(35-23) San Antonio Spurs 99 x 101 Utah Jazz (29-28)

Ainda desfalcado de Kawhi Leonard e, desta vez, sem poder contar com LaMarcus Aldridge (com problemas no joelho direito), o San Antonio Spurs visitou o Utah Jazz, em Salt Lake City. A equipe de Quin Snyder angariou a décima vitória consecutiva e se vê cada vez mais próxima da zona de classificação para os playoffs. Já o Spurs, que vem de uma sequência bastante irregular, já tem a terceira posição ameaçada por Minnesota Timberwolves e por Oklahoma City Thunder.

Diante da ausência de Rick Rubio, o calouro Donovan Mitchell assumiu o papel de armador principal do time de Utah. Porém, quem se deu bem foi Raulzinho, que acabou ganhando um pouco mais de tempo de jogo. Embora muito longe de ser brilhante e com números inexpressivos (dois pontos e duas assistências, em 18 minutos), o brasileiro trouxe mais dinâmica à equipe enquanto esteve em quadra.

O início do confronto foi equilibrado, com as duas equipes valorizando o trabalho de marcação. Apenas no final do segundo período o Jazz conseguiu abrir pequena vantagem no marcador, sob a liderança do australiano Joe Ingles, autor de 15 pontos nos dois primeiros quartos. A diferença no placar se justificava no aproveitamento dos arremessos de longa distância. O Spurs converteu apenas uma em dez tentativas, enquanto que os donos da casa acertaram oito tiros de 16 tentados.

Na volta do intervalo, o cenário se inverteu e foram os visitantes que passaram a computar os arremessos de perímetro, chegando a abrir 11 pontos de frente. Seis jogadores de San Antonio anotaram dez ou mais pontos, o que atesta mais uma vez a nota característica do jogo coletivo do técnico Gregg Popovich.

No período decisivo, a definição da partida ficou para os últimos instantes, graças à boa atuação dos dois lados da quadra do pivô Derrick Favors. Os cinco minutos derradeiros foram eletrizantes, com os dois times brigando ponto a ponto pela liderança. Donovan Mitchell anotou os últimos cinco pontos da sua equipe, garantindo dois de vantagem para o rival. No último segundo, Ginobilli ainda teve a chance de dar a vitória para San Antonio, mas falhou no arremesso de três pontos.

Na sequência da temporada regular, o Spurs volta a jogar na noite de terça-feira, contra o Denver Nuggets, novamente fora de casa. Já o Jazz fará novo jogo em Salt Lake City, na próxima quarta-feira, contra o Phoenix Suns.

Destaques

San Antonio

Kyle Anderson: 16 pontos, seis rebotes
Pau Gasol: 15 pontos, 15 rebotes, seis assistências
Danny Green: 13 pontos, quatro rebotes
Dejounte Murray: 12 pontos, quatro assistências
Davis Bertans: 12 pontos, quatro rebotes, três tocos
Joffrey Lauvergne: dez pontos, cinco rebotes

Utah

Donovan Mitchell: 25 pontos, sete rebotes, cinco assistências, três roubos de bola
Joe Ingles: 20 pontos, sete rebotes, cinco assistências
Derrick Favors: 19 pontos, oito rebotes, quatro tocos
Rudy Gobert: dez pontos, 11 rebotes
Jae Crowder: 14 pontos
Raul Neto: dois pontos, duas assistências, em 18 minutos


(30-26) New Orleans Pelicans 118 x 103 Detroit Pistons (27-29)

Destaques

New Orleans

Anthony Davis: 38 pontos, dez rebotes
Jrue Holiday: 21 pontos, 12 assistências
Nikola Mirotic: 21 pontos, 12 rebotes
Rajon Rondo: oito pontos, oito assistências

Detroit

Blake Griffin: 22 pontos, seis rebotes
Reggie Bullock: 14 pontos, quatro rebotes
Andre Drummond: 13 ponto, 21 rebotes
Ish Smith: 11 pontos, seis rebotes


(23-35) New York Knicks 92 x 108 Philadelphia 76ers (29-25)

Destaques

New York

Michael Beasley: 22 pontos, cinco rebotes
Emes Kanter: 17 pontos, 13 rebotes
Jarrett Jack: 11 pontos

Philadelphia

Dario Saric: 24 pontos (4-6 3pt), quatro rebotes
JJ Redick: 18 pontos
Joel Embiid: 17 pontos, seis rebotes
Ben Simmons: 13 pontos (6-8 FG), seis rebotes, seis assistências, quatro roubos de bola, três tocos


(29-26) Los Angeles Clippers 114 X 101 Brooklyn Nets (19-39)

Destaques

Los Angeles

Lou Williams: 20 pontos, quatro assistências
Austin Rivers: 17 pontos, quatro
DeAndre Jordan: 16 pontos, 17 rebotes, dois tocos
Danilo Gallinari: 16 pontos, cinco rebotes
Tobias Harris: dez pontos, oito rebotes

Brooklyn

D’Angelo Russell: 16 pontos, cinco assistências
Joe Harris: 16 pontos
Allen Crabbe: 15 pontos, seis rebotes
Spencer Dinwiddie: 13 pontos, oito assistências
DeMarre Carroll: 12 pontos, dez rebotes


(18-38) Orlando Magic 101 x 105 Chicago Bulls (20-36)

Destaques

Orlando

Mario Hezonja: 24 pontos, seis rebotes, quatro roubos de bola, três tocos
Evan Fournier: 22 pontos, cinco assistências
Jonathon Simmons: 14 pontos, cinco assistências, quatro rebotes
Bismack Biyombo e Marreese Speights: dez pontos, quatro rebotes, cada

