Prisão– O ex-pivozão da NBA Oliver Miller, que jogou por diversas equipes da Liga, foi condenado a um ano na prisão por bater com uma pistola no irmão de sua namorada em Maryland . Miller, de 41 anos, que estava morando com sua namorada em Edgewater, se declarou culpado ano passado de agressão e posse de arma. “Peço desculpas pelo mal que eu fiz”, disse ele ao juiz Paul A. Hackner. Miller disse ser “apenas um homem tentando proteger as pessoas que eu amo.” As acusações surgiram a partir de uma discussão familiar entre o ex-jogador e o agredido e não há detalhes de como a confusão começou, mas sabe-se que o homem levou 11 pontos para fechar os ferimentos. (Fox43.com)

Números- Kobe passou Shaq na lista dos maiores cestinhas da história da NBA, certo? E agora? Bom, pra chegar ao topo da lista, Kobe teria que manter a média de 25 pontos por jogo para passar Wilt Chamberlaint em 2012-13, Michael Jordan em 2013-14, Karl Malone em 2015-16 e Kareem Abdul-Jabbar em 2016-17, aos 38 anos de idade. Haja joelho.

Reprodução: Ball is Life

Blue- Jeremy Lin, o craque da língua azul do New York Knicks

[youtube_sc url=”ZqtUhdw_Yjo”]

Números 2- Paul Pierce, segundo maior cestinha da história do Celtics. Homenagem show da ESPN ao jogador.

Reprodução: ESPN

Dívida- Allen Iverson está sendo processado pela Aydin e Jewelers Company, uma joalheria do estado da Georgia, por uma dívida que chega atualmente a US$ 859.896,46, que inclui custos, juros e honorários advocatícios. A dívida era de “apenas” US$ 375.000 em 2010 , mas como o ex-craque da NBA não respondeu ao chamado da justiça, o montante subiu consideravelmente desde então. Agora, a justiça decidiu que o dinheiro deve ser retirado da conta bancária de Iverson e repassado à joalheria. (TMZ)

Careca- Charles Barkley faz piada com a careca de LeBron James, mostrando como o jogador usa a fita ao redor da cabeça pra esconder a evolução da carequinha. De falta de cabelo, pelo menos, é fato que o Barkley tem a manha.

[youtube_sc url=”BK1wWC1-vNU”]

Relíquia+- Mark Eaton 2,24 m de altura, um dos maiores bloqueadores da história da NBA, com um de seus 3.064 tocos da carreira.

Reprodução: Utah Jazz / Google+

Tirando onda- Paul George, do Pacers, que teve um jogo monstruoso ontem à noite, está com a corda toda. Em entrevista a Ian Thomsen, da Sports Illustrated, George mostrou toda confiança do mundo ao afirmar: “eu acho que poderia competir e eventualmente ganhar as duas coisas”, referindo-se ao concurso de enterradas e o de arremesso de bolas de três pontos do All-Star Game. E ainda deu uma leve cornetada na enterrada de Balke Griffin, campeão das cravadas do último ano: “tenho algumas coisas na manga que acho que eu posso fazer. É melhor do que pular sobre o capô de um Kia.” Que momento.

#LetJeremyDunk- Jeremy Evans, do Jazz, bem que podia participar também, né?

[youtube_sc url=”z3SEo-jlPqA”]

Divórcio– “É difícil para mim. Jantei com ele ontem à noite, só nós dois, e eu estava ficando louca. Eu não tinha nada para falar. Ele é um bom coração. Ele é um cristão. Ele é tudo, no papel, exatamente o que eu quero em alguém, mas por alguma razão, meu coração não está se conectando. Eu tentei e eu tentei, mas não sei o que fazer. Eu me sinto triste, me sinto mal pelo cara, eu mudei toda a sua vida e ele se apaixonou por mim e eu por ele, mas agora meus sentimentos mudaram”. Bem, foi assim que Kim Kardashian (destaque) explicou para o mundo inteiro como ela conseguiu bagunçar a vida de Kris Humphries, do New Jersey Nets. Simples assim. Pelo menos no fim, uma frase sensata: “eu desperdicei o tempo de todo mundo”. Bingo! Veja o vídeo:

[youtube_sc url=”vbe8d4gohy4″]

Bike– Cansado dos congestionamentos? LeBron James, do Heat, preferiu a bicicleta pra chegar ao jogo contra o Bulls, no fim de semana. Aparentemente, nenhum problema quanto ao cansaço já que, depois de pedalar, ele ainda guardou 35 pontos pro Heat.

Reprodução: Twitter

 

Relíquia+- Derrick Rose, do Bulls, ainda quando estava no colegial.

Reprodução: Twitter

Kids- O jogo é Miami Heat e Chicago Bulls, em Miami. O jogador é Carlos Boozer, do Bulls. O filho, na torcida, é dele. Mas o grito é, claramente, “Let’s go, Heat”. Vai entender…

[youtube_sc url=”z5FOe-qEo78″]

  • RafaelRox

    KKKKKKKKKKKKK… Lets go Heats , isso do filho do Boozer me lembrou o filho do Wade que tentou fazer uma enterrada e gritou TAJJJJ GIBSOOON.
    aeaehauehuaehiuae