Em confronto equilibrado, Bucks vence Grizzlies em casa

(7-6) Memphis Grizzlies 103 x 110 Milwaukee Bucks (7-6)
Em casa, o Milwaukee Bucks superou o Memphis Grizzlies em mais uma grande noite de Giannis Antetokounmpo, autor de 27 pontos e nove rebotes. Com o resultado, o time de Wisconsin alcançou o sétimo triunfo em 13 jogos em 2017-18, mesma campanha do Grizzlies.

O jogo começou com a equipe de Memphis contendo bem o “fator casa” do seu adversário, graças à já conhecida característica do time de jogar na “meia quadra”, com jogadas mais organizadas, menos correria, embora sempre muito imponente fisicamente. Já o Bucks continuava com a mesma identidade adotada em todas partidas desta campanha, ou seja, um time leve e rápido. Malcolm Brogdon, calouro do ano na última temporada, iniciou o confronto no banco, dando lugar ao recém contratado Eric Bledsoe.

O primeiro quarto terminou com uma vantagem de cinco pontos para o time da casa, que angariou aproveitamento avassalador na linha de três pontos, acertando todos os seis arremessos que tentou, sendo três deles convertidos por Khris Middleton, autor de dez pontos no período.

No início do segundo quarto, mesmo com a segunda unidade em quadra, o Grizzlies manteve-se bem na partida (com aproveitamento de 60% nos arremessos de quadra). O técnico David Fizdale fez uma ótima leitura ao colocar apenas Brandon Right como pivô, escalando Chandler Parsons e James Ennis nas alas. Assim, Giannis Antetokounmpo não conseguia ditar o ritmo da partida. No ataque, os organizadores Tyreke Evans e, principalmente, Mario Chalmers, garantiram uma diferença no placar de cinco pontos, ao final do primeiro tempo (65 a 60).

Na volta do intervalo, o Bucks retomou a liderança, vencendo o terceiro período por 24 a 12. O destaque dos anfitriões naquele momento era, para variar, o grego Giannis Antetokounmpo, que passou a dominar o garrafão, partindo para a cesta e sofrendo faltas, bem como apanhando rebotes defensivos.

Já no início do período derradeiro, Memphis voltou para o jogo. Tyreke Evans anotou cinco pontos seguidos para igualar o marcador em 84 pontos. As equipes, mais ajustadas defensivamente no segundo tempo, fizeram um quarto período equilibrado. Porém, a dois minutos do fim da partida, os donos da casa abriram vantagem de sete pontos, não permitindo mais nenhuma reação por parte do Grizzlies.

Na sequência da temporada regular, ambas as equipes jogarão na próxima quarta-feira. O Memphis Grizzlies jogará em seus domínios contra o Indiana Pacers. Jogando novamente em casa, o Bucks receberá o Detroit Pistons.

Destaques

Memphis

Tyreke Evans: 27 pontos, seis assistências e cinco rebotes
Dillon Brooks: 19 pontos
Marc Gasol: 16 pontos, dez rebotes e seis assistências
Mario Chalmers: 14 pontos, seis assistências e cinco rebotes

Milwaukee

Giannis Antetokounmpo: 27 pontos, nove rebotes, sete assistências, em 44 minutos
John Henson: 17 pontos, nove rebotes e dois tocos
Khris Middleton: 17 pontos e 4-5 nos arremessos de três
Eric Bledsoe: 15 pontos, sete rebotes e quatro assistências


(3-10) Sacramento Kings 92 x 110 Washington Wizards (8-5)

Destaques

Sacramento

George Hill: 16 pontos e quatro rebotes
Zach Randolph: 12 pontos e nove rebotes
Buddy Hield: 12 pontos
DeAaron Fox: dez pontos e cinco assistências

Washington

John Wall: 21 pontos e nove assistências (8-9 nos arremessos de quadra)
Marcin Gortat: 18 pontos e sete rebotes
Bradley Beal: 14 pontos, sete rebotes e sete assistências
Otto Porter Jr.: 15 pontos e sete rebotes
Mike Scott: 15 pontos