Chicago

Lauri Markkanen: 21 pontos, oito rebote
Bobby Portis: 19 pontos, sete rebotes
Zach LaVine: 18 pontos, sete rebotes, cinco assistências
Jerian Grant: 14 pontos, sete assistências, seis rebotes
Denzel Valentine: 11 pontos
Justin Holiday: oito pontos, nove rebotes


(18-40) Phoenix Suns 83 x 129 Golden State Warriors (44-13)

Destaques

Phoenix

Elfrid Payton: 29 pontos, oito rebotes, cinco assistências
TJ Warren: 14 pontos
Tyson Chandler: oito pontos, nove rebotes
Alex Len: oito pontos, sete rebotes

Golden State

Stephen Curry: 22 pontos, nove rebotes, sete assistências
Omri Casspi: 19 pontos, dez rebotes
Kevin Durant: 17 pontos, sete rebotes, seis assistências
Klay Thompson e Nick Young: 16 pontos, cada

  • Chimbinha

    Kkkk Lavarzão e suas pérolas, como não gostar de um sujeito desse?

  • Will

    “Jazz vira em cima do Spurs e vence a décima seguida”

    Trocadilho sem noção em clima de Carnaval: Esse time do Jazz parece que vai dar samba…
    Rá! 😀

    • JOSE MARINHO

      Como diria Rômulo Mendonça, “aaaaaah, que trocadilho insano, ASSEREHE HA DE RE”

  • Diego Costa

    Golden x suns foi um verdadeiro carnaval rs

  • Gustavo

    Elfrid Payton: 29 pontos!!! Tá razoável pra uma escolha de 2a rodada…

    • JOSE MARINHO

      Eu acho que queriam se livrar dele, ele nitidamente joga mais que isso, pode ter acontecido alguma coisa no vestiário, algo do tipo, não tem outra explicação.

  • Muito raro ver um uniforme da Nike bonito… pelo amor de Deus. Os mais bonitos são justamente os adaptados da Adidas -_-

    • Eduardo Silva

      Kkk, realmente.
      Um dos q eu achei bonito foi esse Miami Vice.

    • Vinícius Maia

      Achei os novos do cavs muito mais bonitos que os anteriores, com exceção do novo uniforme preto. Quanto a esse, eu acho que a camisa azul anterior era mais bonita, mas entendo a mudança já que a novo logo do cavs tem um fundo preto.

      Além do uniforme do cavs, achei o novo uniforme azul do Wolves muito bonito também.

  • vsr.snake

    Jazz is back in business, que isso, o time realmente veio pra brigar pelos offs.

  • CorreBerg

    Mitchell sensacional!!! Botou a bola debaixo do braço e ganhou o jogo.

    • Doug

      Pois é…aí que está…pq o SImmons já nos acostumou com sua perfomance híbrida naquele padrão e etc…já o Mitchell não nos para de surpreender…isso pode ser um fator decisivo para levar o ROY…

      • CorreBerg

        Sim! Embora tenha tijolado durante três quartos, ele foi decisivo quando o time mais precisou dele, fazendo 13 pontos no último quarto.

  • Eduardo Silva
    • Doug

      Putz…alguns dirão que é desrespeito do GSW, pq eram os Suns (time fraco)…outros o endeusarão como inovador e etc…acho bacana ouvir os jogadores, levar em consideração o que eles dizem para decidir e formar a tática e td, democraticamente, até pq me parece uma atitude inteligente, mas dessa forma aí, particularmente, achei meio acintoso, cara…e tenho minhas dúvidas se em uma partida contra Cavs, Rockets ou OKC ele faria isso p valer, a menos que o jogo não importasse muito…de qq modo, ele entregou a prancheta ao Iggy, que é um cara muito experiente e talvez já tenha mostrado esse dom de treiandor nos treinamentos…vai saber…

      • Eduardo Silva

        Sim eu duvido ele fazer isso contra times fortes, msm se tivesse ganhando com uma boa vantagem.

        • Doug

          Pois é…aí que está…em tal situação, pareceria mais um menosprezo, oportunismo ou qq outra coisa do tipo, do que uma alternativa técnica real…

      • Pelo que eu assisti em uns vídeos, foi um jeito dos próprios jogadores prestarem atenção no jogo contra o Suns AHUAHUAHU
        Delegar funções em eventos sem muita importância, igual um pai deixando o filho levar o carro pra comprar pão. Não tem nada demais, mas entendo que o mimimi dessa geração pode tornar ofensivo isso que o Kerr fez.

        • Vinícius Maia

          Eu pensei numa outra hipótese aqui: e se o iguodala já tiver manifestado, diante de seus colegas de elenco e comissão técnica, um interesse em se tornar técnico no futuro? Nesse caso, vejo exatamente como você falou: um pai que quer ensinar o filho a dirigir e deixa ele ir na padaria com o carro.

          Todos sabemos que o Suns, atualmente, é um time fraco e não vejo nada demais em um trcntéc dar mais liberdade a seus jogadores e testar coisas novas num jogo que não oferece nenhum ameaça real a vitória. Mas só porque é o GSW envolvido, soa como arrogância e prepotência. Se fosse o Pop e o Ginobilli, como disseram em outro comentario, as pessoas estariam achando engraçado e chamando os dois de gênios.

          • M.

            Não foi só o Iggy, depois foi o David West e também o Green. Acho que é um modo operacional de como saber em caso de ausência do técnico, e também tomar decisões dentro de quadra, analisando o jogo pelo todo.
            Se fosse um técnico novo na equipe até estranhava, mas os caras jogam há quase 4 anos com esse técnico, então, o Kerr riscou na prancheta, o Iggy já sabe o que significa.

