J.J. Redick: “Estou jogando o melhor basquete da minha carreira”

https://www.youtube.com/watch?v=GPlp8i8FbzA

J.J. Redick conhece muito bem a sensação de estar no melhor momento da carreira. Desde sua segunda temporada, o ala-armador do Los Angeles Clippers possui média crescente de pontuação e ganha importância cada vez maior na rotação do treinador Doc Rivers. Esta é a primeira vez que ele inicia 60 jogos como titular em uma temporada regular – e com razão: para variar, o atleta de 30 anos está em excelente fase.

“A cada ano, digo para mim mesmo que estou jogando o melhor basquete da minha carreira. E, agora, não é exceção. Sinto que vivo meu melhor momento e parece que todos os arremessos que saem das minhas mãos vão cair. É uma ótima sensação para qualquer jogador”, celebrou o veterano, que acumula também nesta temporada o melhor aproveitamento nos tiros de longa distância da carreira (42.7%).

A melhora anual, porém, não é algo que acontece do dia para a noite: Redick considera-se um estudioso do jogo e usa todos os dados disponíveis para basear seus trabalhos na offseason. Ele tira um pequeno período de férias ao fim de cada temporada e volta à quadra para iniciar a preparação visando a campanha seguinte em julho, treinando especificamente aspectos que identifica serem necessários em suas pesquisas.

“Eu fico atento às estatísticas avançadas e meus mapas de arremesso. Tento descobrir quais são meus pontos fracos, o que os adversários estão tentando me forçar a fazer e como posso melhorar. Passo muito tempo treinando nas férias, com foco nessas fraquezas que encontro. Minhas crescentes porcentagens nos arremessos refletem isso”, relatou o especialista, que esteve presente em 66 dos 70 jogos do Clippers na campanha.

Rivers reconhece o trabalho intenso do comandado ao longo do ano, mas também acredita que o entrosamento com o elenco tem papel na subida de produção. “Eu não sabia que J.J. estava tendo os melhores números da carreira. Só sabia que ele está sendo ele mesmo em quadra. Saudável, confiante e trabalhando cada vez melhor. Além disso, é seu segundo ano aqui: os companheiros sabem onde J.J. estará em quadra e ele sabe como ficar livre”, explicou.

Em sua oitava temporada na NBA, Redick possui mais de 500 jogos na carreira pelo Clippers e outras duas franquias (Orlando Magic e Milwaukee Bucks). Além dos quase 43% de acerto nos arremessos de três, ele acumula médias de 15.8 pontos e 2.2 rebotes por partida.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • AlexT-Wolves

    Ta jogando muito mesmo,o Clippers só precisava de um especialista na defesa pra jogar do lado dele. O Matt Barnes hoje em dia só serve pra levar falta técnica não tem mais nivel pra marcar jogadores como Durante,Harden, Leonard e Klay

  • RafaelRox

    Encaixa perfeito na equipe.. otimo jogador. Que nem o amigo falou.. falta um ala pra equipe.. mas isso deve-se resolver com o aumento do cap.