Em duelo eletrizante, Thunder bate Sixers após disputa de três prorrogações

(14-14) Oklahoma City Thunder 119 x 117 Philadelphia 76ers (14-14)

Oklahoma City Thunder e Philadelphia 76ers protagonizaram uma das partidas mais eletrizantes da temporada, nessa sexta-feira. Com direito a provocações entre alguns atletas e a três prorrogações, o Thunder levou a melhor por 119 a 117. O detalhe é que o time de Oklahoma City venceu os últimos 17 jogos disputados contra o Sixers, sequência ativa mais longa na NBA.

O atual MVP da NBA, Russell Westbrook, apesar de ter amassado o aro (10-33 nos arremessos de quadra) conseguiu o décimo triplo-duplo em 2017/18, com 27 pontos, 18 rebotes e 15 assistências, em 52 minutos em quadra. Pelo lado do Sixers, o principal nome foi o pivô Joel Embiid, cestinha do duelo, com 34 pontos. O jovem camaronês ficou 48 minutos em quadra, um recorde na carreira.

O time visitante foi melhor durante boa parte do jogo, com destaque para o setor defensivo. Muito criticado pela pouca movimentação de bola, o Thunder mostrou qualidade nesse quesito nos três primeiros períodos. Diferentemente do que ocorreu nas últimas partidas da equipe, o veterano Carmelo Anthony esteve com a mão calibrada em Philadelphia e fez uma de suas melhores partidas com a camisa do Thunder. Já Embiid e Redick eram as peças mais acionadas no ataque do Sixers. O ala Robert Covington não esteve em uma noite inspirada e abusou dos erros em arremessos de longa distância.

Quando restavam pouco mais de cinco minutos para o fim do quarto período, a equipe de Oklahoma City chegou a ter uma vantagem de 11 pontos e uma reação do time da casa parecia improvável. Parecia. O Thunder voltou a abusar da individualidade e dos arremessos precipitados, e não anotou um ponto sequer nos últimos cinco minutos e 23 segundos do tempo regulamentar. Westbrook errou os seis arremessos que tentou nos minutos finais do período. Liderado por Embiid, que fazia de tudo um pouco em quadra, inclusive provocando Anthony, o Sixers reagiu, fez uma corrida de 11 a zero e conseguiu levar o jogo para a prorrogação.

No primeiro tempo-extra, o time de Philadelphia chegou a abrir quatro pontos de vantagem, quando faltavam cerca de dois minutos para o fim. Mas o Thunder não se deu por vencido e empatou a partida após um grande trabalho defensivo e a uma cesta de Westbrook a 36 segundos do final.

Na segunda prorrogação, o equilíbrio persistiu até os momentos derradeiros. A pouco mais de um minuto para o fim, o placar apontava 111 a 111. Na sequência, Westbrook errou um arremesso de longa distância, Embiid desperdiçou a bola e, a dois segundos do fim, André Roberson não converteu o arremesso decisivo praticamente debaixo da cesta. A impressão é de que o jogador do Thunder sofreu falta de Embiid no lance, que a arbitragem não assinalou.

Na prorrogação derradeira, Westbrook chamou a responsabilidade e teve participação direta nos oito pontos marcados pelo Thunder, sendo seis oriundos de arremessos dele e dois após assistência dada a Roberson. A nove segundos do fim, o criticado especialista defensivo do time de Oklahoma City fez a cesta decisiva. Na última posse de bola, outro herói improvável entrou em cena: Patrick Patterson, que só foi para a quadra, na prorrogação, após a saída de Steven Adams, eliminado em faltas, bloqueou o arremesso de três pontos de Redick que poderia ter dado a vitória ao Sixers. Westbrook ainda errou dois lances livres quando restava apenas um segundo para o fim, mas isso não fez a menor diferença no resultado da partida. Vitória do Thunder em um dos jogos mais dramáticos da temporada.

Ao final do duelo, Westbrook deu um “tchauzinho” para Embiid na saída da quadra. O gesto foi em decorrência de uma provocação do camaronês, na metade da terceira prorrogação. Na ocasião, o jovem pivô havia dado um “tchauzinho” para Adams, que acabara de ser excluído da partida ao cometer a sexta falta. Quem riu por último, riu melhor.

