Em jogo histórico de Anthony Davis, Pelicans impõe terceira derrota seguida ao Thunder

(28-23) New Orleans Pelicans 114 x 100 Oklahoma City Thunder (30-23)

A partida entre New Orleans Pelicans e Oklahoma City Thunder, realizada nessa sexta-feira (2), vai ficar marcada para sempre na memória de Anthony Davis. Além de liderar o Pelicans a uma grande vitória fora de casa por 114 a 100, o ala-pivô de 24 anos fez história. Com os 43 pontos anotados no duelo em Oklahoma City, Davis desbancou David West e tornou-se o maior cestinha da história da franquia de New Orleans (8.691 pontos). Vale dizer que ele já é o recordista do time em rebotes e tocos.

O triunfo foi importante para o Pelicans, que segue firme na briga por uma vaga nos playoffs. Com o resultado, o time da Louisiana se mantém na sétima posição da conferência Oeste, com 28 vitórias e 23 derrotas. Já o Thunder perdeu o terceiro jogo seguido e ocupa a quinta posição do Oeste, com 30 triunfos e 23 derrotas.

Devido à grave lesão de DeMarcus Cousins (fora da temporada), Davis atuou como pivô e se mostrou à vontade na posição. Bastante acionado pela dupla de armadores Rajon Rondo e Jrue Holiday, ele foi responsável por quase 40% dos arremessos da equipe. Davis pontuou na área próxima à cesta, na cabeça do garrafão e até com chutes do perímetro.

O Thunder começou melhor a partida e abriu 32 a 22 no primeiro período. Mas a partir do segundo quarto, a equipe da casa começou a errar bastante nos dois lados da quadra.

O fator cansaço também entrou em cena, especialmente na segunda metade de jogo. Vale lembrar que o Thunder teve um descanso de menos de 24 horas, já que enfrentou o Denver Nuggets, nessa quinta-feira, na altitude do Colorado. Por outro lado, o Pelicans teve três dias de “folga”, pois sua última partida havia sido disputada na terça-feira.

No quarto período, Davis deitou e rolou. O camisa 23 do Pelicans anotou 16 dos 24 pontos de sua equipe, enquanto o Thunder marcou 17.

Além de Davis, vale destacar a mão calibrada de E’Twaun Moore. O ala-armador anotou 26 pontos, com dez arremessos convertidos, em 14 tentativas, incluindo quatro bolas do perímetro. Holiday e Rondo foram importantes na criação de jogadas e combinaram para 24 assistências.

Pelo lado do Thunder, o pivô Steven Adams conseguiu o duplo-duplo, com 23 pontos e 12 rebotes. Já Westbrook, apesar de ter alcançado o 16º triplo-duplo na temporada, não teve uma grande atuação. O atual MVP da liga errou bastante (nove desperdícios de bola) e amassou o aro, com apenas sete cestas em 21 arremessos tentados. Na verdade, o Big Three de OKC não funcionou na partida. Westbrook, Paul George e Carmelo Anthony combinaram para 44 pontos e 17 arremessos de quadra convertidos, em 54 tentativas, o que dá um aproveitamento de apenas 31%.

O Pelicans volta à quadra neste sábado, quando enfrenta o Minnesota Timberwolves fora de casa. Já o Thunder recebe o Los Angeles Lakers neste domingo, jogo que a ESPN transmite, a partir das 17h (horário de Brasília).

Destaques

New Orleans
Anthony Davis: 43 pontos, dez rebotes, três roubos de bola e 17-34 nos arremessos de quadra
E’Twaun Moore: 26 pontos, quatro rebotes, quatro bolas de três pontos convertidas e 10-14 nos arremessos de quadra
Jrue Holiday: 11 pontos e 11 assistências
Darius Miller: 11 pontos
Rajon Rondo: sete pontos, sete rebotes, 13 assistências e quatro roubos de bola

Oklahoma City
Steven Adams: 23 pontos e 12 rebotes
Russell Westbrook: 16 pontos, dez rebotes, 14 assistências, nove desperdícios de bola e 7-21 nos arremessos de quadra
Paul George: 15 pontos, quatro rebotes e 4-16 nos arremessos de quadra
Alex Abrines: 14 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Carmelo Anthony: 13 pontos, nove rebotes e 6-17 nos arremessos de quadra
Jerami Grant: 12 pontos e 12 rebotes


(29-23) Miami Heat 97 x 103 Philadelphia 76ers (25-24)

Destaques

Miami
Kelly Olynyk: 19 pontos e seis rebotes
Wayne Ellington: 16 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Bam Adebayo: 15 pontos, 13 rebotes e seis assistências
Josh Richardson: 12 pontos e quatro assistências

Philadelphia
Ben Simmons: 20 pontos, seis rebotes, cinco assistências e 8-13 nos arremessos de quadra
Joel Embiid: 17 pontos, 11 rebotes, quatro assistências, três tocos e seis desperdícios de bola
Dario Saric: 17 pontos, dez rebotes e quatro assistências
J.J. Redick e Robert Covington: 13 pontos cada


(29-24) Indiana Pacers 126 x 133 Charlotte Hornets (22-29)

