(3-12) Chicago Bulls 94 x 102 Los Angeles Lakers (8-10)

No único jogo de terça-feira pela NBA, o Los Angeles Lakers mostrou poder de reação e venceu em casa o Chicago Bulls pelo placar final de 102 a 94.

O jogo começou com os irmãos Lopez disputando o air ball inicial, e quem se deu melhor foi Brook. No entanto, os dois pivôs estiveram bem discretos nos minutos iniciais do jogo, que contou com bom desempenho de Kyle Kuzma. O calouro da franquia angelina foi responsável por dez dos 15 pontos iniciais da equipe, que visivelmente caiu de produção com sua saída. Do outro lado, o Bulls contou com boas investidas de Denzel Valentine, que estava com pontaria calibrada. Ele foi o principal responsável pela virada parcial da equipe de Chicago, que fechou o período liderando por 27 a 23.

No segundo quarto, quem comandou o show foi Antonio Blakeney. Com nove pontos seguidos, contra apenas três do Lakers no período, o calouro de Lousiana State parecia imparável, e forçou o técnico Luke Walton a pedir tempo. A conversa não parece ter dado muito certo, visto que Walton gastou uma nova parada técnica menos de um minuto depois, quando a liderança do Bulls já chegava a 15 pontos. Com muitas rotações diferentes, o Lakers finalmente se encontrou em meados do período. Ainda assim, a essa altura a vantagem já era grande o suficiente para manter o Bulls confortável na partida. Os visitantes pareciam satisfeitos em trocar cestas e manter a diferença mais ou menos constante. E foi assim que o primeiro tempo chegou ao fim, com o placar indicando 56 a 42 para o Bulls.

Se o segundo período foi dominado pela equipe de Chicago, o oposto ocorreu no quarto seguinte. Apesar de chegar a 19 pontos de vantagem, o Bulls se desligou do jogo, e o Lakers soube capitalizar a oportunidade. Coincidência ou não, a reação da equipe parece ter acontecido quando Lonzo Ball saiu de quadra. O armador foi novamente muito mal em seus arremessos, ainda que tenha contribuído para a equipe de outras maneiras. Nos poucos mais de quatro minutos sem Ball em quadra, a vantagem que era de 14 foi sendo rapidamente dissolvida, com destaque para Julius Randle e Kentavious Caldwell-Pope. Firme no ataque e na defesa, o Lakers acabou o período perdendo por apenas quatro pontos.

No último quarto, o Bulls pareceu ter acordado do apagão que recolocou seu oponente no jogo, mas naquele momento, o jogo estava muito mais equilibrado. Os quatro pontos de vantagem no começo do período eram os mesmos que separavam as equipes a quatro minutos do fim. O Lakers chegou ao empate após jogada chorada de três pontos convertida por Brandon Ingram, e a virada chegou após Caldwell-Pope se encontrar livre no garrafão do Bulls para pegar o rebote ofensivo e colocar sua equipe na frente. A dupla apareceu novamente para estender a vantagem para cinco pontos. Para completar, Valentine fez falta em Ball, que não estava com a bola, dando ao calouro dois arremessos e a posse de bola para o Lakers. A série de erros defensivos custou o jogo para os visitantes, que amargaram sua 11ª derrota em 14 partidas disputadas.

Destaques

Chicago

Denzel Valentine: 17 pontos, nove rebotes e quatro assistências
Antonio Blakeney: 15 pontos
Robin Lopez: 14 pontos
Lauri Markkanen: 13 pontos e 14 rebotes
Kris Dunn: 12 pontos, cinco rebotes e seis assistências
Justin Holiday: dez pontos e dez rebotes

Los Angeles

Kyle Kuzma: 22 pontos e cinco assistências
Kentavious Caldwell-Pope: 21 pontos, nove rebotes e quatro assistências
Brandon Ingram: 17 pontos, cinco rebotes e cinco assistências
Jordan Clarkson: 12 pontos
Julius Randle: dez pontos e dez rebotes

  • PAPAI LEBRÃO

    Esse Kuzma é bom né? Tipo o Kobe, ninguém dava nada pelo cara, foi 20º no draft se não me engano e vai ser um baita jogador.. Parabéns garotinho.

