Hawks e Grizzlies confirmam mando e abrem 2 a 0 em confrontos

(0) Brooklyn Nets 91 X 96 Atlanta Hawks (2)

https://www.youtube.com/watch?v=PqJIaelSHxY

Foi mais difícil do que o esperado novamente, mas o Atlanta Hawks conquistou sua segunda vitória na série contra o Brooklyn Nets. Atuando em casa, os comandados do treinador Mike Budenholzer mostraram maior eficiência nos momentos derradeiros para superarem os novaiorquinos por 96 a 91. Agora, a equipe possui 2 a 0 no confronto de quartas-de-final da conferência Leste.

Os donos da casa até iniciaram a noite dando a entender que venceriam com um pouco mais de facilidade. O time tomou as rédeas da partida rapidamente e não precisou sequer de cinco minutos de ação para abrir dígitos duplos de frente. No entanto, anotando nove dos últimos 11 pontos do período, os visitantes se recuperaram e derrubaram a diferença para apenas duas posses de bola.

A reação não parou no segundo período e, aproveitando-se do baixo índice de aproveitamento de arremessos do Hawks, os visitantes chegaram a tomar a liderança e construir seis pontos de dianteira. A resposta local veio com uma sequência de sete pontos sem resposta nos dois minutos decisivos do primeiro tempo, fazendo com que Atlanta retomasse a dianteira e fosse para os vestiários em vantagem (50 a 47).

O equilíbrio manteve nos sete primeiros minutos pós-intervalo, mas, impulsionado pela torcida, Paul Millsap e companhia emplacaram nova disparada para fecharem o terceiro quarto com oito pontos de frente. O Hawks conseguiu administrar a diferença por boa parte do período derradeiro, mas, na reta final, os novaiorquinos viriam para uma última tentativa de reação. Com duas cestas de três pontos seguidas e mantendo a equipe da casa sem pontuar por três minutos, a diferença voltou a cair para uma posse de bola.

O ala Alan Anderson, a 45 segundos no fim, derrubou a desvantagem dos visitantes para só um ponto. Na posse seguinte, o Nets teve a chance de empatar em chute livre do armador Deron Williams e a bola não caiu. O líder do Leste não desperdiçaria a chance dada pelos oponentes: nos lances livres, Paul Millsap, Kyle Korver e Kent Bazemore asseguraram a segunda vitória na série.

Agora, os dois times descansam até sábado e voltam a se enfrentar em Nova Iorque. Caso perca um dos dois jogos que terá em casa, Brooklyn fica a uma derrota da eliminação nos playoffs.

Destaques

Brooklyn

Jarrett Jack: 23 pontos (9-13 FG) e cinco rebotes
Brook Lopez: 20 pontos e sete rebotes
Joe Johnson: 19 pontos e nove rebotes
Alan Anderson: 13 pontos e cinco rebotes

Atlanta

Paul Millsap: 19 pontos e sete rebotes
Kyle Korver: 17 pontos e quatro roubos de bola
Jeff Teague: 16 pontos e seis assistências
Al Horford: 14 pontos, 13 rebotes e sete assistências
Dennis Schroder: 12 pontos e seis assistências em 19 minutos

 

(0) Portland Trail Blazers 82 X 97 Memphis Grizzlies (2)

https://www.youtube.com/watch?v=TtC8-Qwpc7Q

O roteiro da primeira partida também se repetiu na série entre Grizzlies e Blazers. A história, porém, foi muito diferente da vitória do Hawks. Assim como aconteceu no fim de semana, a equipe de Memphis não teve problemas para despachar o desfalcado adversário por 97 a 82 e confirmar seu mando de quadra no segundo jogo do confronto das quartas-de-final do Oeste.

A julgar pelo primeiro quarto, podia-se imaginar que teríamos uma partida muito diferente. O Blazers começou a noite anotando dez dos 12 pontos iniciais e abriu grande vantagem que administrou por boa parte do primeiro período. No entanto, após ficar sem pontuar nos três minutos finais do quarto, perdeu a maior parte da dianteira e terminou com somente dois pontos de frente (21 a 19).

