Em duelo de líderes, Thunder derruba Spurs no Texas e “rouba” ponta do Oeste; Suns atropela defesa do Pacers

Oklahoma City Thunder 111 X 105 San Antonio Spurs

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ChuKyK6OZPQ]

Duas noites e duas posições conquistadas pelo Oklahoma City Thunder. Menos de 24 horas depois de vencer o Portland Trail Blazers para assumir a segunda colocação do Oeste, os comandados de Scott Brooks foram até San Antonio e conseguiram superar o líder e atual campeão da conferência, Spurs, por 111 a 105. Com o triunfo, a equipe tomou o primeiro lugar do oponente.

Anotando os seis primeiros pontos da noite, os vistantes tomaram as rédeas do quarto inicial e até chegaram a abrir vantagem de dígitos duplos. A diferença, porém, não durou muito. O time da casa logo se recuperou e passaria a frente nos minutos derradeiros do segundo período, com cesta de Boris Diaw. Com cinco pontos na reta final, o ala Kevin Durant ainda voltou a dar a dianteira ao Thunder e, assim, foi para os vestiários vencendo por 55 a 53.

O equilíbrio que marcou o pré-intervalo seguiu no terceiro quarto, com os dois times passando a se alternar na liderança sem abrir vantagem. O Thunder só conseguiria quebrar o ritmo no início do último período, contando com 11 pontos anotados pelo armador Reggie Jackson para construir frente de cinco pontos que seria administrada até o fim do confronto.

Com pouco mais de dois minutos para o fim, o armador Tony Parker derrubou a diferença dos visitantes para quatro pontos e o cenário parecia pronto para o Spurs ir buscar a vitória. No entanto, em seguida, duas cestas de longa distância de Durant e uma enterrada do ala-pivô Serge Ibaka selariam o resultado em favor do novo líder do Oeste – que, agora tem 33 vitórias em 43 jogos disputados.

Para piorar, o Spurs também perdeu o ala Kawhi Leonard durante a partida com uma lesão não especificada na mão. Não há informações sobre a gravidade, mas especula-se que possa ser um problema semelhante ao sofrido pelo ala-armador Danny Green e deverá mantê-lo longe das quadras por, aproximadamente, um mês.

Destaques

Oklahoma City

Kevin Durant: 36 pontos, sete rebotes, cinco assistências e 11 erros de ataque
Reggie Jackson: 27 pontos e oito assistências
Serge Ibaka: 14 pontos, nove rebotes e cinco tocos

San Antonio

Tony Parker: 37 pontos
Tim Duncan: 14 pontos e 13 rebotes
Boris Diaw: 14 pontos
Marco Belinelli: 13 pontos e quatro roubos de bola

 

Atlanta Hawks 112 X 109 Orlando Magic

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=8-GfgFii2T8]

– O Magic atuou pela 14ª vez sem o pivô Nikola Vucevic e só venceu uma partida. Aliás, o time também só venceu um jogo dos 25 em que sofreu mais de 100 pontos.

– O Hawks esteve vencendo por 19 pontos no terceiro período, mas chegou ao último minuto de jogo perdendo por três. Ainda conseguiu vencer porque converteu seis lances livres na reta final do confronto e não permitiu mais cestas ao oponente nas três posses derradeiras.

Destaques

Atlanta

Paul Millsap: 24 pontos, seis rebotes, cinco assistências e cinco tocos
Jeff Teague: 23 pontos e cinco rebotes
DeMarre Carroll: 17 pontos e oito rebotes
Kyle Korver: 12 pontos, cinco rebotes e sete assistências
Pero Antic: dez pontos e 12 rebotes
Mike Scott e Shelvin Mack: dez pontos cada

Orlando

Victor Oladipo: 24 pontos, sete rebotes e sete assistências
Tobias Harris: 19 pontos e 12 rebotes
Jameer Nelson: 17 pontos e sete assistências
Doron Lamb: 13 pontos
Mo Harkless: 12 pontos

 

Chicago Bulls 98 X 87 Cleveland Cavaliers

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=FNnGaKh9b7w]

– Em sua primeira partida contra o Bulls na carreira, o ala Luol Deng decepcionou a torcida do Cavs ao converter apenas dois de 11 arremessos tentados.

