Harden e Anthony Davis não defenderão seleção dos EUA na Copa do Mundo FIBA

Dois dos principais nomes da pré-convocação da USA Basketball para a Copa do Mundo FIBA decidiram não defender a seleção no torneio. Segundo Chris Haynes, do site Yahoo! Sports, James Harden e Anthony Davis pediram dispensa e não ficarão à disposição do técnico Gregg Popovich. A tendência é que ambos até se apresentem com o grupo, mas não participem do período de preparação.

A argumentação dos craques para retirarem seus nomes de consideração teria sido, na verdade, a mesma: os dois pretendem usar as férias para focarem-se em suas equipes na NBA, que projetam ser candidatas ao título para a próxima temporada. O Houston Rockets passará por grande adaptação com a aquisição de Russell Westbrook, enquanto Davis acaba de chegar ao Los Angeles Lakers.

Apesar do pedido de dispensa para a Copa do Mundo, que acontecerá entre agosto e setembro na China, Haynes apurou que os astros continuam comprometidos com a USA Basketball e pretendem competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem. Harden e Davis defenderam a seleção norte-americana juntos nas conquistas da medalha de ouro olímpica em Londres-2012 e do Mundial de 2014.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Raizen

    AD tá certo. Tem que se poupar e focar nos lakers

  • Vitor Martins

    Muito difícil de acontecer, ainda mais com o Pop, mas seria muito legal alguém derrotar os EUA. A gente viu times americanos muito bons nas últimas competições muito por conta da geração dourada da Argentina e daquela Grécia fantástica de Papaloukas, Diamantidis e Spanoulis (imagina se esses caras ainda jogassem agora com o Giannis? Puta merda!) que ganharam dos americanos e mexeram com o ego dos jogadores da NBA. USA x Grécia em 2006 é meu jogo favorito no basquete FIBA até hoje. Foi fantástico aquilo. Os 3 no perímetro alternando entre a armação e as alas. Coisa linda. Acredito que aquele USA vai ser bem parecido com o que devem mandar agora, um time 300x mais talentoso que os demais, mas ainda bem jovem (devem se apoiar em Tatum, Mitchell, Turner). Aquele já tinha LeBron, Wade, Melo, Bosh, mas todos ainda muito mlks. Mas vai ser difícil achar os EUA desorganizados com um cara como o Pop (ainda que em 2006 tivessem o Coach K, que é outro gênio). Mas o mais complicado mesmo vai ser achar outra Grécia, ou outra Argentina, ou até uma Espanha (que não ganhou deles, mas era o time mais apto a destronar os caras). As duas melhores seleções Européias são França e Sérvia, e vejo elas distantes daqueles times históricos. Canadá tem hoje mais talento bruto do que tinham os melhores adversários dos EUA na época, mas nunca conseguiram jogar nem próximo dos nomes que podem reunir, vamos ver se mudam a chave com o Nurse.

    • Toni von Mises

      Esses dois q citaste, França e Sérvia, são os q vão dar mais trabalho, pelo menos na teoria. A Espanha vem com um time muito renovado, talvez decepcione. Se todos aptos, França vem pra surpreender.
      https://uploads.disquscdn.com/images/178d014fa6f1c486dd7371359156560d78beae385fbe27666b2c4e16ef8a40af.png

      • Vitor Martins

        Acho o elenco do Canadá melhor, mas nunca se apresentaram bem. Essa França ai na teoria é a favorita pra Prata.

        • Alberto Ribeiro

          Canadá deve correr por fora tá com alguns jovens e a seleção da França é mais experiente a da Sérvia é outra que tambem vem forte

  • Celtics pride

    E nem precisa ir time EUA se jogar com o sob 21 já e campeão fácil

    • Blazzers_Lillard

      Mas o pop quer atrapalhar os rivais convocando seus astros

    • Rodolfo Ucke

      Não é assim que a banca toca não. Já perderam olimpiadas e mundiais com profissionais da NBA, quando a equipe que foi não tinha vários dos melhores.

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    Austrália e Canadá estão montando seleções bacanas…EUA que abra o olho.