Destaques

Oklahoma City
Russell Westbrook: 27 pontos, 18 rebotes, 15 assistências, seis desperdícios de bola, 10-33 nos arremessos de quadra e 5-12 nos lances livres
Carmelo Anthony: 24 pontos, sete rebotes e 11-17 nos arremessos de quadra
Paul George: 24 pontos, cinco rebotes, três roubos de bola e cinco bolas de três pontos convertidas
Raymond Felton: 14 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas

Philadelphia
Joel Embiid: 34 pontos, oito rebotes, seis assistências, dois tocos e sete desperdícios de bola
J.J. Redick: 19 pontos, seis assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Dario Saric: 16 pontos, oito rebotes e quatro assistências
Jerryd Bayless: 14 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Ben Simmons: 12 pontos, nove rebotes, 11 assistências e quatro roubos de bola
Robert Covington: 11 pontos, dez rebotes, três roubos de bola, dois tocos, 4-21 nos arremessos de quadra e 3-15 nas bolas de três pontos


(14-14) Miami Heat 104 x 98 Charlotte Hornets (10-18)

Destaques

Miami
Wayne Ellington: 16 pontos e cinco bolas de três pontos convertidas
Tyler Johnson: 16 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Dion Waiters: 12 pontos, quatro rebotes e seis assistências
Josh Richardson: 11 pontos, seis rebotes e três roubos de bola
James Johnson: 11 pontos, cinco rebotes, cinco assistências e três tocos
Bam Adebayo e Kelly Olynyk: 11 pontos e cinco rebotes cada

Charlotte
Kemba Walker: 25 pontos, quatro rebotes, cinco assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Dwight Howard: 15 pontos e 16 rebotes
Michael Kidd-Gilchrist: 13 pontos
Jeremy Lamb: 12 pontos


(16-13) Detroit Pistons 104 x 98 Indiana Pacers (16-13)

Destaques

Detroit
Andre Drummond: 23 pontos, 13 rebotes e três tocos
Reggie Bullock: 15 pontos e três roubos de bola
Stanley Johnson: 13 pontos, seis rebotes e quatro assistências
Langston Galloway: 11 pontos

Indiana
Victor Oladipo: 26 pontos, oito rebotes, quatro assistências e cinco bolas de três pontos convertidas
Myles Turner: 24 pontos, oito rebotes e dois tocos
Thaddeus Young: 12 pontos e oito rebotes
Domantas Sabonis: 11 pontos e sete rebotes


(15-13) Portland Trail Blazers 95 x 88 Orlando Magic (11-19)

Destaques

Portland
Damian Lillard: 21 pontos e quatro assistências
C.J. McCollum: 20 pontos e quatro assistências
Al-Farouq Aminu: 15 pontos e cinco rebotes

Orlando
Nikola Vucevic: 26 pontos e 14 rebotes
Jonathon Simmons: 15 pontos e cinco rebotes
Elfrid Payton: 14 pontos, quatro assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Aaron Gordon: 13 pontos e seis rebotes


(11-16) Los Angeles Clippers 91 x 100 Washington Wizards (16-13)

Destaques

Los Angeles
Lou Williams: 23 pontos, cinco rebotes e quatro assistências
Jawun Evans: 15 pontos, seis rebotes, seis assistências e cinco roubos de bola
DeAndre Jordan: 12 pontos e 16 rebotes

Washington
Mike Scott: 22 pontos e quatro rebotes
Bradley Beal: 20 pontos, 11 rebotes e quatro assistências
John Wall: 15 pontos, seis rebotes, cinco assistências e dois tocos
Tomas Satoransky: 11 pontos


(14-15) Utah Jazz 107 x 95 Boston Celtics (24-7)

Destaques

Utah
Ricky Rubio: 22 pontos, sete rebotes e cinco assistências
Donovan Mitchell: 17 pontos, cinco rebotes e nove assistências
Jonas Jerebko: 17 pontos e sete rebotes
Rodney Hood: 17 pontos, cinco rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas
Joe Ingles: 12 pontos, oito rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas

Boston
Kyrie Irving: 33 pontos, quatro rebotes e seis assistências
Al Horford: 21 pontos, seis rebotes e sete assistências
Jaylen Brown: pontos
Jayson Tatum: pontos
Terry Rozier: pontos
Marcus Smart: pontos


(11-17) Brooklyn Nets 87 x 120 Toronto Raptors (19-8)

Destaques

Brooklyn
Nik Stauskas: 22 pontos, sete rebotes e cinco bolas de três pontos convertidas
Isaiah Whitehead: 12 pontos

Toronto
DeMar DeRozan: 31 pontos e 14-19 nos arremessos de quadra
Serge Ibaka: 18 pontos e oito rebotes
Jonas Valanciunas: 14 pontos, cinco rebotes e dois tocos
Norma Powell: 11 pontos e cinco rebotes
Jakob Poeltl: 11 pontos e quatro rebotes
Kyle Lowry: dez pontos, dez rebotes, 12 assistências e quatro roubos de bola


(6-23) Atlanta Hawks 94 x 96 Memphis Grizzlies (9-20)

Destaques

Atlanta
Kent Bazemore: 19 pontos, cinco rebotes, cinco assistências e três roubos de bola
Dennis Schroder: 18 pontos, cinco rebotes e 11 assistências
Taurean Prince: 17 pontos, quatro rebotes e cinco
Marco Belinelli: 14 pontos

