Em noite de marca histórica de LeBron, Cavaliers supera Nets no sufoco

(20-42) Brooklyn Nets 123 x 129 Cleveland Cavaliers (36-24)

Em noite histórica, LeBron James chegou à marca de 30 mil pontos, oito mil assistências e oito mil rebotes em sua carreira, marca nunca atingida por nenhum outro atleta na NBA. Mais que isso, James foi peça fundamental na vitória do Cleveland Cavaliers sobre o Brooklyn Nets por 129 a 123 na Quicken Loans Arena.

Superior no começo, o Nets abriu uma surpreendente liderança de 9 a 2, com destaque para DeMarre Carroll e Spencer Dinwiddie. Apesar do Cavs ter acordado após se ver sobre desvantagem já considerável, a equipe não conseguiu reagir de imediato, e o placar seguiu com o Nets liderando com pequena folga ao longo de todo o primeiro período. A diferença até caiu para três pontos após boa sequência envolvendo LeBron James e George Hill, mas o Nets soube controlar sua vantagem. Rondae Hollis-Jefferson, conhecido mais por sua boa defesa, contribuiu com quatro pontos nos minutos finais e ajudou o Nets a fechar o quarto liderando por 29 a 25.

O segundo período começou de maneira bem diferente, com o Cavs mostrando muita energia e poderio ofensivo com sua segunda rotação. Em particular, a dupla Kyle Korver e Jordan Clarkson foi muito bem, e fez o suficiente para virar parcialmente o marcador para os anfitriões. A partir desse momento, as equipes passaram a trocar arremessos, e a partida manteve-se equilibrada por bastante tempo. O Cavaliers só conseguiu ter algum conforto na liderança após duas boas assistências de LeBron para Hill e Korver, e o próprio LeBron colocou sua equipe com oito pontos de frente. Contudo, o Nets mostrou um bom poder de reação, e conseguiu se recuperar gradativamente nos minutos finais, embalando uma sequência de 13 a 4. O principal nome do time na série foi o ala Allen Crabbe, que fez inclusive a última cesta do período, e colocou o Nets com vantagem parcial de 61 a 60.

Na volta do intervalo, o equilíbrio dos períodos anteriores manteve-se presente. A maior arma ofensiva das duas equipes era George Hill: o armador fez 11 pontos em pouco menos de sete minutos. Ainda assim, o Nets continuava vivo no jogo, muito graças à ótima atuação de Dinwiddie, que acabou a partida com um duplo-duplo. O jogo permaneceu parelho durante quase todo o período, sem períodos de descontrole ou amplo domínio de nenhuma das equipes. Em particular, o ala Caris LeVert foi um dos principais responsáveis por manter o Nets no jogo, com boa atuação vindo do banco. Apesar dos esforços de LeVert, o Cavs foi para o último quarto com a vantagem de 94 a 91.

No período final, Rodney Hood começou acertando dois arremessos seguidos, mas o Nets respondeu com oito pontos sem resposta do adversário, virando a partida e forçando o técnico Tyronn Lue a chamar tempo técnico. A equipe não voltou muito melhor, mas foi capaz de igualar seu adversário em forças, e ambas as franquias iam batalhando ponto a ponto pela liderança. Faltando menos de dois minutos para o fim da partida, LeBron achou Larry Nance Jr para empatar a partida em 117. Além dos pontos, a cesta garantiu a 8000ª assistência da carreira de LeBron. No minuto final, Allen Crabbe colocou o Nets à frente por um ponto. O lance foi respondido por uma decisiva jogada de Rodney Hood, que converteu uma jogada de três pontos após sofrer falta de Dinwiddie. D’Angelo Russell perdeu o arremesso da virada, e coube a James acertar os lances livres que praticamente decretaram mais uma vitória do Cavs.

Destaques

Brooklyn

D’Angelo Russell: 25 pontos, cinco rebotes e seis assistências
Caris LeVert: 18 pontos
DeMarre Carroll: 16 pontos e seis rebotes
Rondae Hollis-Jefferson: 14 pontos e sete rebotes
Jarrett Allen: 13 pontos e cinco rebotes
Allen Crabbe: 13 pontos e quatro rebotes
Spencer Dinwiddie: 11 pontos e 11 assistências

Cleveland

LeBron James: 31 pontos, 12 rebotes e 11 assistências
George Hill: 26 pontos, cinco assistências e três roubadas de bola
Kyle Korver: 18 pontos
Rodney Hood: 14 pontos e quatro rebotes
Jordan Clarkson: 14 pontos