(7-7) Clevland Cavaliers x New York Knicks (7-6)

Destaques

Cleveland

LeBron James: 23 pontos, 12 assistências, nove rebotes e três tocos
Kyle Korver: 21 pontos e cinco rebotes
Jae Crowder: 13 pontos

New York

Tim Hardaway Jr.: 28 pontos, dez rebotes e cinco assistências
Kristaps Porzingis: 20 pontos e sete rebotes
Enes Kanter: 20 pontos e 16 rebotes
Courtney Lee: 15 pontos


(2-12) Altanta Hawks 105 x 106 New Orleans Pelicans (8-6)

Destaques

Atlanta

Kent Bazemore: 22 pontos, sete assistências, quatro rebotes, três roubadas
Tyler Cavenaugh: 16 pontos, seis rebotes
Marco Belinelli: 14 pontos, quatro roubadas
John Collins: 12 pontos, seis rebotes
Luke Babbitt: 12 pontos
Dennis Schroder: 11 pontos, cinco assistências
Dewayne Dedmon: 11 pontos, seis rebotes

New Orleans

DeMarcus Cousins: 22 pontos, 16 rebotes, sete assistências, três roubos de bola e sete erros de ataque
E’twaun Moore: 24 pontos e quatro assistências
Anthony Davis: 13 pontos, dez rebotes, sete assistências, quatro tocos e dois roubos de bola
Darius Miller: 21 pontos
Jrue Holiday: 13 pontos, cinco rebotes e cinco assistências


(8-5) Minnesota Timberwolves 109 x 98 Utah Jazz (6-8)

Destaques

Minnesota

Karl-Anthony Towns: 24 pontos, 13 rebotes
Jimmy Butler: 21 pontos, dez assistências, quatro rebotes
Jeff Teague: 22 pontos, cinco erros de ataque
Taj Gibson: 15 pontos, dez rebotes
Andrew Wiggins: 11 pontos, quatro rebotes, quatro assistências

Utah

Donovan Mitchell: 24 pontos, quatro rebotes, quatro assistências, quatro roubadas
Rodney Hood: 16 pontos
Jonas Jerebko: 13 pontos, seis rebotes
Thabo Sefolosha: 13 pontos
Alec Burks: 11 pontos
Raul Neto: cinco pontos, seis assistências, 17 minutos


(6-8) Los Angeles Lakers 100 x 93 Phoenix Suns (5-10)

Destaques

Lakers

Jordan Clarkson: 25 pontos
Brook Lopez: 15 pontos e dez rebotes
Kentavious Caldwell-Pope: 15 pontos e nove rebotes

Phoenix

Devin Booker: 36 pontos e quatro rebotes
T.J. Warren: 23 pontos e oito rebotes
Dragan Bender: 15 pontos e cinco rebotes


(8-6) Denver Nuggets 82 x 99 Portland Trail Blazers (7-6)

Destaques

Denver

Paul Millsap: 18 pontos, cinco rebotes
Jamal Murray: 18 pontos, cinco rebotes, seis erros de ataque
Wilson Chandler: 14 pontos, sete rebotes, seis assistências
Will Barton: 12 pontos, cinco rebotes

Portland

Jusuf Nurkic: 17 pontos, cinco rebotes, seis erros de ataque
C.J. McCollum: 17 pontos
Damian Lillard: 15 pontos, sete assistências, cinco rebotes, quatro roubadas
Evan Turner: 14 pontos, cinco assistências


(8-6) Orlando Magic 100 x 110 Golden State Warriors (11-3)

Destaques

Orlando

Nikola Vucevic: 20 pontos, cinco rebotes, quatro assistências
Evan Fournier: 16 pontos
Jonathon Simmons: 13 pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Aaron Gordon: dez pontos, dez rebotes
Terrence Ross: 11 pontos, três roubadas

Golden State

Kevin Durant: 21 pontos, oito assistências, sete rebotes
Draymond Green: 20 pontos, cinco assistências, quatro rebotes
Shaun Livingston: 16 pontos, seis assistências
Klay Thompson: 15 pontos, cinco assistências, quatro rebotes


