Finalista, Marvin Bagley III surpreende e pede dispensa da seleção dos EUA

A seleção norte-americana sofreu uma surpreendente baixa entre seus finalistas a vaga na Copa do Mundo FIBA nesse fim de semana. Segundo Marc Stein, do jornal The New York Times, o jovem Marvin Bagley III pediu dispensa à USA Basketball e está fora de consideração para a disputa da competição. O ala-pivô já nem vai se reapresentar para a segunda semana de treinos da equipe nacional.

O jogador do Sacramento Kings foi inicialmente convocado para o elenco de apoio aos treinamentos da seleção, mas destacou-se nas atividades da primeira semana e acabou efetivado para o grupo principal. Ele solicitou liberação para poder focar-se na preparação para disputar a próxima temporada. O armador De’Aaron Fox, seu companheiro de time, segue comprometido com a seleção.

Um dos argumentos levantados por atletas para os (vários) pedidos de dispensa da seleção norte-americana nesse ano foi o pouco tempo de diferença entre o torneio mundial e a nova temporada da NBA: quem for à China vai ter somente 15 dias de descanso para o início do período de preparação da NBA. Bagley registrou médias de 14.9 pontos e 7.6 rebotes em sua temporada de estreia na liga.