Em recuperação, Teodosic segue sem previsão de volta

O armador Milos Teodosic ainda não tem previsão para retornar às quadras. De acordo com o jornalista Adrian Wojnarowski, da ESPN, o sérvio segue em tratamento por conta de uma lesão no pé e, apesar da ausência de Patrick Beverley para o restante da temporada, o Los Angeles Clippers não vai acelerar sua volta.

Teodosic atuou apenas nas duas primeiras partidas do time californiano em 2017-18 e teve de sair carregado no dia 21 de outubro. Desde então, o máximo que fez foram exercícios em bicicleta ergométrica. A comissão técnica está com receio de que o tipo de contusão sofrida volte a importuná-lo durante a temporada.

Enquanto o técnico Doc Rivers não puder contar com o atleta, o time deverá seguir utilizando Austin Rivers e Lou Williams no quinteto titular. Já Sindarius Thornwell, voltou ao banco de reservas na vitória sobre o Atlanta Hawks, na última quarta-feira.

Aos 30 anos, Teodosic é o calouro mais velho da atual campanha. Em duas partidas, ele possui médias de 5.5 pontos e 4.0 assistências em cerca de 16 minutos.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • João Simplicio

    Uma pena, o Clippers com ele e o Gallinari, tava indo bem! Mas desse jeito q tá agora é tank mesmo! Lesões são o pior adversário de qualquer atleta de alto nível!

    • eduardo almeida

      Bem nada, Gallinari lixo, num tava jogando porra nenhuma não acertava um arremesso livre, só fazia cesta com jogadinha individual. Teodosic não da pra falar muito não teve tempo de fazer nada.

      • xmaah

        cana brava jogou pouco mais já deu pra ver que sem ele DeAndre só vai pegar rebotes.

  • Guilherme Petros

    É, Clippers, pra vc a temporada acaba antes dos playoffs este ano.

  • Albert Medeiros

    Não gosto desse jogador, e pelo jeito a temporada do Clippers vai ser brava, ta na hora de mostrar do BG

  • Marcinho Mueller

    Eu apostava nele com ROY. Decepção

  • Pablo Leite

    É difícil um cara chegar veterano à liga e ser um destaque. As coisas não conspiram a favor, são mais jogos, um jogo de mais força e velocidade e menos tático em relação à Europa. O resultado logo de cara está aí, uma lesão séria.