Destaques

Indiana
Victor Oladipo: 35 pontos e cinco rebotes
Myles Turner: 19 pontos, 11 rebotes e três tocos
Bojan Bogdanovic: 18 pontos
Lance Stephenson: 15 pontos
Cory Joseph: 12 pontos e quatro rebotes

Charlotte
Kemba Walker: 41 pontos, nove assistências, cinco bolas de três pontos convertidas, 11-22 nos arremessos de quadra, 14-14 nos lances livres
Nicolas Batum: 31 pontos, nove rebotes e sete bolas de três pontos convertidas
Frank Kaminsky: 15 pontos, seis rebotes e cinco assistências
Jeremy Lamb: 14 pontos
Dwight Howard: 12 pontos e 11 rebotes


(15-37) Atlanta Hawks 110 x 119 Boston Celtics (38-15)

Destaques

Atlanta
Taurean Prince: 31 pontos, oito rebotes, três roubos de bola e cinco bolas de três pontos convertidas
Dennis Schroder: 25 pontos
Marco Belinelli: 15 pontos
Kent Bazemore: 11 pontos, cinco rebotes e quatro assistências

Boston
Terry Rozier: 31 pontos, sete rebotes, seis bolas de três pontos convertidas e 11-18 nos arremessos de quadra
Jayson Tatum: 27 pontos, quatro rebotes, quatro roubos de bola e 11-19 nos arremessos de quadra
Jaylen Brown: 19 pontos e quatro assistências
Al Horford: 17 pontos, seis rebotes e sete assistências
Aron Baynes: 11 pontos, oito rebotes e cinco assistências


(20-31) Los Angeles Lakers 102 x 99 Brooklyn Nets (19-34)

Destaques

L.A. Lakers
Julius Randle: 19 pontos e 12 rebotes
Brook Lopez: 19 pontos e três tocos
Brandon Ingram: 16 pontos, oito rebotes e dez assistências
Josh Hart: 15 pontos e 14 rebotes
Jordan Clarkson: 11 pontos e quatro rebotes

Brooklyn
Spencer Dinwiddie: 23 pontos, sete rebotes e nove assistências
Jarrett Allen: 20 pontos, cinco rebotes e 8-11 nos arremessos de quadra
D’Angelo Russell: 15 pontos e quatro rebotes
Joe Harris: 11 pontos e sete rebotes


(29-23) Portland Trail Blazers 105 x 130 Toronto Raptors (35-16)

Destaques

Portland
Damian Lillard: 32 pontos e dez assistências
C.J. McCollum: 21 pontos
Jusuf Nurkic: 20 pontos, sete rebotes e 8-11 nos arremessos de quadra

Toronto
DeMar DeRozan: 35 pontos e seis bolas de três pontos convertidas
Jonas Valanciunas: 18 pontos e oito rebotes
Fred VanVleet: 16 pontos e cinco rebotes
Kyle Lowry: 15 pontos, quatro rebotes e cinco assistências


(23-30) New York Knicks 90 x 92 Milwaukee Bucks (28-23)

Destaques

New York
Enes Kanter: 17 pontos, 18 rebotes e seis desperdícios de bola
Kristaps Porzingis: 17 pontos, sete rebotes e dois tocos
Courtney Lee: 13 pontos e seis rebotes
Jarrett Jack: 11 pontos, sete rebotes e sete assistências

Milwaukee
Giannis Antetokounmpo: 29 pontos, 11 rebotes e três roubos de bola
Jabari Parker: 12 pontos


(23-28) Utah Jazz 129 x 97 Phoenix Suns (18-35)

Destaques

Utah
Donovan Mitchell: 40 pontos, cinco rebotes, seis assistências, sete bolas de três pontos convertidas e 14-19 nos arremessos de quadra
Joe Ingles: 16 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Ricky Rubio: 14 pontos, seis rebotes e nove assistências
Derrick Favors: 12 pontos e dez rebotes
Joe Johnson: 12 pontos e quatro rebotes

Phoenix
Josh Jackson: 20 pontos e quatro rebotes
Devin Booker: 18 pontos, quatro rebotes, seis assistências e 7-24 nos arremessos de quadra
Dragan Bender: 16 pontos, nove rebotes, cinco assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Tyler Ulis: 14 pontos


(41-11) Golden State Warriors 119 x 104 Sacramento Kings (16-35)

Destaques

Golden State
Kevin Durant: 33 pontos, quatro rebotes, seis assistências, seis bolas de três pontos convertidas e 12-17 nos arremessos de quadra
Stephen Curry: 23 pontos, cinco rebotes, seis assistências e seis desperdícios de bola
Klay Thompson: 20 pontos, seis rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas
Draymond Green: 13 pontos, nove rebotes e seis assistências
Nick Young: 12 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Zaza Pachulia: oito pontos e 13 rebotes

Sacramento
Zach Randolph: 18 pontos e sete rebotes
Justin Jackson: 17 pontos
De’Aaron Fox: 16 pontos, seis assistências e 6-17 nos arremessos de quadra
Buddy Hield: 16 pontos e três roubos de bola
Willie Cauley Stein: 13 pontos e seis rebotes
Bogdan Bogdanovic: 12 pontos, seis assistências, três roubos de bola e quatro bolas de três pontos convertidas