Memphis
Tyreke Evans: 22 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Mario Chalmers: 16 pontos e quatro roubos de bola
Marc Gasol: 13 pontos, seis rebotes, cinco assistências, dois tocos e oito desperdícios de bola


(8-20) Chicago Bulls 115 x 109 Milwaukee Bucks (15-12)

Destaques

Chicago
Bobby Portis: 27 pontos e 12 rebotes
Nikola Mirotic: 22 pontos e oito rebotes
Robin Lopez: 18 pontos e oito rebotes
Kris Dunn: 17 pontos e sete rebotes
David Nwaba: 13 pontos, oito rebotes e três roubos de bola

Milwaukee
Giannis Antetokounmpo: 29 pontos, 16 rebotes e quatro assistências
Khris Middleton: 29 pontos, seis rebotes, seis assistências e quatro roubos de bola
Eric Bledsoe: 12 pontos e sete assistências
John Henson: 11 pontos, sete rebotes e dois tocos


(15-15) New Orleans Pelicans 111 x 117 Denver Nuggets (16-13)

Destaques

New Orleans
DeMarcus Cousins: 29 pontos, quatro rebotes, quatro assistências e nove desperdícios de bola
Anthony Davis: 28 pontos, 12 rebotes e cinco tocos
Jrue Holiday: 25 pontos, oito rebotes, seis assistências, três roubos de bola e cinco bolas de três pontos convertidas

Denver
Gary Harris: 21 pontos e cinco assistências
Trey Lyles: 19 pontos, sete rebotes e três roubos de bola
Will Barton: 19 pontos, quatro rebotes e seis assistências
Jamal Murray: 15 pontos, cinco rebotes e três roubos de bola
Nikola Jokic: 13 pontos, 11 rebotes e quatro assistências


(19-10) San Antonio Spurs 109 x 124 Houston Rockets (23-4)

Destaques

San Antonio
LaMarcus Aldridge: 16 pontos e seis rebotes
Joffrey Lauvergne: 14 pontos e quatro rebotes
Patty Mills: 13 pontos
Kawhi Leonard: 12 pontos, quatro rebotes e dois tocos; 16 minutos em quadra
Davis Bertans: 12 pontos
Bryn Forbes: 11 pontos

Houston
James Harden: 28 pontos, sete rebotes, seis assistências, cinco desperdícios de bola, 6-18 nos arremessos de quadra e 14-16 nos lances livres
Chris Paul: 28 pontos, quatro rebotes, oito assistências, sete roubos de bola, cinco bolas de três pontos convertidas e 10-18 nos arremesso de quadra
Clint Capela: 18 pontos, dez rebotes e 9-11 nos arremessos de quadra
Eric Gordon: 14 pontos
Ryan Anderson: 12 pontos e dez rebotes
Trevor Ariza: 11 pontos e quatro rebotes

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Timóteo Rezende Potin

    Bobby Portis punho de ouro. Podia dar umas porradas na diretoria do Bulls.

    Tamo chegando! Te cuida Celtics!

    • Chimbinha

      Realmente tá foda,
      se não tirarem o Portis e o Mirota do time, adeus projeto Doncic

  • Claudio R.

    Velho o Harden bateu 16 FT, não pode tocar no Harden… o Lebron só vai pra lance livre se for falta flagrante…

    • Chimbinha

      Só li verdades

    • Eric Almeida

      O melhor comentário.

    • Rafael Victor

      E é irritante essa parada, assim como vai ser um dos motivos pra perda de mais um MVP!

      • Claudio R.

        Tomara q realmente vejam isso msm… pq é anormal isso… um protecionismo absurdo com o Harden… São 2 pesos e 2 medidas… se Lebron batesse o msm num de FT Lebron seria o líder de pontuação com uns 2 pontos de margens

        • KIM JONG – UN

          carmelo tbm

    • Pedro Bronks

      isso se chama Q.I

  • Chimbinha

    Sixers me perde pra esse bando do OKC.cabeças irão rolar

    • Don

      e aprendendo a defender..

  • Bruno Grotta

    Esse time do Bucks é bizarro demais. Puta time inconsistente.
    Às vezes faz um jogão e às vezes perde uns jogos bem nada a ver.

  • GuiperHeat

    joel embiid mr pesadelo , dos centers .. o que sta mandando cara com 6 falta pra o banco essa seasoné brincadeira

  • Danilo Celtics #Banner18

    com direito a mitada do lixo jerebko kkkkk .. smart 3/13 ,jogadorzinho mediano pra mediocre , tijoleiro do caraio , alguns falavam aqui q ele tinha um valor grande no mercado , vo falar p vcs oq ele vale : no maximo uma pick de second round e olhe lá !