(7-6) Philadelphia 76ers 109 x 105 Los Angeles Clippers (5-8)

Destaques

Philadelphia

Joel Embiid: 32 pontos, 16 rebotes
Robert Covington: 31 pontos, seis rebotes, quatro assistências, quatro roubadas
Ben Simmons: 22 pontos, 12 rebotes, quatro assistências, cinco erros de ataque
J.J. Redick: dez pontos, seis assistências

Clippers

Lou Williams: 31 pontos, sete rebotes, seis assistências, cinco roubadas
Blake Griffin: 29 pontos, seis rebotes, cinco assistências, cinco erros de ataque
Austin Rivers: 11 pontos

  • Caio Monteiro

    Giannis, Henson, Middleton e Bledsoe muito bem no jogo, quando voltar o Jabari que pelo visto deve voltar antes de fevereiro vai dar liga. E a torcida do Bucks irá crescer 90% tanto no Brasil como nos EUA. (Ainda tem a nova Arena de Milwaukee que irá ficar pronta até próxima temporada)

    • Jean Brazuna

      É um bom núcleo, e jovem…coloco como terceiro melhor no Leste projetando para as próximas temporadas, atrás d76ers com Fultz, Simmons, Corvington, Saric, Embiid, e do Celtics com Irving, Brown, Hayward, Tatum, Horford, Smart, Rozier…

    • Doug

      Bledsoe parece ter dado aquele upgrade necessario aos Bucks…

    • Henrique GoWarriors

      ai vão ser chamados de modinhas, principalmente se começarem a vencer, isso é ridiculo

      • Caseh

        Claro que merecerão ser chamados de modinhas.

  • ADL

    Me engravida grego maldito.

    • pedrokadf

      kkkkk chorei

  • JAMnba

    Infelizmente meu KNICKS tremeu no final do jogo, é aquilo mesmo mal das pernas o Cavs tem muita gente boa, e um tal de Lebron James, mas perdemos na hora que podiamos perder, agora e vencer o Utah Jazz que ta capenca com as lesoes e continuar a luta por Offs.

  • Doug

    Boa vitoria do Phila, além bos Bucks…mostram força…Embiid descontou a ultima partida ruim…e q Covington…

  • Eu esperava muito mais do Clippers. Quando volta o Teodosic?

    A classe de novatos desse ano tá excelente. Um que é pouco falado mas já é fundamental pro time é o Dillon Brooks de Memphis, joga realmente muito bem, parece um veterano.

    • Marcos Gordinho

      Sem Teodosic, DeAndre está perdido.

    • Fillipe Carel

      Você que disse ontem que o Embiid estava abaixo nessa temporada né?

      Te marquei..kkkkk

      • Fui eu sim. Não vi o jogo de ontem mas parece que Embiid foi impecável.

        • TRUETHIAGO

          Impecável não foi porque ele estava irreconhecível nos FT, onde geralmente beira os 80% de aproveitamento (9-16).

          Se não tivesse desperdiçado tantos lances livre, teria terminado com carrer-high em pontos.

          • Fillipe Carel

            Ele também ainda tem que melhorar suas tomadas de decisões na hora de fechar os jogos, quase sempre força a jogada e comete um turnover. Ontem faltando 40s ficou um bom tempo batendo bola perto do garrafão, dobraram a marcação e pegaram a bola.

          • TRUETHIAGO

            Sim, nesse lance ele tomou o toco do Willie Reed, ficou frustrado e fez a falta logo em seguida, sendo que estava 100×100 ali e os dois times já haviam estourado o limite.

            Sorte nossa que o pivô errou 1 e, na posse seguinte, veio a bola de 3 decisiva do Covington.

        • Fillipe Carel

          É, foi mal nos lances livres, poderia ter sido um fim de partida mais tranquilo se ele tivesse mantido o aproveitamento da temporada.
          Contra o GSW ele foi mal, provavelmente foi a partida que você acompanhou, pois ele tem mantido o nível da temporada passada, este jogo de hoje foi o primeiro sem restrição de minutos e o rapaz veio com tudo.

