GM do Nets deseja que Brook Lopez seja o líder da equipe

O Brooklyn Nets deve entrar em uma “nova era” a partir da próxima temporada. Depois de arriscar tudo em um elenco caro e não conseguir resultados, a franquia agora tenta um novo começo. Um de seus principais jogadores, Deron Williams, entrou em acordo com o time e foi liberado de seu contrato. Em entrevista ao NY Post, o gerente-geral da franquia, Billy King, falou sobre o novo grupo e sobre o pedido para que o pivô Brook Lopez assuma uma função de liderança na equipe.

“Esse foi um dos assuntos que eu conversei com Brook recentemente,”, afirmou King. “Eu disse que nós o queríamos de volta a equipe, mas também queríamos que ele se tornasse um líder para os outros jogadores, que tivesse uma voz mais ativa. Não pedimos para ele ficar pulando e gritando por aí, mas sim para ser um guia para o grupo, para assim, podermos alcançar nossos objetivos.”

O gerente-geral ainda fez elogios ao novo elenco, que parece mais unido e focado. “Eu gosto da atitude desse grupo. Acho que todos eles se importam uns com os outros e, quando isso ocorre, todos se doam ao máximo nos dois lados da quadra.”

Mesmo com o grupo considerado abaixo do nível ideal para classificação aos playoffs, a equipe não deve manter nenhum plano para conseguir uma boa posição no draft, já que possui suas escolhas comprometidas devido a troca com o Boston Celtics por Kevin Garnett e Paul Pierce. “Não há nada que nós possamos fazer. Não temos controle sobre isso, então, independente do número da escolha, não importa.”

Eduardo Ribeiro
Eduardo Ribeiro
Paulista, cursando Jornalismo e membro do Jumper desde 2015. Twitter: @Edu_Ribeiro33
  • Michel Moral

    Na verdade, agora é o que resta ao Nets mesmo. Não há outra saída senão acreditar no potencial dos jogadores que estão por lá.

    Joe Johnson já está chegando em um estágio avançado da carreira e ainda vai receber mais de 24 mi nessa temporada. Mas quando foi assinado este contrato Joe era um all star e era um dos alas mais seguros da NBA, que ainda ajudava bastante na armação e tinha um arremesso excelente. Salvo engano, o contrato foi assinado ainda quando atuava pelo Hawks.

    Brook Lopez, por sua vez, tem a vantagem de ser um grandalhão técnico, com bom arremesso. Se tiver sequência nessa temporada, pode ser até all star na conferência leste. A tendência é que faça uma temporada na casa dos 25ppg.

  • The Real Jay

    Primeiramente o pior GM da NBA. Segundo, que o Nets tenha uma campanha ruim, e acabe dando para o Celtics uma escolha de loteria.

  • no ataque ele já era o líder antes mesmo do Deron sair de lá, mas esse time não tem organização e nem boa defesa, um pivô como ele que tem 2,13m deveria ser um líder defensivo também…

  • Rodrigo Santos

    Com Brook Lopez e Thadeus Young adeus rebotes…

  • Renato

    Depois de sacrificar o futuro da fanquia, agora chegou a colheita, tem um time muito pior do que o do ano passado, sendo que as demais equipes do leste são bem melhores. Perderam 2 jogadores fundamentais o Plumlee que era o único center que defendia alguma coisa e o D Will que apesar de jogar abaixo do esperado, era um jogador para marcar + de 15 pontos por jogo.

  • O time parece que vai ser bem dependente do trio: Jarrett Jack – Thaddeus Young – Brook Lopez; Mas se tem um elogio que dá para se fazer a Billy King é que ele agiu rápido em se adaptar aos problemas que o projeto a curto prazo trouxeram. Hoje o time já é jovem, tem bastante atletismo e um técnico que sabe explorar essas qualidades. Outro fator fundamental é a divisão, eles tem muita sorte mesmo de dividir o calendário com Knicks, Sixers e um Boston em reconstrução. Porque sem a presença de um contender podem roubar jogos durante a fase regular que vai garantir eles no limbo da tabela de classificação e provavelmente no início da loteria (ainda que perca as pick (s) evita o pior).

    • Renato

      Esse time aí não rouba vitórias do Celtics e do Knicks, ambos estão bem a frente em termos de talento e força do elenco.

      O Nets para ser minimamente competitivo, terá que fazer o Lopez jogar 40 minutos por partida, mas se fizer isso ele quebra, não tem saúde para ser intenso tanto tempo durante a temporada.

      Agora imagina essa equipe do NETS sem o Lopez… fica a frente do Sixers e olhe lá.

      • Discordo quanto ao Knicks. Primeiro que o Knicks precisa ter entrosamento e para isso precisa formar um time (e vai levar uma temporada ou mais). Segundo que o Nets ainda é um time muito coletivo por trás do Lopez, o texto ressalta Brook Lopez, mas eles ainda tem: Andrea Bargnani, Thaddeus Young, Bojan Bogdanovic e Jarrett Jack entre os principais jogadores (eles sabem muito bem gerar pontos / não falei de Joe Johnson porque acho que vai virar um comércio). Terceiro é que o “núcleo jovem” do time tá cheio de role players que querem um lugar na liga só vou citar Willie Reed & Ryan Boatright, porque são dois caras que estão estreando agora, são mais desconhecidos e fizeram por onde antes de chegar na liga.

        E o Knicks, com quem o Carmelo Anthony vai dividir o protagonismo??? O time está cheio de jogador inexperientes na segunda unidade. O Boston eu concordo, mas eles podem iniciar a temporada com um time e chegar em fevereiro e começar fazer trocas limpando o CAP para buscar um FA ou reforçar o elenco com peças de outros times (eu vejo o Celtics bem imprevísivel em 15-16).