Jamal Murray acerta extensão contratual de US$170 milhões com o Nuggets

O jovem armador Jamal Murray está garantido no Denver Nuggets até junho de 2025. De acordo com Shams Charania, do The Athletic, o jogador de 22 anos fechou uma extensão de US$170 milhões por cinco temporadas com a franquia, na tarde desse domingo.

O acerto, agregado ao vínculo ainda vigente, assegura a permanência de Murray no Colorado até 2025 e o qualifica como o atleta canadense mais bem pago da história da NBA, superando o ala Andrew Wiggins, que, há dois anos, acertou uma extensão contratual de US$148 milhões por cinco temporadas com o Minnesota Timberwolves.

O novo vínculo, que possui os máximos parâmetros a que Murray era elegível, começará a vigorar em julho de 2020. Na próxima temporada, o armador vai receber US$4.4 milhões em salários, referentes ao último ano de seu contrato de calouro.

Sétima escolha do Draft de 2016, Murray já disputou 238 partidas com a camisa do Nuggets, 164 delas como titular. Em 2018/19, a melhor temporada de sua curta carreira, ele angariou médias de 18.2 pontos, 4.2 rebotes e 4.8 assistências, em 75 jogos.

O jogador canadense é o terceiro integrante do núcleo jovem do Nuggets a fechar uma extensão contratual com a franquia. Em outubro de 2017, o ala-armador Gary Harris acertou um contrato de US$84 milhões por quatro temporadas. Em julho do ano passado foi a vez do pivô Nikola Jokić, que finalizou uma extensão de US$148 milhões, válida por cinco temporadas.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.