    • Andrew

      E aí, vai pro Lakers é Lakers temporada que vem?

      • PAPAI LEBRÃO

        Eu gostaria de ver o Rei no Lakers, só ele pra erguer a franquia! Se ele der mais 2 títulos pro Lakers, ele se consolida de verdade como o 2º MAIOR DE TODOS OS TEMPOS.

    • Finézão do Lakão

      27¤

  • VictorLakers #LonzoGod

    Ingram ta evoluindo jogo após jogo. Como é lindo ver isso, esse cotonete rabiscado ainda vai destruir demais. * Lonzo brincando, pegou 13 rebotes*

    • Vinicius Ribeiro

      Brincando? Teve um lance que ele tirou o rebote do companheiro e quase acabou perdendo a bola.

  • Chimbinha

    Menos que finais de conferência , nem comemoro

    • Will #Lavarbola

      Boa Joelma.

  • O Caçador

    Lakers no dia de hoje está indo aos playoffs , será se o LaVar vai se consagrar ? haha

    • Doug

      Kkkk…verdade…com recorde negativo…e o leste que seria baba…

      • Rogério Rodrigues

        Oeste selvagem, eles diziam.
        kkkkkkk

        • Jefferson Cavalcanti

          Calma, galera. O Lakers venceu o todo poderoso Bulls e não chegamos nem a 20 jogos, kkkkkkk

          Ainda vai demorar pro Oeste deixar de ser selvagem. Há muitos anos (chutando sem pesquisar: mais de 10) que os times do oeste descem o cacete nos times do leste, de forma geral.

          Os times do oeste jogam contra times mais fortes (mais vezes) e ainda sim, levam grande vantagem há anos.

          A divisão Noroeste tem 5 times que iriam tranquilamente para os playoffs se jogassem no leste: Blazers, Thunder, Wolves, Nuggets e Jazz.

          • Albert Medeiros

            Tranquilamente o Jazz???forçou amizade……

          • Ricardo Soares

            Sei que ainda está no início da NBA, mas neste momento, os times do LESTE tem mais vitorias que derrotas em relação aos times do OESTE no confronto direto. Os times do LESTE possuem 6 vitórias a mais, em relação ao OESTE.

          • VictorLakers #LonzoGod

            Problema amigo, que nos ultimos 5, 7 anos, LESTE só levava cacete, os sétimos e oitavos lugares, na maioria das vezes ficavam negativos.

          • Ricardo Soares

            Meu comentário foi referente a esta temporada. Pegando a temporada 2015-2016, o último colocado do LESTE foi o PISTONS com saldo positivo de 6 vitórias, enquanto no OESTE, o ROCKETS entrou sem saldo de vitórias (41 vitórias e 41 derrotas). Na temporada 2016-2017, o BULLS foi para os offs com campanha zerada, e os BLAZERS também.

          • Pedro

            No oeste eles enfrentam times mais fortes mais vezes, o que faz o número de vitórias ser mais equilibrado…

          • Ricardo Soares

            Eu concordo, porém no ano passado e neste ano os times do LESTE tem mais vitórias que os times do OESTE, no confronto direto.

          • Vitor Martins

            Mas só o confronto direto não é parâmetro, pelo menos não determinante. Tem que analisar a sequência. É muito mais fácil jogar e ganhar do Warriors uma vez na temporada do que em quatro.

          • Ricardo Soares

            Não mencionei confrontos dentro da conferência, falei que os times do LESTE possuem mais vitórias que os times do OESTE, NO CONFRONTO DIRETO. SIGNIFICA QUE OS TIMES DO LESTE, QUANDO ENFRENTARAM TIMES DO OESTE, OBTIVERAM “RECORDE” POSITIVO.

          • Vitor Martins

            Sim meu querido, eu entendi. Não precisa gritar. Me desculpe se eu não fui muito claro. Disse apenas que é mais fácil um time do Leste ganhar do Warriors por jogar menos vezes contra eles, e encarar times mais fracos. Por exemplo: Celtics ganhou do GSW e vão jogar poucas vezes contra eles, e antes enfrentaram Nets, Hornets e Raptors. Enquanto os times do Oeste enfrentam pedreiras a todo momento. A tabela é mais branda com os times do leste ao ponto deles chegarem mais “preparados”, menos cansados, com confrontos mais simples antes de pegarem times fortes do Oeste, que geralmente tem sequências mais pesadas antes de encontrarem times teoricamente mais fracos do Leste. E isso poderia ser um fator que explicaria o Leste ganhar no confronto direto. Disse apenas isso. A estatística pura é vazia, no meu modo de ver basquete.

