Em baixa, Clippers pode trocar DeAndre Jordan

Após três semanas sem vitórias, o Los Angeles Clippers superou o Atlanta Hawks na noite de quarta-feira. Mas a preocupação da equipe californiana agora é outra: DeAndre Jordan. De acordo com o jornalista Tim Bontemps, do Washington Post, o pivô está atraindo diversos times e o atleta pode ser trocado até a metade da atual temporada.

Nada está muito claro, entretanto. A diretoria do Clippers recebeu nos últimos dias algumas ligações de outras equipes sobre a disponibilidade do jogador, que poderá optar por tornar-se agente livre ao fim de 2017-18. O excesso de lesões de seus companheiros e a má campanha (seis vitórias e 11 derrotas), podem alavancar uma negociação em breve.

Ontem, o armador Patrick Beverley foi diagnosticado com uma contusão mais grave no joelho e deverá perder toda a campanha. Além dele, o italiano Danilo Gallinari segue fora de ação, enquanto o armador Milos Teodosic não entra em quadra desde o dia 22 de outubro e não tem previsão de volta.

Jordan, de 29 anos, tem opção em seu contrato para 2018-19 no valor de US$ 24.1 milhões. Recentemente, Lawrence Frank, vice-presidente de operações da equipe, afirmou que o pivô vai permanecer no Clippers pelo resto de sua carreira.

Em 17 partidas, o camisa 6 possui médias de 10.3 pontos, 13.8 rebotes, 1.2 bloqueio, além de 66.4% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.