Em classificação para os Jogos Olímpicos, Scola se torna maior cestinha da história da Copa América

FIBA

A Seleção Argentina de Basquete virá aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, após vencer o México por 78 a 70 na semifinal, dois dias depois de perder para a mesma equipe na segunda fase da Copa América.

Remanescente da geração dourada que venceu as Olimpíadas de Atenas em 2004, Scola ultrapassou o brasileiro Oscar Schmidt e se tornou o maior cestinha da história do torneio das Américas.

O camisa 4 da Seleção Argentina iniciou o campeonato disputado no México com 1095 pontos em seis participações, e precisou de mais 193 em oito jogos para ultrapassar o “Mão Santa” na lista de maiores pontuadores. Faltando dois minutos e 42 segundos para o término da partida contra o México, Scola recebeu assistência do armador Facundo Campazzo e converteu a cesta do recorde. O argentino ainda marcou mais quatro pontos no jogo, e aumentará ainda mais sua pontuação histórica no torneio por conta do confronto contra a Venezuela, válido pela final da Copa América 2015.

Bicampeão da Copa América em 2001 e 2011, e tricampeão do prêmio de MVP do torneio entre 2007 e 2011, Scola foi um dos jogadores que mais vibrou com a vitória argentina contra os donos da casa.

Aos 35 anos, o jogador do Toronto Raptors é presença certa nos Jogos Olímpicos do Rio.

  • Rodrigo Santos

    Vejo muitas pessoas dizerem que o Scola é um dos melhores da historia no basquete Fiba…

  • monstro do basquete FIBA

  • Rafael Victor

    Grande Scola!

  • Fernando

    Olha o nível do basquete FIBA. Jogador medíocre na NBA com médias abaixo de rookie e é considerado “monstro” nesses torneios.

    • TRUETHIAGO

      12ppg/7rpg na sua carreira dentro da NBA. Chegou a fazer temporadas de 16-18ppg/8rbts quando jogava mais de 30mpg. Todas boas médias, e apenas os rookies acima do normal fazem além disso (e olhe lá…)

      O Anthony Davis, por ex, teve 13ppg/8rbt no seu ano de novato.

      A não ser que você esteja se baseando nessa passagem em Indiana, onde ele era apenas um reserva jogando 20mpg ou menos. E desconsiderando, também, seus atuais 35 anos de idade nas costas.

  • Gentil Bezerra

    O que esse cara judiou da seleçao brasileira não é brincadeira.Sempre bateu sem dó

  • Mito demais. Fantástico; o que já sofri vendo esse cara, contra o Brasil, daria pra escrever um livro…