Embiid volta, Sixers bate Heat e retoma vantagem na série

(2-1) Philadelphia 76ers 128 x 108 Miami Heat (1-2)

Fora de casa, o Philadelphia 76ers superou o Miami Heat na volta do pivô Joel Embiid às quadras e retomou o mando de quadra na série de playoffs. O pivô, autor de 23 pontos e sete rebotes no triunfo, não atuava desde o dia 28 de março, quando sofreu uma lesão no rosto.

Após um início equilibrado, o Sixers tratou de arremessar de longa distância, especialmente com Marco Belinelli, J.J. Redick e Ersan Ilyasova. Os visitantes anotaram três cestas de três consecutivas e lideravam por 30 a 21. Justise Winslow, vindo do banco, conseguiu recolocar o Heat no jogo e a diferença caiu para dois pontos. Os anfitriões igualaram o placar no segundo período e chegaram a virar em 46 a 43, depois de cesta de Winslow. Ao fim do primeiro tempo, o Heat vencia por 64 a 63.

Na volta do intervalo, os donos da casa vieram em um ritmo melhor e venciam por 78 a 73, mas o Sixers seguiu pressionando e a margem jamais ultrapassava os cinco pontos. Os visitantes continuaram arremessando de três e o time virou mais uma vez. Ilyasova fez cesta e a diferença em favor do time de Philadelphia pulou para oito e, posteriormente, foi a dez. Josh Richardson fez de três, mas Embiid anotou sete pontos seguidos e o Sixers vencia por 119 a 105, restando três minutos para o fim. Kelly Olynyk acertou de três, mas o Heat parou por aí, enquanto o Sixers seguiu com o ritmo forte até o fim, garantindo o resultado.

Destaques

Philadelphia

Joel Embiid: 23 pontos, sete rebotes, quatro assistências, três bloqueios
Dario Saric: 21 pontos, sete rebotes, quatro assistências
Ben Simmons: 19 pontos, 12 rebotes, sete assistências, quatro roubadas
Marco Belinelli: 21 pontos, cinco assistências, quatro rebotes
Robert Covington: 11 pontos, quatro assistências, três roubadas
J.J. Redick: dez pontos

Miami

Goran Dragic: 23 pontos, oito assistências
Justise Winslow: 19 pontos, dez rebotes
James Johnson: 12 pontos, sete rebotes, cinco assistências
Josh Richardson: 14 pontos
Tyler Johnson: dez pontos


(0-3) Portland Trail Blazers 102 x 119 New Orleans Pelicans (3-0)

https://www.youtube.com/watch?v=HAPgj2FgfWk

Sem problemas, o New Orleans Pelicans recebeu e superou o Portland Trail Blazers e abriu três a zero na série. Jogando em casa pela primeira vez nesses playoffs, o Pelicans não tomou o menor conhecimento do oponente desde o princípio e agora está próximo de garantir presença nas semifinais de conferência.

A situação foi definida já no primeiro quarto, quando Nikola Mirotic anotou oito dos dez primeiros pontos do Pelicans. Anthony Davis também contribuía, mas Mirotic fez com que o Pelicans liderasse por 36 a 18. A diferença foi ampliada no segundo período e chegou a 20 pontos após cesta de três de Rajon Rondo.  Os times foram para os vestiários com o Pelicans liderando por 65 a 46.

Na volta do intervalo, a diferença até chegou a cair um pouco, mas rapidamente os anfitriões voltaram a pressionar e o Pelicans vencia por 75 a 50 após lance livre de Davis. A vantagem bateu na casa dos 30 pontos no quarto decisivo e, a partir desse momento, a quadra ficou repleta de reservas, com o Pelicans garantindo o resultado.

Destaques

Portland

C.J. McCollum: 22 pontos
Al-Farouq Aminu: 21 pontos, oito rebotes
Damian Lillard: 21 pontos, oito erros de ataque

New Orleans

Nikola Mirotic: 30 pontos, oito rebotes, três roubadas
Anthony Davis: 28 pontos, 11 rebotes, três roubadas
Rajon Rondo: 16 pontos, 11 assistências, cinco rebotes
Jrue Holiday: 16 pontos, sete assistências, três roubadas


(3-0) Golden State Warriors 110 x 97 San Antonio Spurs (0-3)

https://www.youtube.com/watch?v=YUpbK_xlcZ8

Destaques

Golden State

Kevin Durant: 26 pontos, nove rebotes, seis assistências
Klay Thompson: 19 pontos
Shaun Livingston: 16 pontos
Draymond Green: dez pontos, sete assistências, seis rebotes, quatro bloqueios
Andre Iguodala: dez pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Quinn Cook: 12 pontos

San Antonio

LaMarcus Aldridge: 18 pontos, dez rebotes, quatro assistências
Tony Parker: 16 pontos
Patty Mills: 14 pontos
Rudy Gay: 11 pontos