(20-41) Chicago Bulls 103 x 118 Charlotte Hornets (28-33)

Destaques

Chicago

Zach LaVine: 21 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Denzel Valentine: 14 pontos, seis rebotes e quatro assistências
Bobby Portis: 12 pontos e dez rebotes
Cristiano Felício: 12 pontos, seis rebotes e quatro assistências

Charlotte

Kyle Walker: 31 pontos e cinco assistências
Dwight Howard: 24 pontos, seis rebotes e cinco tocos
Jeremy Lamb: 15 pontos e cinco assistências
Marvin Williams: 14 pontos e cinco rebotes
Frank Kaminsky: 11 pontos
Nicolas Batum: dez pontos, sete rebotes e 12 assistências


(36-25) Washington Wizards 107 x 104 Milwaukee Bucks (33-27)

Destaques

Washington

Bradley Beal: 21 pontos, sete rebotes e oito assistências
Otto Porter Jr: 17 pontos, sete rebotes e três roubadas de bola
Markieff Morris: 14 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Kelly Oubre Jr: 13 pontos e quatro rebotes

Milwaukee

Giannis Antetokounmpo: 23 pontos, 13 rebotes, oito assistências e seis tocos
Jabari Parker: 19 pontos e cinco rebotes
Kris Middleton: 17 pontos e seis rebotes
Eric Bledsoe: 17 pontos


(32-27) Philadelphia 76ers 101 x 102 Miami Heat (32-29)

Destaques

Philadelphia

Joel Embiid: 23 pontos, oito rebotes e quatro assistências
Dario Saric: 21 pontos e sete rebotes
JJ Redick: 15 pontos e quatro assistências
Marco Belinelli: 13 pontos
Ben Simmons: 11 pontos, seis rebotes e seis assistências

Miami

Dwyane Wade: 27 pontos
Goran Dragic: 21 pontos, seis rebotes e cinco assistências
Tyler Johnson: 16 pontos
Hassan Whiteside: 15 pontos, 11 rebotes, três roubadas de bola e três tocos


(32-27) Los Angeles Clippers 122 x 120 Denver Nuggets (33-28)

Destaques

Los Angeles

Lou Williams: 25 pontos, cinco rebotes e seis assistências
Boban Marjanovic: 18 pontos e seis rebotes
Austin Rivers: 17 pontos e quatro rebotes
Tyrone Wallace: 16 pontos e cinco assistências
Montrezl Harrell: 15 pontos e quatro rebotes
Milos Teodosic: 11 pontos, quatro rebotes e cinco assistências

Denver

Gary Harris: 23 pontos e três roubadas de bola
Will Barton: 19 pontos, sete rebotes e cinco assistências
Wilson Chandler: 18 pontos, oito rebotes e seis assistências
Nikola Jokic: 18 pontos, seis rebotes e quatro assistências
Jamal Murray: 18 pontos e cinco assistências
Mason Plumlee: dez pontos e nove rebotes
Paul Millsap: nove pontos, sete rebotes


(18-43) Sacramento Kings 99 x 116 Portland Trail Blazers (35-26)

Destaques

Sacramento

Willie Cauley-Stein: 17 pontos, dez rebotes
Zach Randolph: 20 pontos, seis rebotes
De’Aaron Fox: 13 pontos, oito assistências, três roubadas
Bogdan Bogdanovic: 14 pontos, quatro assistências
Vince Carter: dez pontos, quatro rebotes

Portland

Damian Lillard: 26 pontos, 12 assistências
Shabazz Napier: 20 pontos
Jusuf Nurkic: 17 pontos, nove rebotes
Al-Farouq Aminu: 13 pontos, oito rebotes
Moe Harkless: dez pontos, quatro rebotes
C.J. McCollum: 11 pontos
Ed Davis: nove pontos, 12 rebotes

  • wilker pereira

    mais uma marca para o lebron

  • Weezy

    Ótima vitória do Heat pra conseguir se manter na zona de playoffs. Agora que homem e esse Dwayne wade, ele foi muito clutch nos momentos finais do jogo e mostrou quem é o patrão de Miami.
    Mudando de assunto, eu preciso falar que é um prazer ver este homem chamado Lebron james jogar, se ele tentar continuar a carreira até os 40 anos de idade sou suspeito de falar que teremos o primeiro jogador da história a ter 40 mil pontos 10 mil rebotes e 10 mil assistências, até o final da carreira um possível top 2 all time.