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Diego Costa

    Eu só espero que o Westbrook não deixe seu ódio atrapalhar o time na terça contra o Warriors. Essa recaída dele nos últimos 3 jogos é bastante preocupante, egoísmo total e um monte de erros ridículos. Carmelo pra variar totalmente fora de sintonia e não produzindo nada. PG foi mal mas já era esperado depois do jogo contra o denver em que ele jogou sozinho. Melhor coisa nessas derrotas foi o Abrines saindo do caixão e o Grant pontuando bastante, vamos ver se eles mantém. E esse time do kings complicou bastante, diferença chegou a estar em 1 ponto no 4q. Fox, Buddy, bogdan é uma boa ba

  • Danilo Celtics #Banner18

    olha esse negueba kkkkk. 31 pts

  • Westbrook esteve a 1 TO de conseguir o histórico quadruplo-duplo, que pena fica para próxima.
    OK3 amassou o aro, Steven Adams deve ser o jogador mais regular da equipe.

    Alguns números interessantes sobre o Thunder, a equipe teve seu quinteto titular disponível em apenas apenas 15 de 53 jogos, completo o Thunder tem o recorde de 15 vitórias 0 derrotas. Com Andre Roberson o time diminuiu em eficiência ofensiva, mas cresce em defensiva e passa a ter a melhor defesa da liga, Roberson era útil principalmente para conter o ataque adversário naqueles momentos comuns em que o ataque do Thunder derrete e não produz nada. O ponto é, Roberson é um cone no ataque e zuamos bastante ele, mas os números mostram que ele é mais útil do que parece.

    • TRUETHIAGO

      Na verdade, esse 15-0 é desde dezembro, não da temporada inteira.

  • Ingram jogou de armador? Isso está correto? Ele amassou o aro mas distribuiu 10 assistências com apenas 2 TO, nada mau.

    • Beto cargnin

      E o Lonzo tem alguma previsao?

      • Will #lakaodamassa

        Mais uma semana fora.

      • Não =/

    • Will #lakaodamassa

      Jogou,Ennis é muito ruim,melhor alguem improvisado do que ele.

  • Marcelo Desoxi

    O ROY tem nome, Donovan Mit’o’chell.

    Respeita o melhor do mundo, Monocelha.

    • Will #lakaodamassa

      Tem um doente que diz que Davis e “superestimado” por aqui,morro e não vejo tudo.

  • Gustavo

    Me rendi: Mitchell ROY !!!

    Absurdo o que o garoto está fazendo. Simplesmente absurdo.

    • Abel

      Ainda estou na dúvida. Ele é um scorer fortíssimo, mas o Simmons, além de pontuar bem (segundo entre os calouros) através de suas infiltrações, é primeiro entre os calouros em rebotes, assistências e steals. Enfim, hoje, acho que o Simmons ainda leva por ser mais completo e o responsável (juntamente com Embid) por levar seu time aos offs.

      • Lucas Dias

        Penso da mesma forma. O grande diferencial do Mitchell é a pontuação e o poder de decisão. Para o Simmons contam as assistências, rebotes, steals, além de uma boa média de pontos.
        Acredito q uma eventual classificação aos playoffs deve pesar muito pro Simmons, afinal ele tem um papel relevante na possível classificação. Lembrando tb q estamos falando dos Sixers, o time do tank. Sair do tank em uma temporada para na seguinte ir aos playoffs, sendo conduzidos por garotos, é bem relevante.

      • Doug

        Concordo contigo. O impacto do Simmons em quadra é maior…ele faz de tudo…mas, o Mitchel joga muito tb…scorer nato…

      • Beto cargnin

        Mais o que o Mitchell ta fazendo eh muito fora da curva para um novato.
        Tambem acho o Simmons mais completo mais sao estilos bem diferente.

      • paulo hamk

        sem falar da parte defensiva, simmons já é um bom defensor.

        • Marcelo Desoxi

          Mitchell também defende bem

      • Por outro lado o Mitchell se destaca no clutch time, ele tem apenas 21 anos e assumiu a tarefa de ser o principal pontuador da equipe, ele é o cara que assume a responsabilidade na hora de decidir, isso é muito raro para um novato, e o que o coloca como novato do ano na minha opinião. Simmons é muito bom (deve ser um astro no futuro) mas quando o Embiid não joga ele não consegue assumir o ataque, se o garrafão adversário defende bem ele pena para pontuar.

        • Abel

          Mas aí é que está a questão. Nós valorizamos muito a capacidade de pontuar e esquecemos os outros atributos na hora de comparar a qualidade dos jogadores. Eu faço isso também. Nesse aspecto, sendo bastante racional, é legal sair do lugar comum e valorizar um cara que é absurdo por ser completo e impactar a performance do time em várias dimensões diferentes, mesmo sem médias de pontuação superiores a 20 ppg.
          No fim, acho que será uma questão de ótica dos votantes, qualquer dos dois poderia ser escolhido (hoje) sem que se caracterize injustiça. E felizes somos nós neste ano, já que no ano passado a disputa ficou entre Brogdon e Saric rsrs.

  • Gustavo

    Rozier tá jogando bola hein !?