  • “KOBE” -Thank You Kyrie.

    Boa vitória do Cavs, mas o q aconteceu no 2° qtr foi ridículo! Praticamente só tem véio no time, e caíram numa provocação q o próprio LeBron começou. Uma aula de trash talk, só q ao contrário. rs
    Acho q foram o q….. uns 17 ou 18 TOs só nos 2 primeiros quartos! Isso foi vergonhoso!
    Mas se redimiram com um bom segundo tempo. Boa marcação, principalmente do LBJ no Porzingis no post, foi um domínio do LeBron! E acho q pela primeira vez, houve bom gerenciamento de minutos. Cedi Osman entrou mt bem, o q só torna ainda mais injustificável a falta de utilização dele e do Zizic. A entrada do turco, além de ter sido eficiente, evitou q o LeBron atingisse a marca dos 40 minutos mais uma vez.

    • Marcelo Desoxi

      LeBron de PF é outro nível.

  • Marcelo Desoxi

    Como diabos o Knicks perdeu esse jogo…

    Mitchell ROY.

    Covington defendendo por dois, e chutando 50% pra 3.

  • Chimbinha

    espn.uol.com.br/noticia/742951_genio-precoce-conheca-o-candidato-a-melhor-tecnico-da-nba

  • DNT

    Jogo muito duro, faltou maturidade, principalmente no final do jogo, mas apesar disso o time demostrou muita vontade e união, e o mais legal é os torcedores perceberem isso perceber isso, como já disse varias vezes: fazia tempo que eu não via o Garden vibrar tanto.

    No ataque basicamente o Hardaway e o Kanter carregaram a equipe, Hardaway metendo suas bolas de 3 e fazendo infiltrações, já o Kanter dominou o garrafão dos Cavs, vários rebotes ofensivos e pontos de segunda chance, estou gostando de ver a vontade do Kanter, que também pode ser chamado de homão da porra. O Porzingod não estava muito bem, devido a marcação duríssima do Crowder e do Bronha, além das dobras que faziam nele, mas de certa forma é bom que isso ocorra, assim ele aprende logo a jogar com marcação dobrada, pois agora a maioria dos times vão fazer isso. A defesa foi mais uma vez bem, o Hornacek ta conseguindo fazer esse time marca bem, até o Kanter está indo bem, o problema que continua é acontecendo é de sobrar jogadores livres para arremessar de 3 pontos, e isso foi fatal no jogo de ontem, Cleveland deitou e rolou em cima dessa falha, basicamente os caras ganharam o jogo em cima disso, espero que o time e o Hornacek corrijam isso logo.

    O destaque de ontem foi o Ntilikina, mostrou mais uma vez seu potencial defensivo monstruoso, com passar da temporada ele está ficando cada vez mais solto, mostrando seu jogo e amadurecendo, ontem ele estava com sangue nos olhos. Os momentos mais legais para mim foi quando o Wade sentiu a marcação do moleque, além do roubo em cima do LeBronha.

    Após essa derrota pra Cleveland o time agora está 7-6 na temporada, foi uma derrota normal, claro que extremamente dolorosa, pois o time chegou a estar 20 pontos a frente, mas bola para frente…..acho que agora vem uma parte importante na temporada, temos uma sequencia de jogos difíceis, vamos ver como o time vai se sair. #LETSGGOKNICKS #WE LOVE WHAT WE GO

    • O Wade teve problemas como o garoto Ntilikina, deu gosto de ver a disciplina dele em defender e em distribuir o jogo…

  • DNT

    Não sei o por que o Bronha está querendo arrumar confusão com o Knicks, mas no jogo de ontem gostei demais do Ntiikina empurrando o FDP e depois o Kanter vindo defender o Ntilikina, foi do caralho ver a união do time, além disso a torcida vaiando o escroto do Bronha o tempo todo, foi muito massa. Acho que estão chamando o LeBron de King e ele está acreditando mesmo nessa merda.rsrsrsrs. Mas apesar dele ser o o rei ou a rainha queria mandar um respeitoso VTNC.