    • Evandro Bacelar

      Se ele jogar até os 38 anos ele já bateria os 40 mil pontos, 10 mil assis e uns 12 mil rebots

  • Thiago / Coming up ASG

    Apesar das marcas pessoais do LeBron, que é um extra terrestre, Cavs corre o risco e acho que vai cair lindamente nos offs. E se avançar à final e pegar GSW ou Rockets, vixi.

    O Hornets resolveu largar o tank, mas começou a recuperação tarde

    • Abel

      O time que está aí não aguenta o tranco não. Mas temos que lembrar que o segundo melhor jogador não está jogando. Podem falar mal do Kevin Love, mas é fato que ele tem papel importantíssimo no time, principalmente no lado ofensivo. A questão é se ele vai se encaixar bem com esses novos jogadores. Se isso acontecer, acho que o Cavs leva o leste mais uma vez.

      • Gustavo Henrique

        Cavs leva o leste e cai nas finais, anotem e me cobrem(espero estar errado).

        • wilker pereira

          isso eu ja sei desde o principio da temporada
          este ano sera un dejavu!! cavs leva o leste e perde pro GSW
          a unica diferenca no oeste e desta vez o houston cai nas finais da conferencia

  • Marcelo Desoxi

    Chosen One, único.

    Wade clutch, não deveria ter saído de Miami.

    Dinwiddie tem uma proporção ótima de assistências/ TO. Inclusive é o melhor da liga em números no quesito com 4.4 assistências por turnover. Algo bem difícil de encontrar nos armadores em atividade ( com exceção do CP3, que é um Deus do AST/TO).

    • vsr.snake

      E ninguém dava nada por esse cara, pra ver como são as coisas, tem gente que com uma oportunidade consegue aproveitar, outros tem um monte e jogam fora.

      • Thiago Marques

        Caboclo coff coff

      • Marcelo Desoxi

        snrff

    • Evandro

      Tinha sim!!! ficou apenas 1 temporada inteira fora que não teve relevância oara o Heat e botou mais de 40 milhas no bolso…volta para segunda temporada na metade para o final de graça e com salário mínimo saudável e muito mais motivado em um momento crucial para o time…se não tivesse saído estaria prendendo mais de 20 milhas da folha do Heat…a saida dele por apenas uma temporada e alguns jogos foi otmo para ele e para o Heat em todos os aspectos.

      • Marcelo Desoxi

        Não acho.
        Financeiramente sem dúvidas foi bom para ambos, mas no resto…

    • VictorLakers #UnbelievaBall

      As vezes penso que pela monstruosidade do Kobe, Wade ficou meio apagado, mas sempre foi picoso.

  • Edu Silva

    Wade jogou muito ontem… No fim do jogo então, chamou o Simmons pra dançar e decidiu o jogo.

    • Walmir

      Realmente, mesmo veterano ainda é um baita jogador! Que jogo excelente ontem!

  • Doug

    Alguém já falou do Jordan hoje? kkk

    • Beto cargnin

      Pode esperar q daqui a pouco começa a falácia.
      Hahhaha

  • MrGarcia777

    BOBAN!! hahah… Importante vitória do Clippão contra um concorrente direto no playoffs.

  • Kevin Faria

    Wade lenda! Nunca teve problemas pra chamar a responsa em fim de jogo.

    Pro pessoal que acompanha o Osman a mais tempo, o que acham dele? Comecei a acompanhá-lo esse ano, somente. Vejo ele como um jogador bem esforçado, que pode evoluir, mas vejo ele muito tímido em quadra.

    • Gabriel De Oliveira Meira

      Ele se destacava na Europa, com algumas boas infiltrações. Chega em uma equipe em que todos jogam pelo LeBron, por isto parece “tímido”, tem que ajustar o ritmo dele a proposta da equipe…

  • Alex Alves

    Wade realmente nasceu para jogar em Miami rsrs, deve ter adquirido alergia ao frio rsrsrs.

  • Alex Vilela #PG MVP#

    No começo achei que o Clippers despencaria na tabela, mas o time vem si virando bem, talvez o BG não faça tanta falta assim e o time tenha ficado mais versatil.

    • Gabriel De Oliveira Meira

      Cara, ao meu ver BG é estilo Wall, psicologicamente centralizam muito o jogo em volta deles. Ao meu ver na liga hoje ha dois jogadores que fazem isto com algum sucesso… Um deles é extremamente eficaz que é o LeBron é o outro está ficando cada vez melhor nisto, Westbrook. Em uma liga onde jogo coletivo tem sido a tônica, caras como o Griffin, Carmelo e Wall, muitas vezes atrapalham a equipe…

      • vsr.snake

        Mas o Wall faz seus companheiros melhores, esses anos todos vinha carregando o Wizards. Só agora que o Beal se firmou, e se não fosse pelo trabalho do Brooks esse roster não estaria se virando tão bem.