– Os dois cestinhas da equipe visitante só começaram o jogo como titulares porque titulares estavam contundidos: D.J. Augustin (no lugar de Kirk Hinrich) e Taj Gibson (reserva de Carlos Boozer). O segundo igualou a maior marca da carreira com 26 pontos.

Destaques

Chicago

D.J. Augustin: 27 pontos, cinco rebotes e sete assistências
Taj Gibson: 26 pontos e cinco rebotes
Mike Dunleavy: 22 pontos
Jimmy Butler: dez pontos e cinco rebotes
Joakim Noah: nove pontos, 18 rebotes e seis assistências

Cleveland

Kyrie Irving: 26 pontos, seis rebotes e cinco assistências
Dion Waiters: 15 pontos
Luol Deng: 11 pontos e cinco rebotes
Anderson Varejão: dez pontos, 11 rebotes e cinco assistências

 

Dallas Mavericks 85 X 93 Toronto Raptors

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=9FWnrNBwP48]

– O ala-pivô Dirk Nowitzki foi poupado pelo Mavericks, mas o desfalque importante não impediu o time de abrir 21 pontos de diferença ainda no primeiro período.

– O Raptors reagiu antes do intervalo, mas só conseguiria garantir a vitória ao impor sua defesa no último período. Liderado por DeMar DeRozan (40 pontos, maior marca da carreira), o time fez parcial de 11 a 3 nos quatro minutos decisivos para assumir a liderança e sair com o triunfo.

Destaques

Dallas

Monta Ellis: 21 pontos, seis assistências e oito erros de ataque
José Calderón: 13 pontos e cinco assistências
Brandan Wright: 13 pontos

Toronto

DeMar DeRozan: 40 pontos
Greivis Vasquez: 17 pontos e sete assistências
Jonas Valanciunas: 12 pontos e dez rebotes

 

Los Angeles Clippers 91 X 95 Charlotte Bobcats

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Xe9HBoyEWaY]

– Segunda vitória consecutiva do Bobcats desde a contusão do armador Kemba Walker. Já o Clippers, agora, soma sete vitórias e três derrotas na ausência do astro Chris Paul.

– Nenhum dos times abriu vantagem maior do que oito pontos e a partida entrou no minuto final empatada em 89 pontos. O que decidiu o confronto foi a defesa local, que impediu cestas em cinco ataques seguidos dos angelinos e abriu vantagem na linha dos lances livres.

Destaques

LA Clippers

Blake Griffin: 27 pontos, sete rebotes e seis assistências
Jamal Crawford: 20 pontos
J.J. Redick: 15 pontos
Darren Collison: 12 pontos e cinco assistências
DeAndre Jordan: quatro pontos e 20 rebotes

Charlotte

Al Jefferson: 24 pontos e dez rebotes
Josh McRoberts: 13 pontos, oito rebotes e cinco assistências
Gerald Henderson: 13 pontos e sete rebotes
Jannero Pargo: 11 pontos em 12 minutos
Ramon Sessions: dez pontos e oito rebotes

 

Boston Celtics 113 X 111 Washington Wizards

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=RNAtdBBRZAY]

– O brasileiro Nenê teve duas chances de dar a vitória ao Wizards no tempo regular, enquanto John Wall (que anotou o segundo triplo-duplo da carreira) perdeu uma chance na prorrogação.

– O herói da noite para o Celtics, que havia perdido seus últimos nove jogos fora de casa, foi o ala Gerald Wallace: ele converteu uma bandeja com dois segundos no relógio para decidir a partida em favor dos visitantes.