    • Bam Adebayo

      Lebron>>>>>>>Knicks

      • Marcos Gordinho

        Para mostrar que quem sobe agora no busão não pega janela!!! Respeito aos veteranos. De modo geral se a mulecada só jogasse sem apelar para lado pessoal poderiam arrancar mais resultados positivos. Os próximo jogos do Cavs em NY promete…

    • Marcio

      Eu nao gosto do Lebron cara, mais o Knicks e bizarro! E o Kanter foi um ze ruela.

    • O que se fala nos bastidores é que o LeBron disse que o Knicks era para ter escolhido o Smith Jr. em vez do Ntilikina, então o Kanter ficou putinho e defendeu o companheiro calouro francês fora e dentro de quadra, ontem no jogo não sei exatamente o que rolou mas certamente foi o desdobramento dessa treta fora de quadra kkkk

      • Marcelo Desoxi

        Bastidores não, foi uma entrevista mesmo.
        https://www.youtube.com/watch?v=Of2je_EYzDc

        • Isso mesmo, vlw Marcelo

        • DNT

          Já tinha visto isso antes, a imprensa de NY estava e está fazendo a maior confusão com isso. rsrsrsrsrsrs

          • Marcos Gordinho

            Torcedor do Knicks se dói facim facim mesmo. Sempre foi assim. E quem mora na Big Aplle leva tudo para o lado pessoal.

      • DNT

        O que eu não entendo é qual é a necessidade que o LeBron tem de fazer isso…

        • Marcelo Desoxi

          Ele foi juvena em citar o Knicks , poderia ter falado :
          “Dallas deu sorte em poder pegar o Smith JR, ele deveria ter saído escolhas antes”. Não teria nenhuma polêmica, e não ia gerar esse mimimi.

          • DNT

            Pois é, só não entendo o por que dele ter citado o Knicks…..até entendo que ele queria alfinetar o Phil, mas falar do Knickão foi foda.

      • Matheus Bernardo

        O Lebron está certo, ao meu ver Smith Jr tem muito mais talento e futuro que o Nikotina.

    • Marcelo Desoxi

      God saves the King

  • 76

    Sixers me deixando empolgado. Acho que da pra conseguir um mando de quadra

  • Marcos Gordinho

    Bledsoe é um encaixe perfeito ao Bucks. E jogando na posição mais carente da equipe. Olha que ainda não há sintonia entre ele e os demais, a tal química deve melhorar muito ainda. O Cavs estava de boas sendo surrado, aí mecheram com o brio do homi. Fudeu!!! Essa derrota vai ficar na goela desses garotos que estão surpreendendo, pensei que Knicks viria para Tankar nesta temporada. Sixers mostrando a força, e Clippers parece que está pedalando em uma subida sofrível. Sem um armador qualificado (Teodosic) DeAndre está perdido, e Griffin sobrecarregado. E o Wolves segue sem saber quem será seu FP. Quando Butler finalmente aparece em um jogo Wiggins some. Towns que segue bem, regular.

  • bruno

    Tyreke Evans renascendo sobre o comando de David Fizdale. Acredito que o núcleo de trabalho desse time de Memphis, seja um dos melhores, vide a produção de determinados jogadores que se encontravam em baixa na carreira. Até o Chalmers está rendendo… Mas a mágica não funciona no Parsons. Esse realmente é um problema.
    No mais, vejo com bons olhos a safra do leste, para o futuro. A seleção de Ntilikina, indo na contramão de armadores pontuadores, me parece bastante interessante. Com seu potencial defensivo enorme, sabendo os chutes que deve arriscar ou não e uma boa envergadura, pode se dar muito bem em diversos matchups. Dennis Smith é um scorer nato, mas não trm tanta altura e isso pode prejudicar em determinadas situações. Gostaria muito de ver o Doncic jogar nesse Knicks. Acho que o encaixe dele junto com o Zingis, seria de outro mundo.