      • Diego Costa

        BG passa longe de ser um jogador egoísta, é um dos big mans mais inteligentes dessa liga, só olhar sua média de assistências que é altíssima pra um jogador da posição. A questão é que vejo ele como um número 2 mesmo, assim como Wall.

  • Vinícius Maia

    Simmons jogando como armador com essa altura sem saber arremessar é um baita desperdício. Era para ele matar muita bola na cara dos senadores da liga.

  • Dudu Ferrero

    Vejo o povo falando do Cavs que ganhou 7 dos ultimos 9 jogos, povo abre a boca pra criticar com vontade, quando o Cavs ganha de 129 x 123 vem um monte de criticas falando que não passa por nada nos offs etc pq tomou 123, ai quando os Warriors ganha de 134 x 127 é a maquina Warriors, que é uma locomotiva de pontos blablabla, quando o Cavs massacra o Celtics o time é candidato a titulo quando o Cavs ganha do Nets com problemas é candidato e sair na 1R do offs, a grande realidade é que o Cavs sempre vai ser candidato ao titulo podem gostar ou não o Cavs tem campanha semelhante a do ano passado o Cavs em 2017 teve 60,9% de aproveitamentö e esse ano com exatos 60%, a realidade é que quando o Kevin Love mesmo com seus problemas defensivos quando voltar vai resolver um grande problema do Cavs que é tirar do Lebron a pressão de praticamente so ele pontuar no time titular (Hill e JR são inconstantes fazem partidas de 4 pontos e outras de 20 não da pra confiar) TT não é pontuador e o Osman é cru demais, do time titular só sobra o Lebron que pontua realmente.. quando o Love voltar vai dividir essa coisa e melhorar demais

    • Kevin Faria

      Brasileiro é muito imediatista, é difícil lutar contra isso, tá enraizado na nossa cultura… De certa forma as críticas até devem ser feitas, principalmente pro Lue, pois taticamente o time não demonstra evolução alguma. Mas de resto é isso daí mesmo, o pessoal desacredita e acredita muito rápido. Parece que ninguém lembra da temporada passada que o time terminou a regular numa desgraça e nos playoffs atropelou todo mundo. Claro que esse ano os adversários estão mais fortes e não há garantia nenhuma que o Cavs vai chegar na final da liga tranquilamente, mas fica claro como o time na regular é um e nos playoffs é outro.

      • Thiago / Coming up ASG

        Atropelou todo mundo e n jogou nda contra o GsW . Ótimo.

        • Rogério Rodrigues

          Não é que não jogou nada. GSW foi MUITO superior mesmo

          • Thiago / Coming up ASG

            Alguns do atual elenco, que em tese eram peças importantes, sumiram. Aliás, fazem isso até hoje.

        • Kevin Faria

          Então se o time atropela todo mundo (do leste)e perde pra um GS com Curry, Durant, Klay, Green, Iguodala, Kerr tá tudo uma merda? Ser vice campeão da NBA é algo ruim?

          • matheus da silva dos santos

            Irmão se tratando de Cavs e NBA o segundo geralmente e o primeiro perdedor.

          • Paulo Henrique

            Pra um jogador que busca ser o melhor da história e que com mais um vice ficaria com o histórico de 3-6 em finais, sim, é muito ruim

          • Kevin Faria

            Pensamento ridículo na minha opinião. Então se o LeBron tivesse 3-0 em finais por exemplo, estaria mais perto de ser o melhor da história do que está hoje (3-5)? Dizer isso é o mesmo que dizer que o LeBron chegar em uma final e perder é PIOR do que ser eliminado no 1st round, ou nem ir pros playoffs. Ser vice campeão é o mesmo que ser o segundo melhor dentro de 30 times, mas aqui no Brasil ser vice é pior que terminar em décimo.

            Cleveland sempre foi uma franquia pequena, que pelo que eu saiba nunca tinha ido a lugar algum na NBA. O Cara leva a franquia a várias finais, sendo que as 3 que ele perdeu pelo Cavs, 1 foi jogando sozinho, outra com Love e Irving machucados na final, e por fim jogando contra um time com 4 all stars. Mas ser vice é ruim, simplesmente por ser vice, sem olhar pro adversário, circunstância, qualidade técnica e tática dos times, etc.

