Em ótima fase, LaMarcus Aldridge já pensa em extensão com o Blazers

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=U4FshOTwe-g]

O ala-pivô LaMarcus Aldridge terminou a última temporada decepcionado com os rumos do Portland Trail Blazers: a equipe não se classificou aos playoffs pelo segundo ano seguido e precisava urgentemente de mudanças. Muitos jogadores pediriam para serem trocados em uma situação parecida, mas ele foi até o gerente-geral Neil Olshey para cobrar a contratação de reforços. Assim, começou uma parceria nesta offseason para favorecer o time.  

“Neil e eu conversamos o verão inteiro. Ele fazia tudo em que eu demonstrava interesse. Disse saber que eu queria vencer agora e iria trazer alguns atletas para me ajudarem de imediato. E foi isso mesmo que aconteceu”, contou o jogador de 28 anos, em entrevista ao jornal Portland Tribune.

E não foi apenas a equipe que melhorou. Aldridge vive a melhor temporada da carreira e vem sendo apontado até como um dos candidatos ao prêmio de MVP – algo que ninguém poderia prever em outubro. Iniciando seu oitavo na NBA e no Blazers, o segundo selecionado do draft de 2006 não se surpreende com o status que alcançou porque sente-se melhor do que nunca como jogador.

“Eu estou no melhor momento da minha carreira, física e mentalmente. Hoje, sinto-me mais inteligente dentro de quadra. Quando você está na NBA há tanto tempo, tudo passa a fazer mais sentido. Já ouvi atletas dizendo que, quando se fica mais velho, o jogo desacelera. É assim que me sinto”, explicou o ala-pivô, que vai ser convocado para o terceiro Jogo das Estrelas consecutivo em 2014.

Com uma campanha de 28 vitórias em nove derrotas, o Blazers está na disputa pela liderança do Oeste e muitos já acreditam que o time pode brigar pelo título da temporada. Para Aldridge, esta percepção não está muito longe da realidade. “A equipe é boa e temos a melhorar. No próximo verão, podemos reavaliar o elenco e adicionar o que ainda precisamos. Se não já agora, nossa equipe pode vencer um título nos próximos anos”, garantiu.

A história mudou tanto no Oregon que o líder da equipe está disposto a ir até o escritório de Olshey agora para ter outra – e bem mais agradável – conversa: sobre uma renovação de contrato. O vínculo do atleta expira em junho do ano que vem e as partes já podem acertar uma extensão a partir da próxima offseason. Se depender do astro, as negociações começam o mais rápido possível.

“Adoraria renovar com o Blazers e seguir aqui. Se a direção quiser conversar a respeito disso, eu conversaria agora. Ainda não houve nada, mas estou ansioso. Construir um legado com uma equipe, vencer um campeonato e permanecer aqui por toda a minha carreira seria ótimo”, finalizou Aldridge, que mantém médias de 23.6 pontos, 11.0 rebotes e 2.9 assistências em 37 partidas disputadas nesta temporada.

[polldaddy poll=7713342] 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Tulio

    Excelente notícia para o Blazers.

  • Ale

    Mantendo ele junto com Lillard e Batum, o time vai continuar forte por muito tempo.

  • Vai se lascar então, fica nesse timinho aí e não vem pro Bulls que é um time de verdade, em uma cidade de verdade.

    • RodrighoN

      O Bulls jogou ele fora pelo Lixo do Tyrus Thomas se não me engano o Bulls tinha a escolha numero 2 e trocou pela 4 do Portland.Naquele Draft o Blazers montou uma base com ele e Roy que hj teria tudo para dar certo de o time sempre brigar por títulos, ele tem que renovar com o time mesmo não tem lógica de sair, o time esta evoluindo principalmente o Batun+Lillard.

  • Kleber

    Se realmente fizer isso de renovar e continuar, ele tem ainda mais o meu respeito. É muito raro isso hoje em dia, e mostra que tem personalidade em querer montar um time campeão onde está, como grandes jogadores fazem.

  • Luan

    Falar isso quando o time ta em otima fase é facil.
    Queria ver falar isso se o time tivesse uma draga, sem chance de ir para os playoffs. Ia querer sair fora na hora
    Esses jogadores não me enganam não.

    • Pedro Cortez

      Cara uma coisa é você ter amor pelo time, outra coisa é ficar nele de otario. O cara gosta do time e pediu pro GM se movimentar e montar um time competitivo. Ele não pediu all stars nem nada, só pediu o esforço de todos. Todos se esforçaram e agora ele está feliz no time. O foda é vc ficar num lugar aonde ninguem se importa com nada, estilo Memphis ou o Kings

  • RafaelRox

    Claro que não sai … o time é dele… e vão lhe dar muito $$ rsrsrs.