Embiid descarta rivalidade entre Sixers e Celtics: “Sempre acabam com a gente”

Boston Celtics e Philadelphia 76ers é a grande aposta ao redor da liga quando se projeta a “rivalidade do futuro” na conferência Leste. E, não por acaso, a NBA escolheu os dois times para realizarem o jogo de abertura da nova temporada, vencido pelo time de Massachussets por 105 a 87. Desanimado com o resultado negativo, o pivô Joel Embiid foi duro ao analisar a diferença das equipes.

“Isso não é uma rivalidade. Vocês podem achar, mas não considero uma. Eu não sei exatamente qual é o nosso recorde contra Boston, mas tenho consciência de que é bem ruim. A verdade é que eles sempre acabam com a gente. Esses caras sempre chutam o nosso traseiro”, desabafou o atleta camaronês, que anotou 23 pontos e pegou dez rebotes na derrota inaugural da campanha.

De fato, o recorde do Sixers contra o Celtics desde que Embiid foi selecionado na terceira posição do draft de 2014 é péssimo. A equipe da Pensilvânia venceu só dois de 17 duelos de temporada regular entre ambos, além de ter sido eliminada em cinco jogos pelo adversário nos playoffs deste ano. No combinado, portanto, essa foi a 19ª derrota em 22 jogos disputados.

“Temos que encontrar um jeito de derrotar o Celtics. Eles estão ainda melhores do que na temporada passada e precisamos equilibrar isso para, aí sim, podermos começar a falar em uma rivalidade”, sentenciou o astro, sem aliviar o discurso.