    • Augusto Filho

      Toma essa lei do ex. KKKKK

      • Danilo Celtics #Banner18

        ex lixo , mais ta valendo

    • Lucas Ricardo Vidori

      Tem jogos que ele realmente vai bem, são os jogos que ele não arremessa. Mas quando decide arremessar….

  • Cedi LeBrOSMAN

    O Westbrook me lembra aqueles personagens de desenho animado, quando estão pensativos e aí aparece de um lado um anjo e do outro o diabo e ambos ficam tentando convencer a pessoa de qual caminho é o melhor a se fazer.
    Neste caso é o Anjo Russ, e o Capeta Russ.
    É o msmo cara q taca o foda-se pro Melo e pro PG nos minutos finais do tempo regulamentar e tenta decidir na base da força bruta e arremessos de 3 pts forçados, msmo com ele não estando bem nos arremessos, e seus companheiros, All Stars, tendo melhor aproveitamento.
    E também é o cara q joga bem na OT, melhora seu arremesso e acerta suas infiltrações….e decide passar para o Andre Roberson decidir o jogo, rs.
    O OKC ontem parecia q estava querendo fazer um manual de como perder um jogo. Entrou em colapso nos minutos finais e o treinador, na jogada final do 4° qtr, com a equipe com posse de bola no ataque, mantém o Andre Roberson no jogo. Só para quando uma das 3 estrelas pegar na bola, sofrer com marcação dupla. Já q, o ataque é pouco criativo e depende de ISOs e qualquer jogador da NBA sabe q o Roberson não é uma ameaça ofensivamente.
    MDS OKC! Foi um jogão, mas dava para ter assegurado a vitória bem antes!

  • ThunderSPD-SuperPatrulhaDelta

    Westbrook ontem tava doidão de cocaína,querendo dunkar e momentos decisivos….assim que eu gosto kkk Já VC Joel Embiid abaixa a bola,deu tchau pro Adams quando ele saiu e no final quem dançou foi VC…a freguesia continua quem sabe ano que vem.

    • LETS GO CAVS #WINNER2018

      Cara, isso se chama trash talk, se não aguenta senta e chora.

      • ThunderSPD-SuperPatrulhaDelta

        Quem disse que estou repudiando o trash talk cara,só disse que o tiro saiu pela culatra.

  • Danilo Celtics #Banner18

    so assim pro melo passar dos 20

    • Gustavo – DefendTheLand

      Acho que vc n assistiu o jogo hauahauahu

    • Rafael Victor

      Jogou muito bem, Danilo! Ele e o Presuntinho tavam com a mão calibrada ontem!

      • Lucas Dias

        O Melo e o George estavam bem ontem, mas o West é lokão. Na overtime foi praticamente só o West q pegou na bola.

      • Danilo Celtics #Banner18

        qm ser presuntinho?

        • Rafael Victor

          Felton

    • Vitor Martins

      Ele era um dos poucos jogadores que nunca fez uma temporada com menos de 20 pontos por jogo na NBA até ser trocado pro Thunder. Era ele, Jordan, LeBron… Realmente, só assim mesmo pra ele passar dos 20.

      • #StrenghtinNumbers-GO WARRIORS

        São os 3 e o Durant nessa lista se não me engano

    • KIM JONG – UN

      cala boca seu lixo
      SÓ FALA MERDA NA VERDADE
      Devia ter algum nível nesse site
      os comentários mais idiotas deveriam levar um ban ao usúario para evitar que outras pessoas olhem esse tipo de comentário medonho

      Estou no jumper faz um tempo já e vc é disparado um dos piores “comentaristas” daqui

  • Rodrigo Soares

    É Spurs , essa derrota de ontem mostra como estamos inferiores aos foguetinhos.
    Sempre que o Spurs enfrenta um armador top da liga fica muito evidente a carência na posição 1 do time , é sempre assim com West, Irving, Curry, CP3 (só falta fazer chover contra o Spurs)…. Enquanto o Parker já não consegue responder a altura a esses jogadores e o Mills sempre foi apenas um ótimo reserva.

    A sensação que fica é que nesses jogos grandes se o Kawhi e o LaMarcus não fizerem chover a vitória fica difícil.

    Agora é dar tempo ao Kawhi se recuperar aos poucos é esperar os offs e confiar no tio Pop, que a história poderá ser diferente assim como foi nos offs passado

    • Kleber Ribeiro

      Rodrigo…confesso que sempre imaginei pra esse ano, depois da off season…que o lugar dos Spurs seria a terceira colocação mesmo e confesso que sem Kawhi e Parker, até me surpreendeu. Pop sabe que com um time envelhecido..ele vai queter ficar onde esta..sem forçar e até porque nao dá mais que terceiro lugar…Kawhi só vai jogar como ano passado depois do All Star. Ele vai garantir um mando de quadra e tirar tudo nos playoffs. Mas o alerta de renovação ja acendeu desde o ano passado. Eu achei que os Spurs foram muito tímidos na off season. De verdade, Eu queria o Paul George no nosso Spurs. A midia deu como certo…mas não rolou. Mas cono disse, niguem esperava em final de conferência e eles foram la e cravaram a final, e falo.sem medo que se não fosse o mongol do Zaza, seria bem mais equlibrada. Mas como.sempre falo.aqui, quem tem Tio Pop no banco…nimca morrerá pagão…rs. Esse time sem Pop, pegaria play offs na rabeta e olhe lá. Mas aqui é Spurs e vamos a mais um play offs.