  • Knicks e Cavs foi muito pegado e divertido de assistir, tretas entre LeBron e Kanter, um Knicks muito solto e bem na transição no segundo quarto, jogando empurrado pela torcida, mas no segundo tempo a defesa do LeBron no Porzingis foi muito boa e o Letão talentoso teve problemas em manter posição pra receber a bola, gostei da atuação do Hardaway Jr. que é um gatilho afiado nos dias bons, mas o Cavs respondeu muito bem com o Kyle Korver e próprio Lebron e a frieza do time em pegar os rebotes ofensivos no minuto final deu a vitória ao Cleveland

  • Julio Zago

    Apesar da vitória, o Cavs ainda não é um time pronto, aliás, está muito aquém disso.
    O basquete apresentado até aqui deixa muito a desejar, muitas das vitórias são demasiadamente oriundas do talento do Lebron, o que pode gerar um desgaste para a fase decisiva.
    Evidente que os desfalques atrapalham, mas coletivamente o time é muito cru, inexiste um padrão de jogo bem definido e eficaz.
    Considerando a experiência do time e a qualidade do elenco e o fato da temporada estar apenas no início, não penso que o equilíbrio de força da Conferência esteja alterado, contudo, se não melhorar muito, mas muito mesmo, o máximo que o Cavs vai conseguir é se impor na Conferência.
    Já o NY é um time completamente diferente da última temporada, mais organizado e muito mais competitivo, o salto de qualidade é evidente, será que a simples mudança no ambiente de trabalho fez tão bem assim? Sei que vou ser minoria aqui, mas o Carmelo é um jogador que eu não gostaria de ver no meu time e acho que a saída dele possui relação com a melhora na equipe, não o vejo com capacidade para liderar uma franquia a nada, além de ser preguiçoso na defesa e extremamente individualista.

    • Eu tbm não gostaria do Melo no meu time, apesar de sempre reconhecer seu potencial, pra mim ele atrapalha muito o jogo coletivo de qualquer equipe…

  • Guilherme Petros

    Começo impressionante do Pelicans. Bela campanha até aqui.
    O mesmo vale para o Magic, apesar da derrota.
    E o Clippers, hein?

    Agora, confesso que vi o jogo da TV ontem e torci pro Memphão da massa. Mas que jogão da hora!

    • Alex Alves

      Pelicans vai ser aquela coisa, sempre vai depender de uma atuação destacada da dupla senão sem chances.

      Torço para chegarem aos offs mas acho meio difícil.

      • Felipe Monteiro

        Mas ontem o destque foi E´Twaun Moore… rsrsrsrsrsrsrsr

        • Alex Alves

          Exato para você ver o desiquilíbrio da equipe, no próximo jogo deve fazer seus 8/10 pontinhos

      • Tárcio

        Acho que eles chegam sim! Mas é total palpite! Oeste tá muito imprevisível!
        GSW, Houston, SAS e até o Wolves vejo como certos!
        Acredito que o OKC vai encontrar seu caminho e deve entrar também!

        Então, a briga pelas três vagas restantes será grande, acho que maior entre Memphis, Portland, Denver e o Pelicans!
        Sem suas ex-estrelas: Jazz e Clippers caíram de nível, mas continuam com chances; assim como Lakers correndo por fora.

        Só Suns, Kings e Mavs que não acredito que cheguem perto!

    • Rafael Victor

      Clippers é complicado! Sempre começa bem a temporada, aí machuca um (Teodosic), machuca outros (Gallinari, Berverley) e o time começa a cair! Emplacaram uma sequência de derrotas terríveis!

      • Guilherme Petros

        É a maldição do Clippers, não tem outra… rs

  • Flavio Cristiano Saldanha

    Eu tenho o costume de ver o boxscore pelo site da NBA, já que não consigo assistir aos jogos, é impressionante como Tom Thibodeau explora ao máximo os titulares da equipe, chega a ser bizarro, todos os titulares jogaram mais de 35 Min, isso é coisa que em todos times no máximo dois jogadores fazem isso!

    • Luiz

      Wolves só ta com 1 center disponivel(Towns) entao normal ele e Gibson jogarem muito. Mas o Thibs estava usando bem o banco até esse jogo sim.

