kings tem um time mto bom pro futuro hahahahah

  • Pierry Silva

    “Você sabe que é um negócio. Como você quer ser leal a alguém se eles não são leais a qualquer jogador que já esteve nessa liga? Eu fui bobo”

    É exatamente isso que a gente deve pensar antes de criticar quando um jogador troca uma franquia pela outra na FA

    • Vitor Medson

      E vitória-versa!

    • João Simplicio

      Eu vivo falando isso aqui! Concordo com vc! É que as pessoas olham esse tipo de situação, com clubismo, como torcedor ou hater! Mas se a pessoa se colocasse no lugar do jogador ou no lugar da franquia e, analisando como negócio, veria q cada um tem q buscar o melhor pra si! Mantendo o profissionalismo!

  • leandro silva

    Esta aí um jogador que mesmo sendo considerado problematico e ” cheios de estatisticas vazias ” por muitos( pelo menos aqui nos comentarios do jumper ) eu gostaria muito no Boston Celtics,Imagina um cara desse que pontua pra caramba em uma equipe que tem direção,treinador,torcida,mentalidade forte e vencedora igual dos celtics.É dificil ficar do lado dessas franquias que recrutam jogadores excelentes,mais ficam só nisso.Não tem a mentalidade de ser campeão,espero que New orleans abre o olho em relação ao Davis,se não,creio que essas palavras do Cousins vai ser a dele (Davis) para os Pelicans daqui a uns tempos.

  • Gustavo – DefendTheLand

    Vish, quebraram o coração do Boogie, Pelicans que se prepare pq se n forem pro offs essa temporada ele vai vazar sem pensar duas vezes.

  • Daniel Nogueira

    LETSSSSSSSSS GO HAWKSSSSSSS!
    Os mais antigos vão entender..rsrs

    • André Gomes

      huehue bons tempos, rodrigão da massa!

    • Diego Costa

      #true #to #atlanta campeão de divisão

    • “Não olhe pra trássss” kkkkkkkk

  • xmaah

    agora me pego imaginando o que seria o primo e o monocelha jogando com o Antetoputo, seria um verdadeiro BIG3.

    • Rodrigo Morais

      Pick 6 de 2013 do Pelicans virou o Noel, que foi pelo Holiday. O grego tanto com o AD e o Primo quanto com o Embiid e o Simmons seria selvagem de se ver. Mas tirando os Seees a parte, essa loucura é o que eu acho mais tri na NBA, quem diria 5 anos atras que o Warriors seria hoje o que é.

  • “KOBE” -Thank You Kyrie.

    Foi bom para ambos os lados. Cousins mts vezes parecia um adolescente no Kings, mt por conta da várzea q era o Kings. Ainda lhe falta foco total no jogo, mas no Kings.. era impressionante. Fazia uma jogada boa, e fazia merda logo em seguida. Eu ainda penso, q ele só vai conseguir mostrar seu potencial completo, se ir para um Spurs, jogar com o LeBron, ou jogar no Warriors (deram jeito até no McGee!).
    Eu já vi isso várias vezes, e mostra bem, como era o Cousins no Kings.
    https://www.youtube.com/watch?v=rVVaMEHmvAE

    • Guilherme Petros

      “ainda guarda rancor da ex-equipe”
      “ele pensava ser “inegociável”
      Por esses pensamentos, ele ainda parece um adolescente, e dos mais mimados e rancorosos possíveis…

    • Pablo Leite

      Esses dias contra o GSW, o Pelicans surrando quando, de repente, o retardado cai numa provocação no final do segundo quarto, os Warriors ficam mordidos e voltam para o jogo. Eu não gostaria de ter um cara desses nunca.

  • Thiago Pinto

    Wall vai levar ele pro Wizards ano que vem. Pelo menos minha torcida é pra isso.

    • Gustavo – DefendTheLand

      Ficaria um tima e tanto. Mas o Wizards teria que se livrar de alguns contratos para assinar com ele. O Otto porter por exemplo vai ganhar 26M.

  • Rafael Victor

    Acho que o pessoal la do Kings deve ter a mesma sensaçao em nao te-lo negociado antes

    • Thiago26-NBA

      Pois é kkkkkk

  • Thiago26-NBA

    Olha as médias. Absurdas.

  • suiciniV_Vascão

    Uma pena que os jogos do Pelicans quase não vão passar no Brasil, com certeza um dos times que mais vai ser legal de ver jogando mesmo sabendo que talvez nem vão pros OFF’s. Davis pra mim ainda vai brincar muito nessa liga, e Cousins ainda tem chance de brigar por um anel.

  • Gustavo

    Finalmente organizado, Kings se arrepende de ter mantido Cousins por tanto tempo.

    • Guilherme Petros

      Essa é a manchete verdadeira.

  • João Simplicio

    De novo esse papo de lealdade? Quando os jogadores vão entender que isso é exceção, e não a regra! A nba é negócio, antes de qualquer coisa! O atleta tem que ser extremamente profissional e fazer oq for melhor pra ele, pois a franquia sempre fará oq for melhor pra ela!

  • Thomazbrasil

    Sempre falei, são negócios!!!!

    A lealdade só funciona quando coincide com os negócios, caso contrário tchau!!!!

  • Pablo Leite

    Foram pilantras com ele, porque falaram uma coisa e fizeram outras. Mas considero a decisão de mandar o Cousins embora algo acertado. Simplesmente não consigo ver esse pino frouxo liderando um time vencedor da NBA. Até porque, ele já causa muitos estragos nos bastidores para isso.