          • Ricardo Soares

            Meu comentário foi feito em relação aos comentários acima, eu concordo que os times do OESTE são mais fortes que os times do LESTE, sua análise poderia sim ser aplicada para explicar o porquê dos times do LESTE terem mais vitórias no confronto direto.

          • Tiago

            O ano que o sétimo colocado do Leste teve recorde negativo foi 2014-15. Se não me engano o Celtics terminou 40-42 e o Nets ficou em oitavo com 38-44.

          • Rogério Rodrigues

            Ano passado tbm foi assim. Leste teve mais vitorias contra os times do Oeste.
            Mais nomes de peso o oeste pode até ter, mas a molecada do leste ta vindo com tudo.
            Grego, Porzings, Embiid, Simmons, Tatum, Brown

          • Ricardo Soares

            Foi o que eu comentei acima, tem que pegar os números e não ficar chutando estatísticas.

          • Doug

            Isso é mesmo bacana…as vicissitudes…futuro próximo pode ter virada de mesa, hein…leste pode preponderar por um tempo, já que os projetos mais próximos de se concretizar estão do lado oriental mesmo mesmo…

          • Jefferson Cavalcanti

            Alguns times do Leste estão surpreendendo, Magic, Knicks e principalmente o Pistons estão ganhando mais partidas do que a gente imaginava que ganhariam. E isso é ótimo.

          • Vitor Martins

            É bem por ai mesmo. Será bem normal se o oitavo se classificar com recorde negativo. E isso não significa que o Leste é melhor.

          • Doug

            Falávamos com ironia, meu velho…acho que é evidente que o oeste é mais forte de longa data…é só interessante ver os resultados como andam, o que não reflete nada, a bem da verdade, em termos de qualidade dos times das duas conferências…é só uma questão curiosa mesmo…

          • Jefferson Cavalcanti

            Então me desgurpi. Não entendi a ironia.

          • Doug

            Tranquilão, meu velho…texto tem dessas…

  • Kuzma realmente parece especial. Que time horroroso esse do Bulls, nossa senhora. Tentei ver o jogo, mas voltei pro Masterchef. Não dava.

    • Marcos Gordinho

      Huahuahua!!!

  • Danilo Celtics #Banner18

    Kuzma > abismo> ball

    • Will #Lavarbola

      Menos amigo verdinho,bem menos.

      • Danilo Celtics #Banner18

        os numeros nao mentem

        • VictorLakers #LonzoGod

          Kuzma é 2 anos mais experiente que ele, chegou na liga sênior. Mas lgc que n é desculpa, mas o Ball ja ta melhorando muito, ontem defendeu como sempre, pegou 13 reb brincando.

        • Will #Lavarbola

          Vc analiza somente os pontos ? É as assistências ?E os rebotes ? E a defesa ? Não é bem assim não…
          Mas o Kuzma é um grande achado mesmo !

        • Ok, que tal esses números, Lonzo tem 20 anos e uma temporada no college. Kuzma tem 22 anos e 3 temporadas no college. Você acha que a maior experiência não faz diferença?

          • Pablo Leite

            Isso não é garantia de sucesso na NBA. Vide Kaminski.