          • Paulo Henrique

            Não acho que isso seja só no Brasil. Jordan é endeusado por ter o recorde 6-0 em finais e esquecem das derrotas pra Pistons e Celtics antes, no futebol, Messi nunca perdeu uma final da champions league, mas ultimamente não vem chegando nem nas semi finais. É a cultura do esporte em geral, mas concordo com vc em algumas coisas, o vice muitas vezes é tratado como um ”vexame” e ”vergonha”

          • Claudio R.

            Parabéns cara , é essa a mentalidade que falta pro Brasil …. nunca que 2 lugar é ruim, significa que vc está perto demais do objetivo e falta só mais um esforço

          • Eduardo Samponi

            me fala aonde que o segundo lugar é vanglorizado? quem lembra de um vice campeão?

          • Eduardo Samponi

            Ser vice é sempre algo ruim

          • Kevin Faria

            Ok, parabéns por ter essa visão. Eu discordo totalmente. São 30 times e 29 vão perder, se pra você ser o segundo melhor em 30 é algo ruim…

          • Thiago / Coming up ASG

            A questão é o desempenho dos atletas.

          • Gustavo Henrique

            Cavs apesar de tudo fez uma série digna nas finais, aquele terceiro jogo selou o campeonato mas foi parelho até o final

      • Marcelo Desoxi

        Atropelou bêbados ano passado… Esse ano a conferência tá mais forte.
        na final foi pisado.

        • Kevin Faria

          Quando a temporada regular terminou ninguém chamava os times de “bêbados”. No Brasil criou-se a cultura que ser vice é algo ruim. Não consigo entender como ser atropelado por essa seleção que é o GS é algo ruim. Pra mim ser vice campeão da NBA deveria ser algo bom. São 30 times, 1 vai ganhar e 29 vão perder.

          • Marcelo Desoxi

            Não disse em nenhum momento que ser vice é algo ruim… não coloque palavras na minha boca.
            Só expus minha opinião que esse time (vice ano passado) conseguiu fazer uma bela campanha na conferência e eliminar todos nos playoffs, mas foi amassado nas finais, porque o nível dos times da conferência leste (ano passado) para o finalista da oeste é muito grande.
            Nada de imediatismo, só fatos.

          • Kevin Faria

            Em que momento eu disse que você falou isso? Nenhum. De resto concordo contigo. a diferença de nivel realmente é grande e o Cavs foi pisado na final. Sò acredito que perder pra essa equipe do GS com 4 all stars, mesmo de 4-1, é algo normal, não se tratando do Cavs, mas pela força do time do Curry e cia. É com certeza o melhor time que eu já vi, e acho que qualquer que fosse o adversário naquela final o resultado teria sido igual, afinal GS meteu 4-0 em todos adversários nos playoffs naquele ano (inclusive nos do forte oeste).

    • Thiago / Coming up ASG

      Compara o elenco do gsw com o do Cavs então. Compara a regularidade de ambos os times com cada jogador. Seja defensiva Ou ofensiva. Tu assiste aos jogos do Cavs contra times fortes? Alguns jogadores somem, e isso é o que faz o Cavs ser inferior.

    • Pablo Leite

      Pois é. Só que levar mais de cento e vinte pontos do Nets é preocupante. Mostra que a defesa continua um trapo após as trocas. E perdeu do SAS, que estava uma draga. Ou seja, o que vai ser do Cavs agora que todo mundo já o estudou? Esse time vai ter que suar sangue para chegar na final de conferência, mas a única chance de vencer Warriors ou Rockets é se as lesões dizimarem esses times na final.

      • Evandro

        Pegue a campanha do Nets e vai observar que eles vendera quase todas as suas derrotas bem caro…fizeram e seguem fazendo jogo duro com todos os times até o final….Este time do Nets era para estar com melhor campanha que esta por sorte do proprio Cavs que vai ter a escolha deles…Mas o time do Nets tem um excelente ataque e na próxima temporada com mais duas boas peças vão dar muito mais trabalho e digo que podem até brigar por offs.

    • Rafael Victor

      Verdade! Cavaliers na Final mais uma vez é uma certeza!

      Até porque no Leste não existe nenhum time pra fazer frente!

    • matheus da silva dos santos

      “a grande realidade é que o Cavs sempre vai ser candidato ao titulo podem gostar ou não o Cavs tem campanha semelhante a do ano passado o Cavs em 2017 teve 60,9% de aproveitamentö e esse ano com exatos 60%,” e o final da história vai ser o mesmo do ano passado também.