Destaques

Boston

Jeff Green: 39 pontos e nove rebotes
Phil Pressey: 20 pontos e cinco erros de ataque
Jared Sullinger: 14 pontos e 11 rebotes
Gerald Wallace: nove pontos, seis rebotes, nove assistências e quatro roubos de bola

Washington

John Wall: 28 pontos, 11 rebotes, dez assistências e seis erros de ataque
Nenê Hilário: 17 pontos e nove rebotes
Bradley Beal e Trevor Ariza: 14 pontos cada
Marcin Gortat: 11 pontos e 13 rebotes

 

Philadelphia 76ers 110 X 106 New York Knicks

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=LKfrLIyssd8]

– O Sixers quebrou uma série de três derrotas consecutivas ao “causar” a quinta derrota seguida aos nova-iorquinos.

– O Knicks abriu o último quarto com uma série de cestas para abrir seis pontos de vantagem, mas logo perdeu a liderança. Com dois minutos para o fim, a equipe até chegou a derrubar a diferença para uma posse de bola, mas conversões consecutivas de Thaddeus Young e Evan Turner sem resposta decidiram o jogo em favor dos visitantes.

Destaques

Philadelphia

Evan Turner: 34 pontos e 11 rebotes
Michael Carter-Williams: 19 pontos, 12 rebotes e sete assistências
Thaddeus Young: 19 pontos, sete rebotes e quatro roubos de bola
James Anderson: 18 pontos e sete rebotes

New York

Carmelo Anthony: 28 pontos e sete assistências
Andrea Bargnani: 20 pontos, quatro tocos e cinco erros de ataque
Iman Shumpert: 19 pontos e oito rebotes
J.R. Smith: 14 pontos
Tyson Chandler: dez pontos e 14 rebotes

 

Detroit Pistons 101 X 104 Milwaukee Bucks

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=grwcfBopVW8]

– O Bucks conquistou sua primeira vitória em 2014 e quebrou uma série de nove derrotas seguidas.

– O armador Brandon Knight, ex-Piston, deixou o placar em 104 a 101 com quase dois minutos no relógio para terminar o jogo. Nenhuma equipe marcaria mais pontos até o fim da partida.

Destaques

Detroit

Brandon Jennings: 30 pontos
Rodney Stuckey: 23 pontos
Greg Monroe: 18 pontos e nove rebotes
Andre Drummond: 11 pontos e 12 rebotes

Milwaukee

Caron Butler: 30 pontos, sete rebotes, cinco assistências em 32 minutos
Brandon Knight: 16 pontos, sete rebotes, nove assistências e seis erros de ataque
Ersan Ilyasova: 12 pontos e seis rebotes
John Henson: 12 pontos
Khris Middleton: dez pontos e quatro roubos de bola

 

Sacramento Kings 98 X 119 Houston Rockets

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=8j7U-xXKizM]

– A partida foi terrível para o Kings não apenas pelo resultado: DeMarcus Cousins e Rudy Gay deixaram a quadra contundidos ainda no primeiro tempo.

– O Rockets venceu todos os quartos do jogo e só ficou atrás no marcador durante a primeira metade do período inicial. Após abrir dez pontos de frente no início do segundo tempo, os texanos nunca mais foram incomodados pelo adversário.

Destaques

Sacramento

Derrick Williams: 22 pontos e 11 rebotes
Isaiah Thomas: 20 pontos e seis assistências
Jimmer Fredette: 14 pontos em 18 minutos
Jason Thompson: 12 pontos e oito rebotes
Ben McLemore: 11 pontos

Houston

Dwight Howard: 26 pontos, 13 rebotes e quatro tocos
James Harden: 24 pontos e nove assistências
Omri Casspi: 20 pontos e 12 rebotes
Chandler Parsons: 19 pontos e dez rebotes
Jeremy Lin: 13 pontos

 

Indiana Pacers 100 X 124 Phoenix Suns

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Wl3eF6zdDBs]

– O Suns terminou com uma série de cinco vitórias do Pacers vencendo todos os quartos da partida e anotando o maior número de pontos sofrido pela equipe de Indiana, conhecida por sua forte defesa, na temporada.