O Grizzlies manteve o ritmo da recuperação no segundo quarto e, com os reservas em quadra, passou a dominar o jogo completamente para assegurar o triunfo. Marcando 15 dos 19 pontos iniciais do período, o time da casa tomou a liderança e sem dificuldades. O retorno dos titulares de Portland trouxe o equilíbrio novamente, mas aí o “estrago” já estava feito: as equipes foram para os vestiários separadas por 11 pontos (50 a 39).

No segundo tempo, o Blazers simplesmente não mostrou forças para tentar uma reação e ir buscar o resultado. A liderança dos donos da casa nunca mais seria reduzida a menos do que nove pontos e, mesmo sem dispararem no marcador, eles contaram com sua eficiente defesa para se manterem a frente e sem sustos. No fim das contas, assim como na partida anterior, a equipe visitante não ofereceu real resistência ao triunfo do oponente.

O Blazers tentará recuperar-se e fazer frente ao Grizzlies com o fator casa. Os dois times voltam a se enfrentar no próximo sábado, em Portland, às 23h30 (Brasília).

Destaques

Portland

LaMarcus Aldridge: 24 pontos, 14 rebotes e quatro tocos
Damian Lillard: 18 pontos (5-16 FG)
Nicolas Batum: 11 pontos, sete rebotes e sete assistências
Robin Lopez: dez pontos e seis rebotes

Memphis

Mike Conley: 18 pontos e seis assistências
Courtney Lee: 18 pontos
Marc Gasol: 15 pontos (4-15 FG), sete rebotes e cinco assistências
Zach Randolph: dez pontos e dez rebotes

 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Felipe

    Esse time do Memphis é muito chato, tipico de time campeão…

  • dumz

    Os Blazers sofreram com muitas lesões!! Uma pena, pois gosto do time e dos jogadores!! Acho que o Memphis deve fechar em 4 x 1.

  • Big Phill76

    Clippers e Blazers pagando pela falta de elenco, pra mim junto com o pelicans os piores bancos do oeste, mais os times titulares são fortes… Pro Blazer só lamento, o Lilard não tá ajudando o Lamarcão, ai ferra tudo, um armador que não arma, não da assistencia e precisa de 20 arremessos pra fazer 20 pontos, o treinador tinha que limita os arremessos dele, fazer passar a bola primeiro oque seria o papel do armador, ai bons arremessadores como batum ficam com 6 ou 7 shots por game.

  • Jesus

    O Memphis é outro time que parece que falta aquele “algo a mais”. O Gasol e o Z-Bo formam uma boa dupla de garrafão, mas nenhum deles é capaz de conduzir um time ao título. Falta um “Alpha Dog” no elenco. É recheado de bons jogadores no time titular, mas não tem um cara que bote a bola embaixo do braço e resolva a questão. Além de um banco fraco, incapaz de resolver quando necessário.
    E o Atlanta, hein? Se jogar assim, já não passa nem do Warriors (não ganharam ainda, mas vão ganhar), quanto mais de um provável confronto com Cavs na final de conferência.

    • ANDRÉ LÉO HAWKS

      E o Atlanta, hein? Se jogar assim, já não passa nem do Warriors (não ganharam ainda, mas vão ganhar), quanto mais de um provável confronto com Cavs na final de conferência.

      what ?????

      jesus voce bebeu, fumou ???kkkkk

      • Jesus

        Me cobra depois, então. Sou um profeta, rapaz. kkkk
        Acho que o time do Nets tá num bom momento, mas passar esse sufoco em casa com eles comprova que o Atlanta não tá no mesmo nível de jogo do meio da temporada. Fosse um time melhorzinho, era capaz de tomar o mando de quadra ganhando uma em Atlanta e aí seria um Deus nos acuda.
        Ainda acho bem fácil que o Hawks e Cavs se encontrem na final. Mas com esse nível de jogo, tomam pelo menos 4 x 2 na final de conferência.

      • 55marcoac

        Acho que ele quis dizer Wizards no lugar de Warriors, aí sim faria sentido kkkkk

        • 55marcoac

          Apesar de eu achar que o Hawks passa sim do Wizards, que não ta jogando muita coisa não. Ganhou duas porque o Raptors foi patético nos dois jogos. Se fosse contra o Bulls daria um confronto interessante.