      • Vitor Martins

        Bem, eu não acompanhei de perto os Wolves ainda, mas o time titular inteiro tem médias de mais de 30min por jogo. Butler joga mais de 36, Wiggins 35, Towns e Teague 33, e Gibson 30. É bastante se comparado a outras rotações da NBA.

  • Felipe Monteiro

    Rapaz, deve ser por isso que Jefferson Cavalcante tem raiva do Lakão.

    É só fumo no Solzão e ele fica pirado!!!!

    kkkkkkkkk

  • Rafael Victor

    Bucks conseguiu 3 vitórias consecutivas desde a chegada do Bledsoe, só que ainda é um time meio imaturo e irregular, se oscilassem menos, o Grego estaria em pé de igualdade com o Harden na disputa pelo MVP!

    • Tárcio

      e o Irving?
      Coloco ele ai também!

      • Gustavo

        Outro que tem que entrar nessa conversa é o Cousins. Não vejo tanta gente comentando, mas ta jogando uma barbaridade.

        • Gabriel S Monteiro

          Esse ta sacanagem!

  • xmaah

    Rondo is back, logo 0pts 20ast por jogo amigos, não espero nada abaixo disso.

  • Pablo Leite

    E os Sixers ficaram com a campanha positiva! Sempre falamos de Embiid e Simmons, mas outro que está comendo a bola na Filadélfia é o Covington, com 15.7 pontos por partida. Parece que o processo finalmente vai começando a dar certo, depois de tantos anos!

    • Leonard

      Corvington vei jogando muito bem realmente, se firmando como um consistente 3&D. Encaixe perfeito para essa equipe do 76ers!
      Acho que mantendo JJ Redick por um salário mais baixo e trazendo mais alguns jogadores para espaçar a quadra, essa equipe faz um barulho ainda maior na próxima temporada. Mas como isso ainda tá longe, vamos ver quem sobra até o ASG pra dar uma engrossada nesse elenco para os offs, afinal creio que se a equipe se mantiver saudável com certeza estará lá.

  • Henrique GoWarriors

    Bom, mais uma vitória, mesmo sem o menino Curry que foi poupado para pegar o Boston na quarta, time se saiu bem, o bicho papão do 3º Q voltou, é nesse momento que o time engata uma 6ºmarcha e vai embora.

    • Rafael Marques

      GSW sem curry parece que não é GSW haha quinta* será a prova de fogo da temporada até agr, vamos ver se acontece a mágica do 3Q novamente, vai ser um jogo encardido demais creio eu.

  • Marcelo Desoxi
  • Thomazbrasil

    Cavs e Knicks ficou em 0 x 0?

  • Leonard

    Porra, que vitória pra esquecer da equipe dos Lakers. Se tem uma equipe mais desorganizada que a de LA é essa zona do Suns, deu pra entender o Bledsoe hahaha
    Alguns pontos que valem ressaltar:

    – A equipe de Phoenix no momento se resume a Booker – que jogador foda – e Warren.

    – Legal ver o Dragan Bender aparecendo, fez bolas importantes e se não me engano seu carrer high. Não acompanho muito o Suns, mas ele pode começar a mostrar ao que veio e aparecer um pouco nas manchetes
    .
    – Corey Brewer finalmente chegou em Los Angeles? Finalmente o cara fez uma partida boa. Ele que foi sempre um jogador regular e que contribuía bem vindo do banco, de uns dois anos pra cá parece que esqueceu como se joga basquete. Seria muito importante para a equipe e para os jovens do Lakers que ele retomasse o nível de dois ou três anos atrás, entretanto eu creio que isso foi apenas um lapso.

    – Walton apostou nos jogadores que estavam bem na partida para encerrar o jogo em detrimento dos titulares, deu certo e gostei da iniciativa.

    – Lakers tem colocado a bola na mão do Ingram na hora de fechar as partidas, apesar da total inconsistência dele, eu gosto disso, é errando que se aprende. Acho que o menino ainda vai explodir embora demore um pouco.

    – Que homão esse Embiid jogando sem restrição de minutos. Essa equipe de Filadélfia anima muito!

