Gregg Popovich: “Ficarei surpreso se Kawhi Leonard voltar nesta temporada”

Kawhi Leonard vai retornar às quadras nesta temporada? Pela primeira vez, o San Antonio Spurs parece admitir publicamente que o astro da equipe pode ficar fora do restante da campanha por causa de uma insistente tendinite no quadríceps direito, que limitou-o a somente nove jogos até o momento. O treinador Gregg Popovich comentou o assunto com tom de pessimismo nesta quarta-feira.

“Eu ficarei surpreso se Kawhi voltar nesta temporada. Nós só temos certo número de partidas a disputar e ele ainda não está preparado para entrar em quadra. Se houver uma chance, já vai ser muito próximo dos playoffs. É uma decisão dura e, por isso, estou tentando ser o mais honesto e lógico possível. Ficaria surpreso”, reconheceu o técnico, no retorno às atividades após o Jogo das Estrelas.

A situação, porém, seria mais intricada do que Popovich dá a entender. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, Leonard já foi liberado pelos médicos do Spurs para voltar às quadras e estaria recusando-se a jogar porque ainda sente dores na região lesionada. Problemas físicos no quadríceps são vistos, historicamente, como questões traiçoeiras na medicina esportiva por casos assim.

Visando esclarecer a situação, o ala de 26 anos viajou até Nova Iorque na pausa do Jogo das Estrelas para buscar uma segunda opinião sobre sua atual condição. Ele esteve acompanhado de representantes do time texano, que estariam oferecendo apoio ao jogador, e continuou sua rotina limitada de treinamentos usando as instalações da Associação dos Jogadores, em Manhattan.

A única certeza é que, se decidir voltar a jogar nos próximos dias, Leonard estará o fazendo com dores. “Não estou pronto para anunciar que Kawhi não volta, mas nós temos que seguir em frente e competir. Essa precisa ser nossa mentalidade agora. A equipe precisa entender que somos o que temos – e desejar, torcer pelo retorno de Kawhi não nos fará melhores”, finalizou Popovich.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.