Joel Embiid se irrita com restrição de minutos no Sixers: “Besteira”

Joel Embiid vai estar à disposição do Philadelphia 76ers desde o primeiro jogo da temporada, mas não da forma como gostaria. Depois de participar de somente 31 partidas nas primeiras três temporadas na NBA, o jovem pivô foi informado de que vai ter tempo de quadra limitado no início da campanha pelo treinador Brett Brown. O camaronês ficou bastante frustrado com a notícia.

“É muito decepcionante para mim. Eu sinto-me ótimo e espero que isso mude nos treinamentos dos próximos dias, pois considero uma besteira. Desejo jogar mais minutos e já acho estar preparado para mais tempo, pelo que apresentei na pré-temporada”, garantiu o jogador de 23 anos, que ficou sabendo da notícia pela imprensa e ficou visivelmente contrariado com a decisão.

Embiid, na verdade, participou de apenas duas partidas do período de preparação da equipe da Pensilvânia e ficou em quadra por 30 minutos no somatório das duas atuações. Foram as primeiras partidas disputadas pelo atleta desde janeiro, depois de ser afastado por conta de uma cirurgia no joelho. O pivô acredita que vá atuar menos de 20 minutos contra o Washington Wizards, nesta quarta-feira.

“Eu tenho voz e eles precisam me ouvir antes de fazer planos. Se eu sinto-me bem, meu corpo parece ótimo e meu joelho está bem, eu deveria atuar por 30 minutos ou até mais. Definitivamente, tenho uma opinião sobre isso e tenho que ser ouvido. Nós ainda vamos discutir isso”, sentenciou o pivô, reafirmando que a franquia está cometendo um erro em limitá-lo.

As 31 partidas disputadas por Embiid foram o bastante para impressionar analistas e torcedores da NBA, registrando médias de 20.2 pontos, 7.8 rebotes e 2.5 tocos em pouco mais de 25 minutos de ação por noite. A performance histórica rendeu-lhe uma polêmica extensão contratual nesta offseason, de US$146 milhões por cinco temporadas.

  • Pablo Leite

    A franquia está certa. Há muitos jogadores que têm lesões musculares depois de passarem por um longo processo de inatividade.

  • danielzera

    Calma valentão… Quer saber mais que o médico?

  • Felipe Loureiro

    Esse é Fera … precisa ter calma para as coisas acontecerem naturalmente. Fico na torcida.

  • Cleyton Silva

    ele tem que calar a boca e entender que em três anos ele nem mesmo fez quarenta partidas e que a franquia fez um investimento de mais de cem milhões – que por sinal,muito bem pago- nele a longo prazo. Aí depois machuca, fica chorando , enchendo o saco.

    • Vinícius Maia

      Kkkkkk

  • Felipe Alves

    A franquia está certa mesmo sabendo da vontade do jogador, pois mesmo que ele já tenha se recuperado, as chances de ter uma lesão pior é alta, tanto pelo histórico, quanto pela inatividade.

  • Vinícius Maia

    “meu corpo parece ótimo e meu joelho está bem”. Foi assim com esse tipo de pensamento que eu agravei um problema que eu tenho no joelho (crondomalacia patelar) kkkkkk.

    • Killjoy_br

      Velho, e não é que me apareceu um troço desse no meu joeio tb ?? O pior é que sei que estou sem ritmo, fora de forma e ainda assim arrisco. Melhor ficar apenas no sofá kkk

      • Vinícius Maia

        Não faça isso cara, vai por mim, é pior kkkkk. Eu forcei enquanto pude até chegar o ponto de sentir dor só de ficar sentado na frente do computador com a perna dobrada (trabalho na frente do computador, então convivia com a dor o dia inteiro).

        Faz o tratamento primeiro para depois você voltar a praticar esporte. Um médico me recomendou academia para fazer fortalecimento muscular, mas tinha uma série de restrições nos exercícios que ele passou. Eu comecei na academia, estava me recuperando, mas na empolgação, aumentei demais a carga dos exercícios e coloquei tudo a perder (“meu corpo parece ótimo e meu joelho está bem” kkkkkkkk). Dai fui fazer fisioterapia, fiz 10 seções e agora voltei para academia e também acrescentei o pilates para acelerar o fortalecimento.

        Vai por mim, trata enquanto está num estágio inicial para você não chegar na situação que eu cheguei. Por eu não ter tratado no inicio, eu já estou a quase um ano sem fazer treino funcional, que é algo que eu realmente gosto de fazer (odeio musculação) e ainda não tenho previsão de voltar, porque o funcional tem muito impacto e a fisioterapeuta do pilates falou que eu ainda não estou bem o suficiente para exercícios com impacto.

        • Marcos Gordinho

          Kkkkk!!! Já que abriu a sessão hipocondríacos, também tenho condromalacia e ja tive ruptura parcial do tendão de Aquiles. Para não abandonar as quadras me baseei no jogo de Z-Bo. Não salto mais, simples assim. E assim como Duncan reforcei o repertório de meia distância com muito uso das tabelas. Têm dia que nem suo e os guris se matando. O lance é não abandonar as quadras. Saltos, aterrissagens, desgastam muito o joelho e para quem está acima do peso o custo benefício não compensa.

        • Killjoy_br

          Valeu Vinicius, é um ótimo testemunho, valiosíssimo para mim e para tanta gente que sofre com os problemas de joelho. Também não curto musculação, e o médico já recomendou também. Bem, temos que arrumar o chassi da forma correta, com muita paciência. Sucesso e melhoras para voce!

  • Edu Silva

    Claro! Ele sabe mais do que os médicos, fisiologistas e preparadores físicos… Inclusive, ele está acima dos exames realizados com as mais atuais tecnologias… Fanfarrão!

    • Marcinho Mueller

      Mais que o DM do 76ers eu garanto!

  • Albert Medeiros

    Deixa o menino brincar,kkkk

  • Thiago26-NBA

    A empresa não pode perder seu principal produto, logo, vai fazer o que for o melhor para ela.

  • Guilherme Petros

    Inclusive, o histórico ta do lado do Embiid nessa, hein? heheheh

  • Danilo Celtics #Banner18

    ja quer perder o resto da temporada cedo assim?

  • Mattheus Alemão

    É aquela história né, o técnico não teve ter tomado essa atitude sozinho, deve ter consultado médicos, fisioterapeutas, decisão bem pensada…