      • Rodrigo Soares

        Boa Kleber , isso aí !

        Acho que o time já fez um belo trabalho sem o Parker e o Kawhi ( melhor do que muitos imaginavam), e também concordo que essa offseason poderia ter sido diferente , a renovação já tinha que ter começado…

        Mas vamos que vamos, todos os anos é sempre a mesma coisa , e sempre surpreendemos

    • Vitor Martins

      Pois é, muita gente fala do garrafão do Spurs (principalmente antes da melhora do Aldridge nesse temporada), mas a armação que me preocupa mais. Queria muito ver o Conley nesse time, nas mãos do Pop seria fantástico, mas o contrato dele é bem impossível.

    • Marcelo Desoxi

      Spurs dormiu nesta offseason, tinha muito jogador bom disponível.

      Com esse time, não consigo visualizar SAS passando das semis, a não ser que Kiwhi e LaMarcão venham pra 30 toda noite, em conjunto ( o que não vimos ainda ).

  • Thiago26 // NBA GAME

    Teague com a camisa do Atlanta na foto? Vi certo? Rsrs

    Rockets engoliu o Spurs. Parecia que em alguns momentos o Spurs iria encostar, mas o aí o Rockets abria novamente.

    Roberson burro e herói em dois lances. Hahahaha. E West confiou no cara, melhor posicionado. Saric amassou o aro nas OT’s, não sei porque deixavam ele arremessar

    • Vitor Martins

      Sim, é Teague, e se clicar no vídeo é um gameplay

  • Thiago26 // NBA GAME

    Mason foi essencial para a vitória do Nuggets. Grande ajuda.

    Nove desperdícios de bola para o Cousins, aí não. Tomou umas pregadas monstras também.

  • Gustavo – DefendTheLand

    Embiid locasso, como eu disse a um tempo atrás ele vai ser um dos caras mais odiados da liga, e n vai demorar muito n. Concordo com oq o agra disse ontem, tem uns certos caras que ele n deveria se meter n, alguns veteranos respeitados, como Carmelo, que com certeza n vao baixar a cabeça pra um jogador que é praticamente rookie. Msm achando desnecessário algumas coisas que ele faz, é muito bom ver essas tretas.
    Jogasso ontem na Philadelphia.

    • Vitor Martins

      Provocações são sempre boas, desde que não virem agressões. O que me irritava no Embiid era ele falar muito estando machucado, jogando, na quadra, ou falando de situações dentro dela eu não vejo problema. OKC era um time montado pra disputar com o Warriors. Sixers luta pra se classificar no Leste. Não fizeram mais que a obrigação de ganharem do time do camaronês.

    • TRUETHIAGO

      Discordo. Se for assim, para ficar selecionando com quem “mexer” ou não, é melhor então nem fazer. Foi o Carmelo ontem porque na jogada calhou do Carmelo estar marcando ele, mas poderia ser outro. Assim como ele também provocou o Donovan Mitchell (rookie) depois de um block, ou fez trash talk com Durant e Green, Drummond, Adams, enfim, não tem essa de ficar escolhendo, depende da circunstância do jogo.

      Fora que quando acaba a partida ele costuma fazer questão de ir cumprimentar os caras, deixando claro que o que aconteceu ali na quadra fica na quadra e segue a vida. Ontem provavelmente iria fazer a mesma coisa (como fez com esses que citei, Mitchell, Drummond, Green, etc), só que daí veio o Westbrook e levou para o pessoal, com aquele jeito dele de ninguém mexe com a gente, aqui é “OKC vs Everyone”, blá blá blá.

      Enfim, faz parte, porque cada um reage de uma maneira sendo provocado. O Whiteside, por exemplo, é outro que também levou para o lado pessoal e tal.

      Mas sem dúvida a tendência é que o Embiid vá acumulando uma certa antipatia ao redor da liga, especialmente dos torcedores adversários. Ele que arque com a personalidade dele e, como disse o Vitor, desde que esteja em ação para segurar a bronca depois.

      • Gustavo – DefendTheLand

        Vc dizer que o Embiid deixa tudo em quadra chega a ser engraçado, pq ele é o único jogador que quando acaba a partida vai provocar os adversários no twitter ou Instagram. Claro que ele n faz isso com todos, mas Drummond e KAT estão ai de prova.
        O caso é que quem fala oq quer escuta oq n quer, se fosse com vc, pensa o cara fica o jogo todo gastando pagando de fodao, ai quando vc ganha a partida n pode gastar o cara tbm? E todo mundo sabe que o West n leva desaforo pra casa.

