Mais um atleta da NBA virou destaque por confusões fora de quadra no início desta semana. O armador Daniel Gibson entregou-se à polícia de Nova Orleans na manhã desta segunda-feira, acusado de agressão em segundo grau. O agente livre irrestrito do Cleveland Cavaliers envolveu-se em uma briga com um homem durante festival de música no início de julho.

No incidente, segundo a polícia, o jogador de 27 anos quebrou a mandíbula do indivíduo com quem discutiu – cujo nome não foi revelado. Gibson apresentou-se no departamento de Nova Orleans, prestou depoimento e foi liberado algumas horas mais tarde. Livre, ele falou ao site TMZ e liberou uma nota oficial explicando o ocorrido.

Na versão do armador, o indivíduo teria xingado sua esposa (a cantora Keyshia Cole) e a briga só começou quando a integridade física de ambos foi ameaçada. “É triste que alguns vejam a oportunidade de tirar vantagem de pessoas que trabalham duro pelo que conseguiram. Uma vez que todos os fatos forem esclarecidos, eu espero ter meus atos totalmente justificados”, declarou.

Gibson disputou suas sete temporadas como profissional pelo Cavs, mas está fora dos planos da franquia para a próxima temporada. Em quase 400 jogos disputados na carreira, o armador acumula médias de 7.8 pontos, 2.0 assistências e 40.7% de conversão nos arremessos de longa distância. Especula-se que o Houston Rockets possa ter interesse em sua contratação.  

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • RafaelRox

    Qual é a franquia que gosta de baderneiros bad boys e etc? NYK seja bem vindo aheahha.

  • Estalos

    Bobbie bobo.Como torcedor do Cavs estou surpreso.

  • JJÚNIOR

    Ele vindo do banco pra “meter” bolas de 3 seria bom pra várias franquias.

  • Hugo Nathan

    Uma boa pro Rockets mesmo.