Em fim de contrato, Taj Gibson deseja permanecer no Bulls

https://www.youtube.com/watch?v=J8kmENGGtSA

O ala-pivô Taj Gibson disputou suas 530 partidas como profissional com a camisa do Chicago Bulls, mas pode estar próximo de passar por uma grande mudança na carreira. Depois de oito temporadas na franquia de Illinois, o atleta de 31 anos será agente livre irrestrito pela primeira vez e vai ter a oportunidade de assinar contrato com outro time. No entanto, isso sequer parece ser cogitado pelo titular.

“É claro que eu quero permanecer em Chicago. Os salários que alguns atletas estão recebendo agora chega a ser ridícula, mas vou seguir humilde. Continuarei focado e sei que sou abençoado por ter assinado meu último contrato”, disse o veterano, em entrevista ao jornal Chicago Tribune. Seu atual contrato, que foi assinado em 2012, rendeu-lhe US$38 milhões nas últimas quatro temporadas.

Aparentemente, o interesse é mútuo e o Bulls deve iniciar a próxima offseason com a renovação de Gibson como prioridade. Ele credita a boa avaliação interna à forma como administrou sua carreira. “Eu sempre faço meu trabalho e tento não ser uma distração. Lembro dos rumores nos últimos anos e até pensei que não continuaria, mas eles me mantiveram e quero provar que sou um jogador importante”, afirmou.

Titular pelo segundo ano consecutivo, o experiente ala-pivô faz uma das melhores temporadas da carreira. Ele esteve presente nas 23 partidas da campanha, com médias de 12.1 pontos e 7.9 rebotes (maior marca da carreira) em pouco mais de 28 minutos de ação por noite, além de 54% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

  • Michel Moral

    Taj é regular. O problema vai ser o salário.

    Acredito que algumas franquias terão interesse nos seus serviços.

    Dá para compará-lo ao Udonis Haslem. A diferença é que UD pegou duas gerações fantásticas em Miami, enquanto Taj jogou com bons jogadores em Chicago, porém, bichados.

    Enfim, caso tope um salário justo e não acima daquilo que realmente vale, acredito que pode ficar em Chicago sim, pois é um excelente custo-benefício.

    • Boa comparação. Creio que ambos PF terão camisas aposentadas (se o Taj de fato permanecer, é claro)

    • JAMnba

      PORRA O tAJ E MUUUITO SUPERIOR AO hASLEM! SEMPRE FOI

  • Rafael Victor

    Não sei se é pelo último ano de contrato, mas tem jogado muito bem! Seria bom permanecer!

  • Um bom jogador. Espero que mantenham ele em Chicago, já é muito identificado com a franquia.