    • Alberto Ribeiro

      Mano mas nego ñ quer jogar pela seleção digo da Austrália pelo menos e se depender daqui a pouco o cara vai pedir um absurdo pra defender a seleção do jeito que tá as coisas

  • magaiver51

    alguem sabe os jogadores dos EUA pra essa copa do mundo

    • GOLEIRO DO PARANA CLUBE

      São só 12 que podem ser inscritos, então ainda vai diminuir a lista:
      Lillard, Walker, Lowry, Beal, McCollum, Mitchell, Gordon, Middleton, Harris, Barnes, Tatum, Tucker, Love, Millsap, Kuzma, Drummond, Brook Lopez, Turner

      • Vitor Martins

        Mesmo assim ainda é muito forte. Cortaria Lowry, Gordon, Barnes, Lopez, Tucker e Kuzma. Mas acredito que os dois últimos tem muitas chances de ir. Treinador se amarra em jogador como o Tucker, que cobre todo mundo e dá o sangue, e Kuzma é jovem, devem querer apostar no cara.

        • Alberto Ribeiro

          Pq o lowry ele é muito bom defensivamente e contribui com assistência e chuta muito bem era mais facil corta o mitchell

  • Blazzers_Lillard

    Acho ridículo o Blazzers mandar seus dois melhores jogadores enquanto vários contenders não mandam nenhum.

    • Pierry Silva

      é só os dois pedirem dispensa ué, se tão lá é porque querem

    • Vitor Martins

      Acho que são mais escolhas individuais mano. Lillard deve estar de olho em ser o principal jogador do time, por exemplo. McCollum talvez fosse cortado se todo mundo estivesse a disposição. Uma boa atuação agora pode garantir lugar nas olimpíadas, por exemplo. Hoje, são os jogadores que mandam.

    • Rodolfo Ucke

      Na NBA atual, GM não mandam mais porra nenhuma, quando se trata de estrelas.

      • Jean Alves

        Infelizmente, é a pura verdade. O foda é ver pessoas normais, defender que atletas que ganham muitos e muitos milhões por ano, façam o que querem e dê na telha, sem compromisso nenhum com o time que paga essa fortuna a eles. Enquanto que no mundo normal sem ser ´´estrela´´, um assalariado fodido é obrigado a se submeter a tudo para poder sobreviver, mais se dizer que jogadores da NBA tem que baixar a bola e não serem semi-deuses, parece que estar defendendo os donos das franquias. E foda, tem muita gente que tem dificuldade de pensar.

        • Ronald Vagner

          Eu quando vejo alguém passar a mão na cabeça de estrelinha mimada, eu penso: vai ser burro na casa do caralho, kkkk. A médio e longo prazo, o que os caras estão fazendo vai ferrar a liga, contrato hoje quer dizer porra nenhuma mais, tu assina por 5 anos, se 6 meses depois chegar e forçar trade te trocam por um pacote pífio pq a estrelinha deu chilique, vai se foder essa geração mimada. E pior ás trocas serão cada vez mais baixas, pq os agentes sabem que ainda podem forçar o time a ser trocado, e não estou falando só do Rich Paul não, a trade do West com o Rockets foi muito estranha, trocaram o cara a preço de banana, tem 2 anos foi MVP cacete, mais como ele tem um histórico na franquia, o GM não quis se queimar se algo vazasse na mídia. Só que esse histórico, foi muito bem pago, quanto o cara ganhou $$$$$$$$$$ pelos anos que jogou? Está complicado.