– O brasileiro Leandrinho saiu do banco para atuar 23 minutos na vitória. Ele marcou quatro pontos, pegou dois rebotes e deu duas assistências, convertendo dois de oito arremessos tentados.

Destaques

Indiana

Paul George: 26 pontos e sete rebotes
George Hill: 16 pontos
David West: 13 pontos e cinco rebotes

Phoenix

Gerald Green: 23 pontos e seis rebotes
Goran Dragic: 21 pontos
Markieff Morris: 20 pontos em 27 minutos
P.J. Tucker: 13 pontos e cinco rebotes
Miles Plumlee: 11 pontos e sete rebotes

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Bruno OKC

    Ah se meu OKC tivesse um pivô decente… Perkins só faz besteira, quase leva uma técnica ao empurrar Tony Parker sem necessidade nenhuma! O banco contribuindo muito bem. Durant sendo Durant. Décima partida seguida com pelo menos 30 pontos! Média de 37 pontos por partida em Janeiro! Esse ano o MVP é dele. Mesmo que LeBron tenha uma sequência, mas o.impacto de Durant na quadra em relação ao time, é muito maior que o de LeBron. Reggie jogando muito, deu um crossover em Tony Parker que ele foi na padaria comprar Croissant. Ibaka sendo Iblocka. O time tem futuro. Esse ano as chances de títulos são mínimas, mas se o desenvolvimento de Perry Jones, Jeremy Lamb e Steven Adams continuar, ano que vem serão um candidato muito forte ao título! Sexto homem temos o Reggie! Durant e Westbrook são estrelas, Ibaka contribuindo muito. Se nessa FA pegarem uns jogadores de nível e os calouros se desenvolverem, seremos um time ainda mais forte!

    • Estava assistindo a partida e pensei, se o Thunder trocasse o Westbrook por um Pivô decente, um armador backup pro Reggie e algumas peças de reposição? Você que é torcedor, acha que pode dar certo? Li muita coisa sobre o Westbrook ser o problema de la, o que eu não acredito que seja.

      • Bruno OKC

        Cara, não vejo WestBrook como o problema. Ele é sim um armador score, que pode “desafogar” o Durant quando toda a pressão estiver pra ele. E ele tem um número de assistências bem elevado, assim como o de rebotes! Reggie é um backup assim como Harden era, e virará o sexto homem de OKC. A deficiência é o Perkins e algumas peças no banco. Sim, temos o Adams, mas ele ainda é muito novo, tem que ser trabalhado e só dará resultados em umas 2 temporadas. Jeremy Lamb é bom, tem talento, mas sua seleção de arremessos precisa melhorar. Se OKC trouxesse um pivô e 2 caras quase veteranos para o banco, nas posições 2 e 3, o time com certeza daria mais trabalho! Talvez envolver: Sefolosha, Jeremy Lamb + picks em alguma troca. Quem sabe o Asik? E tem esse próximo draft também. O futuro sorrir pra nós, só precisamos trabalhar para isso. Perkins tem que ser anistiado. Sefolosha é um cara de perímetro, mas n contribuí no ataque. É nulo. Mas vamos ver o que o Sam Presti tem preparado para nós

      • Luiz Henrique Santos

        Que tal esse cara no Thunder?
        https://www.youtube.com/watch?v=CDqmMwfntrY

  • Kleber

    É impossível explicar esse time do Suns. Lembra muito o Spurs ou uma equipe da Euroleague. A bola passa por todos. Já já os fãs do Lakers vão dizer que o Hornacek irá assumir o time no lugar do D’Antoni.

