Em negociação rápida, Luke Walton fecha contrato e é o novo técnico do Kings

O técnico Luke Walton não passou nem dois dias sem emprego na NBA. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o Sacramento Kings acertou contrato com o ex-atleta para suceder a Dave Joerger no comando da equipe. O fechamento do vínculo aconteceu menos de 48 horas depois do jovem comandante ter sido (sem surpresas) demitido pelo Los Angeles Lakers.

O treinador de 39 anos era apontado como favorito do gerente-geral Vlade Divac para assumir o cargo aberto. Assim que os angelinos anunciaram a rescisão, o ex-ala foi procurado por executivos de Sacramento para uma entrevista e já recebeu uma proposta oficial no encontro. Segundo Jason Anderson, do jornal Sacramento Bee, o contrato entre as partes tem duração de quatro anos.

Divac disse, antes da contratação, que procurava um técnico que aliasse o estilo de jogo do time com maior abertura para o diálogo permanente. “O novo profissional terá que trazer, antes de tudo, a mesma filosofia de jogo que mostramos na atual temporada. Além disso, eu quero que ele trabalhei perto de mim e possamos conversar sobre a equipe. Quero que estejamos em sintonia”, explicou.

Walton será o sétimo treinador de Sacramento nos últimos sete anos e precisará enfrentar uma forte desconfiança em torno de seu trabalho. Ele foi extensamente criticado por sua atuação na temporada, quando, mesmo reforçado com o craque LeBron James, não conseguiu reconduzir o Lakers aos playoffs. Por outro lado, o demitido Joerger levou o Kings a sua melhor campanha em 13 anos.

Divac e Walton já se conhecem dos tempos de atletas, pois ambos – em fases bem diferentes na carreira – atuaram juntos no Lakers entre os anos de 2004 e 2005. O agora técnico, que foi campeão da NBA como um dos auxiliares do Golden State Warriors (2015), possui recorde de 98 vitórias e 148 derrotas à beira das quadras.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.