“Eu confio em Westbrook e ele confia em mim”, diz Harden sobre parceria em novo Rockets

Dois dos três últimos MVPs da liga jogarão com o uniforme do Houston Rockets na próxima temporada. O astro Russell Westbrook foi adquirido pela franquia texana junto ao Oklahoma City Thunder e voltará a atuar com James Harden após sete anos. Ambos se tornaram dois dos atletas que mais atuam com a bola nas mãos na NBA, mas o ídolo de Houston não vê necessidade de adaptação.

“Não há ajustes a serem feitos. Já jogamos juntos na NBA e na seleção dos EUA. Quando junta-se talentos do nosso nível, as coisas se resolvem ao natural. Você comunica-se, compete e tudo vai se arrumando. Aprendi que, unindo qualidade, inteligência e jogadores dispostos a se sacrificarem, tudo se acaba se encaixando naturalmente”, afirmou o craque de 29 anos, em entrevista nessa sexta-feira.

A visão, evidentemente, é idealizada por Harden: analistas e torcedores sabem que concessões terão que ser feitas pelos dois atletas para que o encaixe seja um real sucesso. Já faz meia década que ambos atuaram juntos em partidas competitivas, quando ainda não eram os MVPs da liga que conhecemos. Ele aposta, porém, na afinidade de uma vida juntos para contrariar os prognósticos.

“Eu conheço Russell desde que tinha uns 10 anos de idade. Fomos companheiros por vários anos. Essa é uma fase diferente de nossas carreiras, mas a confiança mútua continua. Eu confio nele e ele confia em mim. Com o elenco que temos e tudo que já conquistamos, deverá ser uma transição fácil para Russell. Eu estou empolgado com essa oportunidade”, afirmou o veterano.

Em Westbrook, Harden terá uma nova experiência com um armador de estilo mais “controlador”. Chris Paul esteve no Rockets nas últimas duas temporadas e vários repórteres noticiam que a relação entre ambos deteriorou-se rapidamente. O atleta principal de Houston não nega algumas brigas pontuais, mas nada a ponto de um dos dois exigir que o outro fosse negociado na offseason.

“Chris é um cara ótimo e uma grande liderança. Nós estamos bem e todos esses comentários negativos são falsos. Tínhamos constante comunicação e não tenho nada ruim a dizer sobre jogar ao seu lado. É claro que, como companheiros de elenco e competidores, discutimos vez ou outra em quadra. É normal. Jogadores discutem em qualquer lugar”, relativizou Harden, deixando o passado para trás.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.