          • Doug

            Eu particularmente não vejo diferença se fosse o Pop e Ginobili, ou Parker…tanto faz…seria bom ouvir o que os torcedores dos Suns ou mesmo os jogadores acharam disso…

          • Vinícius Maia

            Honestamente, estou achando que é muito mimimi. Não vejo nada demais. Como eu disse, se os jogadores estivessem rindo, levando na brincadeira, seria uma coisa. Mas os caras levaram a sério, por isso não vejo como um ato de prepotência ou arrogância.

          • Doug

            Sim, eu entendo. Tem essa do mimimi…mas, pense se viesse de outro time…dos Cavs, por exemplo…ou contra o time dos Cavs…não sei, cara…tenho minhas dúvidas, mas pendo para o que eu já disse noutros posts…

        • Doug
    • Alex Vilela #PG MVP#

      Entrega pro Iggy quando for jogar contra o OKC, pra ver se da jeito kkkkk

      • Eduardo Silva

        Kkkkkkk vdd

      • Doug

        kkkk

    • Diego Costa

      Esse time é de uma arrogância nojenta mesmo né. Porque contra o Thunder ele não botou esse tijoleiro pra fazer isso? Porque quando o Kyrie matou a bola de 3 na cara do “mvp” ele tava sentado achando que ia ganhar o jogo a qualquer hora? Aí ele vê a merda, se levanta e começa a bater palma, pode ver. Dia 24 vamos ver essa arrogância toda, vai se preparando porque vem mais chumbo aí

      • Will #lakaodamassa

        Vamos ver offss como vai ser,torcida do thunder ta bem arrogante tbm.

        • Diego Costa

          Eu não disse torcida, disse time.

      • M.

        Falando o torcedor do time que não tem jogador arrogante? Westbrook é um dos mais arrogantes, quando perde, não cumprimenta adversário, ficou de birrinha com o Embiid, olhando para ele e saindo de costas, encarando, depois quer falar de arrogante? Quanta hipocrisia.

        • Frei Presti

          vcs dois vão se casar?

        • Alex Vilela #PG MVP#

          Mas o time do Warriors é de perfil arrogante sim, até o KD entrou na onda.

      • Rafael Marques

        Torcedores do okc estão muito saidinhos pro meu gosto, por favor coloquem-se nos seus devidos lugares, nem preciso falar qual é haha

    • Rafael Victor

      Essa patifaria me lembra aquela babaquice do Cavaliers com as garrafas no jogo contra o Knicks!

      Que esses bostas tenham o mesmo fim que o Cavaliers teve na temporada passada pra pagarem pela arrogância!

      • Henrique GoWarriors

        o seu desrespeito pelo jogadores é absurdo, não é o primeiro comentário que você faz chamando os cara de bostas.
        Que atitude pequena a sua.

        • Rafael Victor

          Porra, tu tá pior do que os lambedores da Jihad Equina, hein!?

          Puta que te pariu, viu? Se ofendendo como se os bostas lá fossem teus parentes!

          Ah, qual é…

          • Henrique GoWarriors

            é Rafael acho q o respeito não é o seu forte, bom mais esse seu ódio irá continuar por mais alguns anos

    • Will #lakaodamassa

      Ridícula a falta marcada no westmula kkkkk ok
      KD não passou NEM PERTO dele…
      Correu mais que as pernas e caiu de maduro kkk

      • Jordan BELL

        Nem fala , o rei dos TO

    • Thiago / Coming up ASG

      Qual a relação do que aconteceu com esses outros jogos? Não entendi

    • Eduardo Rebelatto

      Que patético, quando eu digo que esse Kerr é um imbecil…

      • Vinícius Maia

        Queria um imbecil desses treinando meu Cavs kkkk

        • Eduardo Rebelatto

          Aí é outros quinhentos tbm kkk olha quem é o nosso treinador

    • Henrique GoWarriors

      Não vi nada de mais e nada de menos.

    • vsr.snake

      Contra o Suns é fácil, queria ver fazer igual o Popovich, que deixa os jogadores chamar jogadas no meio dos play offs :p hahahahahaha

    • Paulo Henrique

      Se é o Pop fazendo isso todo mundo acharia engraçado e estariam chamando ele de mito haha não é oq faz e sim quem faz

      • Ser_Humano_Vivo

        Imagina o Pop fazendo isso com Ginobilli….

        • Vinícius Maia

          Se eu não me engano, o Ginobilli já assinou a prancheta numa jogada decisiva, mas se não me falha a memória, Popovich tinha sido expulso do jogo.

      • Cedi LeBrOSMAN

        Quando o Parker fez isso num jogo de Finais… todo mundo achou lindo. Mas se o LeBron faz… gera um auê da porra!
        https://www.youtube.com/watch?v=G1oqTs1ry0Q

    • Vinícius Maia

      Se os jogadores estivessem rindo e fazendo piada, eu até interpretaria como arrogancia e prepotência, mas como os caras estavam levando o Iguodala a sério, não vi nada demais.

      • Will

        Penso por aí também, Vinícius.
        Sob o ponto de vista de uma gestão estratégica e participativa (quer seja ela esportiva, administrativa, no âmbito público ou privado), delegar funções é algo salutar. Visando a construção e/ou o fortalecimento de lideranças no seu ambiente de trabalho, a delegação é um processo não somente sadio, mas muitas vezes necessário também.
        Honestamente, não vi desrespeito nesse episódio. Esse momento do Iguodala aconteceu mais ou menos na metade do primeiro quarto, com o time do Suns liderando o placar, buscando meios de vencer o GSW e os jogadores dos Warriors sérios, focados. Seria bem diferente se o episódio tivesse acontecido no último quarto, já com a vantagem dilatada, e as câmeras mostrassem o Iggy e os jogadores gargalhando, em clima de diversão.