    É necessário se fazer um mea-culpa aqui, pois foi uma escolha muito criticada, como varias do Celtics nos últimos anos e estão quase todas se monstrando acertadas.

    Resta saber se o mérito é do Danny Angie que enxerga o talento, ou do Brad Stevens que parece ter o poder de fazer qualquer role-player jogar como all star…

    • Fernando Henrique

      Eu acho que o mérito pelas escolhas do Celtics é dos dois, da comissão técnica e do Stevens. Vale lembrar do draft desse ano, Boston queria muito o Tatum e não era algo recente, a analise dos prospectos se da num período longo de tempo. Fizeram uma movimentação um tanto ousada e o resultado foi o melhor possível

      Já o Stevens é impressionante justamente pelo fato de tirar o máximo de seus jogadores, e fazendo isso com jovens de tanto potencial como Brown e Tatum faz com que eles tenham um rendimento alto desde já.

      É por isso que eu torço muito pra uma escolha top 5 dos Lakers, talvez uma movimentação pra subir no draft, e selecionarmos o Ayton.

  • Mateus Freitas

    Esse Celtics é muito legal. Jogam sem as estrelas em alto nível. Time bem treinado é outra coisa.

    • Mateus Freitas

      Esse tecnico do Celtics vai fazer história na NBA. Podemos apostar que em breve será considerado o melhor tecnico e com certeza vencerá muitos títulos na longa carreira que tem pela frente.

      • Alex Alves

        O time esta jogando muito bem, acho que a trade com Cavs evidenciou a qualidade do treinador.

    • Will

      Esse é, ao meu ver, um dos pontos fortes do Celtics: o técnico e a filosofia de jogo que ele conseguiu imprimir ao basquete dos celtas.
      Muito bacana ver o time de Boston jogar. Sem pirotecnias, é um basquete coletivo, bem treinado, com as peças bem encaixadas e cumprindo sua função no time. Show de bola!

    • Kevin Viana

      Celtics é o novo Spurs da NBA, vai brigar lá em cima por muito tempo!

  • Alex Alves

    Mitchell e o ROY.

  • Doug

    Pação lindo sucumbiu ao kembinha maravilhoso e ao Batum, que fizeram gde jogo…e que homem enorme é o Davis, senhoras e senhores…e qdo a gente acha que vai, o Rivotrio segue naquela montanha-russa, mas o kiwi continua muito bem e constante…já o Phila não entregou essa de ontem…bom ver o Simmons começando, timidamente, a arremessar…rotação acertada dos Sixers ontem…Putão é um homão…botou Kanter e Porzingão nas costas e meteu um GW lindo…não respeita ninguém esse moleque…será um grande FP…que time arrumadinho esse Jazz…que scorer o Mitchel…Snyder manja muito…só uns dois caras de peso e o time está pronto…e nos veres, o Rozier ensinando ao Irving…kkk…que coisa…até um catadão do Bradley tem padrão d jogo…

  • Hugo Leonardo

    Thunder é o pior time a se torcer… que time nojento slc

    • Marcelo Desoxi

      kkkkkk

  • Saymon Xavier

    Quem tanto reclamava do Roberson tem q lamentar demais a falta q ele faz….hehehs

    • Beto cargnin

      Mais eu acho q eh loucura dizer q o time ta perdendo soh por causa do Roberson.
      Os Pelicans tao sem o Cousins.
      Houston ja ganhou sem Cp3 e as vezes sem o Barba.
      Gsw sem Durant ou Curry.
      Obvio que ele faz falta, mais tem 3 caras top em quadra mais o Adans.

      • Doug

        Ótimo comentário. Toma meu like!

        • Beto cargnin

          Falta eh uma rotaçao melhor e o Melo acordar pra vida.
          O West se diz tao em casa no Thunder e deveria pensar tbm no coletivo as vezes, ontem ele despirocou de vez.

          • Doug

            Ele é muito instável…precisa de um trabalho psicológico forte…cara…eu acho que o Donovan tb está devendo, viu…esse plantel aí, apesar de não ser maravilhoso, não é pior que o do NOLA, Jazz e etc, por exemplo…ainda que esses times estejam abaixo, mostram mais vontade e até padrão de jogo, no caso do Jazz…Donovan tem que saber achar o equilíbrio com o que tem e extrair o melhor dele…não sou daqueles que colocam a culpa no técnico, mas acho que ele está devendo nesse caso…

          • Beto cargnin

            Exatamente.
            O cara tem um dos melhores quartetos da liga e nao da padrao de jogo pra equipe.
            As vezes eles fazem partidas excelentes e outras pifias,tudo bem oxcilar mais nao desse jeito. Ganha 8 seguidas e depois perde umas 5 .

      • Saymon Xavier

        vc sabia que com o Roberson o OKC tem uma das melhores defesa da liga por posse de boa e sem ele tem a PIOR ? Acho q isso diz alguma coisa do impacto dele… a derrota não é pela ausencia dele…. mas levar quase 120 ppj é resultado da ausencia dele….aí quando o Big3 nao tá on fire (como ontwm) nao gamha né…

  • Doug

    Como trabalham para o time Horfoda e Baybes…impressionante…muito linda essa entrega do celtão…jogaço do Jaylen…

  • São Presti

    Preocupante,porém,não é surpreendente.Eu já esperava essa queda brusca do time quando o Roberson se lesionou e não sei se as coisas vão se acertar…Thunder é um time que demora a se adaptar a novas situações, e isso pode custar caro,mesmo em uma eventual vinda do Bradley,as coisas podem demorar a acontecer.

