GM do Pelicans aprova evolução de Didi Louzada na Austrália: “Terá futuro brilhante”

Os executivos do New Orleans Pelicans não escondem ver Didi Louzada como parte valiosa do futuro da equipe. E, um ano após selecioná-lo na segunda rodada do draft, o time da Louisiana está muito satisfeito com a decisão de repassá-lo para um “estágio” no basquete australiano. Para o gerente-geral David Griffin, o ala brasileiro conseguiu acelerar fases de sua evolução técnica atuando pelo forte Sydney Kings. 

“Conseguimos colocar Didi realmente à frente de sua curva de desenvolvimento natural, pois sabíamos que os técnicos do Kings fariam um trabalho fenomenal. Foi bem positivo para nós que tenha ido para Sydney, uma equipe experiente que teve o melhor recorde da liga pela maior parte da temporada, sendo titular e um dos principais marcadores do elenco”, avaliou o executivo, em entrevista ao site oficial da franquia. 

O jogador de 20 anos participou de 20 partidas da temporada na Austrália, com médias de 10.3 pontos e 3.7 rebotes, além de elogiado desempenho defensivo. É, no final das contas, o que Griffin planejava. “Isso é exatamente o que queríamos: Didi vai ter um futuro brilhante na NBA, como um potencial arremessador de longa distância com versatilidade para marcar múltiplas posições”, celebrou o gerente-geral. 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.