        • Thominhas – MVP

          Concordo totalmente

        • Vinícius Maia

          Perfeita análise.

        • Doug

          Sem dúvida que ai seria zombaria total…mas, ainda assim, continuo com as minhas dúvidas sobre este episódio…é muito fácil de se enganar…o elemento subjetivo é oculto e não sabemos a real intenção disso…lembro-me de uma galera exaltar uma época o GSW do Luke, qdo este assumiu? Francamente…Luke? Mas, falavam sério na época e até argumentavam que ele tinha melhorado o time e etc…parece oportunismo dizer isso agora, mas na época eu me manifestei a respeito dizendo que o Luke não tinha feito absolutamente nada…hj está aí, provando que é um técnico muito comum…então, fica td na especulação, até mesmo se Steve dizer algo a respeito…ou seja, não sabemos o que o Steve Kerr com isso…kkk

          • Vinícius Maia

            Steve Kerr foi perguntado sobre isso após o jogo e respondeu dizendo que a equipe é dos jogadores e que eles precisam se apropriar disso.

          • Doug

            Bonita teoria…o discurso é válido, no entanto, eu não acredito que a sua forma de implementação deva ser exatamente essa daí… talvez pelo lado motivacional até seja interessante…mas, no geral, eu não achei muito adequada, por várias razões e não sou um daqueles politicamente corretos não (até sinto falta de algo do jogo dos anos 90)…deixo claro, todavia, que acredito que seja efetivamente salutar a participação dos jogadores nos comandos técnicos, porém não desse jeito aí…esse elemento democrático, qdo corretamente trabalhado, tende a gerar bons frutos para a equipe…ouvir os jogadores na construção do jogo da equipe é essencial e acho que isso deveria até ser mais trabalhado na NBA, qdo dos jogos, pois nos treinos isso deve ser mais comum…mas, como eu disse, não desse modo aí…é só minha opinião, sendo que acredito que isso foi algo esporádico mesmo, não será muito comum…

          • Doug

            Não achei muito elevada a atitude e parece que o pessoal do Suns tb não…http://global.nba.com/news/steve-kerr-lets-golden-state-warriors-players-coach-phoenix-suns/

        • Thiago pereira dos santos

          Penso da mesma forma.

    • Doug

      Pensando assim, até que não é grande coisa…o Lebron já faz isso com o Lue desde que ele assumiu…só não risca a prancheta para garantir o salário do truta dele…kkkk

      • Thiago pereira dos santos

        kkkkkkkk,verdade.

  • Doug

    Gdes vitórias do Jazz e do NOLA…e esse Hezonja, hein…kkkk

  • Rafael Victor

    Spurs vinha fazendo um jogo bom, abriu vantagem, parecia que iam conseguir uma vitória, mas vacilaram no último quarto! E na hora da decisão, Anderson e Ginobili falharam!

    Méritos também do Mitchell e Ingles, que apavoraram!

    • Anderson tá uma nhaca ofensivamente, Parker e Mills poderiam ter aparecido mais ontem pra ajudar nesses momentos, sem o LaMarcão o Spurs perde demais nos dois lados da quadra e fica nessa de ninguém segurar o time na pontuação…

  • Arthur Oliveira Santos

    A essa altura do campeonato, já sabemos quem é o ROY até aqui né??

    • Dudu Ferrero

      se voce ver so a pontuação claramente vem o Mitchell na cabeça… mas a NBA é bem mais que so pontos… o Simmons ele é mais completo, ajuda a equipe de varias formas alem de pontuar, defende muito, rouba muita bola, pega rebote, da assistencia.. entao é ele

      • Sérgio Menezes

        A briga tá boa entre eles. Simmons é mais completo, sabe pontuar, dar assistências e pegar rebotes, mas o dono do time é o embid. Se este não joga, provavelmente o 76s irão perder. Já o mitchel pontua mais e tem menos ajuda para levar o jazz à vitória.

        Creio que só vai ser definido o rookie of the year no final da temporada.

        • Vinícius Maia

          Provavelmente não, Embiid ficou de fora em alguns jogos e o Sixers entrou numa sequencia negativa.

      • Arthur Oliveira Santos

        A questão não é só a pontuação em si, mas como esses pontos impactam nas partidas, se for pegar scorer por scorer, o Booker é um excelente pontuador mas não consegue ter o impacto necessário para ganhar jogos. Falaram ai sobre o número elevado de chutes do Mitchell que pode ser um problema e eu até concordo, mas também tem que se levar em consideração que ele não se esconde da responsabilidade que ele assumiu e nos momentos decisivos bota a bola no braço e decide jogos, vem dando certo nessa sequência.. O Simmons ainda não consegue decidir partidas, principalmente sem o Embidão, por isso que até o momento prefiro Mitchell ao Simmons

      • Marcelo Desoxi

        Mas e o impacto ?
        Mitchell ganha jogos…

  • Luiz

    Só eu que acho que Mitchell força muito as vezes?( 9-28 ontem) . Se fosse Westbrook fazendo 25 pontos em 28 arremessos a galera tava todo mundo xingando

    • Frei Presti

      Isso sem falar no Anthony Davis que arremessou 35 bolas contra o nets e 30 contra o wolves.Mas eles fazerem isso é maneiro,se for o Westbrook é egoísmo kkkkkk

      • Vitor Medson

        Problema é que eles fazem isso as vezes já o WesTO faz isso todo jogo e independente de quem esteja do seu lado (Durant/Harden/LeBron/Curry/Kobe/Jordan/Shaq/Bird/Duncan etc).

