James Harden culpa imprensa por perder prêmio de MVP da última temporada

James Harden e Giannis Antetokounmpo disputaram o prêmio de MVP da liga na última temporada cabeça a cabeça. Mas, analisando o caminho até o resultado, o astro do Houston Rockets não acredita ter sido uma concorrência justa. Para o armador, a imprensa teve papel fundamental na eleição do craque do Milwaukee Bucks e evitou o que seria seu segundo troféu consecutivo.

“Eu acho que, uma vez que a mídia cria uma narrativa no início da temporada, ela segue com isso até o final. Não quero entrar em detalhes. Controlei o que poderia controlar ao longo do ano, entrei em quadra e realizei meu trabalho em altíssimo nível. Fiz o que era preciso. Mas acho que vocês entendem o que estou dizendo”, desabafou Harden, em entrevista à rádio 97.9 The Box.

O líder do Rockets, de fato, teve uma temporada para não ser esquecida: seus 36.1 pontos por jogo foram a maior média registrada em uma campanha desde Michael Jordan, nos anos 1990. Ele protagonizou uma histórica sequência de 32 partidas anotando mínimo de 30 pontos. Por fim, o astro foi responsável por sete das dez maiores pontuações individuais da temporada.   

“É provável que o que realizei na última temporada tenha sido visto poucas vezes na história da liga. As pessoas acompanhavam nossa campanha para ver quantos pontos marcaria no jogo seguinte. Foi algo que realmente mexeu com a liga, com os torcedores. Você entende o meu ponto?”, apontou o armador, sugerindo que deveria ter sido mais exaltado por essas façanhas.

Antetokounmpo disparou como favorito ao prêmio de MVP no início da temporada, ajudado pela grande campanha do Bucks e um início decepcionante do Rockets. A ascensão de Houston, impulsionada pelo ótimo desempenho de Harden, foi o que equilibrou a disputa. Além dos 36.1 pontos por noite, a referência do time texano encerrou a campanha com médias de 6.6 rebotes e 7.5 assistências.