          • Jesus

            kkkk claro, wizards, pomba. Agora que eu vi! hahaha

        • ANDRÉ LÉO HAWKS

          ah ser for wizards agora entendi kkkkk

          a parte final ali ficou confusa pra caramba kkkk

          E o Atlanta, hein? Se jogar assim, já não passa nem do Warriors (não ganharam ainda, mas vão ganhar), quanto mais de um provável confronto com Cavs na final de conferência.

          ficou confuso, mas como o marco falou deu uma clareada kkkk

          mais playoffs é assim mesmo jesus, os jogos sao mais duros mais pegados, mais creio o hawks consiga chegar pelo menos na final ! rsrs abraco

          • Jesus

            Pô, esses nomes com “w” me pregam umas peças. hahaha Mas sim, Wizards. De qualquer jeito, vai ser pegadão até o final. A próxima rodada dos playoffs vai ser boa tanto no Leste quanto no Oeste. Se der o que eu tô pensando (WIZARDS x Hawks, Cavs x Bulls; Rockets x Spurs, Warriors x Grizzles) vai ser só pedreira.
            Mas torço pro teu Hawks, ANDRÉ LÉO. Time simpático, sem o alvoroço da mídia em volta. Gosto disso. hahaa

            Abração

          • ANDRÉ LÉO HAWKS

            kkk “q honra ter jesus torcendo pro meu time” kkkk

            concordo com voce, se confirmar esses jogos na proxima fase (creio q vai ser isso mesmo) vai ser lindo essa proxima rodada dos offs !!!

            um jogo melhor q o outro, vai ser bacana … abraco..

  • ANDRÉ LÉO HAWKS

    vitoria suada mais importante do hawks !

    falei na previsao q nao seria moleza, esse time do nets ta encardido !

    jarret jack endemonhado rsrs jogando muito, brook lopes parece q acordou, ate alan anderson jogou muito …

    vai ser pau a pau todo jogo, acredito 4 a 1 ou 4 a 2 hawks …

  • Paulo OKC

    Agora você tem motivo para chorar Lillard.

  • Quero ver como o Blazers vai se sair em casa agora, pois na Fedex Arena a coisa foi feia pra eles, o jogo dos ursos se encaixa bem com o Portland, e nos dois primeiros jogos vimos jogadores como Udrih, que a gente nem esperarava tanto assim, aparecerem bem, o Memphis minou o portland com a defesa forte e os tantos corta-luzes no ataque, acho que o Stotts precisa mais do que nunca do Lamarcão e do Batum jogando muito agora, pra desafogar a falta que o Matthews faz, o Lillard vai continuar sendo bem marcado, então outros armadores como CJ e Blake também precisam aparecer e ajudar ele em quadra…

  • Olavo #WeAreRipCity

    Como eu disse anteriormente, é difícil ganhar jogos quando a sua dupla de armadores vai mal nos arremessos, o time não consegue um bom volume de bolas de três acertadas. Mas esse segundo jogo com certeza mostrou uma melhora do time nesse confronto contra o Grizzlies.

    Na parte defensiva, o timw vem conseguindo fazer um ótimo trabalho contra os dois principais jogadores do Memphis, Marc e Z-Bo. O problema vem sendo os jogadores de perímetro do adversário, que vêm jogando com a mão super quente. Beno Udrih que diga.

    Normalmente esse não é um problema que afeta muito o Blazers, pois o foco defensivo do time foi sempre evitar arremessos de perímetro, mas como nessa série o foco do adversário é no garrafão, o time focou muito nessa parte e acabou esquecendo do perímetro adversário.

    Ainda acho que essa série não acabou. Temos dois jogos em casa agora, com a torcida ao lado, onde o Blazers sempre foi mais forte. Se conseguirmos vencer esse esses dois jogos, a série pode virar de lado facilmente.