        • Frei Presti

          Todo jogo?Se fosse todo jogo era pra ele ter uma media de 30fga ne? kkkk
          Davis fez isso ate qnd o Cousins tava jogando.Ninguém critica isso,nem eu, já que pra mim não significa algo negativo.Além de que o Westbrook tem uma media de dois digitos em assistências,bem egoísta.

          • Vitor Medson

            Todo jogo é modo de falar, mas dígitos duplos de assistência não significa que ele é um bom organizador. Chris Paul dá menos assistência é arma infinitamente melhor o time do que o Russell. Não acho que seja negativo quando se joga ”sozinho”, mas quando se tem Melo e Paulo Jorge do lado você chutar 22 bolas no jogo pra mim é muito (média). Só pra efeito de comparação George chuta 17 e Melo 15.4

          • Frei Presti

            Mas eu não disse que ele é um eximio organizador,o que eu disse é que ele não é egoista como muitos dizem.O fato dele ter 10+ ass e um numero alto de TO mostram que ele passa ou tenta passar a bola,mas arremessa muito tambem.PG tem uma media de fga mt parecida com a que ele teve ano passado,qnd era o FP.Não teve seu volume de jogo afetado demasiadamente.Agora o caso do Carmelo,pra ele arremessar mais vezes ,o jogo inteiro do thunder seria sacrificado,pq ele é um jogador de isolation,não tem capacidade pra abrir espaço pra outro arremessar.

          • Vitor Medson

            Pra mim ele nem organizador é. Eu só vejo funcionando o PaR com o Adams por que de resto é só passe pro lado. Infelizmente o Melo se tornou um simples chutador de 3 e nada mais, por isso não rende o esperado.

          • Warrg

            Davis tinha media de 17 aremessos e Cousins 19 e Holiday 17 antes do Cousins se machucar… Automaticamente ele pegou metade desses arremessos pra ele… Então agora vai ser normal ele arremessar 25 bolas por jogo…

      • vsr.snake

        Mas o caso do Davis é diferente pq ele é basicamente a força ofensiva do Pelicans, sem Cousins. Aí ele vai acabar chutando demais mesmo, mesmo caso do Westbrook ano passado.

        • Frei Presti

          é exatamente isso.São forças ofensivas.O Westbrook era ano passado e continua sendo nessa, o jogo é centralizado nele,como é no Harden por exemplo.

          • vsr.snake

            Só acho que, se o jogo é centralizado no Westbrook, ele não deveria tb chamar tantas jogadas, pq a gente sabe que ele não tem um QI muito elevado. Mesmo caso do Harden, não é dos jogadores mais inteligentes, mas o esquema do D’Antoni favorece muito ele.

          • Frei Presti

            D’Antoni sabe trabalhar armadores como ninguém, ele fez o Harden crescer muito,apesar de ter o mesmo problema do West pra QI (apesar do QI pra cavar falta dele ser elevadissimo kkk).
            Mas eu acho que não é algo que dependa só do Westbrook,é um estilo de jogo que é trabalhado pela comissão técnica,cabe a eles trabalhar uma mudança ou não.

      • Vinícius Maia

        Disgrama, sério que tu quer comparar Anthony Davis, que só tem jogador fraco, sem arremesso no seu time, com a Westbrook que tem dois all stars ao seu lado e antigamente, tinha o melhor scorer da liga como companheiro? É cada comparação sem noção que eu vejo nesse site.

        • Frei Presti

          vc não entendeu nada,mas tudo bem.Se contente com meu comentario sem noção

      • Marcelo Desoxi

        Anthony Davis e Cousins, atualmente , chutam praticamente o mesmo número de bolas. Sendo o Davis muito mais eficiente.
        Você pode chutar 1 milhão de bolas por jogo,mas só sera criticado se errar a maioria.

        • Frei Presti

          Cousins tem um aproveitamento bem baixo pra C mesmo

          • vsr.snake

            O aproveitamento dele é baixo pq ele força muitas bolas de 3, acontece de vez em quando o Jokic tb.

    • vsr.snake

      Ele tem aquela característica do Kobe e do Wade, como são majoritariamente scorers, eles acabam forçando muito arremesso. É ruim por um lado, pois vira e mexe dá errado, mas é bom pq mostra que o jogador tem confiança.

      No caso do West, pegam muito no pé dele pq ele é o principal armador do time, e espera-se que ele não seja tão fominha assim e tome algumas decisões mais inteligentes. Eu particularmente acho que Westbrook se daria muito bem na 2, pq o estilo dele é bem de um combo guard. Só que o OKC deveria arrumar um PG organizador pro lugar dele. Podiam testar uma rotação com Felton-West-PG-Melo-Adams, acho que daria certo.

    • Marcelo Desoxi

      Cobrar rendimento de um calouro, usando como base o atual MVP da liga ?
      Não parece muito sensato.

    • Gustavo – DefendTheLand

      A diferença é que foi um jogo só né, ta com média de 16 arremessos por jogo, e comparar com o West que é MVP é meio errado ja que ele é rookie.

    • Bruno Carvalho Costa

      Chutou muito mas no ultimo quarto mal errou e fez 13 pontos comandando o Jazz à vitória em casa.

  • Guilherme Barbosa

    Tudo bem que o Mitchell é muito bom, mas o que o Ingles vem jogando também…

  • Eduardo Rebelatto

    UE, pq não apareceu a estatística de 9-28 do Mitchell?

    • Alex Vilela #PG MVP#

      Justamente, é bom ponderar isso… Para que os numeros não fiquem soltos.

    • Sérgio Menezes

      Já tinha visto essa estatística. Menino mitchel tá chutando até a mãe dele.