          • Alberto Ribeiro

            Né é ridículo isso o jogador tem poder de decidir o fazer o q quiser sem se importar com o time q investiu e foi atrás dele olha o irving por exemplo eu até entendo a motivação dele de sair mas pô ele ameaçou dizendo que se ñ fosse trocado ele ia fazer uma cirurgia no meio da temporada outro coisa q tá acabando com a nba é os empresários q já fuderam o futebol eu acho q o rich paul e o lebron tinham q ser punidos pela panelinha q fizeram mas pelo menos os pelicans ganharam algo e outra coisa q torna o basquete patético é os grandes salários nego vai receber 40 m por ano cara qual é ñ ten que ficar aumento o cap de 99 em uns 2 anos atrás pra 109 fode tudo aí aparece cara ruim mas que deu sorte de ter um gm e presidente idiota pra pagar mais de 20m por temporada os próprios gm ñ ajudam os caras dos hornets pagaram uns 60m por 3 anos pelo rozier deram uma po pro batum de 27m o sixers pagaram um max pro harris e simmons o dlo recebeu max tambem isso é um sério problema q tinha q ser resolvido muitos jogadores q ñ são ruim mas q ganham muito estão aparecendo cada vez mais isso é péssimo pro esporte pq assim vs dá moral pro cara aí ele fica se achando o melhor msm sendo um qualquer pq se tu ñ paga um max pra ele outro vai lá e paga como aconteceu a questão é os gm são burros pra pagar um contrato que agora parece bom enquanto o time está bem mas depois se fode e ñ sabe lidar com isso imagina se o grego pede troca o bucks fica com um middleton com um salario RIDÍCULO que ferra ele pro um bom tempo e começa um rebuild que vai dar na mesma coisa a questão é deve haver um limite pelo menos um teto pra cada jogador tipo se o cara for all star pelo menos 2 vezes num contrato de 5 ele pode receber até 30m se ele foi mvp ele pode ganhar um max e a liga tem que ser mais efetiva na hora de parar essa panelinha entre agente e jogador q prejudica a liga cara olha o JR ele qnd era free agency ñ recebia nenhuma oferta e depois do nada ganha um contrato de 13m por ano obvio q teve dedo do lebron que tambem está tornando a nba chata obvio q é um grande jogador e tal mas esse troço dele trazer amiguinho pra jogar no time é ridículo nos cavaliers o gm mal tinha voz lebron comandava isso ñ deve acontecer a liga tá ficando ridicula o all star game é patetico ngm joga pra ganhar a nba tá se tornando uma liga sem restrições e banal com festival de 3 e sem uma minima atuação boa defensiva igual é ridiculo que o yao ming seja mais reconhecido q o ben wallace que foi um monstro e qnd teve q jogar jogou pra acabar com o jogo a questão é algo precisa ser feito pra conter isso e precisa ser efetivo se não a nba será igual ao futebol onde atletas mandam no time e empresários controlam a hierarquia dos times

        • Outsider

          Aqui mesmo no jumper, teve um cara que me contestou quando critiquei esse estrelismo, disse que era desumana a minha forma de ver o papel dos jogadores, fala sério né. Tem países que uma pessoa rala 14 horas por dia numa fabrica de uma multinacional por trocados, e se reclamar vai pra rua sem direito a nada, ai jogadores que ganham dezenas de milhões, podem de uma hora pra outra meter o pé na franquia que fez um planejamento em torno dele, e acham isso normal? Se os caras ganham tanto na NBA, graças a estrutura da liga também, não é só o talento deles não, qualquer estrela da NBA se sair para outra liga, vai ganhar bem menos. Qual equipe de qual liga hoje fora a NBA, tem estrutura para pagar hoje 40 milhões de dólares de salário? Nenhuma! Então os caras tem que baixar a bola. O que mais tem nas periferias dos EUA, jovens sem expectativa de vida nenhuma, doidos pra ter uma chance de jogar na NBA. O mundo real é bruto, não é conto de fadas não.

          • Kuk Behlwdo

            Mas aí bosteja.

          • Outsider

            Falei verdades que vc não tem capacidade se quer de entender! Vai tomar no cu palhaço, bosteja é quem não tem capacidade de argumentar e solta uma frase ridicula dessas!

          • Ronald Vagner

            Perca tempo falando verdades perante merda não, tem muito vira lata por ai.

          • Kuk Behlwdo

            Ridículo é a pessoa se doer pela regra salarial de algo que está totalmente fora do nosso controle, achar defeito no que foi feito de comum acordo e que de tempos em tempos é revisto. O acordado não sai caro mané. A regra é mesma pra todos e se tu acha que dá pra fazer pra repor as estrelas da liga com jovens pobres da periferia americana só mostra o quão pequeno é tu noção das coisas. E me desculpa, eu estou totalmente errado, o erro foi meu de não ter bloqueado seus comentários toscos. Mas pode deixar, acabei de dá block no seu perfil, pode bostejar a vontade agora, digníssimo otário.

          • Jean Alves

            Nossaaaaaaaaa que papel de homem, falar merda e bloquear para a pessoal não poder responder, vai me bloquear também, pq concordo com ele, que vc é um merda?

          • Kuk Behlwdo

            Vou sim, menos um imbecil. Pega seu block tbm otário.