  • Gabriel De Oliveira Meira

    Se fosse o Harden no lugar do Russell no final do jogo, arremessando de três tendo contato com o Hill, seria falta? Sim! Lue não merecia ganhar este jogo, treinador sem culhões não é para NBA!

  • Allan Lopes Soledade

    Que jogador é Dwyane Wade! Pura mágica o que ele fez ontem.Clippers rumo aos playoffs e Wizards muito bem sem Wall.
    George Hill cada vez mais a vontade no Cavs,gosto muito do estilo de jogo dele,matava muita bola no Jazz.

    • R10 Lebron

      Se loko…. Último minuto de ontem deveria ser gravado como tutorial de como se jogar basquete…. Cheguei até a me emocionar com dwade….

      • Allan Lopes Soledade

        Arrepiou esse último minuto dele chamando a responsa. Na leitura labial depois da cesta DWade definiu bem:

        “It’s Magic!”

  • Esss blusa Vice do Miami é uma das mais lindas da história da NBA

    • Eduardo Samponi

      Concordo plenamente

    • Marcelo Desoxi

      acho feia

  • Quando você vê o Wade jogar, entende o significado da palavra TALENTO. É absurdo como parece entender tudo sobre o jogo, como e quando arremessar, como criar espaço, como passar…é o melhor SG que vi jogar.

    • wilker pereira

      comecou a ver Nba quando??/
      pergunto isso porque vc diz que o wade e o melhor sg que viu jogar!!!

      • Danilo

        Se ele viu o Wade com certeza viu o Kobe também, pra ele o Wade é melhor q o Kobe, simples. Pra mim o Kobe foi melhor, e se fosse pra escolher eu escolheria o Kobe mas o Wade é o meu SG preferido na história(aquele q eu mais gosto/gostei de ver jogar)

        • Albert Santos

          Penso da msm forma.

      • RL23

        Uma pergunta interessante, rs
        Michael Jordan jogava em qual posição? PF ? 🤔😄✌🏻

      • Início dos anos 2000, mas acompanhar diariamente 2012 +-

    • Eduardo Samponi

      Você não viu o Iverson e o Kobe então né?

      • Iverson pouco. Kobe vi. Acho Wade melhor.

        • wilker pereira

          serio vc acha o wade(nao esta no top 15 all time) melhor que o kobe (2 melhor de sempre na posicao) e top 10 all time?

          • Sério. Com os critérios que uso para comparar jogadores da mesma posição, eu acho o Wade melhor.

          • wilker pereira

            diz ai os criterios para ver se concordo consigo!!
            gosto de ouvir(ler) opinioes diferentes!!

          • Capacidade de dar assistências, plasticidade das jogadas, facilidade de encontrar espaços, poucas jogadas forçadas, alto FG% e defesa.

          • ldalles12

            Capacidade de dar assistências??? Plasticidade das jogadas????? Defesa???? Você viu outro Kobe jogar. Comparar defensivamente o Wade com o Kobe é demais para meus olhos.

          • Kobe priorizava a individualidade, arremesso e dribles. Eu gosto de cortes e assistências plásticas. Acho que em defesa Kobe leva – não disse que achava Wade melhor em tudo, nem que a diferença era muito grande.

            Tá interpretando mal meus critérios.

          • wilker pereira

            defesa nao!
            plasticidade nao
            dar assistencias talvez!! no sei as estatiscas!!
            fg acho que sim porque o wade forca muito pouco e decide menos jogos
            encontrar espacos nao
            pontos por jogo nao ‘aneis nao!!
            play offs nao!!
            popntos em regular nao
            pontos em play offs nao
            pontos em finais nao!!
            records em regular offs e finais nao!!!

            e a lista segue!!!!

          • Tu quer realmente discutir um argumento TOTALMENTE pessoal como plasticidade? O que é bonito para mim pode ser feio para você.

            Os outros argumentos eu nem vou me dar ao trabalho.

          • wilker pereira

            tem razao cara quando e por gosto pessoal nao se discute!!
            mais se for estatisticamente pode!!!

          • Sim, por isso que meu voto no Wade considera estatísticas e o inexplicável GOSTO. Isso é algo que nem a filosofia explica.

          • pepa0998

            Penso que nem vc….O principal fator é: numa situação hipotética em que Kobe e Wade passem pelo prime da carreira ao mesmo tempo. Se estou na gringa e tenho a opção de viajar pra L.A. e ver os Lakers ou pra Miami, eu vou correndo pra Miami.