    • Marcelo Desoxi

      Porque ele é top ,rs

    • O Jazz dá carta branca pra ele fazer isso, ainda mais na falta de um armador como ontem, o número de arremessos é exagerado e o aproveitamento foi baixo, mas tá sendo bom pro garoto essa liberdade, acho que o Quin Snyder percebeu pelos playoffs do ano passado que o Jazz precisava de alguém que chamasse o jogo e pontuasse assim como o Mitchell faz…

      • Doug

        Sim. Ele é uma peça que faltava ao Jazz já há algum tempo, até mesmo na época do Gordon…é bom que o garoto e o time não têm nada a perder, já que, acredito que dificilmente realmente cogitavam de irem aos offs após perder o Hayward…

    • Bruno Carvalho Costa

      Errou muito durante o jogo mas no ultimo quarto meteu 13 pontos decisivos para a vitória do time.

    • Michel Moral

      Eu costumo colocar aproveitamentos pífios, leia-se, abaixo de 20%.

      Realmente ele apedrejou o aro, mas a média superior a 30% não chega a ser esdrúxula.

      Talvez pudesse colocar pro número de arremessos tentados, mas não vejo tanta necessidade.

      Sem contar que ele fechou o jogo.

      Trata-se apenas de um resumo e não de uma ficha completa de estatísticas. Acho que isso está meio claro.

      Agora, vc pode me explicar o porquê de isso lhe incomodar tanto?

  • Ramon

    Esse Mitchell, também conhecido como Tirulipa (filho do tiririca), é marrento e está se achando um mega astro do basquete.

    • Bruno Carvalho Costa

      Pelo jeito você não acompanha o Mitchell e o Utah Jazz né parceiro? o moleque é plena humildade tanto em quadra como nas entrevistas, o contrário do Simmons que mesmo sendo rookie ja tava chorando por não ter sido convocado para o jogo das estrelas, Mitchell só está comandando um time que carece de um lider.

  • Kevin Faria

    Mitchel é o primeiro rookie a liderar seu time em pontos durante uma sequência de 10 vitórias seguidas desde Wilt Chamberlain em 1960.

    Acho que o Simmons tem um potencial maior pra desenvolver, mas hoje eu votaria no Mitchel pra ROY. Uma dúvida: o Simmons é PG de origem?

    • vsr.snake

      Nope, ele jogava no college como SF. Por isso comparavam ele com o Lebron. Depois de draftado que ele quis virar o armador do Sixers.

      • Vinícius Maia

        Na verdade, pelo que li na época que ele foi draftado, o Sixers que queria colocá-lo como armador e ele aceitou o papel, mas a iniciativa não partiu dele.

        • vsr.snake

          Eu vi ele falando que queria iria jogar de armador no Sixers, se foi antes ou depois da declaração do GM, já não sei. Fora que isso até suscitou uma mini-polêmica, pois questionaram o porquê então de draftar o Fultz.

          • Alex Vilela #PG MVP#

            Pra jogar de SG e o Reddick veio tbm com um papel de mentor e com o tempo irá perder seus minutos, até msm pela idade.

          • Hugo

            Fultz sempre jogou de SG, no college e high school, e Simmons era PF, não SF. Ele conversou com o Brett que sempre quis ser PG e o Brett disse que também via essa função nele.

    • Alex Vilela #PG MVP#

      Ontem o Mitchell chutou umas 30 bolas, tem que ponderar essas coisas.

      • Kevin Faria

        Claro que ontem ele exagerou, mas isso não é a regra né? Ou ele chuta 30 bolas toda partida?

        • Marcelo Desoxi

          exatamente, rs

  • Rastaman

    Gostaria muito de encontrar o gif da enterrada que o simmons deu após um giro ela acontece aos 5:57 do video

  • João Víctor Matos

    Faltaram apenas 4 steals para T.J mcconnel conseguir um quadruplo-duplo vindo do banco.

  • Alex Vilela #PG MVP#

    Com esse uniforme ai, o Spurs não merecia ganhar nem impar ou par kkkkk

  • João Víctor Matos

    http://www.lakersbrasil.com/site/noticias/2018/02/lavar_ball_ameaca_tirar_lonzo_do_lakers_e_tem_plano_mirabolante

    Devemos respeito aos nossos pais, mas ja ta na hora do Lonzo Ball começar a dar sua própria opinião e desfazer as palhaçadas que o pai dele diz quando prejudicam o Lakers e ele próprio.

    • Tiago

      O Lavar tá morando na Lituânia mesmo? Esse cara é muito doido kkk

    • Sérgio Menezes

      Steph cury foi Mvp 2x e não forçou os warriors a assinarem com seu irmão, seth. Portanto, Lavar e Lonzo, que não são ninguém na Nba, não podem forçar o lakers a assinar com outros dois irmãos.

  • Marcelo Desoxi

    Não consigo ver o Galloway jogar mais…
    bom,outra derrota nossa com vitória do 76ers…
    já elvis.

    Mitchell clutch

    • Charles

      Tá foda de ver esse time.
      Tem que mudar alguma coisa na rotação. Griffin e Drummond têm que estar em quadra com arremessadores, pra ao menos atrair a marcação. Com Stanley e Ish em quadra, os caras deixam eles abertos e fecham o garrafão. Isso acaba forçando o Griffin aos arremessos de 3, que são um horror.
      Há quem defenda, pelo que ando lendo, um starting five com Kennard, Bullock e Tolliver, e com Griffin fazendo toda a armação. Sou propenso a concordar.