    • Erick benjamin

      O segredo do Suns esta nesse padrão de jogo, e justamente em cada jogador saber o seu papel na equipe com o Hornacek conseguindo extrair o maximo de cada um, tanto é que a ausencia do Bledsoe esta sendo “contornada” com sucesso ate o momento.

  • Mailson Silva de Sena

    Belo duplo duplo do Durant.

    • kkkk tem gente ai que não entendeu

      • wellington origuela

        KKKKKKKK

  • Thiago Salles

    Durant não fez duplo-duplo!

    • PTS: 36; TO: 11 kkkkk! Brincadeiras a parte, MVP tem que ser dele esse ano! Pro bem da liga.

  • MARCOS OKC

    oque foi aquele lance do R. Jackson em cima do parker???

    Belo jogo o de ontem, R. Jackson a cada dia está evoluindo mais e mais, está contribuindo de uma boa forma para o time.
    Ibaka é sensacional nos tocos, que qualidade incontestavel ele tem na parte defensiva.
    Durant mostrando poder dentro de quadra, começo do jogo J. Lamb tomou 2 tocos em 2 arremessos, Durant chamou ele de canto e pediu pra ter calma, e trabalhar mais a bola, não é que deu certo, Depois J.Lamb acertou bem mais.

    NA PROXIMA JANELA OKC DEVERIA TENTAR TROCAR O SEFALOSHA MEU DEUS QUE CARA RUIM, NAO GOSTO DELE DE JEITO NENHUM !

    • oshiro

      Ele defende muuuuuito, boatos correm que ele consegue atrapalhar até o próprio arremesso

  • Hugo Taboas

    Como torcedor dos Mavericks, confesso que estou gostando muito mesmo de ver o time jogar… Tá muito lindo!

    Acho que já são uns 10 jogos que meu time abre 20 pontos de vantagem sobre o adversário e depois liga a “turnover machine” pra vomitar toda a vantagem. Contra os Clippers, algumas noites atrás, conseguiu estar 17 pontos a frente faltando 4:40 e perder o jogo!

    É um absurdo o que esse time está conseguindo fazer… Time consegue dar 20 TO por jogo. É um milagre quando conseguimos arremessar uma bola!

    Não sei se tem algum outro Mavs Fan aqui no site, mas a verdade é.. Dallas só vai voltar a disputar alguma coisa quando vier um grande all star. Monta Ellis nunca foi e nunca será jogador pra ser estrela de um time.. Tem que ser apenas um coadjuvante! A quantidade de merda que ele consegue fazer é algo surreal. Dirk já está ficando mal das pernas… Idade chegando, é muito triste vê-lo começar a decair.. Ainda mais eu que o acompanho praticamente desde o inicio da carreira dele. O Ellis não é o jogador que vai desafogar Nowitzki quando ele precisar. No mais, Jose Calderon não foi a contratação certa!

    É Jason Kidd, que falta você me faz… Ah Tyson Chandler, que falta você me faz!

    Abrimos mão do Chandler ao sermos campeões e agora estamos pagando o pato temporada atrás de temporada. Sempre com o mesmo papo “Ah, no verão vamos pegar um all star”.. E nada acontece! Primeiro foi Deron Williams (diga-se de passagem cheio de vontade de jogar em Dallas) que não veio. Depois Dwight Howard… Próxima offseason vão falar de Carmelo Anthony…

    Bom, eu só espero mesmo que alguém venha assumir esse time e que a gente possa voltar a ser uma das grandes forças do Oeste. É triste ver o Dallas entrar em quadra contra o Spurs e já saber o que seremos surrados até mesmo antes de começar o jogo.

    Abraço!

