Fracasso na NBA, Jimmer Fredette é novo ídolo norte-americano na China

Jimmer Fredette parecia destinado a uma grande carreira na NBA quando deixou o basquete universitário. Mas, depois de cinco fracassadas temporadas na liga, ele encontrou o sucesso que muitos previam do outro lado do planeta. O armador de 27 anos não precisou de mais do que meio ano para tornar-se o improvável novo ídolo norte-americano na Liga Chinesa.

O ex-atleta do Sacramento Kings vem comandando o Shangai Sharks – franquia do ex-pivô Yao Ming – à liderança isolada do torneio, com 23 vitórias em 27 jogos. Além disso, ele é o cestinha da temporada com absurda média de 37.3 pontos por jogo. A pontuação é impulsionada por seus 40% de aproveitamento nas tentativas de longa distância, que sempre foi sua especialidade.

Fredette foi convocado para o Jogo das Estrelas da CBA recentemente e anotou 32 pontos no confronto. No intervalo da partida festiva, ele não descansou: ficou em quadra para participar do concurso de arremessos de três pontos da liga, onde foi campeão com sobras. Todo esse sucesso em uma das equipes mais conhecidas do país tornaram-no uma estrela instantânea no Oriente.

Além da altíssima pontuação, o armador ainda possui médias de 8.8 rebotes e 4.7 assistências (a 11ª melhor marca da CBA) na temporada da China. A meteórica ascensão fez com que Fredette ganhasse até um contrato com uma empresa de calçados para ter seu tênis personalizado comercializado em toda a Ásia – o “JF”, da 361-degrees.

jimmer-fredette-tenis

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.