      • Bruno Macedo

        Iverson melhor que Wade? Tá de brincadeira

        • Eduardo Muniz

          Tá de brincadeira vc dizendo que Wade é melhor do que o Iverson…

          • Diego Costa

            É de igual pra igual. Não dá pra dizer que é um absurdo um ser melhor que o outro. Iverson em termos de talento foi superior sim, porém ele não teve nem metade da longevidade do Wade, além de defensivamente existir uma grande diferença entre os 2. Portanto não existe essa diferença toda pra nenhum dos 2 lados

          • Bruno Macedo

            Kkkkk chega ser Ilário

      • Danilo

        Kobe ok, mas o Iverson não foi melhor/maior q o Wade, melhor ainda é discutível

    • Poli Canassa

      Eu entendo a visão, tbm acho o Wade melhor, mas porque eu prefiro o Wade, então é óbvio e natural colocá-lo como melhor (apesar de torcer pelos Lakers e ter definido pra que time torceria na época do auge do Kobe), mesmo que eu não seja torcedora do Miami ou Cavs, eu aprendi a admirar o jogo do LeBron (não só pela qualidade excelente, mas também pq eu jogo num estilo parecido) e como a princípio comecei a acompanhar o Miami pelo LeBron, aprendi a admirar o Wade, foi natural.
      Eu entendo essa indignação, é a mesma que eu recebo quando digo que pra mim LeBron é maior que Jordan, é não é pq o LeBron joga melhor (Jordan era espetacular), mas eu nasci em 96, não tive a emoção de acompanhar a trajetória do Jordan, então é natural não sentir a mesma admiração que quem viu e se emocionou.

  • Paulo Henrique

    Boban com 18 pts kkkk melhor C da liga

  • Eduardo Samponi

    Impressionante como o Simmons não chama a responsa, simplesmente some do jogo no último quarto. Isso é algo que deve pesar na disputa do ROY. Eu sou fã do cara, via ele jogar antes de entrar na NBA. Mas se continuar sumindo de todos os jogos na hora que o bixo pega vai ser difícil ser ROY. Isso sem contar que ele é um dos PG mais sem arremesso que já vi.

    • Paulo Henrique

      No último jogo contra o Heat ele liderou uma virada de 24 pontos e essa semana mesmo fez os 2 FTs da vitória

      • Eduardo Samponi

        E os outros? Você viu? Ele não faz nada no clutch time. Eu vejo quase todos jogos do Phila. Não os highlights.

        • Paulo Henrique

          Vc fala como ele se já fosse uma estrela do nível Lebron James pra decidir todos os jogos, é só um rookie e nem é o principal jogador do time

          • Eduardo Samponi

            To comparando com o Mitchell. Você é burro ou quer que eu desenhe?

          • Paulo Henrique

            Mitchell é o principal jogador do Jazz, óbvio que vai ter mais chances pra decidir

        • TRUETHIAGO

          Eu vi todos, posso responder pelo amiguinho?! Rs

          Pode acrescentar aí, tranquilamente, jogos contra Suns (esse jogo foi bem na virada do ano, poucos devem ter visto mesmo, dou um desconto) e Spurs, poucos dias depois, onde foi disparado o melhor e mais decisivo do time no 4Q/clutch time. Para não falar dos já citados contra Heat e Bulls, dois exemplos mais recentes e que por si só já tornam a sua afirmação, no mínimo, exagerada.

          Isso falando de pontuação, né, que ao meu ver não é o único parâmetro que deve ser contabilizado na hora de analisar uma atuação decisiva, sendo que o Simmons não é um scorer. Mas mesmo considerando dessa forma, eu até postei os números dele de pontos em clutch time no post do jogo contra Chicago que ele meteu os 2 FTs que garantiram a vitória, tinha um total bem próximo tanto do Embiid quanto do Mitchell. Inclusive ele é o jogador que tem mais steals totais em Clutch Time (11) na temporada, por enquanto, o que demonstra um bom desempenho defensivo em posses cruciais.

          Dizer que ele oscila eu concordo, mas isso varia, não é dessa maneira que você dá a entender, que ele simplesmente some no final, de jeito nenhum. Tem jogos que ele começa muito bem e não mantém, vai perdendo desempenho; em outros, acontece o contrário, ele tem um início fraco, sonolento, de repente melhora durante os quartos, enfim, não segue um padrão exato.

          Ontem ele não jogou bem em nenhum período, não apenas no final. Como em outros poucos jogos que também não foi bem, e certamente terá outros daqui até o fim da season.