    • Abel

      Clippers pode trocar o Bradley?

      • Tiago

        Acredito que sim, até o dia 8.

        • Abel

          Tomara que dê certo. Se for, o Thunder terá o quinteto inicial mais cabuloso da liga (e um lixo de banco).
          Mas o que eles teriam para oferecer aos Clippers?

          • Tiago

            Não sei o que vão oferecer, mas o Clippers também não está em posição de pedir muita coisa, até pq Bradley só tem esse restinho de temporada sob contrato e pode sair de graça em Julho.

      • São Presti

        Pode sim

  • Tiago

    Outra grande partida do Rozier, e acredito que também tenha sido a maior pontuação do Tatum em uma partida (se não for está entre as maiores). Mesmo que seja contra times mais fracos, Boston está demonstrando capacidade de vencer jogos mesmo sem seu principal pontuador (e ontem especificamente sem boa parte do roster).

    Em relação ao Pelicans, será que AD terá que fazer partidas sempre nesse nível para chegar aos offs? A boa notícia é que o Clippers parece estar abrindo mão de suas chances, mas em compensação Utah vem de 4 vitórias seguidas, apesar de estar ainda 5 jogos atrás de NOLA (e 3.5 de Denver, que é o oitavo).

    • Doug

      Sobre o AD, infelizmente, com esse time, sem o Boogie, sim. Rapaz, se mandassem Lou e DeAndre ou Galo para NOLA, ajudaria demais, hein…

      • Tiago

        Acho que o Pelicans teria que mandar umas duas escolhas de 1 round pra conseguir essas peças. Tirando escolhas de draft os caras não tem nada pra oferecer de valor.

        • Gustavo

          A escolha do próximo ano já foi pro Bulls

          • Tiago

            Tem nada pra oferecer então. Infelizmente para o Davis essa franquia é muito mal gerenciada.

      • “Sobre o AD, infelizmente, com esse time, sem o Boogie, sim.”

        ?

        edit: HAHAHA entendi; o comentário foi uma resposta à pergunta anterior

    • vsr.snake

      Por isso que acho que o Celtics não deveria investir no Tyreke Evans, pois na troca com certeza eles terão que envolver o Rozier ou o Brown, pq o Memphis não vai aceitar o Smart, ou só ele.

      • Tiago

        O Evans só tem um ano de contrato, acho que uma pick de fim de primeira rodada já resolveria. E mais, acho que pela exceção do Hayward seria possível absorver esse contrato sem ter que mandar ninguém (não estou dizendo que isso vai acontecer, mas existe a possibilidade).

        • Pedro Santos

          Boston não pode mais usar a exceção pq já usou pra contratar o Monroe. Pelo Evans é bem provável que envie a escolha de 1 rodada além de jogadores pra equilibrar o salário. Yabussele, Kadeen Alen, Jabari Bird devem ser os escolhidos…

          • Rogério Rodrigues

            Pode sim, só usou 5M da exceção. Sobraram uns 3M ainda

          • Tiago

            Pois é, agora estou na dúvida. Sempre achei que pudesse usar a exceção por completo, ou seja, assinar com jogadores que cubram o valor, não importando se fossem 1 ou mais jogadores (no máximo o número de jogadores necessários pra atingir o limite do roster).

          • TRUETHIAGO

            Parece que nesse caso da DPE (Disabled Player Exception) é só para 1 jogador mesmo, diferente da MLE (Midlevel Exception) que pode ser usado para trazer mais jogadores, divididos dentro do valor total.

            Tem uma sequência de Tweets do Bobby Marks (parça do Woj, rs) que explica isso.

            https://twitter.com/BobbyMarks42

          • Pedro Santos

            A exceção só pode ser usada em um jogador, não tem troco nela. Pelo menos foi o q foi informado em alguns lugares.

          • TRUETHIAGO
          • Tiago

            Ah, eu estava pensando que dava pra usar o valor completo, independentemente de quantos jogadores seriam contratados, já que sobrariam ainda 3M e uns quebrados depois da contratação do Monroe.

      • André Passamani

        Não tem o menor sentido envolver Rozier e Brown nessa troca por um jogador com 1 ano de contrato. Boston deve dar um role player e uma pick baixa no máximo. Além de ter um resto da exceção do Hayward ainda.

        • vsr.snake

          Mas aí eles não vão consegui-lo, ou a chance é muito baixa, pq é provável que terão ofertas melhores.

          • André Passamani

            Relaxa, Rozier e Brown não serão envolvidos. No máximo Smart , e do jeito que o Rozier tá jogando ele não é indispensável. Acho pouco provável deles não aceitarem, vamos aguardar.

      • Rogério Rodrigues

        Viajou legal em, Evans com meia temporada de contrato vale pick de fim de primeira rodada mais um jogador de final de roster só.

