Em busca de título, Kevin Durant decide assinar com o Warriors

Acabou a espera: o Golden State Warriors é o grande vencedor da concorrência por Kevin Durant. O astro anunciou nesta terça-feira, por meio de uma postagem no site The Players’ Tribune, que está deixando o Oklahoma City Thunder para defender o time californiano a partir da próxima temporada. Ele vai atuar ao lado do MVP da liga, Stephen Curry, em busca do primeiro título da carreira.

“O primeiro critério que levei em consideração para tomar a decisão foi o potencial de crescimento como jogador, que sempre conduziu-me na direção certa, mas eu estou em um momento da carreira em que igualmente importante é encontrar as oportunidades que encorajem-me como pessoa, sair da zona de conforto. Com isso em mente, decidi que vou juntar-me ao Warriors”, afirmou o craque.

De acordo com Marc Stein, da ESPN, Durant vai assinar um contrato de dois anos e receberá US$54.3 milhões em salários no novo contrato. O ala vai ter uma cláusula de rescisão automática ao final da próxima temporada, o que permitirá que volte a testar o mercado em 2017 e assine um novo vínculo máximo, aproveitando novo aumento do teto salarial da NBA.

O Jumper Brasil noticiou ao longo do fim de semana que seis equipes – incluindo o próprio Thunder – estavam na concorrência pelos serviços do astro. Depois da eliminação do Los Angeles Clippers, o Warriors disputava a preferência do ex-MVP da liga com Miami Heat, Boston Celtics e San Antonio Spurs. Todos se reuniram com o jogador no último final de semana para tentar recrutá-lo.

Em seu anúncio, Durant também agradeceu Oklahoma City pelo apoio nos nove primeiros anos da carreira. “Eu aprendi muito sobre família e o que significa ser um homem em Oklahoma City. Não há palavras para expressa o que essa organização e comunidade vão representar em meu coração e vida para sempre. Dói saber que vou decepcionar tantas pessoas com essa escolha”, disse.

Para viabilizar a contratação do craque, o Warriors precisará realizar uma série de movimentações para abrir espaço em sua folha salarial. A franquia não poderá cobrir a proposta a ser oficializada pelo Dallas Mavericks por Harrison Barnes, além de ter que trocar o pivô Andrew Bogut e abrir mão dos direitos sobre a maioria de seus agentes livres.

Durant, de 27 anos, possui uma coleção de feitos ao longo da carreira. O ala foi sete vezes convocado para o Jogo das Estrelas, tem cinco seleções para o quinteto ideal da temporada da NBA e sagrou-se cestinha da liga em quatro oportunidades, além de ter recebido o prêmio de MVP em 2014. Campeão da conferência Oeste em 2012, ele obteve médias de 28.2 pontos, 8.2 rebotes e 5.0 assistências em 72 jogos disputados na campanha passada.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.