    • Luiz Henrique Santos

      Olá amigo, não sou torcedor do Mavs (torço pro Bucks), mas tenho que registrar a minha opinião discordando da sua, claro que eu não acompanho todos os jogos do time, mas para mim o Ellis é o complemento perfeito para o Nowitzki, todos dizem que ele é crazy shooter, mas ele quando não pontua bem consegue distribuir bem o jogo nesta temporada ele está com média de 20 pontos e 6 ast, o décimo sétimo da liga e um dos únicos dois a não ser PG no top 20 de assistências, a média dele em assistências é maior que a do Dragic, por exemplo,que é o décimo oitavo (5.9), claro que às vezes ele conduz demais a bola e tem uns turnovers ridículos, mas é um ótimo jogador e mais não é só com Ellis, Nowitzki, Marion e Carter, a maioria deles em fim de carreira,infelizmente, que o Mavs vai chegar a algum lugar, o Dallas precisa de mais jogadores consistentes, Devin Harris, Brandan Wright, Dejuan Blair e Dalembert não são geniais, mas servem como role players e o Calderon talvez seja a aposta errada para o quinteto inicial, mas pode acrescentar algo com a sua experiência, para mim o problema do Mavs é renovar a equipe e não vai ser trazendo um All-Star que isso vai acontecer, esse time precisa de um rebuild muito bem pensado, essa é a minha opinião, só para reforçar não sou torcedor do Mavs, porém, gosto de observar outras franquias também (na medida do possível, claro, nesta temporada acompanhei poucos jogos do Mavs mesmo para ter uma opinião tão abalalizada quanto um torcedor da franquia.)

    • Eu gosto muito do mavs mesmo. Torço para o bulls, mas o vince carter foi para lá, meu jogador preferido, e comecei a assistir mais os jogos do mavs. A temporada passada, por incrível que pareça, me fez virar torcedor mesmo do mavs. Atualmente assisto, acompanho mais coisas do mavs do que do bulls. Temporada passada, apesar do fracasso me impressionou a raça de deixar pelo menos no 50%. Enfim esse não é o ponto kkkk

      O principal problema do time se chama: Garrafão. Se você pegar o número de rebotes que o mavs pega por jogo é pífio. Quem pega mais rebotes no time é o marion. Não temos um 5 de verdade. Vejo o ellis cometendo um número alto de TO e não passa confiança para ser a cara da franquia. O calderon não mandando muitas assistências. Carter não está sendo mais um jogador constante, ele é meu jogador preferido, mas não sou cego, e não tem mais pernas para ser sexto homem. Eu acho que ele ainda pode ajudar o time para role player, mas o time precisa de um sexto homem mesmo. Só que apesar disso tudo nada disso é problema comparado com o garrafão. Isso traz raiva de ver o jogo. É um dos principais motivos de perdermos a liderança. Deixamos muitos rebotes ofensivos. Só resolvendo o garrafão eu acho que o mavs já estaria melhor posicionado na tabela. Eu afirmo isso. O time precisa de um pivô em primeiro lugar mesmo que não seja um excelente, mas que pelo menos pegue rebotes e proteja a cesta. E um all star. Com isso o time tem um up na minha opinião. Que o carter ainda tem o que oferecer. Ellis é um bom jogador. Calderon também ajuda. O center é o principal problema e se trouxer um all star o time pode voltar ao topo.

  • Julio Zago

    Apesar de quase entregar o jogo ontem, aprecio o basquete praticado pelos Hawks, dentro da mediocridade e da instabilidade que norteiam a Conferência Leste sua qualidade se destaca, muito bom time, perigoso no garrafão e no perímetro.
    MCW se aproximou do triplo duplo ontem, o calouro é muito bom, contudo ele precisa melhorar seu aproveitamento nos arremessos, ontem ele errou demais.
    Sobre os Celtas, o time conseguiu fazer um jogo muito equilibrado contra os Wizards ontem, Green jogou demais, pena que ele não consegue ser tão constante.
    Por fim os Cavs, essa é uma franquia onde a incompetência de sua direção reflete no desempenho da equipe dentro da quadra, seja nas equivocadas seleções de draft ou na demora para enxergar que com esse comando técnico o time não terá futuro nesta temporada ou em qualquer outra. Se tivesse um GM competente esse time poderia ser muito melhor.

