Igor Kokoškov é demitido do comando técnico do Suns

O Phoenix Suns anunciou, na noite dessa segunda-feira, a demissão do técnico Igor Kokoškov, contratado no início da temporada.

“Após extensa avaliação, determinei que é melhor seguir em uma direção diferente com a nossa posição de treinador principal. Quero agradecer a Igor por seu trabalho na temporada e desejar-lhe o melhor com seus futuros empreendimentos”, afirmou James Jones, efetivado há poucos dias no cargo de gerente-geral do Suns, em um comunicado oficial enviado à imprensa.

Natural da Sérvia, Kokoškov, de 47 anos, foi o primeiro treinador não nascido na América da Norte a dirigir um time da NBA. Sob o comando dele, o Suns terminou a temporada como lanterna da conferência Oeste e com a segunda pior campanha da história da franquia, com 19 vitórias e 63 derrotas. Ele já havia trabalhado como assistente técnico do time de Phoenix, entre 2008 e 2013.

Em Phoenix, o treinador tinha a dura missão de comandar um jovem time, em processo de reconstrução, que vinha de desempenhos ruins nas últimas três temporadas. Contratado em maio do ano passado pelo antigo gerente-geral Ryan McDonough, após ter feito sucesso como treinador da seleção da Eslovênia, campeã europeia em 2017, e como assistente de Quin Snyder no Utah Jazz, Kokoškov tinha mais dois anos de contrato com a franquia do Arizona. McDonough foi demitido a nove dias do início da temporada e o Suns passou 2018/19 sem um armador confiável e com um elenco pouco competitivo.

Segundo Adrian Wojnarowski, da ESPN, para o lugar do sérvio, o Suns estaria de olho em Monty Williams, ex-técnico do New Orleans Pelicans, que atualmente trabalha como assistente de Brett Brown no Philadelphia 76ers e que também é cobiçado pelo Los Angeles Lakers.

O detalhe é que Williams tem fortes ligações com a direção do Suns. Na época de jogador, James Jones trabalhou com ele no Portland Trail Blazers, quando Williams exercia a função de assistente técnico. E Jeff Bower, novo vice-presidente sênior de operações de basquete, foi o responsável pela sua contratação como treinador do time de New Orleans, em 2010.

O próximo nome a ser contratado será o sétimo treinador do Suns em oito temporadas. Desde 2012, a franquia teve Alvin Gentry, Lindsey Hunter, Jeff Hornacek, Earl Watson, Jay Triano e, mais recentemente, Igor Kokoškov, no comando do time. A última vez que a equipe de Phoenix chegou aos playoffs foi em 2010, quando perdeu as finais do Oeste para o Lakers, em uma série de seis partidas.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.