  • Elias Ferreira

    Parabéns AD, mais uma conquista! Tomara que a volta do Jabari Parker ajude os Bucks e que ele fique saudável.

    • Doug

      Vai ajudar sim.Jabari estava muito bem antes de se lesionar e eu até o cogitava para MIP…ontem ele já meteu dois dígitos de pontuação…pegando ritmo, só tende a subir os Bucks…

    • Beto cargnin

      Os Bucks tao com uma macumba das braba.
      Voltou o J.Parker e machucou o M.Brogdon parece que a zica ta solta por la.

  • Eduardo Silva

    Foi um show de cravadas de ponte area pro Davis, Lobcity se mudou de New York pra Oklahoma rs.

  • vsr.snake

    Mitchell ROTY, e parece que o Snyder tá botando o Rubio a ficar como playmaker, e não scorer. Já dá pra ver que o rendimento em quadra do time deu uma melhoradinha.

    • Doug

      Uai…mas, esse é o Rubio, não?

      • vsr.snake

        Pq tu não viu a temporada, o Snyder tava (ou está ainda) usando ele como scorer, ele quase não distribuía o jogo. Só ver que o número de FG tentados dele aumentou, e o de assists caiu bizarramente. E não preciso falar que deu muito errado.

        • Doug

          Lembro que ele teve umas boas pontuações em alguns jogos, mas achei que fosse algo esporádico…se for assim, viagem demais do Snyder…isso é desperdiçar o melhor do cara…

  • Francimarques Lakão

    Com o Simmons tendo médias de Wilt Chamberlain e Oscar Robertson quando rookies é difícil perder esse ROY, a regularidade e equilíbrio das médias q impactam muito no time é o q complica pro Mitchell ganhar esse prêmio.

    • Doug

      Fora que está começando a arremessar agora…a tendência é ele pontuar mais e ser uma maior ameaça ofensiva, além de espaçar mais a quadra contribuindo par ao time…

    • vsr.snake

      Já acho que o que pesa mais é a campanha do Jazz, se beliscasse uma seed 8 ali o Mitchell venceria.

      • Doug

        Aí acredito que seria possível sim…Simmons tem uma estrela no time…

    • TRUETHIAGO

      Wilt teve singelos 37 PPG / 27 RBT de média na temporada de rookie…

      O paralelo que fazem nessa comparação que é com os números do Robertson e do Magic Johnson (18/7/7).

      E, sim, considerando o parâmetro da votação passada (Brogdon) se forem seguir o padrão a tendência é maior para vencer o Simmons.

      https://twitter.com/ESPNNBA/status/959150632237195266

  • felipe fernando Oliveira

    Acho que o maior culpado do thunder não ter um equilíbrio maior é sim de Billy Donovan. É inegavel que Roberson era o ponto de equilíbrio do time e trazia a tranquilidade defensiva pra RWB, PG e principalmente maquiava a ineficiência defensiva de Melo. A revolta é que OKC tem dois jogadores que estão no roster do time devido serem reconhecidos prinprincipalm no College como defensores de elite, e que estão voando na G League. Sei que vão dizer “G League não é parâmetro de comparação” pra mim argumentos furados e sem valor pois se os garotos não tivessem talenttt

  • Frank Lucas

    Como joga essa molecada do Celtics!
    Não falta um só segundo de empenho, a distribuição de tarefas do time está sendo feita com maestria, e todos estão contribuindo ofensivamente.
    O OKC consegue uma sequência bacana de vitórias com ótimas atuações, e quando vc pensa que finalmente eles encontraram um encaixe, e vão lutar por mando de quadra, o Westbrocha põe tudo a perder monopolozando a bola… Parece que está jogando pra brilhar nas estatísticas, não pra ganhar jogos.
    Por outro lado, Davis mostrando sua capacidade absurda de decidir jogos em momentos de adversidade… Esse cara é sempre um espetáculo a parte.
    Jazz mostrando que não vai largar o osso, e vai brigar por offs até o fim.
    Mitchell doutrinando… Creio que o ROY já seja realidade.
    DeRozan colocando a bola embaixo do braço, acabando com o jogo, e mostrando que, por mais difícil que seja, essa disputa pela liderança da conferência vai permanecer acirrada… Que surra foi essa no Blazers.
    Kemba com média de 26.6 ppg nos últimos 10 jogos mostrando que está fazendo hora extra em Charlotte.
    A molecada do Sixers ainda precisa aprender que o jogo tem 48 min. e não 36.
    E esse time do Kings é tão horroroso, que os Warriors se deram ao luxo de poder cometer 27 TO, e ainda sim ganhar o jogo.

  • Luiz

    Caramba e esse primeiro quarto de Hornets v Pacers terminando 49 a 37?

  • Thiago / The Legend of NFL

    Carmelo novamente sendo inútil. Affff

    Quase que o 76ers entrega a paçoca de novo.

    Não há dúvidas: Mitchel ROY!!! Que barbaridade esse rapaz. Sério. Simmons em segundo. Deixem a hype e mídia em cima dele de lado!!