    • Problema do cavs nao e mike brown assisti todos os jogos desse ano e na minha opiniao o q falta e atitude dos jogadores ninguem quer defender kyrie e uma vergonha defendendo e esta chutando mtu mid range quase nao faz bandeijas mais. Pra mim esse ano ja era, agora e aposta no draft e esperar Lebron voltar

  • Leonardo Grochoski

    Green pqp, 39 pontos, torcedores do Celtics não pedem isso toda noite, mas quando a partida pedir ele tem que chamar o jogo pra si!

    • Eric Andrade

      Exatamente meu amigo, nao pedimos essa atuação toda noite, mas ele tem o potencial pra fazer 25 PTS toda noite fácil, mas ele se desliga em algumas partidas q nao da pra entender.

  • Marcelo_OKC

    Já penso que o OKC tem chances reais de título de conferência, se claro, Durant continuar em nível parecido a este de Janeiro e Westbrook conseguir uma sequência de jogos saudáveis. OKC vem mostrando que pode jogar de igual para igual com qualquer franquia.

  • Que grata surpresa pro Bulls o DJ Augustin.

  • Zack Batista

    Estava lendo em alguns sites americanos( ESPN tbém, se não me falha a memória) sobre a disponibilidade da direção do Bulls de trocar Hinrich, Boozer(acham difícil, mas vão tentar) e até J.Noah, até a data limite em 20 de fevereiro(acho q é isso). Inclusive a direção do Bulls estão em conversa com a direção do Warriors sobre uma possível troca do armador veterano Hinrich com o Harrison Barnes.

    Não sei exatamente o q está na cabeça desse Gar Forman… Pois estão querendo trocar por jovens valores… Estão querendo fazer uma reconstrução no time, pensando em ser competitivo no futuro? Ou abrindo espaço no CAP para contratar bons nomes no mercado, se possível de peso? Não sei mesmo…

    • Ouvi essa conversa de Kirk Hinrich por Harrisson Barnes e gostei muito, Barnes é jovem, tem potencial, e o Kirk já passou seu auge, não é mais prioridade ainda mais com a ascenção do Augustin, que deverá ser o backup do Rose pro futuro, trocar o Boozer ou anistiá-lo é inevitável, Gibson está jogando muito, ano que vem o Mirotic chega e enfim…..

      Agora se trocar o Noah eu abandono esse time, um jogador raçudo, exelente pivô, top 5 da Liga.

    • Jogador Estrela!

      O Bulls enquanto não vier nenhum Michael Jordan Jr. esqueçam lá o caneco e simplesmente assistam a outras equipes brilhar. Porque em primeiro lugar, acho impossível o LeBron, Melo ou outro qualquer jogador ir para o Bulls porque não tem um time fiável. Depois lá o Mirotic é um jogador super banal, típico âla-pivô de Europa: magro, defesa horrível, jogo de poste fraco e só tem arremesso de 3 pontos. Até o Ryan Kelly do Lakers é melhor que ele. Draft esqueçam porque o Bulls vai para os playoffs.

      Conclusão o Bulls precisa necessitadamente de um novo Michael Jordan, de preferência Michael Jordan Júnior. Porque Derrick ”Half Man Half-Injuried” Rose não ganha anelzinho nenhum.

    • Maicon

      Barnes seria um sonho de ver, joga muito! Agora o Noah não pode ser trocado nunca, não consigo ver ele vestindo outra camisa que não a do Bulls.
      Agora, o que tem de hater do MJ por aqui é incrivel né Estrela? Não fique com raiva porque ele estuprava os outros times no anos 90, nunca vai vir ninguém que jogue como ele meu amigo, nunca.

  • YRC92

    Mike Woodson não vai cair NUNCA ? alguma informação ?