        • TRUETHIAGO

          Brincadeiras no twitter/instagram o Embiid faz desde quando ainda nem havia estreado na liga, é o jeito dele, não tem necessariamente uma ligação intrínseca de estar jogando ou não. Há diversos outros casos de jogadores se provocando pelas redes sociais, afinal de contas é a ferramenta que usam para se comunicar hoje em dia, seja entre eles ou com o público em geral.

          E em que momento eu disse que não podem devolver a provocação?! Deixei claro que as provocações dele podem gerar reações, Durant e Green devolveram o trash talk nele, por exemplo. Mas no final foram se cumprimentar, normal, sem levar para o lado pessoal. Por outro lado, o Whiteside não gostou, achou desrespeitoso, usando esse mesmo argumento, de que ele chegou agora, que não tinha nem 50 jogos na liga e tal, o que é uma bobagem.

          O Westbrook tem todo o direito de devolver o “tchauzinho”, tirar sarro, etc, o que questionei foi o fato de que os próprios “provocados” (Adams, Carmelo) não demonstraram levar para o pessoal, enquanto o Westbrook claramente levou. Aliás, não tem nada a ver com o resultado também, do jeito que você fala até parece que o Embiid só provoca quando ganha, e não é verdade. Vide os dois jogos contra o GSW.

          Ademais, segue a minha discordância principal em relação ao seu post. Não vejo coerência em dizer que o Embiid deveria ficar selecionando quem ele vai ou não provocar. Ah, esse aqui tem 10/15 anos de NBA, aquele é All-Star, vou mexer só com quem for Rookie… Isso sim, na minha visão, seria algo forçado, desnecessário e nada espontâneo.

      • É preciso saber identificar com quem e quando fazer trash talk sim. Se o cara faz isso apenas de zuera ele é um bobão desmiolado (por mais que seja engraçado) e fará isso de forma indiscriminada, mas se é um atleta inteligente e usa isso como estratégia para desconcentrar o adversário ele fará isso apenas no momento certo. Por exemplo, não é muito inteligente provocar jogadores como LeBron, que tem o histórico de ficarem mais focados quando provocados e assim doutrinar o provocador. Outra situação pouco inteligente de provocar o oponente é quando se está cansado e com dores, como o Embiid ontem, na marcação e disputas o time do Thunder foi muito mais intenso e físico contra ele.

  • felipe fernando Oliveira

    Minha continência pra James Hardem e pra CP3. Pra CP3 que foi pra um time que já tinha dono (Hardem) mas não elevou o ego, não quer ser mais do Hardem e tem um QI tão elevado que continua brilhante mesmo não sendo o “dono” do time. Para o barba por que mesmo sendo o dono do time, sabe que tem ao seu lado um dos melhores pg da história da liga, não é egoísta, ciumento e egocêntrico pois continua brilhante e abre espaço o suficiente pra CP3 impor seu jogo e ritmo. Hoje Barba/CP3 é a melhor dupla no perímetro da liga. RWB e Carmelo Anthony poderia ver jogos dos Rockets pra aprender como talentos mesmo semelhantes podem coexistir quando o altruísmo e senso de equipe estão acima dos números pessoais.

    • CMM17

      Acho que outro que devia ver o jogo dos Rockets é o Billy Donovan realmente não tem lógica ele deixar o time ser livre demais,mesmo dando errado o cara persiste nós mesmos erros,se ele tivesse um padrão de jogo equilibrado uma função a cada um o nosso okc estaria muito melhor.

  • João Víctor Matos

    Jogão ontem. Tem pessoas reclamando do trash talk do Embiid. Pelo amor de Deus, isso so deixou o jogo ainda mais interessante e pegando fogo. Foi massa ver Carmelo e Westbrook ficarem mordidos.

  • Rafael Victor

    Já tava quase arrependido de assistir Sixers X Thunder, em vez de Pistons X Pacers, quando Sixers empatou e veio a prorrogação tripla, com o Westbrook mostrando porque tanto pro bem, quanto pro mal, ele é um jogador único na NBA! Seja acertando ou errando, ele vai e continua no ritmo dele, assim conseguiu levar o OKC a vitória ontem! Westbrook é isso aí! Não vai mudar! Ame-o ou odeio-o! E aqui tá um cara que não gostava nem um pouco dele, só que hoje sou fã do cara!

    Outra parada: O Embiid gosta de sacanear, só que quando é sacaneado fica putinha, né? Bem coisa de moleque mimado!