    • 55marcoac

      Acho que o Blazzers deve dar trabalho nessa série ainda, mas acho que o Grizzlies passa. Se o Blazzers tivesse inteiro seria outra história, mas infelizmente as lesões minaram a temporada em Portland

      • Olavo #WeAreRipCity

        Eu também que o Grizzlies passa. Não torço pra isso, ma acho que passa. Só não acho que essa série já esteja acabada. Blazers é muito forte em Portland, a torcida pode da. uma levantada no astral desse time.

  • RodrigoHawks

    Continuo com minha opiniao de que o hawks fecha a serie em 4-0 sao 6 vitorias seguidas pra cima dos nets… e agora so faltam mais 2 vitorias….

    Letssss go hawkssss

    Lider do leste e campeao da divisao nao olhe para tras

    #true #to #atlanta eterno amor

  • Álvaro S.R.

    Lillard vem sendo uma das minhas grandes decepções dessa temporada, sei que o time está com muitos desfalques e tudo o mais e que a culpa pelas derrotas não pode ser dada para ele, mas a verdade é que eu antes do início da temporada achei que ele seria um nome tão importante quanto o Lamarcão, e isso não se concretizou, ele até vinha fazendo uma boa temporada antes do ASG, mas depois daquela choradeira que ele fez para ser All-Star ele decaiu demais, agora que o time está desfalcado e precisando que ele brilhe tanto quanto Aldrige ele não consegue, escolhe mal os arremessos e não consegue criar jogadas para os companheiros, se ele não começar a jogar logo não vejo o Blazers indo a diante nos offs, Aldrige sozinho não vai conseguir ganhar essa série.

    • Jesus

      O Lillard é foda. Sempre achei ele muita fumaça e pouco fogo. Fez uma gritaria pra ir pro ASG e parece que ali a temporada dele terminou: “Já sou All Star, tá bom”. Não que ele seja ruim. Mas não é do nível dos melhores PG da liga, como muita gente disse. Pelo menos, ainda não é. O Lamarcão, sim, joga pra caramba. Mas não vai ganhar sozinho.
      É uma pena as lesões do Blazers porque com time completo, era outra história. Não sei se ganharia a série (ou se vai ganhar ainda), mas pra mim, seria favorito contra o Grizz.

  • caio_l
  • Galvão – EL HEAT

    Eu não quero que os Blazers sejam varridos, mas tem que dar uma surra nos jogadores do perímetro, principalmente no senhor Lillard. Inadmissível 1 assistência no jogo todo! Eu sei que ele não vive só de assistências, mas só uma não me ajuda a defender ele.

    O time nesses 2 jogos chegou no último quarto praticamente com o jogo perdido em ambos. Aldridge tá forçando o jogo de tanta raiva que ele tá, forçando uns arremessos, tá partindo pra dentro e ganhando a falta, foi 10x pra linha do FT algo que tem que continuar. E eu não vejo esse perímetro do Grizz forte não (Claro que digo isso porque o Conley tá machucado), se acertar a marcação acho que não passa tanto sufoco.

  • Marcos Gordinho

    Lillard ainda não está pronto para ser o líder que se espera dele. A quantidade de bolas forçadas com baixo aproveitamento foi irritante. Típico de jogador que quer chutar o balde.

  • Vlad-BH

    Esse time do Memphis é quase uma espécie de anti herói. Jogo lento, feio, extremamente focado no garrafão. Entretanto, muito eficiente.

    Se uns dois jogadores do perímetro começarem a meter bolas longas, esse time pode beliscar o título.

  • Rapha-11

    Blazers… Que me perdoem os torcedores, que são um dos mais legais que tem, mas esse time é lazarento que doi. Quanto azar!

    No meio da temporada, era um dos melhores basquetes apresentados. Aí vem uma série de contusões. Quando não podia piorar, perdem o Matthews. E para piorar mais ainda, perde meio time nos playoffs. Completo, ateria de frente facilmente com o George Foreman Memphs Grill. Além, claro, de ter má sorte em draft, até mesmo quando não é bust, como aconteceu com Brandon Roy e sua precoce aposentadoria.

    Acho que tem um cemitério de bruxas debaixo do ginásio. Ta parecendo Arsenal, Botafogo…