    • Eduardo Rebelatto

      Simmons está levando um time que foi um dos piores aos offs, a influência dele pra isso acontecer é enorme

      • Llipe LeDrain

        Sei lá ele esta contribuindo muito para o time ir aos playoffs, porém isso só esta sendo possível graças ao Joel EmbiVidro. Para ROY acho que da Simmons mesmo, e o Mitchell em segundo. Porém os achados do draft são Mitchell e Kuzma.

        • JOSE MARINHO

          Nada disso, Simmons tem uma influência tremenda na defesa, além do ataque, que sempre contribui com quase 17pts, 7ass e 7 rebotes no ataque, alem de um grande playmaker, pode jogar em todas as posições do jogo pela sua altura, habilidade e agilidade, tem uma marcação muito boa, tem médias de 1.8steals, 0.9bloqueios, isso tudo com um PER de 18.42. pra se ter como base, Harden, que será MVP tem PER em 30, King James 27 e o EMbiid tem um PER de 22. ambos se completam e sem um dos dois, isso nunca seria possivel.

    • paulo hamk

      Mitchel só é melhor score que o simmons, de resto o australiano é superior em tudo e provavelmente com menos volume de jogo, e se formos comparar defensivamente… vc deve saber.

      • Thiago / The Legend of NFL

        To sabendo, mas ver o Mitchel jogar é empolgante pra caramba.

    • JOSE MARINHO

      76ers incrivelmente cai no ultimo quarto, não da pra entender.

    • TRUETHIAGO

      Há dúvidas, sim. Eu mesmo ainda não consegui definir, e falta esse último terço de temporada para isso. Por enquanto, existem fundamentos estatisticos e subjetivos para ambos.

      Claro, se você já definiu seu veredito particular, ok. Mas ficar repetindo esse mantra de que caso o Simmons vença o prêmio será por causa de “hype”, “mídia”, “mesmo empresário do LeBron” e blá blá blá, é piada.

  • Thiago / The Legend of NFL

    Rozier CARREGANDO o Celtics. Nada a declarar.

    • JOSE MARINHO

      temos um novo monstro na liga? kkkk

  • LeBeautiful

    E diziam que o melhor Ala-Armador da classe era o tal do Monkkkk. Esse mlk do Jazz chegou 100 holofote algum e tai botando todos os hypados no bolso! Mesmo que não ganhe o ROY Mitch sem dúvida é o melhor do último draft!

    • Paulo Henrique

      Falar que o Monk é o melhor SG da classe é a mesma coisa que dizer que o AD não é o melhor PF

      • LeBeautiful

        Agora é fácil ficar lambendo o Mitchell, mas nas previsões do draft os entendidos do site só falam de monk isso, monk aquilo…E sobre o Davis é + do mesmo, quando o Pelicano ganha do okc é por causa dele, quando perde do clippers em casa é por causa do time kkk

        • Paulo Henrique

          Claro po, o Pelicans ganhou do OKC foi por causa do Dante Cunninghan grande craque do time

  • Kowpe

    Sobre o ROTY, Mitchell é o melhor scorer da classe, mas ainda vejo o Ben Simmons levando o premio com certa tranquilidade, Ben Simmons influencia mais o jogo, media de reb,ass,stl e blk maiores, e se compararmos as estatisticas avançadas Ben perde apenas em OBPM e TS%, e isso tudo com USG% menor q o do Donovan,
    #TrustTheProcess

  • Thiago / The Legend of NFL

    Uniforme bem feio esse do OKC. Deve ser para equiparar com o basquete que eles vêm apresentando.

    Davis vai voltar a carregar o time do Pelicans. Sei lá…chato isso pelo ponto de vista que ele vai forçar muito mais as jogadas, físico, o que pode acarretar em lesão. O lado bom é ver a monstruosidade que ele joga.

    • KleineBosch

      Na minha opinião, eu não gostei da maioria dos uniformes da Nike. Era só deixar como estava na temporada passada e já tava bom, mas querem inventar…

      • Thiago / The Legend of NFL

        Já viu o verde dos Lobos? Pior ainda.

        • Frank Lucas

          Seloko… Esse verde dos Wolves é horroroso!
          Já esse do OKC, eu achei bacana.

          • KleineBosch

            eles também inventaram de trocar os uniformes de casa/fora do Bulls, fazendo que eles joguem de vermelho em casa e branco fora. Por que essa mudança sem sentido? Todas as equipes jogam de branco em casa aí vem o Bulls com uma dessas…

  • Paulo Henrique

    Batum e Kemba tavam impossível ontem, até quando o Pacers acertou a defesa eles acertavam

    • JOSE MARINHO

      depois do rumor de troca, Kembinha vem on Fire, acho que lida bem com a frustração, se colocarem na camisa dele “Aceitamos qualquer negócio” ele vira MVP.

  • Marco Brasil

    Com a lesão do Cousins, Randle cairia bem em NOLA?

    • Tárcio

      Cairia como uma luva, principalmente se fosse pelo próprio Cousins, com o Deng de brinde!

      • Claudio R.

        Kkkkkk

      • JOSE MARINHO

        kkkkkkkkkkkkkkk

  • Marcelo

    Sinto dizer, mas da maneira que OKC está não posso duvidar que serão varridos na primeira rodada dos offs.
    Basquete ridículo estão apresentando.