    O Rockets conseguiu uma vitória fácil pra cima do Spurs (tanto que o Popovich viu que não ia dá e colocou os reservas pra jogar a maior parte do segundo tempo), com o CP3 doutrinando! Engraçado é que acho que o Rockets tem condições de ganhar o Oeste, mas numa Final não teria muita chance! Mas vamos aguardar, ainda tem muita coisa pra acontecer!

    • Lucas Dias

      Mas o Embiid ficou putinho? Até onde assisti eu não vi nada demais. Ele deu umas risadinhas enquanto o West mandava tchau e só.

      • TRUETHIAGO

        Sim, ele não leva para o pessoal. Como disse ali embaixo, acredito que ele iria até tentar cumprimentar o Carmelo no fim, caso o Westbrook não tivesse pilhado.

      • Gustavo Santos

        Tb não acho que o Embiid ficou puto.. Ele sim que para para a provocação ganhando ou perdendo.. Quando ele deu tchau para o Adams, o jogo nem decidido estava ahaha

      • Rafael Victor

        Tava toda putinha, bem irritado!

  • Norrin Radd

    Os trash talk do Embiid são legais. O cara entrou ontem e já quer sentar na janela, e daí? Ontem sifu no final, mas foi a atração do jogo. Além do GSW esse time do Sixers é o mais legal de ver jogar na temporada.

    • Lucas Lima

      E msm a NBA precisa de caras assim kkk !!! Mais e certo daqui alguns anos ele ser um dos caras mais odiados da liga !!! Gostei de ver no final o RwB tirando onda dele !!! Kkkk

      • Norrin Radd

        As vezes o falador passa mal rsrsrs…

  • Charles

    Pistons sem Bradley e conseguiu vencer o Pacers? Oxi. Dormi durante o jogo, mas já dava pra ver o Drummond jogando muito.

  • Lucas Lima

    Sou torcedor do thunder, mais tem problemas no time, mais no meu ponto de vista o maior culpado e técnico, a pessoa não ver uma jogada trabalhada, a jogada deles já estar manjada, tem que mudar, a defesa estar boa, certo que o robersom o grande marcado mais não dá para ele se titular, coloca o Abrines, e ontem a última bola foi parar na mão do robersom !!!! Ainda bem que a bola caiu !!! Quem estar em uma temporada muito boa e o Adans jogando bem !!!

  • Indian!

    Mitchell ROY não a dúvidas

  • Cedi LeBrOSMAN

    Estava ansioso, esperando este GIF. Eu ri demais vendo ao vivo! Hahaha
    https://twitter.com/World_Wide_Wob/status/941872658286772224

    • ThunderSPD-SuperPatrulhaDelta

      Cocaína Mode On.

    • Chimbinha

      Na cracolandia tá cheio desses

    • Paulo Victor (14-14)

      Cocaína é foda

    • A cena já foi engraçada mais a reação do Rômulo Mendonça narrando isso não teve como não cair na gargalhada.

      • Mailson Silva Sena

        O que ele disse? kkkkkkkkkkkk

    • Gustavo Rocha

      3 prorrogação o cara pega a bola no garrafão de defesa, corre a quadra toda e da uma dunk feroz. Não contente faz isso ai. Westloko é o nome da MVP do povão hahaha

  • Paulo Victor (14-14)

    Jogaço ontem!!West fez de tudo pra perder no tempo normal mas jogou muito na prorrogação.Uma coisa que me deixou preocupado foi o PG tremendo na prorrogação, dava pra ver o medo que ele estava em receber a bola.

  • Luiz

    Bulls jogando com muita raça hein. Portis e Mirotic estao de boa parece.Se eu fossse o Bulls desistiria de tentar trocar Mirotic

    • Timóteo Rezende Potin

      Gosto muito do Mirotic quando joga bem e gostaria que ele permancesse no Bulls. O problema é que do jeito que o leste é fraco, se o Bulls continuar nesse aproveitamento bizarro dos ultimos jogos vai acabar ficando lá entre 10~7 lugar da conferência, ou seja, no limbo da NBA. O cenário ideal seria o Bulls encontrar um jeito de jogar, se possível jogar bem, deixar os mlks ganharem bastante confiança e PERDER os jogos.

      O Bulls trocou Butler por um combo de jogadores novos e com potencial pra se desenvolver e foi pro tank pra tentar pegar uma 1~3 pick, que são as escolhas que geralmente geram jogadores que são confiáveis para você desenvolver seu time em torno deles. Se o Bulls continuar vencendo, essa troca do Butler vai ter sido em vão.