    • Isso que tenho pensado, incrível, o tempo passa e nada acontece em N.Y, o que vai ter que acontecer para acordarem?

    • Leonardo Ribeiro

      Que inferno! Até quando esse cara vai fica la ?

    • Até o fim dessa semana ela esta a salvo porque o Dolan esta em LA. Agora , semana q vem ….

  • suns e mesmo brutal. e fantastico o que eles estao a fazer!!

  • e que dizer dos bobcats?? muito bem! estao nos playoffs de certeza!!

  • Muito boa a fase do Bulls, ganhando de todo mundo, Noah está incrível, médias de 14.9 pontos, 14.5 rebotes e 5.9 assistências nas últimas 15 partidas, esse ano ele pode brigar sério como melhor defensor.

  • Luiz Henrique Santos

    Durant jogando muito como sempre e o Reggie Jackson também fez uma bela partida, pelo Spurs belo jogo do Tony Parker e o Tim Duncan com seus 14 pontos está agora a 18 pontos do Iverson para ser o vigésimo maior pontuador da liga de todos os tempos, e mais uma lesão desta vez foi o Kawhi Leonard pelo Spurs e falando nisso que noite do Kings perderam Gay e Cousins no mesmo jogo, que azar, Que noite do DeMar DeRozan e do Jeff Green uma surpreendente vitória do Suns e uma grandiosa vitória do Bucks sobre o Pistons, Caron Butler tendo uma noite de KD…

  • Zack Batista

    Bela surra do Suns sobre o Pacers hein… A filosofia de jogo do Jeff Hornacek, é bem parecida c a do D’Antoni. O Mike teve azar qdo saiu do Suns, pois ele nunca mais conseguiu um armador rápido e habilidoso e um time jovem para treinar. Pelo menos o atual técnico do Phoenix, tem o efetivo armador Goran Dragic para ditar o ritmo de jogo.

    Esqueçam q ele jamais vai dar certo no Lakers c o elenco q tem(todos sabem afinal né!). Tem muitos veteranos no time. A opção é mandá-lo embora mesmo. Ele deveria buscar outros times q tenham as características do jovem time do Arizona. Philadélphia seria uma boa para D’Antoni.

    Sei q quase 100% aqui não gostam do atual treinador do Lakers(acham ele fraco), mas qdo ele for mandado embora de Los Angeles, teria mercado ainda para provar q merece espaço na NBA. Como eu disse, trabalhar c o prodígio Carter-Williams, Turner, Young e Noel no Sixers, seria ideal para ele…

  • Tenho que agradecer mesmo o Suns,destruiu a defesa do Pacers..esse técnico do Suns é fera demais,quem diria esse time assim.

    Agora o Thunder se conseguisse um Pivô muito bom,trocando por Westbrook,ficariam um time imbativel.

    • M Dias

      Concordo com Suns destruindo o Pacers ontem mas discordo com OKC time imbatível, mesmo trazendo um pivo descente.

  • Os acontecimentos dentro de NY estão começando a ganhar outro patamar. Ontem , Melo perdeu a cabeça quando foi ironizado por um torcedor sobre a sua marcação e acabou ofendendo um torcedor . Chandler criticou denovo a estratégia defensiva proposta por woodson.Dentro dessas perspectivas , ao q tudo indica, Mike woodson deve ser demitido semana q vem. Se perder sexta contra o bobcats,em casa, tudo ira desabar.

  • M Dias

    Juizada ruim demais no jogo Spurs x OKC… ao meu ver Durant fez várias faltas ontem e os juízes simplesmente não marcavam, tanto que teve uma hora que Pop perdeu a linha com um certo juiz em uma falta do Durant em cima de Ginobili não marcada… Depois falam que LBJ é dissimulado…
    Juizada ta de mais essa temporada, aff….

    E o Suns em cima do Pacers, aff, que surra da p***. Comeram o “super” Hibbert com farinha ontem kkkkkkkkkkkkkkk