Grizzlies faz história e elimina o Spurs

O Memphis Grizzlies entrou para a história da NBA na noite dessa sexta-feira. Contando com uma atuação espetacular do ala-pivô Zach Randolph, o Grizzlies venceu o San Antonio Spurs por 99 a 91 e fechou a série em 4 a 2. Essa é a quarta vez na história da Liga que um time que fez a oitava campanha na temporada regular consegue eliminar o time de melhor campanha na primeira rodada dos playoffs. Vale dizer também que é a primeira vez que o Grizzlies consegue passar para a segunda rodada da pós-temporada.

Agora, o time de Memphis enfrenta o Oklahoma City Thunder em uma das semifinais da Conferência Oeste. O time liderado por Kevin Durant terá a vantagem no mando de quadra. O primeiro duelo entre as equipes acontece neste domingo, dia 1o de maio, às 14 horas (horário de Brasília), em Oklahoma City.

O primeiro tempo foi ligeiramente equilibrado, com o Memphis indo para os vestiários com uma vantagem de três pontos: 46 a 43. No terceiro período, o equilíbrio persistiu, com o Spurs não deixando o time da casa se distanciar no placar. O principal lance do terceiro quarto foi a cesta incrível do argentino Manu Ginobili, do meio da quadra, no estouro do cronômetro.

As fortes emoções estavam reservadas para o último quarto. Zach Randolph chamou a responsabilidade e foi o grande nome do período. O Spurs chegou a virar o placar, quando faltavam quatro minutos e 39 segundos para o final. Só que Randolph anotou 13 pontos nos últimos quatro minutos da partida e levou o time de Memphis a abrir uma vantagem de nove pontos. O armador Tony Parker, melhor jogador do Spurs em quadra, ainda cometeu dois erros e as chances de virada do time texano foram para o ralo.

Randolph foi o grande nome da partida. Ele foi o cestinha, com 31 pontos (17 só no último quarto) e ainda pegou 11 rebotes, alcançando o duplo-dígito. Seu companheiro de garrafão, o pivô espanhol Marc Gasol, também conseguiu o double-double: 12 pontos e 13 rebotes. Aliás, o garrafão do Grizzlies foi novamente o diferencial. O time pegou 43 rebotes (14 deles ofensivos) contra 32 (nove ofensivos) do Spurs.

O cestinha do time de San Antonio foi Tony Parker, com 23 pontos. O argentino Manu Ginobili anotou 16 pontos. O veterano pivô Tim Duncan, mesmo conseguindo o duplo-dígito (12 pontos e dez rebotes), sentiu o peso da idade (35 anos) e não reeditou suas melhores atuações. O pivô brasileiro Tiago Splitter, vindo do banco de reservas, atuou por 14 minutos. Ele anotou quatro pontos e pegou dois rebotes.

Confira a cesta incrível de Manu Ginobili do meio da quadra.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=swmmbsmYxX0&feature=feedu]

Confira os melhores momentos da partida.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=rgLOpnIeHX4&feature=feedu]

Confira a festa do Memphis Grizzlies ao final da partida.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=QW0H2NCA7-0&feature=feedu]

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.