      • Luiz

        So falar pro Nikola “abaixar a bola” e guardar pra proxima temp kkkkkkkkk

  • Gustavo Santos

    A galera criticando o Carmelo, ele foi o melhor jogador do thunder no tempo normal.. Curioso que ele mal recebia a bola do West nas últimas duas prorrogações. No final o West levou essa para o Thunder, mas é muito nítido essa falta coletividade nesse time. São 3 estrelas e um bom pivô no elenco, mas são raras as jogadas com movimentação de bola, ainda mais com o West armando e com o estilo de jogo do Anthony que mal se movimenta no ataque

  • PG to DENVER? ☇

    Apesar de um final de jogo bem individual ( e eu questiono até que ponto foi culpa do Russ,até pq me pareceu bem forçada a forma como a bola ia parar sempre na mão dele),o time conseguiu manter por mais tempo um jogo coletivo,durante o tempo regulamentar.Isso é bom,mostra uma evolução.
    E apesar de toda individualidade,a de ontem acabou me parecendo positiva,West cresceu mt no OT.

  • KIM JONG – UN

    https://twitter.com/NewEraKnicks/status/941746893985648640
    ele volta hj ao MSG!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    MELOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    SAUDADES DO MONSTRO!

    • Albert Santos

      Vídeo mt foda.

  • Após o Kobe “parar” de jogar em 2013 Westbrook se tornou meu jogador favorito, mas ultimamente está difícil defender ele. Do quarto período em diante foi o caos, ora ele fazia uma jogada certa, ora ele forçava um arremesso de 3 ainda tendo tempo de posse no relógio.
    Anthony bem no jogo mas foi pouco acionado no último período e OTs, PG também sumiu, e o Roberson foi o Roberson de sempre. Também está difícil defender o Donovan, OKC continua mostrando os mesmos defeitos, perde boas vantagens e aí se desespera e parte pro individualismo.

    Adoro o Embiid, é um jogador muito talentoso e carismático, gosto das provocações dele mas precisa dar uma segurada, vai meter mala com o Anthony e o Russ? Hahahaha fala sério. Já na primeira OT ele estava morrendo de cansaço e dor, ele claramente não estava preparado para jogar tantos minutos, e a cada intervalo era gelo e massagem nas costas, aí vai provocar os oponentes para eles ficarem pilhados e serem mais intensos e físicos contra ele, isso não é trash talk é imaturidade.

    • Pablo Leite

      Essa derrota foi culpa do Embiid. O OKC estava determinado a ganhar esse jogo a qualquer custo por causa das palhaçadas dele.

  • vsr.snake

    Quando bem acionados, Melo e George rendem muito bem, eles não podem receber bolas só na iso. E o Westbrook 10-33 FG, isso é uma imoralidade, nem o Kobe fazia essas maluquices.

    Oladipo forte ruma all star game + MIP e o Pistons deu uma reagida, mas ainda precisam xingar mais o pessoal.

    Mitchell rookie of the year moral, visto que essa não deveria ser temporada de “estreia” do Simmons.

    • David Ribeiro

      “nem o Kobe” nada asuhau. Kobe era “pior” nesse quesito

      • vsr.snake

        Mas tem uma pequena diferença, no Lakers Kobe quase sempre foi o principal scorer do time (só o Shaq que tirava esse posto dele), e a principal ocupação dele era pontuar. Westbrook desequilibra o time, negativamente, tentando jogar com esse volume de jogo todo, sendo que Carmelo e PG são scorers de “ofício”, deixando o Westbrook como o único cara com cacoete de armador no time titular.

      • Don

        Mas sempre saia com a vitória né Amigão? ou melhor com mais do que vitórias.

  • Marcelo Desoxi

    Boa vitória do Detroit pra espantar uns fantasmas, time do Indiana é perigoso em minutos finais. Fiquei com vontade de me matar vendo o time perder uma vantagem de 16 em menos de 8 minutos no quarto final, mas nosso amigo Myles Turner não me decepcionou e usou seu QI de mosca pra salvar o Pistons.

    Graças a Deus deu tempo de ver os OT’s e o final de jogo em Philly.
    Não consigo me decidir quem tava com mais medo do jogo, se o Simmons ou se o Soft George.
    Embiid se tornando um dos jogadores mais legais da liga, jogou muito ontem, mas ainda é muito sonso em alguns lances. Alguns TO’s que ele sofre são pura burrice, tem que ficar mais ligado no jogo, não pode ficar vegetando com a bola na mão.
    Westbrook indo do céu ao inferno em cada ataque, mas acabou sendo o protagonista da vitória, ao lado do Melito, que mesmo jogando muito não recebeu bolas pra matar na prorrogação.

    Se eu tivesse 2.15 e fosse forte, marcaria no post melhor que o Adams, vlw flw.

  • Don

    Falam isso aquilo do Westbrook, mas é ele q leva esse OKC, e mais f… o aproveitamento dele.

    Negócio é a vitória !

  • Pablo Leite

    Essa derrota pode creditar ao Embiid e às provocações dele. O OKC não ia perder para os Sixers nem que tivessem que jogar dez prorrogações, por causa das palhaçadas que o Embiid fez.