A decisão do armador Derrick Rose de se afastar das quadras e repensar o seu futuro no basquete ainda repercute na NBA. Natural de Chicago, onde cresceu e viu Rose brilhar com a camisa do Bulls e se tornar MVP na temporada 2010/2011, o ala-pivô do Milwaukee Bucks, Jabari Parker, comentou a decisão do companheiro de profissão e mostrou apoio ao jogador do Cleveland Cavaliers.

“É definitivamente muito difícil se colocar na posição dele. Muitas pessoas estão falando um monte de besteira, mas ele chegou a um ponto em que não está mais dando certo, e o que quer que ele esteja com vontade de fazer neste momento depende dele”, declarou Parker para o jornal Deseret News, de Salt Lake City.

Rose sofreu a primeira grave lesão nos playoffs de 2012, quando rompeu os ligamentos do joelho esquerdo e ficou afastado por mais de um ano. Em 2013, o problema foi o menisco do joelho direito e, desde então, vem perdendo inúmeros jogos por causa da dificuldade em se manter saudável. Atualmente, o armador se recupera de um problema no tornozelo esquerdo e não atua desde o dia 7 de novembro, justamente na vitória do Cavs sobre o Bucks.

Em três anos na NBA, Parker também vem sofrendo com lesões. Segunda escolha do draft de 2014, o ala-pivô rompeu os ligamentos do joelho esquerdo quando era calouro e atuou apenas em 25 partidas. Em fevereiro, ainda na temporada 2016/2017, Parker acabou sofrendo a mesma lesão. A expectativa é de que o atleta retorne às quadras no início de 2018.

  • Rafael Vieira

    Foda, mas se o corpo nao aguenta e melhor aposentar… Você tentou, mas nao dá. Ganhou prêmio de MVP mais jovem da historia, ja tem seu nome escrito no esporte. Tem milhoes na sua conta bancária. Seja feliz e vá jogar golfe com Deron Willians

  • Rafael Victor

    Acho que o Rose ainda vai voltar e encerrar essa temporada como campeão!

    Seria um desfecho em tanto (e merecido) pra essa historia quase tragica dele na NBA!