E mais: Varejão se lesiona em derrota do Cavs

Contando com mais uma atuação espetacular do armador Jeremy Lin, o New York Knicks acabou com um jejum de nove jogos sem vitória sobre o Los Angeles Lakers. Lin, um mero desconhecido da NBA até a última semana, marcou 38 pontos (maior pontuação na carreira), ofuscou o astro angelino Kobe Bryant e liderou o Knicks na vitória por 92 a 85. Com o resultado, o time novaiorquino alcançou o décimo segundo triunfo, o quarto consecutivo, em 27 jogos. Já o Lakers perdeu a décima segunda partida em 27 disputadas.

Desfalcado das estrelas Amare Stoudemire e Carmelo Anthony, o Knicks encontrou em Jeremy Lin um jogador capaz de desequilibrar uma partida. Nos quatro triunfos da equipe nesta semana, Lin teve médias de All-Star: 28.5 pontos e 8.0 assistências. Contra o Lakers foram 38 pontos e sete assistências.

O Knicks mostrou muita consistência defensiva e, durante quase toda a partida, dobrou a marcação em Kobe Bryant. No primeiro tempo, a tática deu certo, com o camisa 24 do Lakers anotando apenas dez pontos (oito deles em lances livres). Mesmo bem marcado, Kobe marcou 24 pontos no segundo tempo, mas isso não foi suficiente para que o time angelino saísse vencedor de quadra. Andrew Bynum, que será o pivô titular do time da conferência Oeste no Jogo das Estrelas, parou na ótima marcação de Tyson Chandler. O camisa 17 do Lakers acertou apenas um arremesso em oito tentativas e anotou míseros três pontos.

Destaques

L.A. Lakers 

Kobe Bryant: 34 pontos e dez rebotes

Pau Gasol: 16 pontos e dez rebotes

Matt Barnes: 11 pontos e seis rebotes

New York 

Jeremy Lin: 38 pontos e sete assistências

Iman Shumpert: 12 pontos

Jared Jeffries: 11 pontos e nove rebotes

 

Atlanta Hawks 89 x 87 Orlando Magic 

O Atlanta Hawks foi até a Flórida e, depois da disputa de uma prorrogação, venceu o Orlando Magic por 89 a 87. Esnobado do Jogo das Estrelas, o ala-pivô Josh Smith foi o grande nome do confronto. O camisa 5 do Hawks anotou 23 pontos, pegou 19 rebotes, distribuiu cinco assistências e ainda deu três tocos. Com o resultado, o time de Atlanta chegou à décima oitava vitória em 27 jogos. Já o Magic perdeu a décima primeira partida em 27 disputadas.

Destaques

Atlanta 

Josh Smith: 23 pontos, 19 rebotes, cinco assistências e três tocos

Joe Johnson: 14 pontos e cinco assistências

Marvin Williams: 13 pontos e seis rebotes

Jeff Teague: 13 pontos

Orlando

Ryan Anderson: 21 pontos e nove rebotes

Dwight Howard: 18 pontos e 18 rebotes

Jameer Nelson: 15 pontos e cinco assistências

Jason Richardson: 14 pontos e cinco rebotes

Hedo Turkoglu: dez pontos e oito rebotes

 

New Jersey Nets 92 x 109 Detroit Pistons

Jogando diante de sua torcida, o Detroit Pistons não teve dificuldades para superar o New Jersey Nets por 109 a 92. No início do último período, a vantagem do Pistons chegou a ser de 27 pontos. Com o resultado, o time de Detroit alcançou o oitavo triunfo, o quarto seguido, em 28 jogos. Já o Nets perdeu a vigésima partida, a quinta consecutiva, em 28 disputadas. O reserva Jonas Jerebko foi o cestinha do confronto, com 20 pontos.

Destaques

New Jersey

Johan Petro: 16 pontos e cinco rebotes

Deron Williams e Jordan Farmar: 14 pontos cada

Sundiata Gaines: 13 pontos e seis assistências

Detroit

Jonas Jerebko: 20 pontos

Rodney Stuckey: 19 pontos e cinco assistências

Greg Monroe: 18 pontos e 11 rebotes

Ben Gordon: 14 pontos

Brandon Knight: 13 pontos, sete rebotes e cinco assistências

 

Milwaukee Bucks 113 x 112 Cleveland Cavaliers 

O Milwaukee Bucks conseguiu uma virada heróica contra o Cleveland Cavaliers. Jogando fora de casa, o Bucks venceu por 113 a 112, após a disputa de uma prorrogação. O detalhe é que o Cavs começou o último período com uma vantagem de oito pontos. Além disso, há três segundos do fim, quando o placar estava empatado em 102, o ala-pivô Antawn Jamison errou os dois lances livres que poderiam ter dado a vitória ao time de Cleveland. Na prorrogação, o pivô Drew Gooden, ex-jogador do Cavs, marcou seis pontos e foi decisivo para o triunfo do Bucks.

Com o resultado, o time de Milwaukee chegou à décima segunda vitória em 26 jogos. Já o Cavs perdeu a décima quinta partida, em 25 partidas. Lesionado, o armador Kyri Irving desfalcou o time de Ohio. Para piorar, o Cavs perdeu o pivô Anderson Varejão no início do terceiro quarto. O jogador brasileiro deixou a quadra com uma lesão no punho direito e não retornou à partida.

Destaques

Milwaukee

Brandon Jennings: 24 pontos, cinco rebotes e oito assistências

Drew Gooden: 19 pontos e seis rebotes

Shaun Livingston: 13 pontos

Ersan Ilyasova e Mike Dunleavy: 12 pontos e seis rebotes cada

Cleveland

Antawn Jamison: 34 pontos e 11 rebotes

Alonzo Gee: 18 pontos

Daniel Gibson: 17 pontos, seis rebotes e oito assistências

Ramon Sessions: 12 pontos, cinco rebotes e 16 assistências

Omri Casspi: 12 pontos

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.