      • Marcelo Desoxi

        O problema é que um time com :
        Kennard – Bullock – Tolliver – Griffin – Drummond é mais paradão que tudo.
        Pouco atleticismo (com exceção de Griffin e Andre), pouquíssima defesa.
        Mas talvez funcione por conta do espaçamento.

        Acredito que não é o ideal, mas pode ser útil quando a bola não tiver caindo.

  • Thunder Nation

    Knicks vem forte pra primeira pick.

    • vinicius galvao

      Deus te ouça

  • Cedi LeBrOSMAN

    Nets com 6 derrotas seguidas, e tem 3 vitórias e 17 derrotas nos últimos 20 jogos (com a volta do D’Angelo Russell e tudo.).
    https://media.giphy.com/media/l3q2HIHRjAFwCCMZa/giphy.gif
    Trae Young/Luca Doncic tá vindo aí! O q vale é a fé! Bora Nets!

    • Gustavo – DefendTheLand

      Doncic é meio difícil em, ja que ele deve ser primeira escolha. Se o Cavs tivesse a escolha 2 vc preferiria Young ao Ayton?

      • Cedi LeBrOSMAN

        Prefiro o Young. Tanto o Ayton como o Young não são bons jogadores defensivamente (ainda), e o Cavs tem necessidade em armação e proteção de aro. O Ayton tem bastante presença em quadra (é mt monstruoso fisicamente) mas ainda ñ sabe bem fazer leituras defensivas. A equipe dele, Arizona, é um dos piores times defensivos da NCAA.
        Já o Young, acho q encaixa bem com o LBJ por causa da habilidade de arremessar, mas a infiltração ainda ñ é seu forte, pq ele é franzino. Precisa ganhar mais massa muscular – até nisso ele é semelhante ao Curry, q só se tornou um jogador mais completo quando começou a ganhar mais massa muscular-. E caso o LBJ saia, o q neste momento eu acho difícil, o Young toma conta da equipe assim como já faz em Oklahoma.

        • Gustavo – DefendTheLand

          Tendi. E sendo mais realista, dentro das possibilidades do Cavs nesse momento da pick, vc gostaria mais de Jaren Jackson Jr ou Mo Bamba?

          • Cedi LeBrOSMAN

            Jaren Jackson Jr. possui menos riscos de ser um Bust do q o Bamba, eu no momento preferiria ele. JJJ já vem para a liga sendo um protetor de aro, isso é certeza!
            O curioso do JJJ é q ele além de ser protetor de aro… ele sabe arremessar, inclusive de 3 pts, e faz isso sendo um jogador mais novo até q o Bagley! Tem 18 anos ainda. Eu já vi análises sobre ele, e falam q uma comparação ideal de jogo do JJJ é de um híbrido de Serge Ibaka com o Myles Turner. Pq o JJJ consegue ser defensor de aro, e sabe se virar tbem no perímetro, e tem essa habilidade de arremesso.
            Ele ñ tem médias de pts tão altas pq o time de Michigan State é bastante profundo, com várias jogadores ofensivos, e ele fica meio escondido. E ele é um protetor de aro, jogando de Ala-Pivô durante grande parte do tempo. Daria para ter médias ainda melhores se jogasse como pivô, mas isso dificilmente acontece.
            O Bamba é um projeto. Mas tem bastante potencial, seria uma aposta.

    • Vinícius Maia

      Drew, eu estava pensando: se essa pick for alta mesmo e o LeBron optar pela permanência no cavs, eu acho que vale a pena tentar trocá-la. Quem sabe o cavs não consegue algum all star mais jovem que, ao lado do Kevin love, possa manter o time em alto nível quando LeBron entrar em decadência. Sei que, na prática a coisa não é tão simples. A NBA real não é como o 2K rs, mas acho que vale a pena tentar. Se LeBron permanecer, eu tentava trocar a pick e ainda tentava mandar Tristan Thompson de brinde kkkkk

      • Gustavo – DefendTheLand

        O foda que pra trocar a pick nets o Cavs precisa adquirir mais uma pick de primeira rodada, ja q nos mandamos a nossa pro Lakers.

        • Vinícius Maia

          Como assim? Tem alguma regra que impede o Cavs de trocar a pick?

          • Gustavo – DefendTheLand

            Sim, se n me engano se chama Stepien Rule.

          • Vinícius Maia

            Puts, não sabia dessa. Mas eles podem selecionar um jogador e logo em seguida, trocá-lo como fizeram com o Wiggins? Se for possível, ainda dá para fazer negócio rs

          • Gustavo – DefendTheLand

            Acho que sim.

          • Claudio R.

            Sim isso pode. Mas cono muitos times fazem , é selecionar o jogador que a equipe em que estão negociando quer, aí faz a troca

      • Cedi LeBrOSMAN

        O problema é q eu ñ vejo um superstar para se fazer uma troca. Até nisso o Cavs dá azar, rs. Até temporadas atrás, tinha DeMarcus Cousins, Jimmy Butler, Paul George e etc. só q o Cavs ñ tinha moedas de troca. Agora q tem… eu ñ vejo nenhum disponível.

        • Vinícius Maia

          Isso é verdade. PG e Cousins serão agentes livres, mas duvido muito que não renovem com suas atuais equipes. PG parece cada vez mais familiarizado com o OKC e Cousins tambem parece feliz no Pelicans. Uma coisa que pode pesar a favor do cavs se eles quiserem tentar o Cousins é que ele já não é nenhum menino e o pelicans não parece que irá disputar títulos tão cedo. Já no cavs, ele, LeBron e love colocariam o time em condições reais de titulo. Mas mesmo assim, é difícil.

        • Paulo Henrique

          Possível pick 1 + Love pelo AD não parece tão ruim. Se ele quiser sair disputar título, até seria uma boa pro Pelicans

          • Claudio R.