          • Jean Alves

            Me bloqueia ai também o chiliquento! Te mandei a real pq ele respondeu educadamente um comentário meu, com argumentação, e vc se meteu com xingamentos! E papel de chiliquento bloquear alguém depois que dá um fora sem a pessoa poder se defender.

          • Jean Alves

            O tal do Kuk Behlwdo (kuk deve ser forma carinhosa pra cuckold, hehehehe), te bloqueou em, nossa vc perdeu um leitor e tanto. Hehehehe.

        • Adriano Goveia

          Mas os caras são trabalhadores… tem que ter direito de buscar o melhor para a carreira… se trazem retorno financeiro, esportivo e não dão problemas, tem que respeitar… Lillard até onde eu sei é um super profissional

          E o salário é pq o mundo inteiro consome a NBA… Substituir eu, por exemplo, no meu trabalho é muito mais fácil do que Lebron no Lakers rs

          • Jean Alves

            Eu concordo contigo que são realidades muito distintas. O que eu descordo, é darem tanto poder aos jogadores, na NBA ás franquias não tem mais garantias nenhuma. A esses dias estavam comparando com a NFL, na NFL vc tem a tag pra garantir o atleta por pelo menos um ano, na NBA vc não tem nada. Se o jogador quer sair do contrato, deveria então no mínimo perder parte do dinheiro garantido, pq agora virou farra, a franquia serve pra dar o mega contrato, e depois não serve mais pra nada?

          • Rodolfo Ucke

            Se tirassem a grana garantida dos contratos, acabava a farra de pedirem tantas trocas por ai do nada. Um que vai acabar pedindo trade e não vai demorar, é o Simmons, já está muito próximo do LeBron e do Davis, e daqui 2 anos o Lakers terá espaço de cap pra outro contrato máximo, quando o 76ers menos esperar vai trocar ele por qualquer pacote por ai.

          • Jean Alves

            É isso que estou falando, ás franquias precisam recuperar algum poder sobre os atletas, porra é difícil quem critica entender isso? A franquia hoje só serve pra dar mega contrato e mais nada.

          • Outsider

            Nunca vi ninguém que reclama do poder dos jogadores, reclamar do valor do salário (tirando os overpaid, tipo Tobias e companhia, mais até ai paga quem quer). No meu caso pelo menos, a critica está em cima do jogador assina um contrato longo, isso gera um planejamento em torno dele, e nada ele quer sair. Seja sincero, vc acha que certos pedidos de troca foram pq os caras mudaram de ideia do nada? P

          • Ronald Vagner

            Na hora de assinar contratão, nenhum jogador fala que quer ir embora, engraçado.

          • Adriano Goveia

            Eu acho q tem o direito de conversar com a franquia e tentar chegar num acordo, sem forçar… mas entendo o que vocês querem dizer, acho bem imoral isto, e é um dos motivos que sempre fui contra o Nuggets trocar jogadores que até agora parecem identificados com a franquia por Anthony Davis (Que deu uma entrevista nestes dias dando a entender que pode sair do Lakers ano que vem, o que acho bem imoral porque o Lakers trocou um monte de Picks por causa dele).

            Acho que a “punição” seria as outras equipes observarem o histórico do jogador e ver se realmente vale a pena oferecer um contrato grande. Mas para jogadores como Davis, Durant, isto não prejudica em nada pq todas as franquias vão oferecer rs… Mas acontece como o IT também que foi super profissional, se entregou para a franquia e estragou a carreira por este motivo.

            É a NBA tentar fazer regras equilibrando direito do trabalhador trabalhar onde quiser e das franquias, que como você afirmou tem que ter planejamento etc.

          • Ronald Vagner

            Se o Davis meter o pé no rabo do Lakers ao final da temporada, os fãs do Lakers que hoje veneram ele, vão ver o que são ás cobras alimentadas pelos fãs. Mais acho difícil ele sair do Lakers, ele estará elegível ao super max, tudo bem que o Knicks terá cap ano que vem para contratar ele (dos contratos desse ano, só o Randle tem contrato garantido ano que vem). Mesmo assim acho difícil ele trocar o Lakers pelo Knicks.

          • Adriano Goveia

            o tomar no c* espero que seja pela situação, se foi pra mim foi meio desproporcional a resposta pra uma opinião diferente rs

        • Ricardo Mota

          Não são todos os jogadores que têm esse poder, mas só os grandes astros. Os demais tem que se comportar como assalariados, inclusive “engolindo” trades quando o time decide que é melhor para ele.