          • Danilo Celtics #Banner18

            faz diferença mais não faz TOTAL diferença

          • Total diferença não, mas é um importante fator. Mas ainda falando de números, Andre Drummond na temporada passada teve números muito bons, mas tanto no ataque quanto na defesa era um show de posicionamentos errados, leituras ruins e má decisões, gerava caos nos dois lados da quadra e contagiava seu time. Já os números do Whiteside fazem ele parecer melhor do que realmente é, especialmente na defesa. Já o Horford do seu time, faz mais em quadra do que os números brutos mostram. É simplista demais jogar os números na mesa e achar que eles não mentem, até porque esses números geralmente são de box score simples, e não estatísticas avançadas. Kuzma tem grande facilidade para pontuar, mas por outro lado não tem posicionamento e leitura defensiva bons como o Ball. Kyle Kuzma vem tendo um início mais empolgante, mas não existe um abismo entre ele e o Ball. ¯_(ツ)_/¯

          • Danilo Celtics #Banner18

            é , posso ter exagerado um pouco no abismo . veremos ate o final da temporada qual dos 2 se sairá melhor

          • Provavelmente o Kuzma, acho o Lonzo um projeto de médio a longo prazo. Kyle deve ter uma temporada de rookie melhor.

    • Vitor Martins

      Ball até agora é uma decepção, mas essa comparação não faz muito sentido. Kuzma precisa melhorar a defesa. É um defensor bem ruim, mas é um grande achado do fim da primeira rodada. Acho que o Lakers foi o time que melhor escolheu no fundo do Draft nos últimos anos. Mas vai ser absolutamente normal se o Kuzma apenas manter esse nível durante a carreira. Na realidade normal não, vai ser espetacular se ele for um jogador de 15pts por jogo sendo escolhido tão baixo. Ball ainda tem um teto bem maior.

  • Andrew

    Parafraseando o Mestre Linguiça, eu já vi times ruins, feios, péssimos, horríveis, fedorentos… e esse Bulls.

    • Marcos Gordinho

      Huahuahua!!!

  • Bruno Macedo

    E no oeste selvagem o Lakers tá na zona de offs com recorde negativo kkk

    • Albert Santos

      Pois é kkkkkkk

    • Vitor Martins

      Lakers estar na zona de classificação é bizarro, mas não o recorde negativo do oitavo colocado. A tabela dos times do Oeste é bem mais dura. A desnível entre as duas conferências é beeeem grande, em que pese que alguns times do Leste estejam “ajeitadinhos”.

  • nelson alves domingos

    Kuzma é um pontuador natural…

  • 76

    Kuzma foi um achado e tanto

  • Daniel Azevedo

    Até que a temporada do Lakers está bem acima das minhas expectativas. Lakers precisa resolver logo a situação do Randle, montar uma base com Ingram, Ball e Kuzma.
    Clarkson tbm é uma boa moeda de troca. Acho pouco provável que Lopez continue.
    O mais importante é o time mostrar que tem futuro e assim consiga voltar a ser atraente pra FAs.

    • Clarkson tem um bom custo benefício, e pelo menos no início da temporada, suas declarações deixavam claro que ele abraçou o papel de 6° homem. Pelos salários atuais os 12.500 milhões dele é um excelente acordo.

      • Daniel Azevedo

        Concordo, mas Randle não está gostando nem um pouco.

    • Se Lakers for inteligente, Clarkson tem que ser intocável. Um 6° homem como ele é valiosíssimo e extremamente raro. Faz de tudo um pouco e faz bem.

      • Marcinho Mueller

        Penso a mesma coisa, TODO MUNDO falando de Ball, Ingram e Kuzma, e esquecem o tanto que Clarkson vem jogando, pode creditar várias dessas vitórias pro moleque. Toda jogo que o Ball vem mal, ele entra la e põe o Lakers no jogo. Clarkson só não é mais importante nesse time que o Kuzma.

        • RalfLakers

          Cara o Clarkson tem um papel importante no time, mas ele não é jogador pra essa função num time que quer brigar pelo titulo.
          Ele ainda é afobado em diversos momentos, ainda tem um arremesso fraco de 3 ptos e não vejo nada digo de nota na parte defensiva.
          Levando em conta os anos que ele já tem de liga, não acredito muito que ele consiga evoluir o suficiente (o compararia com o CJ Macollum por exemplo)

          Clarkson tem bola pra ser entre oitavo e décimo jogador do elenco, num time que brigue por, pelo menos, final de conferência