            Aí acho q não vale a pena pros cavs , se tiver a pick 1, troca ela + Thompson num Kawhi Leonard ou no Russel Westbrook ou no Davis msm , mas sem o love

          • Paulo Henrique

            Love e AD jogando juntos não daria certo eu acho, os dois preferem jogar como PF

          • Frei Presti

            kkkkkkkkkkk brincalhão demais

          • Marcelo Desoxi

            kkkkkkkk

    • Claudio R.

      Não velho, se o cavs puder escolher tem q ir no Ayton ou no Bamba , tem que pegar um pivo , armador tem aos montes na Nba

  • Cedi LeBrOSMAN

    Novo comentarista do SporTV, para a NBA. Esse cara manja mt de basquete! Lembro q ele tinha um blog no GE chamado “Rebote”. Pode ser o q é o Bulgarelli, para os comentaristas da NBA na ESPN.
    https://twitter.com/rodrigo77alves/status/963416035436179459

    • Eles estavam precisando melhorar a equipe de comentaristas mesmo, vamos ver, espero que o Rodrigo mande bem lá…

      • André Spurs

        Vdd. O byra tava sendo alvo de chacota quase todo jogo pelas besteiras que falava, tava na hora dele sair e entrar outro.

        • Byra Bello, Renatinho (sabe porra nenhuma de NBA só de NBB) e Jorge de Sá, equipe muito fraca…

    • Vinícius Maia

      Jorge de Sá saiu? Acho o cúmulo um cara que fala abertamente que não estuda nada porque tem a NBA no sangue, ser mantido pela emissora.

      • André Spurs

        o byra saiu, o de sá acho que ainda continua.

      • Sander Santos Baptista

        O Jorge de Sá é o pior comentarista disparado. Se estiverem jogando Suns x Heat, ele arruma um jeito de falar do Golden State, é o tempo todo babando ovo.

        • Luiz

          Nem é. Ele torce pro Lakers eu acho. E Agra,Zé Boquinha,Byra são bem piores

          • Sander Santos Baptista

            Ele torce para os Lakers, mas já disse que enquanto os Lakers mal voltarem ao topo, ele é Golden State. O Buga é o melhor disparado.

          • Luiz

            Isso eu concordo

    • Luiz Fernando Azevedo

      Legal! Boa sorte pra ele!

    • Doug

      Espero que seja um bom passo a caminho de um melhor nível de transmissão…boa sorte ao cara! Entra no lugar de quem? Ou os outros ainda continuam e irão se revezar…

    • vsr.snake

      Eu não gosto muito do Bulgarelli, não por ele não acompanhar a liga, mas sim pq ele fala 80% do tempo sobre stats, assim as análises ficam muito rasas. Ainda prefiro ouvir as transmissões no áudio original, especialmente na quando é na TNT, pois caras como Chris Webber e o Reggie Miller comentam bem.

  • Bruno Carvalho Costa
  • O onipresente
    • Chimbinha

      Uau

    • Doug

      Pouco subestimado esse rapaz, né…trabalho silencioso o dele…

  • Paulo Henrique

    Lavine jogando como um verdadeiro FP, foi clutch de novo ontem. Bulls tem um futuro muito promissor

    • Doug

      Acredito nos Bulls e no LaVine…curto muito o jogo desse cara…

    • Vinícius Maia

      Vi os highlights aqui e rapaz…que disgrama de passe foi aquele do Simmons também no final? kkkkkkkkkk

      Mas o Lavine é promissor mesmo. Se ele e o Lauri Markkanen (não sei se é assim que escreve) continuarem se entendendo em quadra, como já estão e com o potencial que eles estão mostrando, o futuro do Bulls está garantido.

      • Eduardo Rebelatto

        Tem o dunn tbm é uma escolha boa esse ano, a troca foi boa pro Bulls

        • Vinícius Maia

          Sim. No Wolves, o Dunn estava deixando a desejar, mas nessa temporada ele estava se desenvolvendo muito bem no Bulls antes das lesões. Além desses três, o time, provavelmente, terá uma escolha alta no próximo draft. Claro que sempre existe a chance das coisas não funcionarem, mas tudo indica que o Bulls tem o futuro excelente pela frente.

          Dentro desse assunto, eu estava pensando em algo: se os times do leste que estão ou passaram por um processo recente de construção conseguirem manter sua base, a conferência leste pode ficar bastante competitiva num futuro próximo. Além do Bulls, tem o Celtics, o sixers e o Bucks com uma base muito promissora. Se o Wizards conseguir mais um jogador acima da média para o elenco, a equipe também fica interessante. Wall e Beal ainda são jovens. Claro que muita coisa pode acontecer nos próximos anos, mas se as bases dessas equipes forem mantidas, vai ser muito legal ver esses times num futuro próximo.

  • Vinícius Maia

    Ai @uncledrew22:disqus, parece que seu ídolo, o mito Mario Hezonja, resolveu estrear na NBA. Não estou assistindo os jogos, mas de vez em quando tenho visto o nome dele no resumo da rodada com mais de 20 pontos.

  • Claudio R.

    Se o nets der ao cavs uma pick alta , top 5, o cavs tem q selecionar um pivô defensivo, apesar do Young ou sexton serem muito bons armadores , acho muito mais interessante pegar um pivo ou trocar a pick pelo Davis. Alguém de garrafão .

    • Vinícius Maia

      Isso contando que o LeBron continue no time. Se não, a melhor opção é selecionar o melhor talento disponível.

      • Claudio R.

        Sim sim…. tipo, Lebron continuando. Senão continuar tem que ir no melhor msm