          E fora do mundo dos esportes, se vc exerce um trabalho com certo nível de complexidade (traduzindo: não for um “apertador de parafuso”, que não precisa de qualificação e é facilmente substituível), caso vc seja um profissional realmente fora de série, provavelmente vc vai escolher onde vai trabalhar.

          Essa é a realidade. Se a sua atividade for muito lucrativa (é o caso de jogadores da NBA), quanto mais “insubstituível” vc for, mais condições vc terá de decidir sobre os termos nos quais vc vai trabalhar.

    • Adriano Goveia

      As principais peças do Blazers já estão bem entrosadas… Davis e Harden tem que se adaptar às novas equipes

  • arruda91 arruda

    Estão deixando o Brasil sonhar 😅 , parece que o Gordon também pediu dispensa

    • Vitor Martins

      Sem o Davis quem é que vai marcar o Caboclo? rsrsrs

  • arruda91 arruda

    Mc Collum também não vai jogar!

  • Rodolfo Ucke

    Para o mundial ter competitividade, precisa que vários astros americanos não joguem, mais que os de outras seleções joguem (o Canadá já está sem 2 dos seus melhores, já se o Thompson tb não vai, Austrália sem Simmons tb, esse é o problema). Não adianta os EUA querer enviar um ´´ drean team´´, e ter jogos acima de 30 pts.

    • Ronald Vagner

      Com os desfalques da seleção americana, esse ano será competitivo, basta os das outras seleções, irem, pelo menos os das mais fortes.

  • Claudio R.

    Provavelmente a maior estrela desse time será o Lillard, é a chance dele liderar um USA Team, um time com Lillard – Bradley Beal – Harrison Barnes – Kevin Love – Turner com Lowry – McColum – Middleton – Kuzma – Drummond – Jayson Tatum – Donavan Mittchel , dá pra vencer o mundial, mas com emoção!!!

    • Jean Alves

      McColum, tb está fora já.

      • Claudio R.

        serio? que poxa…. Bota PJ Tucker no lugar

    • Ronald Vagner

      Mundial parece que vai ser bom, esse time americano está longe de ser imbatível, McColum de fato está fora, li uma reportagem sobre isso tem uma meia hora, e nesse time teria um grande destaque. A sorte dos americanos, é que a Espanha de antes está envelhecida, pq aquele time espanhol que deu jogos duros contra seleções americanos bem mais fortes do que essa (que se digam ás finais olimpicas de 2008 e 2012), poderia derrotar essa seleção americana, mais a atual Espanha não deve fazer muita coisa não.

      • Claudio R.

        sim, acho que a seleção que pode derrotar os USA seria a França e o Canada se eles estivessem completos com Wiggins e Thompson

    • Outsider

      Ai a chance da Servia deixar de ser vice. A Servia é a atual vice mundial, olímpica e até vive europeia, está pior que o Vasco dos bons tempos, hahahaha.

      • Jean Alves

        Sei lá em, A Servia vai estar jogando com grande pressão, vices em sequência pesam, Argentina no futebol que o diga.

      • Claudio R.

        não acho que eles estarão na final, acho que será a França esse ano, tem um time defensivo muito forte. Minha aposta seria o canada, mas eles estão sem as 2 princiais peças em Wiggins e Tristan Thompson

    • Thunder Rebuild

      Overall esse time americano é mt bom ofensivamente, mas na defesa não inspira muita segurança, talvez passe algum sufoco contra um jogo mais fisico.

      • Claudio R.

        O jogo do Kevin Love e do Lillard funciona muito bem no jogo FIBA, um jog menos fisico e mais tatico, ambos são muito tecnicos, o Turner é um bom defensor e pode cobrir o KL, Harrison Barnes tbm defende bem e pode fazer a função que fez o iguodala na seleção de 2012, salvo devidas proporções. Os jovens podem adiquirir Bastante experiencia nessa competição.

  • João Víctor Matos

    Gordon e CJ Mccollum pediram dispensa também.

    • Claudio R.

      não fazem falta

  • Matheus Fagundes

    Espanha, França e Sérvia vão bater de frente e é até melhor pro mundial ser mais disputado