    • TRUETHIAGO

      Qualquer análise sobre o Bender precisa levar em consideração que ele é até mais novo, ou no máximo da mesma idade, que vários jogadores da classe desse ano (Markkanen, por exemplo).

      Fora que não teve tantos jogos/minutos em nível profissional lá na Europa. O Draft dele foi muito baseado pelo desempenho nos torneios de seleções de base.

      Acho bastante exagerado quando já taxam ele de bust, seja pela idade. Estamos falando de um garoto de 19 anos e que mal completou 50 jogos na liga.

  • Yan ”Banido” Alves #Suns

    De que adianta Booker e TJ jogarem a vida como sempre, deixarem o Suns sempre a frente, mas quando saem de quadra para vir o banco os caras sempre tomam a virada, assim fica impossível vencer! Espero que o Suns mantenha o Monroe que é pro Len não jogar nunca mais, e ainda por cima talvez a gente consiga um terceiro pontuador para esse time. Booker como sempre dando a vida, jogando pra crl e tendo que carregar o time, atualmente na liga só KD, Curry e o Booker tem médias superiores a 22-4-4 e estão chutando no mínimo 45-35-85, Booker está definitivamente tornando seu jogo ofensivo elite na liga.

    https://twitter.com/SolzaoBR/status/930304374856994818

    • Eduardo Rebelatto

      Sinceramente, se o Suns não conseguir alguma pick pelo Monroe não vejo muito sentido na troca. O cara é bastante útil ainda, e o Suns precise de alguém que pontue ali embaixo

      • Gustavo

        A pergunta é: o Suns quer ganhar?

  • Thiago pereira dos santos

    Boa vitória dos warriors.mesmo
    sem o curry,e com mais um 3°quarto avassalador,destaque para linvigston,D.Green, e KD (que fez uma partida meio discreta mais também foi bem como sempre),e que venha o Boston!

    • TRUETHIAGO

      E há quem ache que isto é coincidência, rs…

      Desempenho médio do GS nos 12 primeiros jogos por período na season. Olhem que absurdo os números do 3Q.

      https://twitter.com/JejeGomezNBA/status/929541867351535617

      • Gustavo

        Eu tava separando essas estatísticas para postar aqui. É insano o que esses caras fazem no 3o. quarto. Parece aquele time de alíens contra o Michael Jordan.

  • TRUETHIAGO

    Eu que sempre critico o Sixers no “crunch time”, agora tenho o dever de elogiar. Arrancaram na unha uma vitória contra os Clippers em LA, coisa que não acontecia desde… 2011! Portanto, mais um tabu caindo.

    Covington está enchendo os olhos, metendo bolas importantes, se recuperou muito bem do baile que tinha levado do Durant, no sábado. 50% dos 3-PT com mais de 7 tentativas por jogo é muita coisa! Para se ter uma ideia:

    Eric Gordon > 35,9% (11.2 3PA)
    James Harden > 39,6% (11.0)
    Stephen Curry > 38,8% (9.3)
    Tim Hardaway Jr. > 29,8% (8.0)
    Paul George > 41,7% (7.9)
    Justin Holiday > 32,9% (7.7)
    DeMarcus Cousins > 34,6% (7.6)
    Klay Thompson > 48,1% (7.6)
    ROBERT COVINGTON > 50,0% (7.4)
    Ryan Anderson > 36,6% (7.3)

    Sobre o Embiid, deu dó do DeAndre Jordan, foi completamente dominado. E com o camarônes usando seus mid-randes, tão criticados contra o GSW. Forçou até umas bolas de fora (1-5). Por isso que é complicado querer opinar de forma taxativa com base em uma partida específica. Inclusive porque se pegarmos a vitória em Detroit, melhor atuação do Embiid na temporada antes dessa de ontem, o cenário foi bem parecido, chamou muitas vezes o Drummond para fora do garrafão e funcionou.

    • Eduardo Rebelatto

      Covington é um dos melhores custos benefícios da liga

  • Bruno Carvalho Costa

    Mitchell ROY