    • Victor Chittolina

      Cara, eu não acho que ele suma no final. O problema é que o jogo dele é muito unilateral. Ele só consegue pontuar dentro do garrafão. Não tem um arremesso de meia distância que seja confiável e muito menos um tiro de três pontos. No jogo como um todo, ele acha momentos pra infiltrar, mas a defesa no final tem marcado essa jogada dele. Com isso, sobra um arremesso forçado ou passar a bola.
      Eu falo sempre isso: o Simmons tem tudo pra ser um dos melhores jogadores do mundo. Ele tem o talento, uma visão de jogo espetacular, é forte e rápido, um excelente tempo de bola e consegue finalizar com as duas mãos dentro do garrafão. Só falta o arremesso, mas na NBA atual ele é essencial. No momento em que ele desenvolver isso, vai ser praticamente imarcável, pode ser uma nova versão de LeBron James.

    • Erick

      Tenho que discordar. Na matéria que a Jumper soltou uma matéria falando da quantidade e eficiencia de FG% no ultimo quarto mostra que o Ben Simmons não some. Não podemos confundir chamar a responsabilidade com forçar arremessos, isso é coisa que você raramente verá o Simmons fazendo, uma vez que ele sempre procura o passe ou movimentação que aumenta as chances dele ou de um companheiro de pontuar.

      Na minha opinião a frieza dele faz as vezes ele parecer apático. Mas ele deixa claro que sabe exatamente o que vai fazer e não muda o plano.

      A parte do arremesso, concordo com o óbvio, ele precisa evoluir para alcançar o seu potencial assombroso.

      PS: Para mim Simmons é ROY indiscutivelmente.

  • Victor Chittolina

    Ontem eu tava morto. Olhei o jogo do Grêmio e capotei de sono. Quando eu acordei, acho que eu tava em 2006. Era último quarto de Sixers x Heat e o Wade simplesmente DOU-TRI-NAN-DO. Ele teve a bola nas mãos em todas as últimas posses de bola e, como era de costume naquela época, matando e fazendo o outro time tremer.

    O que ele trouxe pro Heat quando voltou, não foi apenas a experiência. É o cacife também. A gurizada do Sixers sabia que não ia ter que vencer apenas o Heat, ia ter que vencer o Heat do patrão, do Dwyane “Fucking” Wade. E a história é completamente diferente. Quem entrou pra marcá-lo foi triturado naquele último quarto.

    Vida longa ao patrão.

    • Guilherme

      Foi lindo de ver.

    • Caíque Paro

      HAHAHAHAHA D Wade é foda!

    • Albert Santos

      Fato.

  • Guilherme

    Ver um jogador do naipe de Wade jogar é ao mesmo tempo um privilégio e uma tristeza, porque sabemos que ele está bem próximo da aposentadoria. O que esse cara joga é uma enormidade. Uma pena que não tenha conseguido se manter em alto nível tão como Lebron. Não comparando os dois, é lógico, mas é impossível olhar ele em quadra e não se entristecer por causa disso.

    • Albert Santos

      As lesões que ele teve, fizeram que ele mudasse um pouco seu jogo. Quem viu o Wade jogar antes das lesões sabe mt bem sobre o que estou falando.
      Wade meu segundo jogador favorito e meu SG favorito de todos os tempos !

      • Gustavo Henrique

        Aquela dunk encima do Varejão é mitológica

      • Guilherme

        É fato, o cara fez cirurgia nos DOIS joelhos, fora outros problemas menores.. Isso conta muito.

  • Erick

    É sempre bom ver o Vintage Wade jogando. Triste é quando isso é contra o seu time hahaha.

    PS: Essas faltas de pump fake cavadas são nojentas demais. Só apequena o jogo.

  • Quem é esse Kyle Walker dos Hornets? 31 pontos, o menino parece que joga bem hahaha

    • Erick

      Não conhece o mito Lateral-Direito do Hornets?

  • Howard com 5 tocos e Wade com 27 pontos, uma noite vintage na NBA.

  • Albert Santos

    Wade, meu SG favorito de todos os tempos.
    #Semmais

  • Marcinho Mueller

    Wade jogando assim cairia como uma luva no Cavs no lugar do JR. Acho que o Cavs podia tentar a contratação pelo mínimo de veterano. Não, pera, eitaaa!

    • Claudio R.

      Ele tava muito desanimado em Cleveland cara, sem vontade , isso conta muito, em Miami ele joga solto

  • Claudio R.

    O Wade é um dos grandes, mas na SG lembrem que ainda tem Jerry West, Clyde Drexler , Sam Jones , Iverson, Reggie Miller e Rau Allen … pra mim Wade é top 4, Jordan, West, Kobe , wade e drexler