          • Marcinho Mueller

            E eu to falando de time que quer brigar por título? Cara se você acha que o Lakers vai brigar por título em um curto período de tempo, você é bem otimista. Pode ser que daqui uns 2 ou 3 anos até briguem por playoffs, mas títulos? Estamos falando de no mínimo uns 7 ou 8 anos, se manter essa base, e isso SE brigar.
            Ele é afobado algumas vezes sim, mas isso é falta de experiência, raras exceções de jogadores jovens não são afobados. E eu quis dizer que tem que manter ele no elenco sim, vão negociar ele pra que? Ta cheio de jogadores bons no Lakers né? Ele vem sendo fundamental pra essa campanha e não compromete o CAP para as próximas temporadas. E falar que um dos melhores sixth man da temporada, tinha que ser oitavo ou décimo jogador de elenco? Sei lá. Se for chegar 3 All Star temporada que vem, Ball, Kuzma e Ingram jogarem tudo que esperam deles. Ai sim podem negociar o Clarkson, do contrário tem que deixar o moleque ai, que vem segurando toda a pressão nas partidas que Lonzo vai muito mal.

  • Alan Cleber Knickerbockers

    Se o irmão gêmeo do Kuzma (Simmons) não estivesse na liga, Kuzma seria minha aposta pra levar o prêmio de ROTY. Tá jogando muito.

    • Rogério Rodrigues

      Não fosse o Simmons esse premio seria do Tatum eu acho

      • Tárcio

        São boas as temporadas de Tatum, Markkanen, Smith Jr., Fox, do próprio Ball,. entre outros!
        Mas acho que a temporada do Kuzma é melhor!

        Não bastasse essa classe espetacular até agora, me vem o Simmons, um ano atrasado pra ganhar o ROY sem disputa!
        Engraçado que a temporada passada, que deveria ser a dele pra ganhar o premio, foi ruim de novatos, alguns inclusive estão começando a jogar bem agora, como J Brown e Ingram!

        • Rogério Rodrigues

          Verdade, se Simmons tivesse ano passado teria ganho ROY.
          Deixa os caras desse ano disputar o premio Simmons, kkkk
          Brown esta surpreendendo realmente e o Ingram ganhando corpo deve ser tornar o scorer que esperam dele…

      • Alan Cleber Knickerbockers

        Eu daria o prêmio pro Kuzma, mas acho que o Tatum tem um teto maior de evolução, por ser mais novo.

  • Leonard

    O início de temporada do Lakers é acima do esperado, mesmo com Luke Walton se esforçando para perder alguns jogos. O cara monta as rotações antes do jogo e não olha o que está acontecendo em quadra, não é possível, Kuzma começou o jogo voando 4-4 FG e assim que ele acertou o 4 arremesso Walton tirou ele de quadra, assim o Bulls tirou 10 pts de vantagem que LA possuía para começar a abrir no placar.

    É nítida a evolução do Brandon Ingram, o mlk está conseguindo absorver melhor o contato dos adversários nas suas infiltrações para converter as cestas, além de apresentar uma regularidade muito maior no decorrer dos jogos e entre uma partida e outra. Acho que na segunda metade da temporada já pode ser possível vermos ele com a média de 20 pts que o Magic queria.

    Acho que a entrada do LaVine nesse time do Bulls deve dar um up na equipe e fazer ela capaz de vencer alguns jogos, existem jogadores com bom potencial em Chicago porém Hoiberg é muito fraco para extrair algo mais dessas peças.

  • Diego Pereira Dos Santos

    Se os brasileiros daqui de longe pressionam Ball no primeiro ano dele a brilhar imagina lá nos States… barril!

  • Thomazbrasil

    Meeeuuuuuuu Deuuuusssss!!!!!!!!

    Que espetáculo de partida do Lonzo Ballll!!!!!!

    Mais um triplo simples para detonar com os haters!!!!!!!!

    • Marcinho Mueller

      Estamos assistindo o moleque fazer história. Acho que pela primeira vez na NBA teremos um jogador ganhando MVP e ROY na mesma temporada…

      • Thomazbrasil

        Fora o novo perfil de beleza, pois jogador do Lakers, para alguns torcedores muito coerentes, além de espetacular é tb muit lindo!!!!!

      • Marcos Gordinho

        Se bobearem ele ainda leva o MIP e o Sixth man.

  • Flavio Cristiano Saldanha

    Tantos comentários, vários nomes e ninguém falou de Donavam Mitchell!