  • Llipe LeDrain

    Jogo bem OK do Lakers. Porém certas atuações individuais chamam a atenção: Ingram muito participativo, Josh Hart voltando a ter um rendimento muito bom e Randle jogando o habitual. Quase que no fim o Lakers se enrolava devido ao lances livres mas no fim deu tudo certo.

    • JOSE MARINHO

      tbm chama a atenção como o Kuzma deixou de ser participativo, 20min e apenas 6pts, ele tem talento pra muito mais.

  • Rafael Victor

    Raptors fez chover bola de 3 pra cima do Blazers!

    Atropelaram!

    Pena que esse Clube do Barney é pura enganação!

    • JOSE MARINHO

      É o time da coca-cola de 3L, sempre perde o gás no fim.

  • suiciniV_Vascão

    Davis é meu player preferido na liga, chateado com a contusão do Cousins, pq tava animado pra ver esse time nos offs, ainda sim espero que cheguem!

    • JOSE MARINHO

      melhor PF da liga disparado, pena que ano após ano, quando não é ele se machucando é o único que poderia ajudá-lo

      • KleineBosch

        O Pelicans tá meio azarado, e fico chateado com isso pois quero ver o AD levando New Orleans pelos playoffs.

  • Pablo Leite

    Donovan Mitchell tem sido impressionante. Putz, nem lembro quando foi a última vez que vi um calouro jogar assim.

  • Claudio R.

    Eu não sei pq o cavs não oferecem o shumpert + Jr Smith no Carmelo Anthony , que claramente tá sub aproveitado em OKC… e dps é só trocar o love + Frye + 1 round pick pelo DeAndre Jordan + bradley +Lou Williams. Todo mundo ganha … Thomas – Bradley – Lebron – Anthony – Jordan . Bench : lou Williams – Wade – korver – Crowder – Green .

    • Frank Lucas

      Ta de brincadeira, né?

      • Claudio R.

        O q foi de errado ? Tudo o q eu sugeri é possível. O OKC precisa de um defensor , o shumpert é mais novo e tem o msm salário do Robertson , o JR é um 3 and D , coisa q OKC só tem com Paul George. É o Carmelo tem 27 milhões de salário , como vai renovar com Paul George ?. É Kevin Love + 1 round pick por 3 jogadores de 1 ano só de contrato ?. Onde q tá o erro?

    • Luiz

      kkkkkkkkkkk

    • Pedro Santos

      Cavs está acima do teto… as trocas tem q ter equivalência de salário… Essas que vc propôs não batem, além de ser péssimos negócios para OKC e Clippers. Clippers deseja contratos expirantes e picks, de preferência boas, Kevin love é o ultimo tipo de contrato que eles iriam querer. E jr e shumpert são péssimos ativos pra qlqr time, ngm iria aceitar eles, ainda mais por um contrato até que bom do carmelo.

      • Claudio R.

        Vc acha o contrato do carmelo bom ? 27 milhões , com player óption pra 29 milhões ano q vem pra um jogador de 34 pra 35 anos ? Eita o do Thompson é uma maravilha

        • Pedro Santos

          Depende de qual thompson… o Tristan? se for nem o seu clubismo mais desvairado deveria achar um trem desse… comparar um jogador que mesmo com 35 anos tem capacidade de entregar 20 pontos por jogo com o TT é algum sacrilégio! TT não faz nada pra receber os 15 mi anual dele e isso é um dos motivos que o Cavs não consegue nem bala de goma por ele… Um cara q recebe um contrato desse só pra pegar rebotes não pode ser comparado com um pontuador nato na pior das fases

  • TRUETHIAGO

    Foi uma vitória importante, a despeito de mais uma lamentável atuação em 4Q, tomando um sufoco desnecessário no final. E olha que, se teve alguém que disse aqui no Jumper repetidas vezes que esse time teria muitas dificuldades no fechamento de jogos, fui eu. Bizarro tomar essas runs de 10-15-20 pontos que quase sempre tomam quando estão com vantagem no placar. Uma coisa é você relaxar um pouco, natural, outra é parar de jogar como se o jogo tivesse acabado. Foram raras as partidas que conseguiram controlar nesse contexto.

    Bom, mas pegando os 3 primeiros quartos, voltaram a mostrar uma bela defesa, que tinha sido o ponto fraco na derrota contra Brooklyn. Segue sendo o maior mérito da equipe na season, um surpreendente 6º melhor Rating Defensivo, e atrás apenas do Celtics em dois quesitos importantes que são OPP FG% e OPP 3-PT%. Pena que o ataque ainda oscila demais, faltam scorers consistentes para dar um suporte ao Embiid e Simmons, por mais que Saric e Redick estejam fazendo temporadas bastante dignas. Enfim, na teoria, era para ser o Fultz essa peça.

    Vamos ver se será suficiente para chegar aos playoffs. Vi um post no twitter que falava da força das tabelas restantes, e a do Sixers aparecia como a 2ª mais fraca, atrás apenas do GSW. O problema é logo atrás já vem os Pistons, que agora ganhou um fôlego novo com a vinda do Griffin.

  • TRUETHIAGO